Crie Não Copiei

Crie Não Copiei
Mostrando postagens com marcador Contos eróticos de docecomomel (hgata). Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Contos eróticos de docecomomel (hgata). Mostrar todas as postagens

domingo, 30 de outubro de 2016

Na dúvida optei em Dá





Indecisão de opção Sexual
Olá meu nome é Diogo tenho 19 anos ainda sou virgem e estou na maior indecisão de minha vida, pois já tive namoradas, mas sinto maior excitação quando vejo homens bonitos com corpo bem musculoso.
 Comecei a ver vídeos e ler contos eróticos com temas de homossexuais e isto me batia muito tesão.
Sem querer conversar com ninguém fui criando uma ideia fixa de querer ter contato com um homem só assim teria a certeza de minha sexualidade.
Como estou trabalhando em um escritório de uma construtora onde a maioria dos funcionários é do sexo masculino fui a cada dia observando a peaõzada e me identifiquei com um.
Kleber era seu nome era ajudante de pedreiro.
Eu o via no ônibus sempre afastados dos demais, sempre só na dele com seu fone de ouvido.
Comecei a sentar perto dele até que começamos a conversar e para solidificar uma amizade foi bem rápido.
Kleber assim como eu é jovem tem 23 anos estuda e mora sozinho, pois sua família mora no interior.
Na semana passada Kleber perguntou se eu não queria ir até a casa dele tomar umas brejais. Bem eu não bebo muito, mas vez ou outra toma uma cerveja, mas vi aí a oportunidade de ter um contato maior com ele aceitei, ele me passou endereço e acertamos de no sábado eu ir.
Descemo-nos do ônibus na sexta feira, pois desço antes dele e fui para casa pensando o que poderia rolar naquela manda do dia seguinte.
O dia amanheceu lindo com sol e temperatura agradável acordei tomei um banho fiz minha barba que são poucos pelos, mas eu gosto do meu rosto bem liso, me depilei e enquanto tomava banho pensava em Kleber me bateu um tesão imaginando como seria seu dote, fiquei com tesão que fui praticamente obrigado a bater uma punheta imaginando o cacete de Kleber.
Gozei muito parecia que eu estava vendo ali na minha frente.
Às 10 horas sai e fui para o ponto para ir até casa do Kleber seu endereço era bem fácil não tive dificuldade de encontrar, era um pequeno apartamento alugado que ele morava.
Ele me disse que tem um primo seu que fica sempre com ele, mas trabalha viajando só retornaria na segunda feira.
Pois vi que o clima  e ambiente estava propicio para algo mais.
Kleber colocou um DVD e começamos a tomar uma cerveja bem gelada, ele trouxe salgadinhos como aperitivos e começamos a conversar, tudo futebol trabalho dinheiro e sexo.
Ai a conversa começou a esquentar quando Kleber disse que não tem preconceito que se aparece ele come tipo assim gays ou afins eu fiquei sem jeito, mas procurei disfarçar quando ele me perguntou sobre minha vida sexual eu parei no tempo demorei alguns minutos para responder ele sorriu dizendo.
Qual é não vai dizer nada?
-Bem você promete guardar segredo? Sabe como é na empresa!
-Claro que sim ou você acha que na empresa alguém sabe que adoro comer um macho tesudo?
-Bem Kleber eu já tive namoradas e já transei com algumas mulheres, mas vou ser sincero com você ultimamente sinto um tesão quando vejo um homem assim sem camisa, de pernas grossas tipo machão mesmo.
-Xi cara você pode ser bi ou então é homo!
-Calma Kleber eu não sei me definir preciso provar para mim mesmo, entende?
-Olha eu entendo, mas só tem um jeito para você sair do armário e eu vou te ajudar, mas na condição de ser um segredo de vida ou morte, entendeu?
-Claro que entendi Kleber eu te agradeço, mas o que sugere?
-Bem em primeiro lugar vou fechar a porta para não ser incomodado apesar de ser um apê o sobe e desce ai é constante e em segundo lugar vou tomar um banho!
-Quer vim também?
-Irei sim me de apenas um minuto!
Kleber foi até o banheiro, eu logo fui atrás tirei minha roupa sem olhar para ele que estava no Box, quando ele chamou pelo meu nome Diogo vai demorar ai?
-Venha a agua esta uma delicia!
-Foi ai que olhei e vi como estava ele tomando banho, mas com uma cueca Box branca que molhada se transformava em transparente, olhei bem e vi como seu cacete era grosso, não muito grande, mas bem grosso entrei no Box sem tirar cueca também.
-Ele riu dizendo que eu estava com vergonha dele ou o cacete era pequeno?
-Não é pequeno apenas vi você de cueca não tirei a minha também.
-Eu sei Diogo, mas a minha intenção foi justamente esta não inibir você.
-E sem falar mais nada Kleber foi me ensaboando, deixei-o fazer o que quisesse comigo quando ele começou a insinuar que eu me abaixasse nap. Hesitei ajoelhei a seus pés ele desligou o chuveiro abaixei sua cueca e quando dei por mim estava mamando seu cacete grosso suculento e cabeçudo fui aos poucos relaxando da tensão inicial e mamei como se fosse o mais pratico dos chupadores de cacete, ouvi-lo gemer foi delicioso. Eu não tinha ideia que era tão gostoso, quando Kleber começou a forçar cada vez mais seu cacete na minha garganta eu senti tanto tesão que meu cacete parecia um porrete.
Ele dizia assim tesuda mama teu macho gostoso, quer leitinho na boquinha quer? Eu só sabia mamar e balançar a cabeça confirmando, ai Kleber segurou em minha cabeça e começou a socar com ritmo cadenciado até explodir com vários jatos de leite que foram direto para minha garganta, saboreei com muita gulodice.
Kleber extasiado de prazer me segurou pela mão me levantou e começamos a nós beijar, sua boca máscula me possuía com frenesi, sua língua morna adentrava a minha invadindo todo meu ser causando imensa excitação. Nossos cacetes se roçavam ambos cheios de muito tesão nem parecia que ele tinha acabado de gozar ,foi ai que ele disse para terminarmos o banho que queria eu por completo e o melhor lugar seria na sua cama.
Fiquei arrepiado de excitação terminam-nos o banho nos enxugamos e fomos para seu quarto onde tinha uma cama de casal e ao lado um espelho grande.
Caracas quando me vi refletido no espelho com cacete em riste fiquei um pouco constrangido. Mas Kleber com seu porte exuberante ao meu lado me fez esquecer qualquer vestígio de timidez.
Fomos para cama ficamos recostados Kleber sempre acariciando o cacete dele foi ai que ele mudou de posição e ficou entre minhas pernas e com um sorriso safado disse sempre tem que ter a primeira vez.
Começou alisando meu cacete e logo estávamos fazendo um 69 delicioso, ele ainda salivava meu rabo me causando arrepios de excitação. Logo vi Kleber se esquivar saindo de cima de mim pegou camisinha encapou cacete e na outra mão estava um creme, com jeito me colocou de quatro Diogo relaxa que doe menos se entregue ao prazer que vai sentir a cada minuto daqui por diante, assim ele foi segurando em meus quadris e falando palavras que me acalmava foi introduzindo seu membro aos poucos, metia pouquinho e parava para eu poder me acostumar quando minhas pregas começaram a mordiscar ele e eu delirava de tanto prazer que gemia que até pensei que os vizinhos ouviam.
 Cada minuto tudo se tornava muito excitante. Eu estou ali ouvindo e vendo-o sentindo muito prazer meu corpo cheio de excitação, era o que eu queria, e quando ele começou a socar pra valer, de inicio doeu um pouco, mas tudo era tão maravilhoso, que quando Kleber parava de meter para sentir minhas pregas apertarem seu cacete eu pedia que ele me comesse com muita vontade assim ficamos um bom tempo até que gozei e ele imediatamente acelerou as estocadas explodindo em um gozo intenso. Sentir sua respiração ofegante em minhas costas foi muito prazeroso viciei e voltei mais algumas vezes.
Até eu ele e uma mulher fizeram nossa farra particular, mas depois de algum tempo Kleber começou a se afastar então decidi que estava na hora de procurar novos rumos.
Não parei de dá, mas também não deixei da sair com as gatas agora percebo que o prazer que sinto é duplo como e dou na boa e sinto muito tesão.

Docecomomel (hgata)
Feira de Santana, 30 de outubro de 2016.
Bahia: Brasil.


domingo, 23 de outubro de 2016

Vizinha e Amante Safadinha



Bom, esse meu primeiro conto depois de uma ausência forçada, mas vou procurar ser bem detalhista.
Meu nome Iago tem 23 anos, sou casado, tenho 1,76 de altura peso 82 Kg não são bonito apenas procuro ser gentil e simpático com todos.
Vou relatar o que me ocorreu semana passada minha esposa é muito ciumenta na virtualidade ela me vigia 24 horas e isto acaba surgindo desavenças ela com suas crises de ciúmes procura me punir com greves de sexo.
Acontece que ela resolvendo me deixar sem sexo me empurra para os braços de outras.
Eu trabalho no centro e todos os dias pego meu carro e saio só volto de noite, não dá tempo de vim almoçar.
Sempre quando passo pelo ponto de ônibus dá caronas a algumas pessoas.
Esta semana eu passei no ponto estava chovendo e só vi duas pessoas no ponto uma vizinha minha que trabalha bem perto do meu trabalho e um rapaz que só aceitou carona porque estava chovendo. Logo que o rapaz desceu eu e minha vizinha foi conversando.
Luiza tem 22 anos é morena é mãe solteira e não tem ninguém. Eu já fiquei pensando em convida-la a sair depois do trabalho, mas depois de pensar percebi que naquele dia não daria certo. Foi assim que combinei que sempre as 7.15 estaria passando pelo ponto se ela estivesse teria carona certa todos os dias.
Ela gostou da oferta, mas perguntou se minha esposa não teria ciúmes, eu como machão disse na minha vida mando eu, mas só Deus sabe o que poderia acontecer caso minha esposa descobrisse. Assim ela aceitou depois de quase uma semana um dia de sexta feira ela entrou no carro e coincidiu ir sentada na frente, no caminho eu procurava trocar de marcha e minha mão sempre passava em sua perna, ela parecia nervosa com a situação ficou meio inquieta. Quando chegou perto de onde eu a deixava eu lhe perguntou se eu poderia ir busca-la à noite para comer alguma coisa antes de ir para casa?
Ela disse que sim.
Às 17 horas liguei para casa avisando a esposa que iria fazer umas cobranças, pois o chefe me pediu e irai-me da uma boa comissão, pois ela acreditou.
Pois antes de sair do trabalho tomei um banho, vesti uma camisa limpa peguei o carro e fui buscar a minha vizinha ela estava na porta da galeria onde é o escritório que ela trabalha.
Parei o carro buzinei e Luiza entrou.
Estava bonita e cheirosa, quando ela entrou nossos olhares se cruzaram e nos beijamos, em cumprimento.
 Senti uma excitação por ela, liguei o carro e sai a esmo até que resolvi perguntar para onde riamos.
Ela segurou em minha mão e falou olha Iago tanto você como eu quer sexo então melhor mesmo ir para um motel! Não vou ficar de beijo e abraço com um homem casado que bem sei o que deseja.
Estou certa disso?
-Claro que está certíssima, então vamos! Saímos conversando como um casal de namorados minha mão em sua perna carinhosamente me causava um sensação prazerosa, estava excitado prevendo o que iria acontecer,
Quando ela percebeu o volume na minha calça perguntou se era por causa dela que estava assim?
-Sim é por você que estou assim enlouquecido de tesão passei dia todo pensando em você!

Então ela colocou a mão e apertou e viu o quanto era grande e grosso o meu cacete, ai falou uauu vou me dá muito bem hoje!
Foi aí que perguntei se ela não queria ver? Balançou a cabeça dizendo um sim.
Então tirei pra fora e quando ela viu os 21 cm do meu cacete teso já babando de excitação não resistiu e caiu de boca, começou a chupar com uma gulodice. Entramos no motel. Já fui tirando sua roupa e como um desesperado dei-lhe um banho de língua.
Senti seu mel escorrer pela minha boca, deliciosamente explorei cada cm de sua xoxota lisinha e carnuda. Ai fiquei de joelhos na cama e Luiza veio como uma bezerrinha me mamar.
Delicia sua boca percorria meu cacete e logo passeava pelo meu saco que estava bem lisinho.
O tempo passava rápido, pois não tínhamos muito tempo foi assim que peguei uma camisinha coloquei deitei no meio da cama e, a mandei sentar e assim ela fez, foi sentando rebolando.
E dizendo que pensou que não ia aguentar aquele cacete todo dentro dela.
Mandei-a aproveitar e cavalgar gostoso que eu era todo dela, a safada levou ao pé da letra meu pedido e começou a quicar com força, quanto mais ela cavalgava mais gemia quase gritando.
E dizia que era minha puta e que me daria toda noite se eu quisesse, ficou como louca galopando em meu cacete até que deu um grito longo e gozou senti o gozo escorrer pela cabeça do meu cacete.
Ai saiu de cima amparei em meus braços, coloquei-a na cama e fui com tudo. Primeiramente fui de papai e mame depois fui mudando as posições e como dois loucos eram beijos abraços eu a mordiscava seus lábios seus seios uma loucura que foi até que anunciei meu gozo e Luiza começou a gemer dizendo que queria meu leitinho eu deixei por conta dela foi ai que ela arrancou a camisinha e chupou com muita força e eu enchi a boca da safada de porra, muita porra.
Que delicia sentir os jatos de minha porra em sua garganta, ela engoliu tudo.
Fiquei como um louco cheio de excitação por aquela safada.
Ficamos conversando pouco depois fomos tomar um banho e voltamos para cama, ela já veio ficando de quatro eu encapei o cacete que estava meio teso ela fez carinhos com a boca gulosa e logo estávamos pronto para finalizar a noitada. Fiquei com cacete em riste dei uma boa línguada em seu cuzinho e fui aos poucos metendo até a cabeça passar seu anel, ela gemeu alto pediu que tivesse cuidado esperei ela se acostumar e fui empurrando até mais da metade.
Metia com ritmo compassado e com uma mão batia uma siririca, quando Luiza começou a gozar sentir suas pregas comprimirem meu cacete latejando apertando ai segurei com firmeza em seus quadris e soquei algumas vezes até explodi em um gozo intenso.
Caracas que putinha é esta vizinha agora é amante com maior sigilo, faz todas minhas vontades. E esta sempre disposta a me dá. E este inicio de mês vai ter um feriado minha esposa vai viajar eu não poderei ir, já estou planejando ficar com ela este quatro dias e vamos foder é muito.
E claro que vou levar ela para minha casa e vou poder fazer de tudo na minha cama e quando eu for transar com minha esposa imaginar que é minha putinha safada que estou enrabando. Pois eu não tinha ideia que as mulheres sentiam tanto tesão com sexo anal, porque gozar já e gostoso imaginem pelos dois lados ao mesmo tempo.
E tudo de bom proporcionar prazer a minha safadinha gostosa.
Estou muito feliz e quando minha esposa faz suas greves de sexo eu nem me importo mais.
Afinal quem tem duas nunca fica em falta.



Docecomomel (Hgata)

Feira de Santana 23 de outubro de 2016.
Bahia Brasil

sábado, 24 de setembro de 2016

Safada Ou Santinha??




Olá, como já me apresentei, me chamo Alice, 24 anos safada, moro em Macaé, 1,70 de altura, 63 kg.
Lembrando que todos os meus contos são metade verídicos e um pouco apimentados para da maior excitação.
Desde a minha separação do primeiro casamento, me tornei uma verdadeira devassa, e com o passar do tempo, virei uma verdadeira puta.
Bem um colega meu da faculdade me disse que tinha algo importante a falar comigo no termino da aula. Eu a principio não entendi muito do que se tratava, pois eu nunca fui muito amiga dele, mas curiosa aguardei saber do que se tratava. Este colega era considerado o mais bonito da turma, só tinha um defeito era noivo, mas como não sou ciumenta nada a ver com o rolo dele. Já estava perto de ir embora quando recebo uma mensagem daquele rapaz lindo e bombeado que distribuía charme por onde passava.
 Sem frescura sentia tesão só de imaginar o que ele queria comigo. Na hora que a aula terminou fiquei na saída principal da faculdade até que ouço uma voz me chamando.
Fui a sua direção e nos cumprimentamos com dois beijinhos e ele me perguntou se poderia conversar comigo em um barzinho na mesma rua da faculdade.
Concordei com um tudo bem, mas estava louca para saber do que tratava.
Logo fomos ate seu carro e saímos pelo portão da faculdade. Nome dele é Roni, claro que é apelido, achei pouco nome para muito macho, fomos ate um barzinho pedimos uma cerveja e começamos a conversar entre surpresa no meio da conversa eu atenta apenas sorria e balançava a cabeça.
Caracas o cara mais bonito da faculdade queria ajuda para fingir que era sua noiva, pois seus pais chegariam do interior e achava inadmissível ele não está casado ainda apesar de só ter 30 anos.
E assim Roni disse que seriam sós dois dias, que ele tinha namorada, mas achava cedo apresentar aos pais sem ter certeza dos sentimentos de ambos.
Assim eu concordei foi que ele disse um valor que me pagaria.
Eu disse a Roni que faria o favor a ele, mas tinha uma condição!
Poxa Alice que condição é esta?
Que só fingiria este teatro sem pagamento e que apenas um jantar seria mais do que suficiente como pagamento.
Roni ficou feliz e com um ímpeto de alegria me abraçou.
-Ufa sentir seu abraço foi algo muito prazeroso seus braços fortes me amparavam com carinho. Mas também abalou a estrutura do poderoso machão, pois ele ficou excitado percebia-se o grande volume em sua calça jeans apertada.
Surtei de excitação, pois digo com toda sinceridade não posso negar o que eu senti... E ele também pois percebi como ele ficou um pouco desconcertado e tímido quando o seu volume tocou   em mim.
Hum esse teatrinho não vai acabar bem foi o que pensei. Foi assim que ele disse que teríamos que nos conhecer melhor, caso seus pais que são da moda antiga comecem indagar precisávamos bater as informações.
Ai começamos a trocar ideias a cada momento eu me encantava mais com ele. Ficamos bem íntimos e Roni me levou até a minha casa. Ofereci um cafezinho, ele disse que já era tarde iria incomodar meus pais.
-Falei Roni acabei de dizer a você que moro sozinha!
-Ah Alice é mesmo desculpe sou lerdo mesmo!
Entramos em minha casa que era bem pequena só tinha mesmo quarto sala mini cozinha e um banheiro. Mas tudo arrumado e organizado.
Ele ficou olhando umas fotos minhas, elogiou me achando bonita.
Agradeci sorrindo. Foi quando eu perguntei se ele não tinha fotos dele, ele disse que tinha fotos no celular, pedi para ver, mas ele disse que eram improprias.
-Porque você esta feio assim nas fotos?
-Não Alice é que são fotos que eu mando de nudez.
Ahh entendo quer dizer que você também gosta de enviar nudez?
Sim as garotas que fazem parte do meu circulo virtual enviam suas eu também retribuo afinal sou solteiro e nada impedi de curtira azaração com as gatas.
Tudo bem Roni não precisa se explicar eu compreendo, mas me envia uma ai você tem meu numero de zap?
-Tenho sim vou enviar, mas não se chateie viu?
-Tudo bem o problema é eu gostar e querer ver ao vivo!
-Ah Alice ai não vejo porque não mostrar!
Despedimos-nos após Roni tomar seu cafezinho, fui tomar banho e fiquei pensando um pouco desconfiada será que Roni é gay e não quer que seus pais saibam! Eu já o vi com muitas moças, mas namorando não!
Enquanto tomava meu banho me deliciava com a visão maravilhosa em minha mente de seu cacete duro encostado a mim.
-Acho que vou ter que provoca-lo foi o que pensei impossível resistir, antes de acabar o banho vejo sinal de mensagem no celular.
Eu me enrolo na toalha pego meu celular e vou para a cama terminar de me vestir. Quando abro a mensagem dou uma bela de uma risada, pois o que havia recebido era um nudez do Roni ele em pé com o cacete de fora bem digamos em ponto de ataque.
Deliciosa visão respondi com sinais de palmas ele de volta enviou sorrisos. Em alguns minutos já estávamos conversando. Ate que a conversa foi por caminhos que induziam a uma cantada me deixei levar na conversa de Roni, mas eu bem sabia como e onde poderia terminar esta conversa. Ficamos mais de meia hora conversando pelo aplicativo Watts app foi quando eu falei que já ia dormi. Ele respondeu que se estivesse ao meu lado a ultima coisa que me deixaria fazer seria dormi.
Sorri e perguntei tem certeza disto?
Ele perguntou se eu pagaria para ver?
Claro que sim!
Então ele disse que viria até a minha casa eu concordei que viesse, mas sem pressa de voltar!
Roni sorriu e falou okay gata me espere quente que estou fervendo e vou sem pressa de voltar sim.
-Hum eu estou esperando, não demorou muito Roni chegou veio rápido mesmo era pouco tarde o transito estava tranquilo. Abri a porta Roni entrou me agarrando e com beijo na boca não me deixou falar mais nada. Ficamos parecendo que éramos íntimos há muito tempo.
Em instantes fomos para o sofá Roni me fez fica sentada e já foi baixando a calça e tirando a camisa, colocou seu membro viril para fora sem tirar a cueca e no mesmo instante eu segurei seu cacete que estava teso e comecei a chupar. Mas que cacete maravilhoso, branco , da  cabeça roseada, 21cm aproximadamente, cheio de veias,  eu mamava como se fosse um picolé delicioso.
De repente, ele segura em minha cabeça e começou a forçar para entrar o cacete todo chegando até a minha garganta. Eu adorei seu jeito másculo de dizer o que queria e como queria foi ai que eu recomecei a mamar com mais gosto e tesão, abri bem suas pernas e chupei com afinco as suas bolas, e Roni gemia baixinho  me falando palavras gostosas que me incentivavam a chupar mais gostoso ainda.
Mamei Roni com tanto gosto como nunca tinha feito com outro. Foi assim que ele já prestes a gozar colocou a camisinha, e vendo seu membro ali na minha frente embalado como se fosse um presente eu delirei de excitação.
O desejo e o tesão de estarmos ali juntos aumentavam a cada minuto. Em pouco tempo eu nem conseguir perceber como foi que aconteceu em instantes estava eu cavalgando em seu cacete que entrava todo deixando só as bolas de fora que se encostavam a minha bunda. Parava um pouco e ficava rebolando, Roni De repente se levanta e começa a me comer de quatro e sentia cada centímetro daquele cacete em mim, e ele socava, mas socava muito. Mudamos de posição, onde ele me encostou-se A e na parede e meteu em pé me empurrando com força contra a parede com sua estocada viril, eu me sentindo nas nuvens com aquele touro gostoso, me fudendo como se fosse uma puta.
Até que ele começa a acelerar as estocadas e avisa que vai gozar... Logo sinto despejar bastante leite que enche a camisinha demorou pouco com respiração ofegante e eu como uma boa safada tirou camisinha e limpei seu cacete deixando todo limpinho,
Ele se levanta, me dá um beijo demorado de tirar o fôlego e sai indo até banheiro. E eu fiquei feliz, satisfeita e fui tomar um banho demorado sentindo toda retranca que meu corpo recebeu daquele macho tesudo.
Se vocês acham que paramos enganaram-se porque logo voltamos ativa e Roni me proporcionou uma noite de muito sexo e safadeza gozamos como nunca em nossas vidas.
Para encurtar a estória fui apresentada a seus pais como namorada e agora somos mesmo Roni praticamente mora em minha casa não posso mais reclamar de falta de sexo.
 Porque o Roni parece um touro quer puder todo dia e eu também é claro.

Docecomomel(hgata)
Feira de Santana, 23 de setembro.
Bahia Brasil.


segunda-feira, 28 de julho de 2014

Um Incesto Inesperado






Oi.
Tudo bem?
Eu sou o Tiago, sou casado, tenho 38 anos, 182 com 80 kg. Eu atualmente trabalho de representante comercial com produtos farmacêuticos, viajo pelo nordeste inteiro fico muitos dias fora de casa. Sempre em minhas viagens arranjo mulheres quando o tempo é curto de ir caça até uma GP me serve o que eu quero mesmo é trepar sou doido por sexo.
Tenho um filho do casamento e outra filha que tive com uma ex-empregada de minha casa ainda quando era um adolescente inexperiente.
Eu não a conheço, pois quando tive esta experiência sexual era menor de idade e quando meus pais souberam que Marisa este é o nome da empregada estava grávida mandou-a embora e eu fosse estudar na capital. Sei que meus pais sempre deram apoio financeiro a ela,mas eu com minha irresponsabilidade de adolescente nunca conheci  esta minha filha.
O tempo passou e eu nunca soube de nada.
Também na época tinha apenas 15 anos e nada sabia da vida como sei agora a Marisa era safadinha tinha seu companheiro, mas me tentou eu inexperiente, mas cheio de gás a comi apenas duas vezes, foi com ela que tive minha iniciação sexual, que, diga-se de passagem, foram poucas vezes, mas a putinha soube me ensinar o bê-á-bá completo.
Então eu estava viajando por uma cidade do interior, por problemas de roteiro teria que ficar durante o final de semana, eu estava louco cheio de excitação, foi durante o almoço conversando com um empregado do hotel que o perguntei como encontraria mulheres para curtir um bom programa durante aquele sábado à noite.
Ricardo era seu nome disse que tinha uma amiga que também tinha amigas que saiam a troco de dinheiro, mas que era sigilo, pois como eu bem poderia saber isto no hotel era proibido.
Falei de boa que nada pode me passar telefone que convido uma desta dizendo que e alguma prima minha que vinha me visitar. Dito e feito ele me passou telefone eu liguei e moça confirmou que uma amiga sua viria até o hotel as 21 horas,que seu nome era Milena que o preço era ela quem acertava. Fiquei no restaurante e avisei na recepção que estava esperando uma prima vir, que me avisasse quando a mesma chegasse, pois já estava indo para o quarto. Antes da 21 horas fui ate meu apartamento tomei um banho fiz a barba liguei a TV em um programa musical  e fiquei esperando cheio de tesão. Quando o interfone tocou avisando que minha prima havia chegado se poderia subir.
-Claro pode deixar Milena subir, Eu já estou esperando-a.
Quando ouvi um leve toque na porta abro ansioso e tive uma visão maravilhosa, em pé na porta estava uma morena de aproximadamente 59 kg com 1,59 de altura cabelos longas e olhos pretos que pareciam duas jabuticabas. Seu sorriso com dentes alvos me deixou encantado.
Oi Milena entre como vai tia Julia falei em voz alta, ela sorrindo respondeu vão.
Todos bem e você eu primo?
Fechei a porta e... Abracei-a ali mesmo em pé junto à porta.
Seus lábios macios corresponderam-me com delicadeza.
Foi o tempo de começar a tirar seu vestido e ali no meio do quarto apreciar seu corpo lindo vestido apenas com uma calcinha preta fio dental.
Seus seios com os bicos eriçados eram um convite a mamar.
E assim eu fiz, cai de boca naqueles seios pequeninos e suguei e mordisquei com intenso tesão.
Fomos até a cama e coloquei-a deitada com as pernas escancaradas e cai de boca, comecei a dá as primeiras lambidas no grelinho, e ao enfiar a língua dentro de sua grutinha deliciosa saboreie seu melzinho, chupava seu grelinho que meus lábios chegavam a estalar.
Em instantes Milena obteve seu primeiro orgasmo, gemendo e rebolando na minha cara.
Vou dizer uma coisa que não existe maior prazer do que sentir uma mulher gozando, é gostoso saborear seu melzinho, sentir suas sensações e emoções.
Foi quando ouvi Milena dizer: “Ah como é gostoso demais” – “quanto tempo  eu me perdi”.Depois foi que soube,que fazia pouco tempo que começoua a transar.Mas nada a dizer sobre isto.
 Continuei a lamber e mamar sua xoxotinha, que soltava um mel delicioso...
Mamei e chupei com força, enfiando minha língua toda dentro, parecendo que tiraria seu cabaço se assim o tivesse.
Peguei-a no colo e fomos até o banheiro começamos a tomar banho, ela já recuperando do intenso orgasmo abaixou-se no banheiro e começou um boquete, lambia com a ponta da língua fazendo círculos e logo depois abocanhava todo meu cacete. Até pensei que meu cacete era um pirulito de tanto que a moça chupava,me deixava mais logo de tesão e com vontade de gozar em sua boca.
Controlei-me ao máximo e logo banhados e com muita excitação voltamos para cama, deitei e pedi que viesse por sobre meu corpo. Putinha subiu na cama e ficou alguns minutos se insinuando com uma dança sensual e lentamente começou a descer até que vi seus lábios vaginais tocarem a cabeça do meu cacete e Milena descer,ai foi que vi uma xoxota meladinha.
A safadinha começou a rebolar e ficava quicando com meu cacete todo atochado em sua xoxota.
Foram minutos de intenso prazer, ela rebolando eu mexendo estocava de baixo para cima apertava sua bunda.
Uma delicia fizemos outras posições ate que ficamos de papai e mamãe. Ai foi a minha  vez de estocar cada vez com firmeza.Foi por mais de 10 minutos metendo com muita vontade,sempre beijando sua boca gostosa,sugando sua língua.Até que Milena gozou mais uma vez...Acelerei as metidas por muitas vezes seguidas, ai pediu arrego dizendo que não aguentava mais...Fui acelerando até que explodi em um gozo.
Milena gemia rebolando, sempre me chamando de gostoso bom de fuder.
Apesar de eu te acabado de gozar eu ainda não estava satisfeito, pois tinha quase uma semana fora e queria aproveitar e desfrutar mais daquele corpo lindo. Troquei de camisinha e coloquei as fadinha de quatro acariciando sua bunda e sempre como os dedos ágeis tocando seu grelinho meladinho e durinho.
Mulheres... Sempre estas deusas maravilhosas e gostosa que nos deixam alucinados e cheios de muito tesão.
Deliberadamente dei uma lambida em seu anel e vi a putinha arrepiar, caprichou mais na lambida ela ronronando igual uma gata,
Minha excitação que já era grande ficou mais intensa, beijava sua bunda dava pequenas tapas, eram momentos muito gostosos, quando eu disse: “fique quieta que agora é minha vez de te dá maior prazer”.
– “Ela que não era nenhuma criança já sabia o que viria”. Encaixei a cabeça do meu cacete em seu rabo e comecei a forçar, empurrava e parava, ela gemia, mas nada que não pudesse controlar.
Assim fui tentando até sentir que a cabeça do cacete já estava toda dentro segurei por sua cintura e comecei a socar.
Milena gemia pedia que metesse gostoso e assim eu fiz por um bom tempo, sua bunda até ficou avermelhada de tantos tapas que eu dava, me senti um verdadeiro garanhão aguentei o que pude até explodi em um gozo intenso que foi acompanhado por Milena. Ficamos exaustos e caímos na cama,abraçados e saciados do imenso prazer.Começamos a conversar amenidades até que Milena me perguntou de onde eu era.Foi quando respondi e com surpresa ouvi-a falar minha mãe já morou em sua cidade e meu pai mora ainda lá mas eu não o conheço.
Como se fosse um tapa no meu rosto perguntei o nome de sua mãe e para surpresa ela me respondeu que era Marisa.Levei um choque e para minha infeliz constatação eu tinha acabado de transar com minha filha.
_Sim a filha que eu não conhecia. Mudei radicalmente de comportamento mandei tomar banho e ir embora.
Milena sem entender nada ainda disse que poderia ficar a noite toda que o preço seria o mesmo.
Aleguei cansaço que viajaria de madrugada e pedi seu telefone, agendado dei-lhe 120,00 e com desgosto a vi entrar no elevador que crueldade do destino eu tinha acabado de transar com minha filha. E o pior de tudo isto foi que eu havia gostado muito dela.
Putinha safadinha boa de cama.Que homem nenhum quer uma única vez...Mas para mim teria que ser assim .Liguei para recepção do hotel mandei fechar a conta e no dia seguinte antes do raiar do dia viajei.Deixando pra trás um episodio que me marcou muito na vida.Eu havia cometido um incesto querendo ou não foi Incesto.


Docecomomel(data)
Feira de Santana,28 de julho de 2014.
Bahia. Brasil

quinta-feira, 8 de maio de 2014

Tornei-me uma Sub







Estava*EU em uma balada e um rapaz chegou perto de mim me xavecando eu estava com raiva, pois tinha brigado com meu namorado, o safado não valia nada, estava curtindo com uma e outra, eu para não dá o braço a torcer, não fui embora e quando aquele rapaz que conhecia só de vista começou a me xavecar eu resolvi dá o troco.
Afinal quem era ele para me deixar na mão e ainda falar mal e me trair com qualquer uma.
Sou uma lady, mas resolvi liberar meu lado safado. Sou Célia tenho 32 anos sou solteira, brigada com namorado, Marcos que é muito safado e sempre quando acontece de brigarmos ele vira um galinha e pega todas as mulheres que encontra só para me pirraçar. Mário não tem esta de beijar e abraçar ele acha que mulher precisa de carinho e na concepção dele sexo é a melhor forma de dá carinho,em parte ele tem razão no momento do ato sexual a junção de corpos e mentes é um verdadeiro ato de amor.
Assim eu na festa sozinha vendo meu ex com uma e outra entrei em estado de raiva que resolvi me vingar... Foi quando alguém que eu apenas conhecia de vista se aproximou e...
E conversa vai e vem o cara que me paquerava soube do ocorrido e me pediu para eu esquecer aquele Zé Mané filho de uma puta e ficar com ele na boa.
Ele era até bonito e parecia ser legal, resolvi dar uma chance, afinal seria dois coelhos com uma cajadada só... Não ficaria só e ainda me vingava do safado do meu ex-namorado também
Só que pensei que estaria me vingando, mas nada o que ele queria mesmo era sexo. Dançamos e bebemos muito e já de madrugada falei que queria ir embora, foi quando ele falou:
- Vamos a um lugar mais calmo amor assim podemos ficar mais à vontade.
-Eu já tinha tomado algumas e queria muito ser amassada e beijada bem gostoso, afinal a vingança teria que ser completa.
Ele me levou até onde seu carro estava estacionado no meio de uma rua, que era meio deserta.
Encostamos-nos ao carro, que estava sobre uma árvore e o local estava bem escuro.
E começou a me beijar gostoso, enfiava a mão pelo decote e apalpava meus seios. Eu sentia o maior tesão.
Ninguém na rua só de longe se ouvia o som da festa e um vigia na esquina.
Quando vejo, ele estava com muito tesão, seu cacete duro quase estourava a calça.
Foi quando ele abriu o éclair botando seu cacete para fora.
E eu disse: Calma cara, ainda é cedo, ele se irritou comigo e foi falando.
-Calma nada minha putinha te quero foder como a uma cadelinha tal como é.
-Eu disse que não queria transar, apenas namorar, ele ficou irritado, segurou pela minha cintura e foi falando:
- Você sempre deu para o idiota do seu ex, que é um galinha agora vai querer dá uma de santinha comigo é?
-Pois também vai ter que dar para mim... Como eu quero.
- Eu respondi que não queria, ele disse que cadela não tinha querer e que eu seria obrigada... -Senão ele voltava lá na festa e faria maior barraco.
Tentei de todas as formas convencê-lo que eu não seria bom fazer sexo no primeiro encontro.
- Ele insistia muito dizendo que nada tinha haver que queria me comer ali e agora. Fiquei com medo e ameacei gritar, aí ele ficou mais calmo e foi falando mais baixo sendo mais carinhoso com suas palavras.
- Deixa de bobagem, gostosinha, tudo tem uma primeira vez.
-Não custa nada, você vai gostar, não vou contar para ninguém, depois quem sabe seu ex- resolva te querer novamente, vem ficar comigo eu prometo te fazer feliz, nem que seja por alguns minutos.
-Mas eu ainda tente dizer não. Mas para ser sincera estava carente e morrendo de vontade de transar com ele naquele momento, ele notou e começou me apertando de encontro ao carro apertava os bicos dos meus seios, beijava minha boca.
Foi algo que eu queria, não resistia, meu corpo ansiava.
Quando ele suspendeu minha saia, rasgando minha calcinha, soltei um gemido alto. Foi quando ele disse que se eu gritasse seria pior e que era para eu ficar quietinha sem nenhuma reclamação. Gritei de tesão,quando ele enfiou seus dedos em minha xoxota.
Ele mandou eu me ajoelhar, abaixou a calça até os joelhos botou o cacete babando todo de fora e segurando por meus cabelos me mandou chupar, sem muita conversa. Claro que eu queria, mas parecia ser obrigado o tesão aumentava mais ainda e. Enquanto eu chupava ele pressionava minha cabeça contra o seu corpo, falando palavrões:
- Chupa gostoso, vadia, chupa cadela não era isto que você queria safada tesuda.
- Ele socava sem dó na minha boca, o cacete dele não era grosso, mas comprido e um pouco fino, fazia ser maior ainda, eu só tinha chupado do meu namorado.
Depois de chupar muito ele me mandou parar, segurou pelos meus cabelos e eu com a boca aberta ele gozou horrores.
-Quem disse que deixou cuspir me fez fechar a boca dizendo tome o leitinho de seu dono safada.
Em seguida pegou em minha cintura e me jogou contra o capô do carro suspendeu bem minha saia deixando minha bunda toda de fora, terminou de rasgar minha calcinha tirando-a por completo...
-E apalpando minha bunda, deu alguns tapas... dizendo êta potranca gostosa.
Colocou uma camisinha e veio empurrando seu cacete entre minhas coxas. Estava duraço chegava a fazer um arco apontando para o umbigo.
E começou a socar gostoso eu é claro rebolava enquanto ele ficava no vai e vem, socava gostoso mesmo.
Tirava o cacete quase todo e em seguida metia de uma vez só eu via estrelas, quase gozava logo.
Eu nem sabia como ele conseguia meter e ainda ficava apalpando minhas coxas, bunda e peitos, sempre me falando o quanto era vadia, vagabunda, mas muito gostosa.
Foi assim que gozei, ele aproveitou ainda ficou dedilhando no meu grelo, gozei horrores como nunca tinha feito na minha vida... Aff que safado que sabia das coisas.
Gozei horrores apoiada no capô do carro naquela rua escura. Nem me dei conta que estava em via publica, também já ás 4 horas da manhã.
Foi quando ele me pediu para ficar de quatro (4) no chão atrás do carro entre a calçada e um muro alto de uma casa.
O chão era ruim cheio de pedrinhas, meus joelhos não ia suportar aquela posição.
Foi quando ele tirou os sapatos e botou para eu poder ajoelhar.
Seu cacete estava mais duro ainda, foi assim que fiquei de quatro ele cuspiu em meu anel e começou a me penetrar aos poucos tentei fugir, mas segurou em minha cintura, sempre apalpando minha bunda e seios.
-Relaxa minha cadelinha que seu macho vai te enrabar gostoso, empurrava e parava alguns segundos voltando em seguida e meter mais um pouco até que sentir o contato de seus pelos ralos em minha bunda.
-Ele deu um tapa na minha bunda e rindo falou...
-Pronto minha potranca meu alvo foi alcançado, relaxa...
- Logo começou a meter com um ritmo cadenciado, e parava voltava a meter com muita força!
-Eu gemia, mas não era de dor, mas de prazer. Para piorar eu gozei novamente aí ele se achou o tal... Meteu falando tantas palavras obcenas que soavam como musica angelical aos meus ouvidos...
Enquanto isso ele ficou me xingando de todos os nomes possíveis... Vadia, vagabunda, cadela, safada, gostosa boqueteira, dizia que meu ex era frouxo por deixar uma cadela como eu, não parava de socar e sempre dando várias tapas na minha bunda que já ardia muito.
Enfim, ele gozou... Pensei que era um touro, pois senti seus espasmos de esperma dentro do meu rabo, ainda bem que a camisinha aguentou.
Ficamos atracados depois ele pegou minha calcinha limpou minha xoxota e guardou no bolso de sua calça. Nós vestimos e ele me disse que me levaria até perto da porta de minha casa.
Assim fizemos eu desci quando ele me deu um beijo.
E já foi falando para que não contasse a ninguém, pois era noivo e se a noiva dele que estava viajando soubesse de algo eu iria me arrepender de ter nascido.
-Fiquei assustada com suas palavras desci do carro entre soluços.
Entrei em minha casa tomei banho, e esfregando meu corpo com força lembrando com raiva e tesão como tinha sido usada.
Olhei-me no espelho e vi marcas de prazer, minha bunda vermelha um chupão no meu ombro, mas alegre feliz e saciada. Foi uma experiência diferente,mas enquanto tomava banho gozei pensando na parada que foi nosso encontro e cheguei a conclusão que foi maravilhoso,os homens que fui possuída por ele.
E depois desta fatídica madrugada eu nunca mais o esqueci. Mas cada vez que me lembro destes fatos, sinto raiva e prazer. Pois foi á partir daquele dia que me transformei em sub. Não aquentei e fui lhe procurar e sou agora sua amante permanente e cadelinha secreta.
Para quem não sabe procure se informar.
Sinto imensamente prazer em compartilhar meu corpo e meu prazer com meu Dono.
Que neste exato momento está dormindo enquanto eu em minha caminha ao lado dos pés da cama escrevo este pequeno relato. Obrigado meu Dono Mário por me proporcionar intensos prazeres.
Ah... Eu voltei para meu namorado Marcos, mas só de fachada mesmo pois ele é tão galinha que agora eu resolvi fazê-lo de corno.Todos sabem com exceção dele é claro.
Afinal alguém precisa pagar minhas contas.
A vingança precisa ser completa


Docecomomel(hgata)
Feira de Santana, 07 de maio de 2014.
Imagem coletada no google

quarta-feira, 9 de abril de 2014

Caindo na vara do negão









Mudei-me para uma casa em um condomínio novo na cidade de Salvador, na minha rua havia várias casas vazias para aluguel e seus proprietários em reforma se preparando para mudar.
 Num belo dia eu estava saindo para trabalhar e percebi que na casa vizinha havia um caminhão de mudança parado bem de frente a minha casa.
Buzinei, pois não tinha condições de sair com meu carro.
Logo me surge dois rapazes, um era negro e outro com a cor mais clara.
Um deles afastou o caminhão dando espaço para eu poder sair. Acenaram sorrindo.
Logo imaginei quem seria o novo morador da casa ao lado.
Fui trabalhar só voltando á noite... Depois de alguns dias automaticamente fomos aos pouco nos conhecendo. Acabei falando que sou solteira e ele falou que era divorciado, mas não tinha filhos.
 E sempre acabava nos encontrando a noite ou até mesmo pela manhã quando saiamos apressados.
Entre um cumprimento e outro eu me pegava pensando no meu vizinho negro, alto1, 80 e uns 84 kg com braços fortes e coxas grossas, seu nome era Mário.
Ah esqueci-me de dizer que tenho tara por negros, principalmente os grandões. Nós mulheres adoramos ver um cacete grande, e isso nos excita. Quanto à grossura, sem palavras. Em minha opinião, quanto mais grosso melhor.
Esta semana tirei dois dias de folga e a tarde cuidava do jardim quando vejo meu vizinho que vinha chegando do trabalho.
Arrepiei estava usando farda do exercito.
Foi ai que soube que era tenente, Assim começou a minha tara por negros.
Ele usava calça mais ou menos colada e ficava aquele volumão no meio das pernas até parecia que já estava excitado.
 Ele chegou e veio até a frente de minha casa e ficamos conversando eu não conseguia desviar os olhos daquele volume delicioso de se ver.
 Eu não sou tarada, mas por eu olhar tanto o volume na calça ele percebeu e sorriu me deixando envergonhada.
 Por perceber meu interesse por ele, ele acabou me convidando a sair na sexta feira.
 E saímos nossa conversa foi agradável.
Falamos sobre política, sociedade, economia, eu já louquinha cheia de excitação.
 Foi quando ele me falou que já faziam seis meses que não arranjava uma namorada.
Eu ri e falei então estamos empatados Mário e caímos na risada. Isso já era algo de proveitoso para ambos.
Quando ele começou a desabafar que andava cheio das mulheres interesseiras.
Eu também desabafei falado que andava cheia de gatinhos correndo atrás de mim querendo uma patrocinadora de seus luxos. Foi uma conversa de desabafos comemos e bebemos e fomos embora.
Ele muito gentil e respeitoso.
Quando chegamos a casa o convidei pra entrar e tomar mais uma taça de vinho. Ele entrou.
 Sentou no sofá eu já estava ardendo de tesão.O vinho me causou um calor que meu corpo parecia em transe.
 A gente se olhava com tanto desejo que só faltava se agarrar.
Bebemos uma taça de vinho sentado um de frente para o outro, parecia que eu estava no cio.
 Eu tremia de excitação e nervosismo e ele ficava sem saber o que fazer.
Até que ele pediu para ir até ao banheiro.
Quando levantou não pode esconder o volume maior do cacete duro na calça que parecia que o volumão ia saltar pra fora, estava excitado.
 Ele foi ao banheiro entrou ficando de lado tirou aquela tora negra imensa e começou a mijar com a porta aberta.
 Não resisti e fiquei olhando do corredor e fiquei babando de tesão vendo aquele negão com aquele cacetão mijando, ele sabia  que eu estava olhando e fingiu que não via.
Acabou de mijar...Saiu do banheiro e olhando para mim perguntou:
 “Você gostou do que viu”?
- Eu respondi “Eu adorei...”.
 Ele se aproximou um pouco mais de mim segurando o cacete com uma das mãos dentro da calça e falou: “Quero eu te dou”?
 Eu não pensei duas vezes, me ajoelhei aos pés dele e abocanhei aquela jejuna preta deliciosa e mamei loucamente igual uma puta no cio.
 O negão gemia se contorcendo de tesão.
 Eu engolia o cacete todo chegando quase até a garganta e ele falava:
 “Isso”... Safaaadaaa!
 Mama seu negão bem gostoso minha putinha.
Gosta de cacete preto é?
 Eu respondi Adoro... Parei de mamar e puxei-o pelo braço para  meu quarto e já fomos direto para minha cama.
Tiramos nossas roupas.
O negão quando me viu toda peladinha ficou mais louco de tesão.
O cacetão dele latejava. Estava tão duro que apontava pra cima,uma bela visão.
Ele me pegou por trás esfregando o cacetão preto na minha bunda branquinha e lisinha e eu deitei de costas na cama.
 Levantei bem os joelhos deixando flexionado de uma forma que a xoxota já ficava aberta e ele caiu de boca na xoxotinha que já estava depiladinha e meladinha.
 Ele metia a língua, chupava e mordiscava meu grelo e eu ficava rebolando na cara dele.
Ele dizia sacanagem tipo: “Que Putinha safadinha
Quero seu mel delicioso...
Depois de um bom tempo arqueou seu corpo para trás colocou uma camisinha que quase não cobria o cacete negro e grosso e direcionou seu porrete para entradinha dos lábios vaginais, eu chegava sentir seu cacete latejar e com intensa volúpia colocou meus pés em seus ombros e começou a meter seu membro latejando de tesão. Me senti dividida também fazia seis meses que não dava um trepada fui a loucura sentindo-me preenchida e dilacerada pelo imenso membro negro do meu vizinho gostoso e safado.
Começou a empurrar o cabeção do cacete quando eu pedi que fosse devagar
“Não vou te machucar gata”!
Ele afirmou que assim como eu estava na seca, mas teria cuidado. Meu tesão era tanto que nem pensei em mais nada.
 Passei a rebolarem um ritmo cadenciado estava louca pra ser comida mesmo. Eu tremia de tesão e meu corpo em frenesi ansioso para saborear de cada momento enquanto seria penetrada.
 Ele foi empurrando e eu rebolando. O pau era tão grande e grosso que parecia que tava me rasgando ao meio. Eu gemia e rebolava sentindo que a cada minuto entrava mais um pouco de seu cacete até chegar até o talo.
 Ele falava. Minha putinha safadinha gostosa. Está gostando do negão?
 E eu gemendo dizia que sim. Depois com um movimento ele segurou firme na minha cintura me pegando no colo começou a socar o cacete de baixo pra cima que entrava  tão fundo e forte que eu queria gritar de  tesão , mas só gemia  baixinho com receio que os  vizinhos pudessem ouvir
O negão era demais me fudia loucamente, dando rápidas e fortes estocadas que meu corpo subia e descia ,depois eu fiquei olhando no espelho na outra parede lateral a jegona preta entrando e sumindo dentro da minha xoxota. Naquele momento estava realizando meu sonho de ser fudida loucamente por um negão bem dotado...Ele enterrava aquela vara sem dó nem piedade .
Eu o apertava beijando seus lábios teve um momento que socou com tanto vigor que cheguei a morder seu lábio superior ele soltou um grunhido como um animal no cio estocou sucessivas vezes falando muita sacanagem: Vou te arrombar safada vou tirar meu atraso te comendo todos os dias. depois segurou-me pelas ancas sem parar  de socar, eu urrava de tesão,depois prendeu minhas pernas em sua cintura tirou o cacetão e me mostrou dizendo olha safada como eu  estou cheio de tesão eu vou... Eu vou gozar.
Ele atochou de novo o cace tão já inchado e melado de tesão e com destocadas bem fortes, começou a estremecer seu corpo soltando jatos e mais jatos de esperma.
  Logo quando eu menos esperava eu também gozei... Ele me abraçou dizendo que logo faríamos tudo de novo.
Senti vários jatos de porra quente escorrendo da. Xoxota e exclamei :
Êta porra! Foi quando ele falou nem a camisinha suportou a gozada  nós acabamos de dá risadas.
Logo Mário tirou o cacete  meia bamba e sentou na cama em uma posição que a cabeçorra ficava encostada no meu buraquinho...
Aí gemi prevendo o que estava por vir. Depois tomamos um banho e fiz um boquete delicioso...
 Meio complicado devido ao tamanho e espessura, mas conseguir deixa-lo bem animado para o próximo round.
Foi ai que ele me disse que queria me fuder de quatro(4).E assim aconteceu ficou de joelho atrás de mim e socou a vara sem dó nem piedade até encher meu rabo de porra  novamente...Foi bom sem deixar de falar que doeu um ouço ficando com algumas pregas dilatadas,mas queo prazer foi intenso.Isto foi  sim.
Nesta noite foram quatro cinco gozadas e durante vários meses o meu vizinho negão sempre  estava a me esperar e a noite era uma farra só ou na minha casa ou na dele  quando era nos finais de semana ficávamos o tempo todo juntos...
Mas o destino mudou nossos rumos ele foi transferido para Manaus e tudo voltou a mesma rotina de sempre.
Até que semana passada mudou outra pessoa para casa ao lado...
Bem já conheci o coroa viúvo se rolar aventura eu volto pra contar...
Mas que Mário meu negro cacetudo deixou saudades eu não posso negar...
Ahhh... Que pena.

Imagem do google

Docecomomel (hgata)
Feira de Santana,Bahia Brasil
08 de abril de 2014
 13º de 2014.
Meu blogs
http://desejosdeinsanos.blogspot.com.br/

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Cunhada Safadinha e Gostosa.







Comi a cunhada em minha própria casa... Eu estava no meu pequeno escritório elaborando meu plano de viagem semanal, quando repentinamente entra minha cunhada entra aos prantos. Entre surpreso e zangado indaguei o que  havia ocorrido.
Eu sou Alessandro tenho 38 anos sou casado com Márcia uma professora de educação física e vivo bem com meu casamento. Sou representante comercial e viajo durante a semana de terça a sexta.
E isto me ocorreu em uma segunda feira que é o dia que organizo meu plano de viagem que a empresa envia por email.
Minha cunhada é uma jovem de 20 anos que durante minha viagem fica de companhia para minha esposa sua irmã, pago a ela por isto. E ainda sua irmã lhe dá muitos presente,isto ajuda pois ainda é estudante.É um pitéu de gostosa sempre a homenageio em minhas punhetas.Quando em alguma cidade sózinho estou.
Marina entre lagrimas me contou que tinha brigado com namorado, eu pedi que ficasse calma Marina se seu namorado é cego não enxerga a menina linda que você é esquece ele deve ser um babaca, foi o que afirmei.
-Você me acha gostosa Alessandro?Ela me perguntou eu fiquei sem jeito de responder, mas era preciso.
-Claro que sim Marina você é muito bonita e gostosa.
-Quando ela me perguntou se eu sentia tesão por ela, fiquei sem chão,mas tinha que ser sincero.
-Olha Marina sou normal como todo homem e vou-te dizer sinto sim quando chego a casa e te encontro com estes shorts curtos morro de tesão, já bati muita punheta pensando em você.
-Jura? E porque nunca me falou nada?
-Falar o que Marina você é minha cunhada.
-Ah poderia ter dito quem sabe poderíamos zuar um pouco minha irmã só anda fora mesmo.
-Você tem certeza do que está falando Marina?Olha como já estou de cacete duro.
-Claro Alessandro que tenho certeza ou você acha que com 20 anos ainda sou virgem? Pois se acha isto está enganado, pois transo com meu namorado desde os meus 18 anos. E minha irmã sabe disto que eu já falei para ela,só não libera trazer ele para dormir em sua casa.Quer dizer não libera,mas é claro que o meu namorado já ficou aqui as escondidas.
-Ah é?Claro ele entrou pelo portão lateral sem tua esposa saber.
-E esta conversa fui tomando um rumo diferente eu deixei meu trabalho de lado, minha cabeça só pensava em transar com aquela ninfeta safadinha, chamei para sentar no meu colo ela veio.
Fechei a porta do escritório e Marina veio e sentamos no pequeno sofá.
Seu cheiro penetrava em minhas narinas como um afrodisíaco. Minha cunhada novinha ali ao meu lado doidinha para fuder,sem  outro pensamento fui abrindo sua blusa,comecei apalpar seus seios pequenos com biquinhos eriçados. E fiquei louco quando comecei a mamar.
Uma delicia ouvir seus gemidos parecia uma gata ronronando, tirei seu short e quando vi sua calcinha de renda vermelha, pensei que meu cacete iria explodir dentro da bermuda.
 Logo tirei minha bermuda ficando só de cueca a cabeça do meu cacete saia pelo cós. Tirei sua calcinha e comecei a lamber sua xoxota lisinha. A safadinha estava ensopadinha e gemia muito. Deitei no pequeno sofá arrastei-a para que ficasse sentada em meu rosto e comecei uma sessão de sexo oral. Marina veio por cima e começamos um sessenta e nove completo
Mostrei a ela o que uma língua gulosa poderia fazer, lambia sua xoxota, brincava com um dedo em seu buraquinho, que latejava,lambia e salivava deixando-a louquinha de tesão.
A safada rebolava em meu rosto deixando-me todo lambuzado eu socava meu cacete em sua boca até o talo. Eu já não estava aguentando com tanta vontade de gozar,quando a safada viu que eu já não aguentava mais de tesão reprimido começou a lamber meu saco,avisei que já ia gozar ela como uma boa putinha pedia  para eu gozar na boquinha gulosa. Falava assim gemendo goza...Na boquinha da cunhadinha safada goza! Eu quero leitinho... Ai não teve como segurar soquei com força e dei três (3) fortes jatos de leite na goela da cunhadinha safadinha.
Ele bebeu tudo e se vocês pensam que paramos por ai se enganaram. Marina fogosa deu mais uma deliciosa porção de seu mel na minha boca,que eu nunca senti um gozo tão intenso.
Paramos alguns minutos fomos tomar um banho, o tempo passava rápido e enquanto tomava banho eu não aguentei e quando estava a ensaboando minhas mãos percorria seu corpo inteiro. Quando alisava sua bunda dei-lhe um tapa,e sorrindo  falei...Eta  potranca gostosaaaaaa!
Ela toda assanhada respondeu vem galopar em sua potranca vem... E empinou a bunda,.Caracas  eu fiquei louco de tesão e só peguei o primeiro creme que encontrei coloquei na palma da mão e comecei a lacear seu rabo.
E encostei a cabeça do cacete e comecei a forçar, ela rebolava em alguns momentos. Coloquei mais um pouco de creme e segurando-a pela cintura forçava tentando facilitar a penetração ela rebolava ,gemendo,perguntei se queria que parasse,ela respondeu que não então forcei mais um pouco até que ela  soltou um gemido rouco,parei alguns segundos depois que cabeça do cacete entrou . Senti Marina relaxar. Com carinho pelo corpo fui aos poucos aumentando os movimentos e Marina gemia e rebolava com meu cacete encravado.E em poucos minutos metia com vontade,teve momentos que tirava cacete só pra ver o rabo dela todo arregaçado e logo metia novamente até o talo.
Marina minha putinha safada é agora que vou te encher de leitinho... Ai meu cunhadinho tarado come sua putinha foi gostoso...Acelerei com estocadas fortes e gozei como um cavalo nas suas entranhas.Parecia que tinha séculos que eu trepava.Fiquei atracado com ela ali mesmo no banheiro até meu cacete amolecer e sai deixando um rastro de esperma e sangue...
Respiramos aliviados e tomamos nosso banho sem muitas palavras até que Marina com cara de safada falou e agora cunhadinho serei sua putinha nas horas vagas?
Respondi bem é você quem decide o que devemos fazer.
Já está resolvido serei sua putinha quando você quiser, desde quando minha irmã não saiba é claro.
Claro que concordo Marina afinal sexo quanto melhor.
Tomamos um suco e com se nada tivesse acontecido Marina saiu.
-Pensei... Agora estou bem arrumado enquanto minha esposa trabalha me divirto com uma safadinha gostosa,  e vou levando a vida numa boa  até quando puder.Afinal Marina tem seu namorado e precisamos conciliar o tempo.Mas que é uma safadinha não posso negar....Depois volto para contar como foi quando ela transou comigo e depois foi se encontrar com namorado com a xoxota cheia de leite.Ainda falou que ele ia chupar ela para sentir meu gosto....

Docecomomel (hgata)
4ª conto de 2014.
Feira de Santana, 03 de fevereiro de 2014, Bahia Brasil.
Imagem do google

domingo, 3 de março de 2013

Safadeza no Escuro do meu Quarto.







Safadeza no Escuro do meu Quarto.
Férias êta coisa boa!
É um vai e vem de primos e amigos e acabamos conhecendo muitas pessoas e temos novas aventuras.
Eu sou Marcos tenho 23 anos sou estudante sou hétreo e adoro transar.
Não deixo para fuder amanha se posso fuder em dobro hoje.
Minha prima Juliana veio passar alguns dias em nossa casa e para alegria minha trouxe uma amiguinha,
Erica uma morena de 20 anos seios de tamanho médios e um bumbum que me deixou louco de tesão.
Assim que a vi pensei vou ter que xavecar esta morena.
A atração foi mutua, pois notava seus olhares de cobiça, sempre ficávamos vendo filmes até tarde sentia seus olhares.
Uma noite estava eu minha prima e sua colega Erica vendo um filme que continha cenas sensuais que induziam ao sexo, não explicito, mas qualquer pessoa imagina o desenrolar da cena.
Fiquei bastante excitado,
Fiquei com maior tesão e via que Erica notava que meu cacete estava a ponto de explodir de tesão.
Se quiser uma fêmea não dou mole vou atrás sim.
Pois bem eu não tinha saído naquele dia porque minha namorada estava viajando. Más estava na seca fazia três dias que não sabia o que era uma xoxota. Assim aconteceu:
Enquanto víamos o filme minha prima pegou no sono no sofá e lá estava eu e Erica, no maior clima até que ela veio sentar a meu lado.
 E fazendo um sinal com o dedo indicador nos lábios para que eu ficasse calado começou um leve abraço e logo estávamos no maior amasso.
A safadinha não colocou restrições e em minutos eu estava com meus dedos enfiados em sua calcinha que estava ensopada de excitação.
Erica abriu minha bermuda deixando livre meu cacete e começou em um boquete delicioso.
Chupava e levantava cabeça me beijando
Eu sentia o gosto de meu pré-gozo em seus lábios.
Quando Erica no meu ouvido falou...Quero te dá e é agora fiquei louco de tesão.
Em silencio segurei em sua mão e a levei até meu quarto fechei a porta lentamente para que não acordasse ninguém e liguei a TV do meu quarto para abafar os ruídos.
Comecei tirando sua saia curta me ajoelhei a seus pés e cai de boca na xoxota lisinha, que parecia um capô de fusca de cheinha.
Suguei e lambi seu clitóris deixando-a louca de tesão.
Logo ela fez o mesmo, comigo chupava meu cacete todo deixando todo lubrificado.
Quando a levantei com a intenção de meter o cacete na sua xoxota ela gemeu.
Ah Marcos eu sou virgem.
-Virgem com esta idade? Pois é sou noiva na minha terra e meu noivo está no exterior temos um compromisso de esperar a noite de núpcias.
-Poxa que coisa ein¹
Afirmei com veemência, Mas Erica você me deixa louco deste jeito e agora.
- Ah meu amor... Não vou te deixar na mão, vem provar do meu mel, me faça gozar que te dou meu rabinho.
Parecia que suas palavras tiveram um efeito de um Viagra fiquei mais louco ainda de tesão.
Coloquei-a na minha cama e com suas pernas abertas cai de boca naquela xoxota gostosa.
A safada era virgem mesmo, mas de inocente não tinha nada.
Chupava e mordiscava seu grelo que o sentia tremular ente meus lábios até que Erica entrou em um estado de êxtase e gozou. Deixando-me com cara toda lambuzada de seu mel.
Foram momentos de intenso prazer poder sentir seu gozo em minha boca foi muito gostoso e por demais prazerosos. Jamais imaginei isto uma virgem de 20 anos, mas muito safada chegar ao ponto de gozar na boca para em troca dá seu rabinho. Coisa que adoro.
Assim...
Esperei ela se recompor do orgasmo e foi ficando de quatro (4), coloquei uma camisinha e com um creme deixei seu cuzinho todo lambuzado.
Com as pontas dos dedos preparei-a deixando toda a vontade de receber meu mastro rígido que estava parecendo um porrete de tão duro.
Fui me encostando de leve, ela ia rebolando esperando,
Sentindo a cabeça entrar lentamente ate que eu senti que havia passado a cabeça toda, esperei alguns minutos para que ela se acostumasse.
Ela gemia parecia uma loba no cio. Rebolava sentia em meus dedos seu clitóris latejando de tesão.
Não aquentei mais segurei em sua cintura e...
Enfiei tudo de uma vez, numa estocada só.
 Gemeu alto, mas o som foi abafado pela TV que deixei ligada.
Ela ameaçou sair debaixo de mim, segurei em suas ancas acariciando e falei que tivesse calma, acenou com cabeça um sim, arqueou as costas.
Eu me sentia no paraíso atracado com uma potranca, suas pregas latejavam, prendendo apertando mais meu cacete.
Eram sensações de intenso prazer:
Fui metendo devagarzinho e depois fui aumentando o ritmo.
A cama balançava com o movimento e num ritmo frenético.
Erica gemia e rebolava com meu cacete atochado inteiro no seu cuzinho só estavam de fora os culhões.
Enquanto metia com ritmo compassado comecei a massagear seus lábios vaginais, logo sentia seu mel escorrer entre meus dedos.
Aumentei o ritmo enfiando e metendo sem dó nem piedade. Ela gozou novamente gemendo e dizendo palavras desconexas.
Dei uma última estocada indo fundo e com um gemido que parecia mais de um animal em cio explodir em suas entranhas.
Eu estava satisfeito
.A intensidade do meu gozo deixou-me extasiado de puro prazer.
Ofegante ainda ficamos atracados alguns segundos até que meu cacete saísse gradativamente do seu cuzinho que ficou bem... Digamos arrombado, mas nada que não pudesse voltar ao normal.
Ficamos abraçados na cama ,Sentindo uma leveza em nossos corpos.
Estávamos exaustos, mas ligeiro nos recompomos em mais uma sessão de sexo, que mocinha virgem boa de boquete,
Erica deu-me aquele trato que foi imprescindível deixa-la sorver do meu leitinho.
Que por sinal adorou que não deixou desperdiçar nem sequer uma gota.
E assim foram 15 dias de ferias que Erica ficou em minha casa e nem sequer um dia deixamos de transar.
Não tínhamos horário bastava surgir um tempo livre entre nós dois que acabava na sacanagem...
Êta delicia não gosto nem de pensar na safadeza que fomos capazes de fazer no escurinho do meu quarto.
Erica safadinha foi embora e logo se casou com seu noivo corno que veio do exterior não perdemos contato e com pouco tempo de casada ela veio a minha cidade e passamos uma tarde no motel.
Ai sim eu pude foder sua xoxota gulosa.
Depois relato como foi nossa tarde de pura sacanagem:


Docecomome(hgata)
"Não confundam o autor com sua obra"
Vejam meus blogs
http://sensacoescomemocoes.blogspot.com.br/
http://desejosdeinsanos.blogspot.com.br/
http://noisdafeira.blogspot.com.br/
http://sedentosdesexo.blogspot.com.br/
Imagem do google

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Trepando Com Minha Cunhada Gostosa II





Olá
Depois que transei com a minha cunhada no sofá de minha casa, minha vida sexual ficou uma maravilha. A safada mora bem perto de minha casa e só basta ter uma oportunidade que já estamos trepando.
Já tive muitas mulheres fogosas, mas igual a ela, não:
 Sempre com maior sacanagem trepamos, ela não tem esta de ficar no papai e mamãe, adora uma variação de posições que me deixa louco e alucinado. Adora gemer alto muitas vezes quando estou fodendo-a de quatro (4) seguro em seus cabelos como se fosse uma crina e deixo escandalizar mesmo.
Parece que a cada estocada os gemidos aumentam e o tesão mais ainda.
Para quem não leu meu primeiro conto ai segue meus dados
Eu sou negro bem dotado com um cacete de 21 cm grosso cheio de veias com cabeçorra vermelha que deixa muita mulher tarada, sempre querendo mais. Não sou de negar fogo, más ando tão tarado por minha cunhada que a situação esta fugindo do meu controle. Só de pensar na safada meu cacete já fica em estado de ereção
Eu sou casado minha esposa é muito simpática, amiga atenciosa e carinhosa, mas todo homem quer que as qualidades se estendam até a cama. Pois bem minha esposa não é muito fogosa. Minha esposa vai fazer uma cirurgia e sabíamos que iria precisar de uma pessoa para cuidar dela em tempo integral.
-Quando minha esposa falou querida espero que não se incomode e nem se ofenda, mas em vez de chamar uma pessoa estranha para ficar em nossa casa, que tal Alice minha irmã?
Só assim ficarei tranquila sabendo que você não vai ficar de gaiatice com nenhuma mulher, ainda mais dentro da minha casa.
Gelei quando ouvi isto.
Caramba minha esposa ingênua dizer isto, não sabendo ela que ando trepando com irmãzinha safada dela todos os dias..._Você que sabe querida, respondi mas prevendo que as coisas iriam esquentar.
Assim minha esposa foi fazer cirurgia, no primeiro dia minha irmã ficou de acompanhante.
Cheguei do hospital era mais de 18 h tomei banho fiquei de cueca vendo televisão.
Levei até um susto quando vejo minha cunhada entrar rapidamente.
-Que você esta fazendo aqui Alice?
_Vim dormir com meu cunhadinho para ele não ficar sozinho e triste.
_Ah é?
-Sim meu querido, hoje quero matar meu desejo de foder com você na sua cama.
_ Você é maluca mulher tua irmã no hospital e você quer trepar.
-Ah vai... Vai brochar é?
-Que nada... Aqui é macho não amarela de jeito nenhum.
-Meu cacete já estava duro dentro da cueca. Vem amor vem matar o desejo de sua cunhadinha prometo te satisfazer do jeito que você merece.
A safada da Alice já veio por cima se esfregando, foi quando eu disse fecha porta putinha e vem provar do cacete de seu cunhadinho negão!
Alice veio e abaixou-se a meus pés, começando alisar meu cacete sobre a cueca. Logo estava me pagando um delicioso boquete, eu segurava sua cabeça forçando-a absorver meu cacete garganta adentro.
Sua saliva escorria pelos cantos da boca.
-Chupa vadia...Bebe leitinho de seu macho ...Bebe...Safada...Ah que delicias de boquinha.
-Ai que Alice chupava mais ainda, meus culhões estavam a ponto de explodir de tanto tesão.
De repente Alice se esgueirou para o sofá deitando e eu por cima mandando ver cacete na garganta.
Ela se contorcia de prazer.
Eu nem se fala estava adorando sentir cabeça do cacete tocar em sua garganta.
Não tinha como escapar forcei mais um pouco e com um olhar cumplice ela balançou a cabeça  comecei a esporrar jatos fortes de esperma na boquinha de minha cunhadinha safada.
Parecia um bebe faminto segurando na base do meu cacete sorveu de todo meu leite.
Claro que  já tinha gozado na boca várias vezes mas a intensidade deste gozo foi além da conta, pois foi a verdadeira garganta profunda.
Nada melhor do que se entregar de corpo e alma aos prazeres que a vida nos oferece.
E uma boa trepada é uma das coisas mais gostosa que tem.
Deixei Alice deitada no sofá e cai de boca na xoxota lisinha e encharcada.
Parecia uma fonte inesgotável de prazer.
Minha cunhada é uma delicia de mulher, mordisquei e chupei seu grelinho até deixar ele durinho e vermelho. Senti seu mel escorrer pela minha língua foi muito prazeroso.
 Ficamos alguns minutos abraçados e logo fomos tomar um banho.
Alice esfregava minhas costas, alisava minhas coxas, segurava meu cacete.
O mesmo eu fazia com ela, esfregando e alisando seu bumbum dando leves palmados.
A safada se abria toda, peguei um pouco de shampoo e fiquei esfregando e alisando seu bumbum e meu dedo ágil escorria ate seu cuzinho, quando meu dedo indicador escorregou ate seu anel Alice soltou um sonoro gemido. Foi à certeza que queria fazer um anal ali mesmo no banheiro. Fiquei só brincando com ela encostava-me cacete deixando sentir mesmo a firmeza da cabeçorra na entrada de seu cuzinho. Sentia que estava receptiva, abria as nadegas.
Minha vontade era de meter de uma vez só, mas mulher é coisa pra se usar preservar e conservar.
Sempre soube como agradar uma fêmea.
Nunca transei com uma mulher uma única vez, pois as trato como deusas e todas ficam gostando do negão...
Assim me afastei pouco peguei uma camisinha no armário do banheiro deixando a disposição. Alice se esfregava em meu corpo parecia uma gata no cio, mamava e mordiscava seus seios deixando os bicos mais eriçados a apetitosos. Meu cacete parecia uma tora negra dura, minha excitação estava tão grande que meu cacete fazia um arco apontando para meu umbigo.
Induzi a ficar apoiada com as mãos na parede, coloquei a camisinha. E comecei a encostar cabeçorra na portinha do seu cuzinho.Alice se abria toda
Eu encostei e forçando um pouco ai a cabeça começou a entrar ela gemeu alto. Eu ficava parado esperando sua reação, quando Alice começou a rebolar com cabeça do cacete atochado em seu rabo, não deu outra segurei com uma das mães em sua cintura e forcei até cacete ficar todo atochado. Esperei alguns minutos e logo comecei  uma sequencia de estocadas que parecia um bate estaca em ritmo acelerado.
Alice gemia, pedia para tirar e eu sem dó nem piedade metia com maior intensidade.
Não forcei apenas dei o que havia me pedido.
Continuei  metendo e com as pontas dos dedos batia uma siririca.
Alice rebolava e gemia ,quando senti seu gozo nas pontas dos meus dedos, acelerei mais um pouco e explodi.
Dei fortes esporradas dentro da safada que pensei que a camisinha ia estourar.
Nossas respirações foram se acalmando, meu cacete amolecendo e lentamente saiu do rabo de minha cunhadinha safada.
-Ah meu cunhadinho me arrombou desta vez.
-Calma gata safada que ainda tem mais, retirei camisinha e pedi que viesse acabar o servicinho.
-Alice abaixou e começou a lamber meu cacete deixando limpinho.
Acabamos o banho e fomos para a minha cama.
Este era o desejo dela, nada mais junto que satisfaze-la.
Me deitei e fui logo falando, venha putinha cavalga no seu garanhão:
Alice começou dando umas lambidas no meu cacete.
Que ficou logo super duro.
Alice ficou em pé na cama e rebolando e dançando vinha lentamente ate encaixar,seu lábios vaginais se abriam para receber meu cacete que entrava suave.
Começamos uma sincronia de movimentos.
Sentou no meu cacete e rebolava sem parar, ela cavalgava como uma eximia amazonas.
-Eu socava meu porrete em uma dança sincronizada.
-Quando meu cacete entrou até o talo ai fomos a loucura Alice ficou em um sobe e desce que me deixou cheio de tesão em poucos minutos estava pronto para gozar, ela desceu eu segurei em suas ancas e forcei de baixo pra cima ficando com cacete atochado até o talo ,explodi em um gozo que nem parecia que tinha poucos minutos que tinha acabado de gozar.
Fui tão fundo que sentia suas carnes latejando na cabeça do cacete.
Ficamos alguns minutos atracados e só nos demos conta  que foi sem camisinha quando meu esperma começou a escorrer.
-Alice safada ainda disse pronto acabamos de fazer um filho.
Não me preocupei e nada disse...
Pois  sou vasectomizado e isto só eu e minha esposa sabe
.Deixa  a safada vim me procurar dizendo que está gravida que saberei como resolver.
Mas no dia seguinte minha esposa voltou do hospital e minha cunhadinha se comportou muito bem.
Para evitar desconforto com minha esposa operada fui dormi no quanto de visitas que temos em casa e sempre altas horas minha cunhadinha vinha me visitar
É claro que a única coisa que poderia fazer era fechar a porta e dá uma trepada rápida, digo rápida, pois o tempo era pouco, mas a gozada era inevitável.
Minha cunhada passou 30 dias em minha casa e não teve um dia que não fodemos.
Parecia i uma ninfomaníaca insaciável.
Quando ficou menstruada, mesmo assim colocou O.b ,eu mandei ver cacete no rabo.
Se ela é safada eu sou mais ainda.
Claro que adorei.
.Assim tive 30 dias de amante a domicilio e minha esposa teve uma enfermeira  dedicada , Alice foi para sua casa e nos afastamos um pouco  mas.
Alice neste ultimo final de semana esteve em nossa casa e disse que esta de namorado novo, mas que nem se compara comigo na cama.
Falou estas palavras alisando meu cacete enquanto sua irmã preparava um café.
Claro que fiquei excitadíssimo.
Minha esposa ainda perguntou se ela estava gostando do novo amor a resposta dela foi simples e direta.
Estou gostando, mais nem se compara ao meu amante secreto.
Coisas da vida não e?


Docecomomel(hgata)
26/12/2012.
Vejam meus blogs
http://sensacoescomemocoes.blogspot.com.br/
Contato.docecomomel2011@hotmail.com
Imagem do google

sábado, 3 de novembro de 2012

Transando Com Duas Safadas






Olá meu nome é Jaime
 É a primeira fez que vou relatar uma história verídica aqui nesse site.
 Bom eu tenho 23 anos sou negro, e um corpo sarado, as pessoas me consideram bonito.
 Bom hoje venho contar uma história que me aconteceu quando eu estava de férias no começo do ano no sitio de meus pais no interior de Aracaju.
O sitio era perto de um vilarejo onde tinha praia.
Muito sossegado em dias normais, maior movimentação era em dias feriados e no verão.
Estava tranquilo sentado na beira do mar, a praia estava bem vazia, pois era bem cedo e estava um dia meio nublado.
 Mas vi ao longe algumas pessoas tomando banho de mar, fiquei admirando de longe, duas mulheres com corpos bronzeados pareciam muito lindas.
 Então resolvi ir até elas para conversar e quem sabe poderia rolar alguma coisa.
  Ao chegar me apresentei e trocamos dados triviais, fiquei sabendo de onde eram elas, na conversa descobri que elas estavam no hotel que é perto de nosso sitio.
Eu, então resolvi convida-las pra um banho de piscina lá no nosso sitio.
Adorei... Pois elas aceitaram eu notei que elas pareciam bem putinhas, uma de 24 e outa de 22 anos.
Achei legal terem aceitado.
Claro que ia xavecar se topassem seria ótimo nada forçado.
 Elas chegaram ao sitio naquela mesma tarde, estavam com uns biquínis que não tapava nada quando observei direito e vi aqueles seios lindos e suas belas bundas, logo fiquei excitado.
 Assim fomos para a piscina ficamos conversando por alguns minutos, ate que elas disseram que adorariam fazer topless.
Eu disse que se quisessem poderiam, mas isto me deixaria louco de tesão:
Elas riram e falaram que baixariam meu tesão.
Eu disse que adoraria mesmo, fui logo perguntando se topariam mesmo.
Elas acenaram cabeça afirmativamente.
Eu ri e dizendo que gostaria de fazer um sexo a três (3).
Ah que delicia! E você aguentaria com nós duas?
Claro se não pudesse comer as duas chuparia tanto ate deixa-las saciadas.
Afinal elas eram muito gostosas. Elas riam e tirando suas roupas se jogaram na piscina.
Eu mais que rapidamente fiz o mesmo.
Claro que não sou bobo em rejeitar duas putinhas entregando-se de bandeja para mim.
Logo aceitei a oferta e fui pra cima de uma delas e comecei a beijar e tirar a sua timidez, se é que estavam tímidas,
Aline correspondeu a meu beijo.
Sentia meu cacete cada vez mais duro da proximidade de seu corpo nu sob a água;
Ela ficou na borda da piscina, enquanto Lara a outra amiga se aproximou, por trás de mim.
E já veio pegando no meu cacete duro, a deixei me ficar punhetando com a mão enfiada na sunga. Depois de um tempo pequei Aline pelo colo colocando-a sentada na borda da piscina e comecei a lamber aquela linda xoxotinha enquanto a outra amiga tirou minha sunga começou a chupar meu cacete.
 Aline gemia com as lambidas na sua xoxota que parecia que ia chorar de tanto prazer.
Saímos da agua e deitando-a em uma das cadeiras da piscina castiguei com chupadas mais intensas.
Uma delicia chupar sendo chupado.
Sentia seu melzinho escorrendo pelas beiradas da xoxota.
Foi uma delicia.
Queria meter fundo na sua xoxota gulosa, mas queria prolongar a farra ao máximo possível.
Lara me pediu pra eu a chupar também.
Ai que ficou bom duas xoxotinha junta a minha disposição. Eu estava louco de negar a um desejo daquele, as duas deitadas juntinhas comecei a chupar uma e outra.
Sentia seus fluidos se misturarem em meus lábios uma delicia de sacanagem.
Depois de um tempo só explorando suas xaninhas e provando de seu delicioso gozo.
Pedi que as duas ficassem de quatro na cadeira que, queria escolher a mais gostosa pra eu fuder primeiro.
 Uma decisão muito difícil.
Bom então peguei as duas e deixando-as de quatro eu comecei a meter bem devagarzinho em uma enquanto a outra eu dedilhava a xoxota ensopada,
  Estava me deliciando com aquelas xoxotinhas deliciosas.
Era gostoso demais ouvir as duas gemerem uma pedia para meter mais forte a outra pedia que a fodesse mais fundo.
Em metia o cacete todo até o talo.
 A... Comecei a meter sem dó nas duas com muita força, logo tirava meu cacete de uma e metia em outra.
Pareciam duas potrancas esperando um garanhão reprodutor gemendo pedindo mais e mais cacete.
Aline gozou alucinadamente na cabeça do meu cacete.•.
Que delicia sentir seu corpo enrijecer e entrar em convulsão de prazer.
Ela se acalmou um pouco e fui me dedicar a Lara que me pediu que a deixasse me cavalgar.
Lara era mais fogosa e experiente veio sentou no meu cacete.
 Ficou subindo e descendo controlando seus movimentos de acordo seu gosto.
Uma safada que sabia provocar o meu tesão.
Quando ela sentou e cavalgou nele por um bom tempo.
Fiquei alucinado já não estava aguentando segurar o gozo.
Depois de alguns minutos senti Lara acelerar sua cavalgada e gozar.
Eu apertava sua bunda e acariciava seu anelzinho
.Que mordiscava meu dedo enquanto gozava no meu cacete.
Eu já tinha saído com duas putas junto, mas estas duas estavam de parabéns de tanto fogo que estavam.
Ainda bem que eu sabia controlar meu gozo para deixa-las cada vez mais satisfeitas.
Quando Lara já estava gozando eis que Aline toda safada vem e senta na minha cara com xoxota toda arreganhada e ensopadinha de tesão.
Ai fui à loucura.
Uma xoxota no cacete e outra na ponta da língua coisa boa demais.
Caprichei em lambidas e sugadas e logo fui premiado com belo gozo na ponta da língua.
Assim as deixava saciadas e felizes,
Lara gozou e saiu de cima do cacete, mas ficou me chupando sentindo seu próprio gosto,
O sabor de sua própria xoxota.
Estava prestes a explodir foi quando pedi para que as duas (2) ficassem de quatro (4) eu comecei á meter um pouco em cada uma.
Um delicia duas xoxotinhas ensopadinha recebendo meu cacete que parecia que ia estourar de tão duro.
Estocava com firmeza em uma e outra sentia o calor de suas xoxotas, que pareciam um vulcão incandescente recebendo meu cajado com todo vigor.
Como não poderia gozar nas duas acelerei as estocadas e já prestes a gozar tirei a camisinha e
Gozei em cima delas feito louco!
Pareciam duas bezerrinhas famintas brigando para ver quem bebia mais do meu leitinho.
Deitei ao lado delas e as duas vieram pra cima e me lamberam e chuparam deixando meu cacete limpinho e pronto para outra sessão de sacanagem.
Como não pode faltar.
Acho que vou ter dois cuzinho para arrombar.
Serei mais cauteloso um de cada vez para saborear o prato mais apetitoso da orgia da tarde.
Fomos tomar um banho e ouvi as duas conversando entre si.
Fiquei na minha, só depois soube que estavam combinando quem daria o rabo primeiro.
Aline teve mais sorte e logo foi tomar banho comigo.
Meu cacete estava bem duro, a safada ficou masturbando e deu lambidas deixando mais fogoso ainda.
Não perdi tempo no banho mesmo untei seu rabinho com creme que encontrei no banheiro. Botei camisinha e a fiz ficar encostada no armário.
Encostei lentamente meu cacete logo sentia seu anel piscar, bem encharcadinho, empurrava e parava depois empurrava de novo ai quando a cabeça entrou parei. Foi quando senti Aline rebolar vindo de encontro a mim.
Foi uma sensação deliciosa o cacete entrou fundo.
A safada parecia potranca rebolando no meu cajado.
Como ela queria eu a estocava com força e meu cacete entrava e saia de uma vez.
A safada gemeu e caprichei acariciando com as pontas dos dedos seu clitóris.
Parecia uma potranca no cio, gozou entre meus dedos.
Ai seu cuzinho ficou mordiscando meu cacete.
Aproveitei de seu gozo e comecei uma sequencia de estocadas puxando-a de encontro a mim pela cintura e gozei.
Sentia meu cacete latejando em seu rabo, que ficou mordiscando me dando mais prazer ainda.
A outra amiga enquanto me via enrabar sua colega batia uma siririca e assim que me viu tirar o cacete do cuzinho da colega veio para perto e foi logo dizendo que queria também.
Eu apenas respondo deixa o guerreiro descansar um pouco para que você também possa sentir ele todinho atochado em você.
Sem palavras abaixou e já começou a chupar meu cacete.Que deu sinal que já já estaria pronto para outra investida.
Já vi duas putinhas insaciáveis, mas iguais aquelas duas ainda não tinham provado.
Logo volto para relatar a façanha deliciosa. Que foi meu final de semana com as duas safadinhas quando voltamos para cidade e fomos a um motel.

Docecomomel(hgata)
‘“Não confundam o criador com a criatura”
Vejam meus blogs
http://sensacoescomemocoes.blogspot.com.br/
Imagem do google

domingo, 21 de outubro de 2012

Uma amante casual,Safada demais!



Uma Amante Casual Safada Demais.
Olá eu sou Fernando sou militar, sou casado, mas não sou castrado deu mole estou dentro.
Até que vivo bem com minha esposa, mas sou muito safado e no meu trabalho, fico na parte de administrativo sempre acesso a web. Não tenho amante fixa, mas sempre acontece de curtir com uma ou outra mulher. Pois adoro transar sou um macho 100% comedor de xoxota.
Assim acontece: Em horários de pouco movimento acesso chats e acabo conhecendo muitas mulheres.
Algumas bem safadinhas conversaram ficamos íntimos já rolou até encontros.
Adoro ler contos... Minha imaginação vai longe .
Eu fico tão excitado que acontece de me ver forçado a masturbar no banheiro do quartel.
Não é certo, mas não posso ficar com cacete duro dia todo não é?
Eu tenho 40 anos e sou bem conservado fisicamente.
Faço musculação caminhadas. Só tomo cervejinha em eventos de família o mínimo possível.
Minha aventura começou quando eu decidi entrar no bate papo da cidade, estava de bobeira e não tinha pretensão de nada. Iria trabalhar até mais tarde naquele bendito dia. Assim no bate papo de um site eu acabei conhecendo uma pessoa legal que estava de férias aqui em Brasília.
Achei a conversa muito legal. Depois da troca de informações básicas tipo idade eu 40 e ela (Marcia) 38 anos divorciada.
Depois que ela (Marcia) disse sua idade eu me desinteressei um pouco, pois já imaginei uma coroa... Mas como sou louco de excitação por uma xoxota nova continuei a conversa.
 Como o novo desperta a libido logo estávamos no MSN.
Continuamos a teclar ai perguntei se poderia vê-la pelo Webcam.
E ela aceitou daí no Webcam eu me apaixonei
Marcia era uma coroa sim, mas sarada com seios médios um par de coxas de parar o transito a bunda gostosinha mesmo.
Claro que analisei todos estes detalhes sob a roupa.
Estava com um vestido de alças que dava pra ver o colo de seus seios apetitosos.
Achei-a muito gostosa ainda mais quando confirmou que era divorciada.
Ela também disse que gostou de minha pessoa.
Eu como descrevi acima sou bem conservado, tenho cara de uns 35 anos cara de macho e ela gostou de minha fisionomia ate me achou um gato, também eu tenho 82 kg 179.
Viu-me fardado adorou...
Só uso farda se vai para casa de carro, pois tenho algumas medalhas e chama muita atenção ainda mais com meu porte atlético.
Assim ficamos de prosa até tarde:
 Aí ficamos conversando um bom tempo, ainda mostrei o volume do meu cacete sob a roupa e afirmando que estava muito excitado de está conversando com ela e a convidei para sair. Ela aceitou assim ficou acertado que no dia seguinte, que seria um feriado poderíamos sair.
Mas disse com todas as letras que não sou homem de sair com mulher para beijos e abraços que queria era sexo
Ela riu e aceitou dizendo que o tempo de ficar em beijinhos já passou para ela também.
Adorei saber disto.
Acordei cedo e saí como se fosse para trabalhar,
Sabia que iria rolar uma aventura, mas não podia dá bandeira com a esposa senão estaria formada a guerra do ano.
 Então era exatamente 10 h com endereço em mãos fui à casa dos amigos de Márcia onde ela estava hospedada.
Fui com firmeza, mas com receio de encontrar alguém no condomínio.
Mas por sorte não avistei ninguém de meu circulo de amizades.
Seus amigos tinham saído e só voltariam no sábado.
 Quando ela veio me receber ai fiquei louco de excitação, com cara de safada, roupinha justa e apertada desenhando a xoxota cheinha...
Um pitéu mesmo.
De imediato fiquei excitado tinha certeza que fui ali mesmo foi para transar meu cacete parecia que ia explodir dentro da farda.
 Começamos a nos beijar e logo fomos para o quarto.
Só fizemos entrar à Marcia já começou a tirar a minha roupa ai eu é claro que a deixei só de calcinha,
Que por sinal era vermelha muito sex de rendinha.
Quando vi aquele monumento de mulher na minha frente,
Não pensei duas vezes a joguei na cama meu cacete ficou mais duro ainda.
Não teve jeito cai de boca na xoxota lisinha e cheinha e afastando calcinha de um lado para outro lambia e mordiscava seu grelo que parecia uma chupetinha de bebê.
Márcia gemia se enroscando e apertando minha cabeça de encontro a sua xoxota gulosa.
Senti a explosão de seu desejo e lambi e suguei seu melzinho todo.
Fiquei mais tarado ainda.
Estava na seca a safada, depois me disse que fazia tempos que não trepava.
E gozou muito!
Ai foi gostoso demais quando ela virando-se caiu mamando no meu cacete, ela todo gulosa me pegava com força, começou a lamber todo meu mastro.
Parecia que iria engolir sentia cabeça do cacete encostar-se à sua garganta.
Estávamos possuídos pelo êxtase.
Fazia tempos que não sentia tantas chupadas e lambidas pelo meu corpo inteiro.
Safadeza era total.
Quanto mais ela me lambia eu gemia de tesão.
E me pedia para chupar mais seu grelinho.
Era muita excitação, daí cai de boca na xoxota melada de novo a fiz gozar novamente.
Marcia parecia que estava possuída rebolava e gemia muito na minha cara me lambuzando de seu mel.
Sua boca era quente e macia, sabia como ninguém chupar uma caceta, engolia e deslizava gostoso pra dentro sem deixar bater os dentes, sendo muito gostoso e mostrando a habilidade que tem em fazer um verdadeiro boquete.
 Enquanto chupava, alisava sua grande e gostosa xoxota carnuda.
Sentia como ela a cada momento ficava mais e mais volumosa e molhada.
Sua xoxota era muito gostosa, seu cheiro delicioso e o gosto melhor ainda.
Márcia gozava de tal maneira que chegava a escorrer pela lateral da xoxota aberta e assim molhava inclusive suas lindas e grossas coxas.
Mas eu como sou safado e tarado não dava mole fazia questão de sugar tudo, deixando tudo sequinho e pronto para molhar novamente não sei nem mais quantas vezes ela gozou, só fazia questão de chupar tudo, já que também é o que mais gosto de fazer numa deliciosa e carnuda xoxota gulosa.
Fazia um tempo que não dava uma pulada de cerca e estavam aproveitando para soltar todas as minhas fantasias com Marcia uma coroa gostosa safada e muito fogosa.
Vendo-a assim com as pernas escancaradas e a xoxota toda aberta tenho a vontade
De querer penetrar meu rosto naquilo tudo e assim continuar sugando sem parar.
Enquanto faço-a gozar mais e mais
.Depois de provar mais uma vez de seu gozo Marcia recomeça um baqueteei sem conseguir me controlar começo a gemer de tesão.
Já estava quase gozando quando levanto e levando Marcia comigo a encosto na parede, mordiscando seu pescoço, apalpando seus mamilos.
E entre enconchadas e apertos encaixo meu cacete entre suas pernas.
Eu ficava abraçando-a segurando-a pelos braços, forçando meu corpo de encontro ao seu.
Depois dei uma encaixada no cacete entre suas coxas que foi direto na xoxota gulosa.
Márcia gemeu igual uma gata no cio.
Empurrei e tirei e forçando mais uma vez e me jogando contra seu corpo
Dei sucessivas estocadas sentia meu cacete se avolumar mais ainda.
Mas me controlava para não gozar.
Sempre assim extraio o prazer máximo da minha fêmea para depois então... Gozar!.
Tirei meu cacete todo lambuzado e fomos de novo para cama.
Recomeçamos um sessenta e nove (69) a joguei na beirada da cama e com todo excitação do meu desejo a chupei novamente.
Marcia parecia que não conseguia parar de gozar,
Claro que isto me deixava mais alucinado.
 Depois de muito faze-la gozar abracei-a e com jeito safado fiz uma garganta profunda, ela chupou e lambeu meu cacete saboreando de cada gota de meu leite.
Foi maravilhoso sentir minhas jatadas de leite na garganta de Marcia
Assim passados alguns minutos ela me disse que minhas chupadas e lambidas eram muito boas.
Que fazia tempos que não sentia um prazer tão completo assim.
Ficamos abraçados e Márcia me confidenciou que gostaria que eu a comesse vestido de farda.
Pois como não sei se nos veremos de novo, tomamos um banho e eu vestido com farda coloquei de bruços na mesa do computador e com braguilha aberta com cacete para fora a fiz gozar novamente.
Êta putaria gostosa ver a safada rebolando gozando com meu cacete encravado em sua gruta quente. Ela relaxou o corpo e...
Márcia ficou com corpo apoiado na mesa e com a bunda pra cima me ofertava seu anel.
Como sou safado mesmo fiquei dedilhando enfiando um dedo e logo já estava com dois dedos enfiados no rabinho da safada que gemia adorando.
Falei de comer seu cúzinho ela negou ai fiquei só nas encouchadas, camisinha super. Lubrificadas com nossos fluidos me deixava com cacete mais teso ainda.
Aí fiquei só enconchando sentindo o calor de seu corpo. Depois dei uma leve empurrada a cabeça cedeu, adentrou seu cúzinho quente aí parei sentir sua respiração ofegante,
Matreiro ficou só com carinhos, mas sem afastar cabeça do cacete do seu anelzinho que latejava mordiscando meu cacete.
Não vi outra opção se a cabeça passou o resto também passa segurou-a pela sua cintura e com uma estocada só afunde meu cacete no cúzinho da potranca que gemia e gritava, mas pelo prazer do que pela dor.
Aí ficou fácil fiquei alguns minutos parados esperando se acostumar e logo voltei a estocar com mais frequência sentindo a potranca da Márcia rebolar com meu cacete atochado no seu cuzinho apertadinho.
Não aguentei muito e depois de uns dez minutos eu estava enchendo a camisinha de leite era...
Muito gozo!
 Êta trepada gostosa sentia seu caldinho escorrendo nas pontas de meus dedos.
Já vi mulheres gozar várias vezes, mas igual à Marcia é a primeira vez.
Isto é bom demais.
Explorei cada minuto de seu gozo.
Sentia suas pernas tremulas.
Recomeço nova sessão de carinhos e logo estou deitado com a xoxotuda sentada na minha cara.
 Recomeça a gemer e goza muito, foi algo bom demais.
Eu até pensei que ia me afogar de tanto mel que a safada despejou na minha boca.
Quando olhei no relógio já eram quase 15 h, Como precisava ir buscar meus filhos na casa dos avós.
Tomei um banho e me despedir, mas sem deixar de anotar seu celular, pois no outro dia a queria em meus braços novamente.
Assim aconteceu novo encontro só que agora fomos a um motel.
Marcia adorou e já liberou seu rabo gostoso novamente que adorei comer... Só que agora sem pressa.
Mas depois eu conto mais detalhes de outras vezes que saímos juntos. Sempre em finais de semana ,agora  que ela está vindo passar aqui em Brasília e estou pensando seriamente em adota-la como amante fixa,
Já que minha esposa fica de cheia de não me toques preciso aproveitar o tempo, pois todos nós temos data de validade.
E eu quero é foder muito... mesmo.

Docecomomel (hgata)
Visitem meus blogs
“Não confundam autor com sua obra”
“Seu comentário é sempre bem vindo
Imagem do google

Arquivo de Contos

Contos Eróticos (128) Contos Eróticos Docecomomel(hgata) (35) @Docecomomelcontos (34) .Contos Eróticos de DocecomoMel (hgata) (29) Contos eróticos de Docecomomel(hgata) (28) .Contos Eróticos de Docecomomel(hgata) (27) .Contos eróticos de Docecomomel (24) Conto Erótico de Docecomomel(hgata) (15) Contos de Docecomomel (hgata) (11) Contos eróticos de docecomomel (hgata) (11) Contos hot (11) Conto de docecomomel (hgata) (10) Contos de Docecomomel (10) Docecomomel (10) Conto erótico de Docecomomel (hgata) (6) contos eróticos de docecomomel (6) @ docecomomelcontos (5) Contos Eróticos docecomomel (5) Conto Eróticos de Docecomomel(hgata) (4) Conto de docecomomel (4) Contos Eróticos Docecomel(hgata) (4) Contos eroticos de Docecomomel (hgata) (4) Contos eroticos de docecomomel (4) Poema de docecomomel(hgata) (4) Traição (4) Conto erótico de Docecomomel (3) Contos docecomomel (3) ContoseróticosdeDocecomomel(hgata) (3) Docecomomel Contista (3) 2015 (2) Ano 2015 (2) Com Uma Bi-Sexual I Docecomomel (hgata) (2) Contos (2) Contos Eroticos da docecomomel(hgata) (2) Contos de Docecomomel(hgata) Conto homo (2) Contos eroticos (2) Contoseróticos de docecomomel (2) Erotismo (2) Erotismo em alta (2) Eu e eles Docecomomel(hgata) (2) Mensagem WEB (2) Meu cunhado safado (2) Meu tio meu ex-amante.@docecomomelcontos (2) Tesão (2) contos eroticos docecomomel (2) contos hot docecomomel. (2) (homossexual) (1) * Trepando com a sobrinha de minha esposa (1) * Trepando com a sobrinha de minha esposa II (1) 04/2019contos (1) 100 Palavras Docecomel(hgata) (1) 11/2014 (1) 1ª traição de uma mulher casada. (1) 1º Conto de 2017 (1) 1º Menage da minha esposa! (1) 2º de 2014 (1) @docecomomelcontos contos (1) A Faxineira Novinha Putinha (1) A Moradora de rua...Virou minha amante.ContosEróticos de Docecomomel(hgata) (1) A Ninfetinha virgem me presenteou seus cabaços (1) A amiguinha de minha irmã. (1) A balzaquiana fogosa e seu Pupilo (1) A doutora com seu paciente.ContosEróticos de docecomomel (1) A evangélica puritana. (1) A ex-mulher do meu cunhado. (1) A noiva putinha do meu cunhado. (1) A novinha filha da empregada (1) A pedido do amigo transei com sua mulher.Contos Eróticos de docecomomel (1) A prima gostosa da minha esposa.Contos Eróticos de Docecomomel (1) A primeira vez da minha namorada.Contos Eróticos de docecomomel (1) A secretária é minha putinham @docecomomelcontos (1) A vizinha é minha mante. (1) AVISO (1) Abusada enquanto dormia por um nativo (1) Adorando ser corno conformado. (1) Algumas fantasias e fetiches: (1) Amante de uma coroa (1) Amante do sócio do marido. (1) Amante e colega de trabalho.Contos Eróticos de docecomomel (1) Amante ninfetinha tesuda e safada. (1) Amante ou Prostituta de Luxo? Docecomomel(hgata) (1) Amiga da esposa (1) Amigo do ex-marido atual amante. (1) Amigos... E amantes (1) Amiguinha da minha irmã minha putinha (1) Amizade Desejos e Algo Mais (1) Amizade que virou safadeza.Contos Eróticos de docecomomel (1) Amo ser corno manso Contos Eróticos de Docecomomel (1) Angel Ninfeta Safadinha e Gostosa (1) Aprendendo as safadezas com meu tio.Conto Erótico de docecomomel (1) Arrombei com meu amiguinho Conto homossexual de Docecomomel(hgata) (1) As Coisas Mudam e eu Mudei (1) Assumindo a Sexualidade Gay Docecomomel(hgata) (1) Atenção (1) Atração levou-me a trair.Contos Eróticos de Docecomomel (1) Atração Virtual Transa Real (1) Aventura Casual (1) Aventura Louca (1) Aventura com minha vizinha do condomínio...Conto erótico de Docecomomel (1) Aventura em alto mar (1) Aventura louca de uma ninfeta safada e um coroa.Contos eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Babá safada e tesuda. (1) Bem comida pelo fotografo (1) Bia e Lucas um caso à parte (1) Bia e Lucas um caso à partell Docecomomel(hgata) (1) Caindo na vara do negão. (1) Caindo nas garras de uma casada safada. (1) Caminhoneiro Safado Contos Eróticos de Docecomomel (1) Carta de Amor Docecomomel(hgata) (1) Carência Sexo e Amor (1) Casada Safada insaciável. (1) Casada...Safada Adora Trair.Contos de Docecomomel (hgata) (1) Casado Sim e Daí? (1) Caso Virtual (1) Charge Momesca (1) Charge de amor (1) Chuva Dourada (1) Cobiça e Desejos (1) Colega de trabalho putinha (1) Com Safadeza.@docecomomelcontos (1) Com Um negro bem dotado Conto de docecoomel (hgata) (1) Com Uma Bi-Sexual II Docecomomel (hgata) (1) Com o macho de minha tia descobrir a safadeza... Contos Eróticos de DocecomoMel(hgata) (1) Comendo Uma Coroa Gostosa e Insaciável.Contos eróticos de docecomomel(hgata) (1) Comendo a Estagiaria da Empresa (1) Comendo a Safada o marido Corno Vendo (1) Comendo a cunhada novinha (1) Comendo a esposa safada do meu tio. (1) Comendo e sendo comido (1) Comendo gostoso a namorada do meu amigo... (1) Comendo minha empregada casada II (1) Comendo minha empregada casada! (1) Comendo minha prima safada (1) Comendo o irmão da minha namorada (1) Comendo o irmão da minha namorada II (1) Comendo uma “Traveco” Conto eróticos de Docecomomel (1) Comendo à vontade (homossexual) (1) Comeu e Guardou Comeu Mais Docecomomel(hgata) (1) Comi a empregada... Gostosa de todo jeito.Conto Erótico de Docecomome l(hgata) (1) Comi a namorada do meu amigo.Conto Erótico de Docecomomel (hgata) (1) Comi gostoso meu ajudante. (1) Comi gostoso no acampamento.Contos eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Comi um gay por excesso de tesão.Conto erótico de Docecomomel (1) Como Seduzi Meu Padrasto (1) Compadre só da cintura pra cima (1) Conto de Docecomomel (1) Conto Erótico de Docecomomel(hgata) Aventura de um garoto de programa (1) Conto Eróticos Docecomomel (1) Conto Eróticos de Docecomomel(hgata)Maratona sexual bom demais (1) Conto Eróticos de Docecomomel(hgata)Um Amor Indecente (1) Conto Lésbico (1) Conto de Docecomomel (hgata) Descobertas de Adolescente (1) Conto de Docecomomel(hgata) (1) Conto eroticos de Docecomle(hgata) Traições e Carências (1) Conto erótico de Docecomomel(hgata)Sedução Fogo e Paixão (1) Conto eróticos de docecomomel(hgata) Quando enrabei um Emo (1) Conto heterossexual (1) Conto homo (1) ContoEróticode Docecomomel(hgata) (1) ContoTrepando gostoso com meu vizinho coroa Conto Erótico de Docecomomel (1) Contoe eróticos de Docecomomel(hgata) Meu primeiro Orgasmo (1) Contor Eróticos de Docecomomel(hgata)Transando Com Uma Bissexual (1) Contos de Docecomomel (hgata) (1) Contos Eroticos Docecomomel(hgata) Anjos ou Safados (1) Contos Eroticos Docecomomel(hgata) Jovem Belo e Gostoso (1) Contos Eroticos Docecomomel(hgata) Meu jovem aprendiz do Amor (1) Contos Eroticos de Docecomomel (hgata) Negros Minha Tara. (1) Contos Eroticos de Docecomomel (hgata)Meu Padrasto meu 1º Homem (1) Contos Eroticos de Docecomomel(hgata) Sexo Prazeres do meu corpo (1) Contos Eroticos de Docecomomel(hgata)Meu noivo é Um corno Manso I (1) Contos Erótico docecomomel(hgata) (1) Contos Erótico de Docecomomel(hgata)Perdendo a Vergonha (1) Contos Eróticos Sexo animal Docecomomel(hgata) (1) Contos Eróticos Desejos e Prazer Docecomomel(hgata) (1) Contos Eróticos Eu e meu entregador de pizza Docecomomel(hgata) (1) Contos Eróticos Carências e Excessos de Desejos;Docecomomel(hgata) (1) Contos Eróticos Dueto Meu querido Bombeiro Docecomomel(hgata) (1) Contos Eróticos Meu Cunhado e Eu Docecomel(hgata) (1) Contos Eróticos Noites de Prazeres Docecomel(hgata) (1) Contos Eróticos Trilhas dos Prazeres Docecomomel(hgata) (1) Contos Eróticos Web Mensagens (1) Contos Eróticos ca Docecomomel(Hgata) Traí Gostei e teve Bis (1) Contos Eróticos de Docecomomel (hgata)Amor e Muito Sexo virtual (1) Contos Eróticos de Docecomomel(hgata) Escrava do Prazer (1) Contos Eróticos de Docecomomel(hgata) Fudendo com meu pedreiro (1) Contos Eróticos de Docecomomel(hgata)Perdendo a Inocência (1) Contos Eróticos de Docecomomel. (1) Contos Eróticos deDocecomomel(hgata) Aprendiz de garanhão (1) Contos Eróticos deDocecomomel(hgata) Ménage com à amiga da esposa I (1) Contos Eróticos dose dupla Docecomel(hgata) (1) Contos de Docecomomel(hgata)Inocente Tesão (1) Contos de docecomomel(hgata) Conto Homossexual (1) Contos eroticos Docecomomel(hgata)Traí e fiz uma DP deliciosa (1) Contos eroticos da docecomomel(hgata)Prazeres (1) Contos eroticos da docecomomel(hgata)Uma morena Insaciável e safada (1) Contos eroticos de Docecomomel(hgata) Caindo de boca ...Na folia (1) Contos eroticos de Docecomomel(hgata) transei com dois na madrugada (1) Contos eroticos de Docecomomel1ª vez de uma adolescente (1) Contos eroticos de docecomomel(hgata)O Negão me enrabou...Eu gostei (1) Contos eroticos de docecomomel(hgata)Sexo sem Medo e Pudor Só Prazer (1) Contos eróticos Docecomomel(hgata) Seduzi meu primo jovem (1) Contos eróticos Toca de Casais dá certo Docecomomel(hgata) (1) Contos eróticos de Docecomomel (hgata) Traição Virtual (1) Contos eróticos de Docecomomel Sendo Corno por opção II (1) Contos eróticos de Docecomomel Uma Ninfetinha Muito Safadinha (1) Contos eróticos de Docecomomel hgata) Amante de Um Casado (1) Contos eróticos de Docecomomel(Hgata) Negro e bem dotado (1) Contos eróticos de Docecomomel(Hgata) Uma Trepadinha Rápidinha (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata) Aprendiz de Amante (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata) Calcinhas meu maior fetiche (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata) Dando e recebendo Amor (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata) Inocente Tesão II (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata) Minha Primeira Amante (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata) Um viuvo bom de Cacete (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata)Comendo do que gosto. (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata)Desejos de Um Coroa (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata)Perdendo o Cabaço (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata)Traindo com a amiga da esposa 2ª parte (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata)Traindo com amiga da esposa 1ª parte (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata)Traindo e gozando muito (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata)Transando com meu genro (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata)Um boy para uma coroa ousada (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata)Uma rapidinha com o massagista (1) Contos eróticos de docecomomel (hgata) Meu Amante Bom de cama (1) Contos eróticos de docecomomel (hgata)lFruto de Uma traição (1) Contos eróticos de docecomomel(hgata) Relato do meu 1º Anal. (1) Contos eróticos de docecomomel(hgata) Safadeza com um bissexual Enrustido Homo (1) Contos eróticos de docecomomel(hgata)Comendo uma Ninfeta Virgem e Gostosa. (1) Contos eróticos de docecomomel(hgata)Enrabando Uma ninfeta e um Emo (1) Contos eróticos de docecomomel(hgata)Meu 1º anal com minha namorada (1) Contos eróticos de docecomomel(hgata)Transando com meu Chefe (1) Contos eróticos deDocecomomel(hgata) (1) Contos eróticos deDocecomomel(hgata) Aventuras de Um Casado Fogoso I (1) Contos eróticos deDocecomomel(hgata) Sendo Corno Por Opção (1) Contos eróticos deDocecomomel(hgata) Transando Com Intenso Prazer (1) Contos eróticos deDocecomomel(hgata) Transando com meu genro II (1) Contos eróticos.com.br/ (1) Contos erótticos de docecomomel Trai meu noivo com meu patrão...E gostei muito! (1) Contos hot de docecomomel (1) Contos hotm contos picantes (1) Contos.Contos Eróticos (1) ContosEroticos Docecomomel(hgata) Desejos e Corpos Ardentes (1) ContosEroticos de Docecomomel(hgata) Meu Amante Bem Dotado. (1) ContosEroticos de Docecomomel(hgata) Meu Noivo é"Corno Manso" II (1) Contos´eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Corno (1) Corno Assumido (1) Corno Manso e Marido Fiel. (1) Corno Manso e Submisso.Contos Eróticos de Docecomomel (1) Corno Sempre Corno (1) Corno sem Vergonha e Manso (1) Corno...Mais feliz. (1) Coroa (1) Coroa Gostosa. (1) Coroa pai de minha amiga Docecomomel(hgata) (1) Coroa viúva carente gostosa.Contos eróticos de docecomomel (1) Crônica de Docecomomel (hgata) (1) Crônica de Docecomomel(hgata) Coneito de Natal HÕ Hô (1) Crônica de Docecomomel(hgata) Paixão Minha Sedução (1) Cuidando e dando muito ao meu vizinho.Conto erótico deDocecomomel(hgata) (1) Cunhada Safadinha e Gostosa. (1) Curtindo Uma DP Contos eróticos deDocecomomel(hgata) (1) Dando No Plantão Docecomomel(hgata) (1) Dando a meu Senhor (1) Dando para o marido da minha mãe. (1) De Caso com meu Cunhado (1) De babá a amante de luxo (1) De donzelo a garanhão. Conto Eróticos de Docecomomel (1) De faxineira a minha amante! Conto de Docecomomel (1) De motorista a amante da patroa. (1) De tio atual amante. Contos de Docecomomel (1) Deficiências (1) Dei Corno Em minha própria cama Contos eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Dei a meu vizinho Voyeur (1) Dei de presente uma mulher. Docecomomel(hgata) (1) Depois de casada... Traí com o filho da vizinha.Contos Eróticos de Docecomomel (1) Desabafo (1) Desabafo de uma mulher casada e infeliz.Contos Eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Desabafos de Uma mulher Casada e Infeliz Docecomomel(hgata) (1) Desejos e Taras (1) Devaneios e Prazeres de Gabi Docecomel(hgata) (1) Devassidão de Namoro Docecomomel(hgata) (1) Dia do Beijo (1) Doce mel Video e letra da música (1) DocecomoMel (hgata) Agradecimento (1) Docecomomel (hgata)Contos Rróticos (1) Docecomomel Conto Erótico.Trepada Casual Com Intenso prazer (1) Docecomomel Contos Eróticos (1) Docecomomel Poema (1) Docecomomel conto em espanhol Yo ... Y el padre de mi amigo (1) Docecomomelcontista (1) DocecomomoMel &Climax contos (1) Doces Desejos de Meninos (1) Dois milhoes de acessos blog sensacoes com emoçoes. (1) Don Juan e Bom de Cama Docecomomel(hgata) (1) Dormindo com a madrinha! (1) Dou corno no meu tio... E dai?Docecomomel (1) Dupla penetração docecomomel(hgata) (1) Duvidou Caiu na Vara do Negão (1) Eduardo Boquinha Santa (1) Ela pediu comida eu dei Sexo! Contos Eróticos de docecomomel (1) Em teus olhos (1) Embarcando no ônibus do prazer (1) Empregada Gostosa E Safada Contos eróticos de Docecomomel (1) Empregada Gostosa e Eu. (1) Empregada Tesuda. Contos eróticos de docecomomel (1) Encochada e comida no ônibus lotado.Contos eróticos de Docecomoml (1) Encochada no Trem (1) Encochado pelo negão no ônibus (1) Encontro de Machos... Famintos por sexo.Contos Eroticos de Docecomomel (1) Encontros e Safadezas na Noite (1) Enrabado pelo meu tio (1) Entregador de água bem dotado...Contos eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Era motorista agora amante.Conto Erótico d3e Docecomomel(hgata) (1) Esposa do meu tio (1) Estagiário tesudo e safado (1) Estranho desejos Docecomel(hgata) (1) Estreando um Gay Virgem Docecomel(hgata) (1) Estrepulias em tardes de sábado Docecomomel(hgata) (1) Estuprada pelo cunhado. (1) Eu Sou um Corno...e Manso (1) Eu Traì Meu Namorado Docecomel(hgata) (1) Eu Traí pela Força da Carência Docecomomel(hgata) (1) Eu com meu professor de Auto escola Docecomomel(hagata) (1) Eu com meu professor de autoescola. (1) Eu com uma Bi docecomomel(hgata) (1) Eu e Meu Nerd Tesudo (1) Eu e Eles ll Docecomomel(hgata) (1) Eu e Meu Dentista Docecomomel(hgata) (1) Eu e Meu Negão Safado Docecomomel(hgata) (1) Eu e Um Coroa Safado Contos Eroticos de Docecomomel (1) Eu e Você Conto EróticoDocecomomel(hgata) (1) Eu e a coroa casada e gostosa. (1) Eu e meu garoto de programa (1) Eu e meu padrasto. (1) Eu e meu primo Felipe (1) Eu e meu tio adotivo (1) Eu e o pai de minha amiga Docecomomel(hgata) (1) Eu eoBoy da Empresa Docecomomel(hgata) (1) Eu meu marido e um amigo! Conto de Docecomomel (hgat) (1) Eu minha esposa e sua namorada.Contos Eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Eu não sou gay (1) Eu sou corno... Manso e daí? Contos Eróticos de Docecomomel (1) Eu traí e adorei...A traição.Contos Eróticos de Docecomome (1) Eu traí por ciúmes. (1) Evangélica Safadinha e Gostosa. (1) Ex -sogra atual amante.Contos Eróticos de Docecomomel (1) Ex-namorada agora putinha safadinha.Contos Eróticos de Docecomomel (1) Ex-namorada...Agora amante. (1) Exames e Algo Mais Com Meu Ginecologista Contos eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Excitação ou Desejo Docecomomel(hgata) (1) Explosão de tesão e prazer. (1) Fantasias Uma DP na praia de “Nudismo”Conto Erótico de docecomomel(hgata) (1) Faturando a colega de trabalho. (1) Fazendo Amor a beira mar. Docecomel(hgata) (1) Feliz Ano Novo (1) Feliz simplesmente (1) Fetiche Docecomomel(hgata) (1) Fetiche a dois. (1) Fetiche de um casado bi-sexual Conto de ocecomomel (hgata) (1) Fetiches Traição e Safadeza! (1) Finalmente me tornei Corno (1) Fiz Sexo Oral com um Coroa. Docecomel(hgata) (1) Fiz de meu colega um corno. E manso.. Contos Eróticos de Docecomomel (hgata) (1) Flagrei Meu sogro Transando com a Empregada (1) Folias de Carnaval (1) Força e Tesão (1) Frases Picantes I Web Mensagens (1) Frases Picantes II Web Mensagens (1) Fudendo a mulher do meu tio (1) Fudendo a mulher do meu tio. II (1) Fuga Sexual Com Muita Safadeza Contos Eróticos Docecomomel(hgata) (1) Fui Traída por minha Amiga. (1) Fui Traída por uma amiga Docecomomel(hgata) (1) Fui comido Enganado Docecomomel(hgata) (1) Férias Sexo e Jovens Docecomomel(hgata) (1) Gay (1) Gosto de comer e adoro ser Comido (1) Infiel (1) Insanos Desejos Docecomel(hgata) (1) Interação Meu doce mel Docecomomel(hgata) (1) Invasão de WC Docecomomel(hgata) (1) Jovens em Êxtases e Delirios Contos Eróticos de Docecomomel (hgata) (1) Letra Musica e texto de "coisas de la vita" (1) Letra Música Rita Lee Amor e Sexo (1) Letra de música Cavalgada (1) Libido (1) Loirinha novinha bem safadinha.Contos hot (1) Loucos Desejos Docecomomel(hgata) (1) Loucuras de Prazer Docecomel(hgata) (1) Luxuria e Traição (1) Mais um Corno Feliz.Conto Erótico de docecomomel (1) Mais um gay na minha vida. Conto eróticos de docecomomel (1) Marcia Uma insaciável. Docecomel(hgata) (1) Marcos Transa ou Paixão Docecomel(hgata) (1) Marcão (1) Marketing Direto (1) Me Descobrindo Lésbica Conto homossexual feminino (1) Melina uma doce mulher. (1) Menage Feminino (1) Menage com o marido de minha tia (1) Menina Mulher Docecomomel(hgata) (1) Mensagem sex. Docecomomel(hgata) (1) Meu 1º Caso extra conjugal Docecomomel(hgata) (1) Meu Amante do Interior (1) Meu Anjo e Querubim (1) Meu Corpo Capricho e prazeres ...BDSM Ou não? Contos eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Meu Enteado Bom de Cama Docecomomel(hgata) (1) Meu Enteado Safado.Contos eroticos de Docecomomel (1) Meu Ex cunhado Safado e Gostoso Docecomomel(hgata) (1) Meu Fetiche é meu maior tesão. (1) Meu Namorado "Afro e bem dotado". (1) Meu Negro Lindo Tesudo (1) Meu Padrasto Tesudo (1) Meu Prazer é Você Docecomomel(hgata) (1) Meu Primo Safadinho (1) Meu Primo Tarado e Tesudo (1) Meu Primo e Eu Docecomomel(hgata) (1) Meu Professor de Academia Safado:Contos de docecomomel (1) Meu Professor de Hidro Docecomomel(hgata) (1) Meu Vizinho Garanhão (1) Meu amante é bem dotado (1) Meu amante é um negro safado! (1) Meu amigo virtual (1) Meu colega comeu minha mulher.Contos Eroticos de Docecomomel (1) Meu colega de quarto me comeu (1) Meu cunhado... Fez meu marido virar corno! (1) Meu dia de Puta (1) Meu enteado Safado 2 (1) Meu enteado safadao. (1) Meu ex-primo..Atual amante.Docecomomel(hgata) (1) Meu fetiche com a empregada (1) Meu macho é namorado de minha mãe (1) Meu marido gostou de ser corno! (1) Meu noivo é"Corno Manso" (1) Meu padrasto meu primeiro homem (1) Meu primo bem tesudo e safado (1) Meu primo meu macho. (1) Meu professor meu macho Safado (1) Meu pupilo adorável e gostoso Docecomomel(hgata) (1) Meu querido gigolô Docecomomel(hgata) (1) Meu técnico meu macho (1) Meu vizinho meu maior tesão. (1) Meu vizinho é corno manso...I (1) Meu vizinho é corno manso...II Contos eróticos de Docecomomel (1) Meu vizinho é muito safado (1) Meu Ébano Docecomomel(hgata) (1) Meus desejos de Amor Docecomomel(hgata) (1) Meus desejos de amor.Conto erótico de Docecomomel Meus desejos de Amor (1) Minha 1ª Vez foi com Um Gay (1) Minha 1ª traição (1) Minha 1ª traição foi com um novinho da Web. (1) Minha Chefa me Seduziu... Amei... (1) Minha Enteada Safadinha. (1) Minha Lua-de-mel.Docecomomel(hgata) (1) Minha Massagista Tarada (1) Minha Prima Safada e Tesuda...Contos hot (1) Minha Prima Tesuda. (1) Minha Prima Virgem e Safada... @@Docecomomelcontos (1) Minha Vizinha Safada e Gostosa. (1) Minha amante casada (1) Minha amante casada...@docecomomel (1) Minha colega de trabalho safada (1) Minha colega de trabalho é uma puta gostosa (1) Minha enteada e Eu. (1) Minha esposa me deu corno com meu vizinho.Contos Eróticos de DocecomoMel (1) Minha iniciação em sexo anal .Contoeróticos de Docecomomel(hgata) (1) Minha namorada com meu primo.@docecomomelcontos (1) Minha prima boa de foda (1) Minha prima putona (1) Minha prima safada. (1) Minha primeira foda com uma coroa. (1) Minha primeira vez Docecomomel(hgata) (1) Minha primeira vez. (1) Minha primeira “Virgem” Contos eróticos de docecomomel (1) Minha sogra...Minha puta! (1) Minha tia minha 1ª foda. (1) Minha tia minha amante.Contos Eróticos de Docecomomel (1) Minha tia safada.mContos eróticos de docecomomel (1) Minha vizinha novinha safadinha.Contos eróticos de docecomomel (1) Minha vizinha safada (1) Modelos imagens (1) Moema (1) Morena Safada.Contos Eróticos de docecomomel (1) Muito Sexo com Minha Chefe (1) Mulher tem que ser igual puta (1) Ménage Entre Amigos Docecomomel (hgata) (1) Ménage com as 2 irmãs. (1) Ménage com duas Safadas e Gostosas (1) Ménage com filho e sua mãe.Contos de DocecomoMel (1) Ménage com minha esposa.Conto Eróticos de Docecomomel (1) Ménage com à Amiga da Esposa (1) Ménage à trois... No Albergue... (1) Ménage à trois... No Albergue... Docecomel(hgata) (1) Na Cabine de um caminhão. docecomomel(hgata) (1) Na Calada da noite...Meu cunhado fodeu gostoso comigo!Contos eróticos de docecomomel (1) Na calada da noite...Meu cunhado transou comigo Contos eróticos de docecomomel(hgata) (1) Na dúvida optei em Dá (1) Na garagem dentro do carro docecomomel(hgata) (1) Negro e bem dotado...Alguém resiste? (1) Ninfeta do Interior Docecomomel(hgata) (1) Ninfeta safadinha Deu...e Arrependeu (1) Ninfetinha Safadinha Docecomomel(hgata) (1) No Escuro do Cinema Docecomomel(hgata) (1) No motel de Beira de Estrada Docecomomel(hgata) (1) No ônibus Docecomomel(hgata) (1) Noites de Insônia e o vigia .Conto eróticos de DocecomoMel(hgata) (1) O Boy do Mercadinho (1) O Chefe e sua Estagiária. (1) O Maridoda minha tia II Docecomel(hgata) (1) O Namorado da minha amiga Docecomel(hgata) (1) O Pecado Mora ao Lado Docecomel(hgata) (1) O chefe e sua estagiária (1) O clímax do tesão em traí (1) O marido de minha tia Docecomel(hgata) (1) OBRIGADO UM MILHÃO DE ACESSOS (1) Orgasmos Múltiplos Docecomomel(hgata) (1) Orgasmos Poéticos (1) Orgasmos no ônibus II Docecomomel(hgata) (1) Orgia ou Ménage (1) PRIMA CARENTE E PUTA (1) Pagando Traição com Traição (1) Pagando um boquete pro negão (1) Pagou Dividas Com Sexo (1) Paixão e Docecomomel poema Eterno amor docecomomel(hgata) (1) Para ser corno tem que ser manso! Contos de Docecomomel (1) Parceiros AmantesDocecomomel(hgata) (1) Patricia...Indecente... mas feliz! Conto Eróticos de docecomomel (1) Paulo e Déia um caso Surreal.Será?Docecomel(hgata) (1) Pegando a cunhada Novinha.Contos de DocecomoMel (1) Pegando namorado da amiguinha Conto da Docecomomel (1) Peguei a mulher do meu tio.Contos Eroticos de Docecomome (1) Peguei minha prima e sua amiguinha! Contos Eróticos de Docecomomel (1) Pintando o 7 Docecomomel(hgata) (1) Poema Desejos de Você Docecomomel(hgata) (1) Poema Doce desejos Docecomomel(hgata) (1) Poema Erótico Abraça-me Docecomel(hgata) (1) Poema Erótico Quero Você Docecomel(hgata) (1) Poema Erótico Sabor de Canela Docecomomel(hgata) (1) Poema Erótico Vem..te queroDocecomomel(hgata) (1) Poema Você e Eu Docecomomel(hgata) (1) Poema em dueto com Antonio Tavares.e Docecomomel (1) Poemeto de Docecomomel(hgata) raimunda a boa de bunda (1) Poeminha do Beijo (1) Poeminha do Querer Docecomomel(hgata) (1) Poetando na Blogsfera Eu e Você (1) Prazer e Tesão com Foda Bareback (1) Prazer de ser corno manso (1) Prazer de ser corno manso! (1) Prazeres de Mneina em Corpo de Mulher Docecomomel(hgata) (1) Prazeres e Êxtase (1) Prima é perigo constante. (1) Primeiro anal... Inesquecível.Contos Eróticos de Docecomomel (1) Priminha Safada Carente (1) Primo do meu marido meu amante.Contos de docecomomel (1) Professora Particular Contos Eróticos de Docecomomel (hgata) (1) Prosa poética Calo-me Docecomomel(hgata) (1) Prova de sedução (1) Provando de meu Mel (1) Putaria com a novinha. (1) Quietinha e de Madrugada Docecomomel(hgata) (1) Rafael meu 1ºMacho Fudedor (homossexual) (1) Recado do Blog (1) Relato De Um Estupro (1) Relato de um corno conformado. (1) Relato de uma Safadeza.. Docecomel(hgata) (1) Saciando desejo da esposa do primo.Contos Eroticos de Docecomomel(hgata) (1) Safada Ou Santinha?? (1) Safadeza na Noite (1) Safadeza no Escuro do meu Quarto. (1) Safadinha e o coroa pai da amiga. (1) Safadinha.Contos Eróticos de docecomomel (1) Safado e Bem Dotado (1) Saudades Sentidas Docecomel(hgata) (1) Saudades de Meu Bem DocecomoMel(hgata) (1) Saudades e Tesão Docecomomel(hgata) (1) Seduzida pelo meio Irmão (1) Seduzindo o Cunhado (1) Sem Preconceitos Docecomel(hgata) (1) Sem ter o que fazer (1) Sendo Corno por Opção (1) Sensualidade e Êxtase docecomomel(hgata) (1) Ser Corno Manso é Prazeroso.Contos Eróticos de Docecomomel (1) Ser Corno Manso é só Tesão.Contos eróticos de Docecomomel (1) Ser Corno e Prazer Surreal. (1) Sexo Anal Prazer Infinito (1) Sexo Casual com um colega. (1) Sexo Casual e Safadeza (1) Sexo Prazer Força e Tesão Contos de Docecomomel (1) Sexo Traição em Família (1) Sexo Virtual Docecomomel (hgata) (1) Sexo e Aventuras (1) Sexo e Desejo Intenso.ll (1) Sexo e Desejo Intenso.parte l (1) Sexo entre amigos! (1) Sexo...Amei comer um rabo guloso. (1) Siririca Meu Bel-prazer (1) Siririca No Cinema Docecomel(hgata) (1) Sobrinha Bem Safadinha (1) Sonhos e Desejos Realizados (1) Sou Garoto de Programa.Contos Eroticos de Docecomomel (1) Sou Mundana e Dama (1) Sou um corno submisso. (1) Swing Prazeres Compartilhados (1) Só... Hoje (1) Tarde de Amor e Sexo Docecomomel(hgata) (1) Tecnico ou Garanhão Docecomomel(hgata) (1) Tesão de Gay (1) Tesão e Traição. Contos Eróticos de docecomomel (1) Tesão e traição entre primos (1) Tesão em ser corno (1) Tomei a namorada do primo (1) Tornei-me amante de meu cunhado.Contos Eróticos de Docecomome (1) Tornei-me amante do meu sogro.Docecomomel(hgata) (1) Tornei-me uma Sub (1) Trai por não suportar abstinência. (1) Traido em minha propria cama<contos de Docecomomel (1) Traindo Com meu sobrinho Docecomomel(hgata) (1) Traindo com a esposa do meu primo. @ docecomomelcontos (1) Traindo com meu sobrinho II Docecomomel(hgata) (1) Traindo com um JovemDocecomomel(hgata) (1) Traindo com um garoto de programa Contos eróticos de docecomomel(Hgata) (1) Traindo com uma caipira gostosaDocecomomel(hgata) (1) Traindo por pura Safadeza (1) Traição Consentida (1) Traição corno manso (1) Traição e Safadeza Total (1) Traição em familia Docecomel(hgata) (1) Traição fora do comum. (1) Traição no Litoral Contos Eroticos Docecomomel(hgata) (1) Traição no Litoral em dueto com Tiozão &Docecomomel (1) Traição é Sempre Traição...Mas é bom demais (1) Traições Servem de Lições (1) Transa Teen (1) Transando Com Duas Ninfetas Contos Eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Transando Com Meu Chefe Docecomomel(hgata) (1) Transando Com Meu Genro III (1) Transando Com Minha Sogra (1) Transando Com Veu Vizinho Docecomel(hgata) (1) Transando Em Quatro Rodas (1) Transando Gostoso Na Cachoeira (1) Transando com Minha Sogra II Conto erótico de Docecomomel20112hotmail.com (1) Transando com a Vizinha Casada Contos Eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Transando com a amiga safada dos meus filhos... Contos Eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Transando com a mulher do amigo. (1) Transando com duas safadas (1) Transando com filho da empregada (1) Transando com filho da vizinha (1) Transando com meu professor de biologia (1) Transando com meu1ºAmante Conto eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Transando com minha cunhada. (1) Transando com minha sogra...@docecomomelcontos (1) Transando com o cunhado (1) Transando com o tio de minha amiga (1) Transando com um Amigo (1) Transando com um boy de programa (1) Transando gostoso com a chefa rabuda (1) Transando gostoso comeu tio (1) Transei Com Empregada Casada Safada: (1) Transei com a Prima Safada (1) Transei com a mulher do meu tio. (1) Transei com dois no ônbus Docecomomel(hgata) (1) Transei com meu Sogro E Agora (1) Transei com o namorado virtual de amiga...Contos Eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Transei com primo da namorada. (1) Transei com um bem dotado Adorei (1) Transei com um casado E dai.Docecomomel(hgata) (1) Transei com um travesti ...E gostei Contos Eróticos de Docecomomel (hgata) Video (1) Transei muito e gostei Docecomel(hgata) (1) Traçando a mulher do meu tio. (1) Traçando a tia da esposa...Contos Eróticos de Docecomomel (1) Traí (1) Traí antes do meu casamento:Contos Eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Traí meu marido com um sobrinho seu...Conto Erótico de Docecomomel (1) Traí meu marido com um sobrinho seu...Conto de docecomomel (1) Traí meu tio com sua mulher safada.Contos de Docecomomel (1) Traí sim (1) Trepando com minha cunhada gostosa (1) Trepando com minha cunhada gostosa II (1) Trova de amigos e docecomomel (1) Um "Cara" fora de série. (1) Um Amor Gostoso e Real (1) Um Antigo e Safado caso de amor.Contos eróticos de Docecomomel (hgata) (1) Um Cara fora de série. Docecomel(hgata) (1) Um Caso Real Docecomomel(hgata) (1) Um Caso Virtual que virou Real docecomomel(hgata) (1) Um Coroa prá de gostoso Docecomomel (hgata) (1) Um EMO safado em meu caminho. Contos Eróticos de Docecomomel (1) Um Encontro Casual Contos eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Um Incesto Inesperado (1) Um Pedreiro Comedor (1) Um amigo Virtual...Um Amante Real.@docecomomelcontos (1) Um amor de professor particular Docecomomel(hgata) (1) Um amor de verão Docecomel(hgata) (1) Um amor diferente Docecomomel(hgata) (1) Um bem dotado Contos Eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Um bem dotado fudendo adoidado (1) Um bem dotado... De repente uma traição. Contos de docecomomel (1) Um caso extraconjugal Docecomel(hgata) (1) Um coroa galante e gostoso (1) Um coroa muito safado Docecomomel(hgata) (1) Um donzelo em minha vida Docecomomel(hgata) (1) Um encontro casual... Uma transa sensacional...Contos Eróticos de Docecomomel (1) Um encontro casual...Um ménage sensacional.Contos de docecomomel (1) Um fetiche (1) Um fetiche e muito tesão! (1) Um final de semana Docecomomel(hgata) (1) Um louco desejo...Uma traição! (1) Um massagista bom de tudo. Docecomel(hgata) (1) Um negão...Como eu gosto (1) Um novinho para chamar de Meu! (1) Um pau amigo...Vale ouro! Contos de Docecomomel (1) Um pupilo devasso e gostoso (homo) (1) Um sexo diferente E Gostoso Docecomomel(hgata) (1) Um virgem bem dotado Docecomomel(hgata) (1) Um virgem e Eu Docecomel(hgata) (1) Um é... Dois é...Três e D++ da conta (1) Uma Casada inexperiente...Muito safada. Contos Eróticos de Docecomomel (1) Uma Coroa Carente e Tesuda (1) Uma DP com meu marido e seu amigo.Conto de Docecomomel (1) Uma Morena Tesuda Safada (1) Uma Mulher em Minha Vida (1) Uma Putinha Safadinha. (1) Uma amante casual safada demais (1) Uma amante só minha. (1) Uma aventura Alucinante.Contos Eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Uma balzaquiana Fogosa (1) Uma boa opção uma amante...Safada.Contos eróticos de Docecomomel (1) Uma carona legal Docecomomel(hgata) (1) Uma casada Safada. (1) Uma deliciosa DP.Com dois irmãos (1) Uma festa muito boa. Docecomomel(hgata) (1) Uma festa surreal...Uma traição. (1) Uma mulher Papa-Anjo (1) Uma putinha gostosa. (1) Uma putinha só minha. Contos Eróticos de Docecomomel (1) Uma safadinha só minha (1) Uma sobrinha gostosinha (1) Uma tal Larissa casada e putinha.Contos de Docecomomel (1) Uma tarde de prazer.Docecomomel(hgata) (1) Uma traiçao Uma magoa docecomomel(hgata) (1) Uma traição (1) Uma transa no meio da tarde (1) Uma vizinha putinha e safadinha ! Docecomomel Contos Eróticos (1) Uma viúva carente e gostosa.Contos Eróticos de Docecomomel (hgata) (1) Uma voz... Uma cantada ...Uma noite de amor. (1) Valores Jovens Pessoas (1) Vem Web Mensagens (1) Viagem ao Portal do Amor Docecomomel(hgata) (1) Video de Docecomomel (1) Video e Imagem Chico Buarque O Meu amor (1) Vinícius de Morais (1) Vivenciando o Amor (1) Vizinha amiga e amante: Contos de docecomomel (1) Vizinha Safada e Gostosa. (1) Vizinha e Amante Safadinha (1) Vizinha putinha. (1) Vizinha safadinha e Gostosa Docecomel(hgata) (1) Vizinhos e Amantes: (1) Web Curiosidades (1) Web Informações (1) amante (1) amiga de minha mãe (1) amor e paixão (1) blogs (1) blogs docecomomel (1) com amigo do namorado! Contos docecomomel (1) contista docecomomel (1) conto (1) conto eroticos (1) conto erótico docecomomel (1) contos de sexo (1) contos de sexo.Docecomomel (1) contos de tesão. (1) contos docecomomel contos hot docecomomel (1) contos eróticos de docecomle(hgata) Comendo a babá em seu trabalho (1) contos eróticos de docecomomel(hgata) Galinhando com meu namorado (1) contos homosexxual (1) contos top (1) contoshot (1) de Docecomomel(hgata) Aprendendo a nadar eu Traí...E Agora? (1) docecomome (1) docecomomel contos (1) docecomomel(hgata) (1) docecomomel(hgata) Cronica azeda (1) erotico (1) eroticos (1) foi com meu cunhado (1) http://sensacoescomemocoes.blogspot.com.br/ (1) l@docecomomelcontos (1) lcontos (1) magens da segunda (1) mas sem pretenção Contos Eróticos Docecomomel (1) minha amante. (1) o (1) orgasmo no ônibus Docecomel(hgata) (1) pornografia gifs (1) safada (1) safadeza (1) sensual (1) sexo (1) sexy (1) sexy tesão (1) só fodo com eles Contos Etóticos de Docecomomel (1) tio (1) traição. (1) uma aventura total. (1) uma foda perfeita (1) uma morena safada (1) uma trepada casual! Contos Eróticos de Docecomomel (1) virou meu amante.Conto erótico de DocecomoMel (hgata) (1) web Mensagens A Dieta do Sexo (1) web mensagens O beijo (1) Êxtases Delírios e Sacanagens (1)

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.
free counters

.

"Nunca é tarde para abrirmos Mão dos nossos Preconceitos "