Crie Não Copiei

Crie Não Copiei
Mostrando postagens com marcador Contos Eróticos Docecomomel(hgata). Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Contos Eróticos Docecomomel(hgata). Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 18 de junho de 2018

Traçando a mulher do meu tio.


Olá pessoal eu sou o Marcos tenho 26 anos solteiro estudante e o maior punheteiro que eu conheço. Tenho 1,82 de altura e meu peso é 84 kg sem barriga com as coxas grossas peludas não gosto desse negócio de fazer depilação acho meio frescalhão, mas nada contra quem goste. Pois bem eu acho que gosto é gosto e cada qual tem o seu.
Estou morando em Salvador na casa de meu tio, até terminar o semestre pois vou morar em uma república. Vou sentir falta da casa do meu tio pois ele é muito boa gente os primos ainda adolescentes tem sua turma de amigos pouco temos conversa.
Mas uma coisa que sentirei falta mesmo é de ver as coxas da esposa do meu tio e que vez ou outra ela sai do banheiro enrolada na toalha eu fico louco de tesão. Estou sem namorada pois a que tinha ficou lá no interior então para saciar o meu desejo de gozar tem que ser mesmo no 5 X1.
Meu tio é caminhoneiro quando chega de viagem só ouço os gemidos dele com a esposa e a noite toda trepando até parece que coroa toma Viagra aí no dia seguinte a esposa dele que se chama Alice está com um sorriso de orelha a orelha.
Ai fico pensando a coroa passou bem.
Ai meu tio viajou avisou que a viagem seria longa que eu vigiasse os primos e fizesse o papel de dono da casa. Ai logo pensei mal, bem que a coroa podia me dá ai me sentiria em casa mesmo.
Na primeira noite que meu tio estava ausente vi quando Alice tomou banho e saiu enrolada na toalha indo direto para seu quarto. Eu já estava pronto para dormi, mas fui no banheiro e quando cheguei lá vi uma calcinha pendurada no box preta de renda. Fiz xixi e peguei a calcinha olhei passei a mão nos fundilhos e percebi a umidade, segurando o pau enquanto mijava com a outra mão cheirei a calcinha dela, humm cheiro adocicado de fêmea no cio.
O pau na hora ficou teso ai não teve jeito eu bati uma punheta deliciosa enquanto cheirava a calcinha pensando na Alice até que esporrei igual um touro, como não eu fui preparado esporrei na calcinha ai depois que me limpei molhei a calcinha no chuveiro e deixei lá no banheiro molhada de agua e esperma. Fui para o quarto pensando num jeito de dá uns pegas na coroa. Não consegui dormi direito só pensando na coroa;
No dia seguinte pela manhã os primos saíram cedo eu dormi até mais tarde pois não tinha aula. Quando eu levantei a esposa do meu tio me perguntou se poderia ir com ela fazer umas compras no supermercado?
Claro que sim Alice, foi ai que ela disse que só precisaria ir dirigindo ela não gosta de sair sozinha.
-Tufo bem Alice vamos sim eu falei!
Não vou atrapalhar seus planos afinal não tem aula hoje pode ser que você tenha algum compromisso com alguma colega ou namorada!
-Não eu não tenho ninguém afirmei.
-Um rapaz tão jovem e bonito sozinho? Pois é estou sozinho e isto está me matando!
-Matando como? Tesão acumulado eu respondo ela me olhou em silencio por um tempo depois disse está sozinho porque quer e tesão acumulado pode se resolver isto ligeiro.
-Eu olhei para ela e não disse mais nada. Fomos fazer as compras ai quando chegou em uma sessão onde tem camisinhas giletes e outras coisas ela falou?
Marcos você não está precisando não? Isto com alguns pacotes de camisinhas em mãos.
Olhei sem graça ai disse não eu não vou usar!
-Ela disse é bom levar nunca se sabe os momentos seguintes de nossa vida! Ai eu peguei 3 pacotes de camisinhas e um KY, ela me olhou com os olhos arregalados ao eu sorri e disse se tem que fazer que seja completo para não deixar na vontade!
Terminamos as compras colocamos no carro e saímos, ela pediu passar no Mac, comprou lanches e fomos para casa, no caminho fomos conversando ela falou que estava preocupada pois marido ia demorar demais.
-Mas logo meu tio chega, eu sei Marcos é que quando ele viaja assim e demorar eu tenho alguém sabe, quando as crianças saem eu recebo alguém em minha casa, só que você lá a pessoa não quer ir, e para motel eu não vou!
-Não acredito Alice você trai meu tio?
-Não é traição e apenas sexo e ... ele sabe disse e concorda diz que sou muito fogosa para ficar sem sexo por muito tempo!
-Estou sem querer acreditar.
-Pois acredite e sabe qual minha maior fantasia? Perguntou ela,
-Não Alice acho melhor mudar rumo da conversa já estou louco de tesão.
-Ela não parou de falar e disse minha maior fantasia é fazer um boquete no carro! -Caracas meu pau deu um salto ficando teso na bermuda e a safada ilhou e percebeu eu continuei dirigindo até chegarmos em casa, ai quando entrei com carro na garagem ela olhou para mim e disse me desculpe Marcos, mas eu não vou deixar passar esta oportunidade!
-Eu fui pego de surpresa ali mesmo com carro na garagem dentro da casa do meu tio sua esposa segurou no meu pau abriu a braguilha e abocanhou meu pau e começou o melhor boquete que eu já tenha recebido até então.
Tirei minha bermuda e cueca ali no carro mesmo, por sorte o muro da casa é alto e o portão todo fechado então Alice me fazia um boquete com uma maestria impressionante como chupava gostoso, era safada sabia o que estava fazendo e estava bom demais. Ai ela disse que seria melhor descermos do carro.
Saímos do carro e fomos para a sala, chegamos até o sofá deitamos em um 69 gostoso.
Quando eu comecei a lamber aquela buceta cheinha e lisinha, pensei que ia gozar, mas ela percebeu parou de mamar 2 minutos ai em seguida voltou a chupar, eu metia minha língua em sua buceta fazendo-a gemer muito até que ela gozou em minha boca quase me afogando de tanto mel, delicioso e farto.
Foi assim que ela gozou eu sentei no sofá e chamei ela que veio por cima e começou a sentar, no meu pau estava uma delícia ela rebolando quicando no meu pau.
Alice parecia uma puta, rebolava e sentava como uma louca no meu pau , só se ouvia o barulho de nossos corpos em êxtase. Foi ai que ela gozou quando eu sentir a cabeça do meu pau melar com seu gozo segurei em suas ancas e comecei a socar com força até explodir e encher a buceta dela de muito esperma. Ficamos atracados os dois no sofá por um bom tempo.
Ai ela disse que seria melhor ir para o quarto. Catamos nossas roupas e fomos tomar um banho. Do banheiro fomos direto para cama espaçosa dela.
Eu estava em êxtase pela situação ainda não tinha caído a ficha, do que estava fazendo mas de uma coisa eu tinha certeza tinha que aproveitar aquele momento.
Deitei Alice na cama e comecei a beijar e chupar seus seios, ela gemia parecia uma gata no cio eu sentia que o meu desempenho ali naquele momento era crucial para uma relação duradoura, então sabia que tinha que aproveitar e fazer como eu gosto e como eu queria. Alice queria seu corpo clamava foi ai que fui por cima na posição papai e mamãe, quando meu pau invadiu sua buceta parecia que estava fervendo de tanto o calor que eu sentia.Metia com ritmo cadenciado ela gemia pediu para foder forte e assim quando eu a peguei e coloquei seus pés sobre meus ombros e a ergui para que ela ficasse numa posição totalmente dominada e submissa a mim. Eu amo ser dono da situação, sentir que está no controle de tudo.
E meu lado dominador de macho que fala mais alto. Eu parava e recomeçava a meter que Alice ficava louca, quando eu gozei novamente ela ficou extasiada, mais admirada ainda por meu pau continuar teso. Foi ai que a coloquei de quatro  botei uma camisinha, lambi e chupei seu ânus a fazendo com que ela sentisse prazer até que eu me afastei fiquei atrás dela untei  seu anel com Ky e cabeça do meu pau segurei em suas ancas e meti aos poucos meu pau foi invadindo suas entranhas, eu sentia suas carnes latejar,  Foi ai que ela pediu para parar que já estava ardendo, eu  soquei mais algumas vezes em seu rabo ai era percebido  o incomodo que ela estava sentindo ai eu tirei meu pau de seu rabo e chamei ela para terminar o serviço em mim. Alice veio para cima e começou a me chupar como uma bezerrinha, o tesão era demais então logo eu gozei como nunca na boca dela...Ela não desperdiçou uma gota sequer. Ai fomos tomar um banho e lá no banheiro e ela disse que estava dolorida pois, o marido não fazia sexo anal.
Mas que ela gostava. Então terminamos o banho e fomos arrumar as coisas pois logo meus primos iam chegar.
E assim aconteceu meu tio demorou 23 dias viajando e Alice e eu transamos todos os dias.
Só não dormia no quarto com ela para não dá bandeira pois os primos podiam perceber, ai
 Eles saiam eu e ela aproveitava e tinha sexo todos os dias. E quando eles iam dormi era obrigação ir da leitinho para ela. Conversamos muito e ela concordou em não dizer a meu tio pois ficaria chato eu dentro da casa dele comendo a mulher dele ainda mais sendo sobrinho dele. O resto do meu tempo lá foi assim, era sexo todos os dias e nada de só meter era completo ela até me cobrava o anal pois passou a gostar e gozava muito. Quando chegou o dia de ir para a república Alice chorava como criança dizendo que ia senti muitas saudades. Meu tio achando que era por causa da companhia pois fica muito ausente me chamou em particular que queria falar comigo.
Gelei achando que era algo que ele tivesse descoberto, mas para minha surpresa quando meu tio me abraçou pelos ombro e disse...Marcos quero que você fiquei aqui com a gente eu viajo muito me sentirei mais tranquilo em saber que tem você em casa com eles!
-Aceita ajude seu velho tio.
–Claro tio eu vou ficar!
E a partir deste dia Alice e eu fazíamos verdadeiras orgias até uma colega dela, ela convidou para jantar e a amiga sem saber de nada ficou dando em cima de mim e para não deixar dúvidas apesar de ser mais coroa eu meti gostoso com ela, mas fomos para o motel e quando cheguei na madrugada Alice estava à minha espera e eu contei tudo a ela.
Ela adorou saber que mesmo depois de ter transando com outra estava com tesão para ela ai fomos no banheiro demos uma rapidinha pois o dia estava amanhecendo e os primos já iam acordar. Fui dormi saciado e feliz, Leve e solto sendo tratado com um rei por estas mulheres maravilhosas as casadas são as melhores de você sair.
Então minha vida mudou e para melhor eu nem me preocupava em paquerar as garotas da faculdade pois não conseguia sentir o mesmo tesão por elas como sentia por Alice e eventualmente alguma amiga sua carente que em pouco tempo eu acabava com as carências delas.
E a vida continua maravilhosa.

Docecomomel
18/06/2018.
Feira de Santana Bahia Brasil
Instaram:  docecommelcontos

quarta-feira, 15 de novembro de 2017

Safadinha e o coroa pai da amiga.


Olá eu sou a Luana e hoje vou contar a vocês o que me aconteceu há algum tempo atrás.Vou falar de quando eu era novinha e o pai de uma amiga minha me fez virar  putinha. Agradeço a ele  o que sou até hoje.
Quando eu tinha 18 anos incompletos, nessa época eu ainda era virgem, mais não era tão bobinha assim,como minha amiga que eu frequentemente ia ate sua casa, pois eu já sabia de muita coisa.
Pois eu lia muito e sempre escutava as conversas do meu irmão com seus amigos no quarto dele ao lado do meu...Apenas ainda era cabaço, mas já sabia das coisas.
Foi assim  eu fui eu passar um final de semana na casa de minha amiga na casa dela tinha uma piscina que era enorme e sempre eu e outras colegas íamos para lá.
Na segunda noite que eu estava lá quando eu desci para a sala de jantar eu me perdi e acabei entrando em um quarto onde me deparei com uma cena inusitada  que jamais iria sair da minha mente, vi um senhor, que depois  soube que era o pai da  minha amiga, tocando uma bela punheta, eu na hora não conseguia sair de lá, fiquei hipnotizada  vendo toda a cena, logo senti algo diferente em minha bucetinha, é logico que ele me viu  e mesmo assim  continuou se masturbando e me olhando, até que ouvi minha amiga me chamando eu sai correndo e não contei nada a ninguém do que eu vi.
Logo mais à noite quando eu fui dormir num dos quartos de hospedes da casa, não conseguia parar de pensar no que vi, nisso, novamente minha bucetinha ficou melada, era uma boa sensação aquela que eu sentia.
Peguei no sono e já bem tarde eu ouvi a porta se abrir, fechei meus olhos e fingi que estava dormindo, senti uma mão, grande passando sobre minhas pernas e coxa.
Meus peitos e bunda sempre foram bem grandes mesmo quando era ainda novinha, comparado ao restante do meu corpo franzino, eu logo senti a mão em minha bunda erguendo minha camisola até a minha cintura, e aquela mão me acariciava e minha buceta cada vez mais molhada, que molhava a calcinha, foi assim que pela fresta da janela eu percebi quem era o invasor do quarto e do meu corpo.
Aquela mão invasora que explorava meu corpo pertencia ao pai de minha amiga, a quem eu chamava de “Tio” foi ai que ele viu que eu estava dormindo, foi o que pensou, e resolveu tirar minha calcinha, e começou a enfiar o dedo na minha bucetinha percebendo que eu estava gostando afinal com toda aquela situação eu estava excitada.
Mas continuava fingindo dormi foi quando eu ouvi ele dizendo, que eu era mesmo uma putinha safada, e merecia um macho a altura de minha safadeza depois de dedilhar muito, eu comecei a sentir algo maravilhoso acontecer com o meu corpo, comecei a tremer e a gemer, e logo depois meu corpo todo  mole, ele me fez ter um orgasmo pela primeira vez, me fez gozar em sua mão.
Foi ai que ele levantou ficando com o pau em riste e começou a tocar uma punheta e gozou na entradinha da minha buceta, me deixou toda melada ai sem dizer uma palavra colocou minha calcinha no lugar e saiu do quarto.
E eu fiquei ali parada adorando todas as sensações sentidas ainda inebriada das emoções que senti logo adormeci com um sorriso nos lábios
No outo dia pela manhã quando eu desci eu vi que seu pai estava à mesa tomando café, sua mãe não estava, logo minha amiga chegou e disse que sua mãe iria trabalhar neste domingo que só voltaria na segunda feira pela manhã.
O irmão de minha amiga saiu foi passar o dia na casa de alguns amigos então só tinha na casa eu, minha amiga e seu pai.
Como acordamos tarde e tomamos um café caprichado, logo fomos para a piscina e o pai dela foi com nós, sempre que podia ele me tocava dentro da piscina no começo eu me afastava, mas ele foi a cada momento se aproveitando da inocência de sua filha que era muito bobinha e disfarçava a acabava pegando nos meu peitos, passava a mão na minha buceta e bunda, esfregava o pau em mim.
Ele estava muito assanhado eu tentava de todas as formas evitar, mas ficou impossível
Teve um momento que minha amiga foi buscar algo para lanchar seu pai me fez pegar no seu pau, tentei esquivar mas ele me encoxou dizendo que era para eu sentir o quanto estava duro, por minha causa e à partir daquele momento eu não evitei e nem tentei fugir de suas investidas.
Percebi que havia chegado minha vez de me tornar uma mulher plena pois minha buceta já estava dando sinais que queria.
Passamos a tarde na piscina, e quando saímos ele resolveu que iriamos tomar banho juntos na banheira.
Mas eu não achei que ele ia ficar presente enquanto que eu e sua filha no banhávamos. Mas ele não saiu como estávamos de biquíni eu não me importei com sua presença ali afinal a banheira fazia parte do quarto do casal. Então foi ai que tudo começou.
Minha amiga alegou frio tomou seu banho e foi para o quarto eu fiquei esperando minha vez foi ai que tudo começou, ele me pegou no colo e me pós dento da banheira, e já foi dizendo, agora se prepara putinha, porque você vai ser minha.
 Na hora me deu um medo, mais o tesão que eu sentia foi muito maior, eu deixei ele levar, pois estava amando aquela situação, de ser paparicada e cuidada foi ai que ele me beijou.
Eu correspondi a seu beijo ai ele começou dizendo que percebeu que eu estava fingindo dormi na noite anterior, eu não disse nada só soltava uns gemidos, foi ai que ele me tirou a parte de cima do meu biquíni e começou a mamar em meus peitos grandes
Eu só fechei os olhos pois queria que aquilo tanto quanto ele apesar de ser uma primeira vez.
E ele mordia meus biquinhos, chupava com vontade, e depois de alguns instantes depois de mamar muito meus peitos e dá umas mordidas eu pensei que havia chegado o momento de eu virar uma mulher e nada melhor do que com um homem experiente então ele começou, me beijar, minha barriga, logo sua boca gulosa chegou na minha bucetinha, por mais que eu tenha pedido para ele parar ele não parava e meu corpo correspondia com muito êxtase a seus carinho nada foi forçado eu também queria. Quando ele estava me chupando eu pedi que me fodesse logo que não aguentava mais ele ainda com a boca na minha buceta respondeu.
-Calma minha puta, foi ai que ele me colocou em cima da banheira, abriu bem as minhas pernas, deixando minha buceta totalmente exposta, aberta toda para ele me tirou o biquíni me deixando toda nua em sua frente.
Foi ai que ele iniciou a melhor chupada que tive até hoje, ele chupava, mordia meu clitóris, e novamente comecei a sentir sensação que só havia tido uma vez com ele próprio.
Gozei com tanta intensidade em sua boca, que eu me sentia flutuando pois foi uma sucessão de orgasmos com muita intensidade.
Meu corpo estremecia a cada chupada. Fui aos poucos me acalmando ele tirou sua boca de minha buceta e falou você é bem putinha mesmo nunca vi uma mulher gozar tanto assim.
Agora minha safada quero ver seu gozo na cabeça do meu pau, eu olhava para ele sem nada dizer quando ele tirou sua sunga vi que pulou pra fora um pau, teso, rígido com cabeçorra vermelha ai ele disse.
Já tirou leite de pau putinha se nunca tirou vai aprender agora, se aproximou eu comecei a punhetar coloquei minha boquinha nele.
Agora que foi a vez dele gemer, eu fazia o que ele me mandava fazer, eu lambia tudinho, chupava até o fundo, até no saco, e ficamos assim durante um bom tempo até que ele disse...É agora putinha que tu vai tomar meu leitinho, e não pode deixar cair nada pra fora viu?
-E assim eu fiz, como uma verdadeira puta, engoli tudo.
Foi a primeira vez que bebi leitinho de pau e gostei pois não desperdicei nada mesmo.
Ele gozou muito mas seu pau continuava teso então ele sentou na borda da banheira e me puxou para que eu sentasse em seu colo eu sentei de frente para ele, que segurava o pau e encaixou na entrada de minha buceta e com movimento dos quadris ficou bem encaixado ai ele me disse que ainda nem tinha começado. Me prendi em seu pescoço e fiquei encaixada ele fez um movimento brusco me puxando a seu encontro ai percebi seu pau me arrombando de uma vez. Pensei era uma vez um cabaço senti aquela ardência, mas não tive tempo nem de pensar ele levantou-se comigo no colo e me virou me colocando deitada, ele só levantou minhas pernas para cima... Começou a meter seu pau duro na minha buceta e tirava e metia de novo foi ai que ele enfiou tudinho de uma só vez e falou pronto agora minha puta tu não é mais virgem. Eu estava gostando mas na hora que ele meteu de vez doeu mas agora eu só sentia prazer. Ele começou a bombear cada vez mais rápido e forte, ai a dor inicial passou eu comecei a gemer alto, estava entregue aquele macho gostoso, eu gozei novamente.
Ele não usou camisinha quando eu me dei conta ela já tinha gozado dentro da minha buceta ai fiquei nervosa ele percebeu e mandou eu me acalmar
Eu nem pensei que poderia ter uma gravidez indesejada, mas ele logo falou que era vasectomizado que podia foder a vontade as putinhas que apareciam.
Ele começou a bombear cada vez mais rápido e forte, ai a dor inicial passou eu comecei a gemer alto, estava entregue aquela macho gostoso, eu gozei novamente.
Ela falava goza putinha goza que logo teu macho te enche de leite, ai ele começou a socar com força ainda sentia um pouco de ardor, foi quando ele avisou que já ia gozar e eu senti aquele pau teso dentro de mim, ficar mais grosso, e pulsar e nisso senti jatos de porra invadindo m minhas carnes. Foi uma grande gozada ai ele todo safado tirou o pau melado da minha buceta e me deu para chupar, eu chupei ele deixando ele bem limpinho.
Ai ele disse que de noite no meu quarto ainda teria mais. Terminei de tomar banho fui para o quarto já pensando no que iria acontecer durante a noite. Levantei umas 17 horas fui em busca de minha amiga, ficamos vendo TV até perto do horário do jantar eu não vi seu pai. Quando fui dormi achei que não veria mais naquele dia.
Engano meu quando eu já dormia vi alguém na porta, era ele acendeu a luz e falou estava me esperando putinha?
-Não achei que você nem vinha!
-Eu não vim acha que ia perder de dá as aulas de como ser uma mulher boa de cama minha safadinha!
Olhei sorrindo para ele e vi que já estava de pau duro, ele se aproximou e disse quero mais um pouco daquele boquete maravilhoso. Caprichei no boquete mas ele disse que não ia gozar na minha boca naquele momento. Já tinha provado da minha boca e da buceta que agora queria me ensinar outra coisa.
O que você quer me ensinar?
Ele me abraçou colocando as mãos na minha bunda e com um aperto forte na minha bunda ele disse. Quero esta gruta deliciosa intocada que tem entre estas carnes tesas.
-Respondi com um sonoro não.
-Ele sorrindo falou e quem te disse que aceito um não?
Ajoelhou safada vai ter que rezar vou querer foder teu rabo você querendo ou não prefere que seja a força?
-Mas eu não sei se aguento teu pau e muito grosso. Aguenta sim com jeito você aguenta, vai gostar tanto que vai querer que eu foda esse rabo sempre...Foi ai que ele me colocou de quatro no meio da cama, e subiu ficando atrás de mim com seu pau teso melando ai ele botou uma camisinha, passou um creme na cabeça do pau e depois lambuzou meu rabo e começou  pincelando a cabeça do pau na minha bunda , começou falando que eu tinha um rabão delicioso, um rabo que pedia pau, nisso ele colocou um pouco mais de um creme e ficou passando a cabeça do pau na entra do meu cuzinho virgem intacto, alisava minha bunda dava leves tapas eu comecei e gemer e rebolar a sensação do pau passando entre minhas pregas era delicioso ai com um movimento ele segurou com firmeza em meus quadris e socou de uma vez o pau no meu rabo soltei um gemido alto, ele abafou minha boca e continuou metendo o pau sem dá importância a meu sofrimento e dor.
Caracas eu me sentia dividida ao meio, mais ele não parava, ele socava muito forte, minhas pregas já nem existiam mais.Estava sendo bruto pensando apenas em seu prazer demorou quase 5 minutos me possuindo, digo possuindo sim porque não me deu prazer ser usada daquela forma ele percebeu e começou a ser mais carinhoso, foi reduzindo sua impulsividade em pouco tempo gozou. Ai ficou mais calmo me beijava acariciava meu corpo me pediu desculpas dizendo que perdeu o rumo porque eram muitas emoções para um único dia ter uma fêmea cabaço em todos sentidos para ele, mas que iria remediar sendo um pouco mais carinhoso comigo. Ai fiquei sem palavras foi aí que o coroa safado tirou seu pau de dentro de mim, se desfez da camisinha e veio se aproximando com o pau ainda melado e com seu jeito másculo me induziu a limpar ele novamente, com um boquete. Ai ele ficou teso me chamou para tomar um banho ai eu fui e no banheiro demos uma foda rápida foi aí que eu senti prazer e novamente gozei sentindo seu pau me fudendo bem gostoso em seguida ele encheu minha buceta de leite. Ficamos extasiados em um abraço. Ele me pegou no colo me levou para cama e adormecemos abraçados acordamos bem cedo ai novamente fodemos bem gostoso.
Ele foi para seu quarto e eu fique descansando ainda teria o domingo inteiro. Estávamos na piscina quando sua esposa chegou do plantão vi como ele a beijou senti ciúmes ,mas nada poderia fazer eu tinha consciência que era apenas um novo brinquedo nas mãos dele e pude comprovar quando após almoço eu estava descansando quando ele chegou , foi logo dizendo que estava fudendo com a esposa mas não me tirava do pensamento que queria gozar comigo. Eu disse que não queria , mas ele foi  irredutível me fez pagar um boquete e só saiu do meu quarto depois que gozou muito na minha boca. Depois me deu um beijo e saiu dizendo que eu seria a putinha dele para sempre. Depois no final da tarde fui embora e agora não sei o que fazer pois o pai de minha colega não me deixa em paz, é claro que sempre trepamos ,mas isto não quer dizer que eu precise jurar fidelidade é o que ele exige. Vou levando até quando  puder ele é um bom parceiro de cama além de ser carinhoso e generoso está providenciando um carro de presente no meu niver estou ansiosa para chegar logo esta data. Afinal sou putinha e safadinha ele tem que pagar pelo privilégio de ter-me afinal já são 30 anos de diferença de idade.
Não sou de muito romance o que eu gosto é de sacanagem mesmo. Não faço bico doce eu trepo mesmo. Sou uma putinha mesmo!


Docecomomel
Instagram docecomomelontos

Feira de Santana,15 de novembro de 2017.
Bahia Brasil.

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Um bem dotado Fudendo adoidado







Olá.
Meu nome é Lauro tenho 23 anos, sou branco com olhos verdes e cabelos loiros.
Sou sexualmente ativo.
As meninas que já transaram comigo me acham bem dotado.
Não sei se posso considerar-me assim meu cacete tem 22 cm é cabeçudo e cheio de veias.
Como sou magro quando estou excitado mostra meu cacete bem maior mesmo.
Bem tenho uma irmã de consideração (filha do atual marido de minha mãe) mais velha que eu separada do marido, ela trabalha em uma repartição publica e outro dia fiquei com uma colega dela de trabalho.
A Letícia uma jovem viúva de 36 anos que chorou muito no meu cacete.
Parecia que estava possuída, pois gosou umas quatro (4) vezes ou mais.
Foi muito bom.
Como são normal vocês mulheres adoram fazer propaganda e a Letícia não foi exceção falou com minha irmã.
Disse bem assim “Milena que delicia de macho é teu irmão menina”.
Quase fui à exaustão de gozar, tesudo que só e olha o tamanho, “mostrando o tamanho com as mãos fez um alarde na repartição que até um gay que é boy começou a me olhar com olhares insinuosos”.
Bem que coisa hein?
Mulher é fôda mesmo.
Mas eu não achei ruim porque além de sair com a viúva fogosa uma vez na semana ainda levei pra o motel mais duas colegas dela.
Fui bom eu nem me preocupava em caçar mulher já tinha as minhas peguetes fudionas certa.
Mas algo me aconteceu no ultimo sábado que marcou demais.
Eu havia saído com a viúva, e transamos só uma vez.
Ela estava com dor de cabeça, mas não deixou de mamar gostoso no queridinho dela até sentir leitinho escorrendo pelos cantos da boca.
Bem sei que nem todas as pessoas são iguais, mas a viúva era safada demais.
Adoro fuder com ela escandalosa quando goza grita e geme tanto que preciso tampar a boca dela senão motel todo ouve os gritos e gemidos.
Assim cheguei em minha casa por volta de 11hs liguei a TV e fiquei vendo um DVD.
Eu achei que estaria sozinha Milena (meia irmã) sempre sai nos sábados.
Estava distraído vendo o filme com uma bruta excitação, quando fiquei só de cueca com cacete pra fora.
Alisava a cabeça e já sentia a babinha escorrendo pelos dedos.
Estava tão gostoso eu em delírio sentindo as sensações de minha solidão.
Quando dou de cara com minha irmã que veio do quarto para beber água, poxa que vergonha eu fique, mas ela na maior cara de pau foi dizendo.
Esquenta não maninho que já estou acostumada com ferramentas assim, mas bem que minha colega me disse caramba tu é bem dotado mesmo hein?
Ah mana não diz assim que fico com vergonha.Claro que eu sabia que ela saia com um colega de trabalho e voltava sempre de madrugada.Ir a igreja que não iam não é.Mas precisava manter as aprencias,quando ela me disse assim..
Deixa disso maninho, não somos irmãos mesmo, bem que tu podia me visitar, mais tarde lá meu quarto hein?
 Fiquei cheio de tesão...
-Fiquei atônito, mas levei a serio e afirmei claro maninha se você quer claro que quero também.
Afinal não somos parentes minha mãe que é mulher do teu pai, então estamos livres para cair na safadeza e foder muito.
E dizendo estas palavras veio se aproximando e começou alisar meu cacete, que ficou logo mais duro ainda, pois tinha ficado encabulado com a entrada repentina de Milena.
Mal entramos em seu quarto e Milena já veio pra cima de mim.
 Ela estava vestindo um vestido estampado de alças e não usava nada por baixo... Veio me beijando e logo fui tirando o vestido e o restante de minha roupa...
 Caímos em sua cama e Milena foi logo caindo de boca no meu cacete.
Chupava-me muito...
Parecia que não via um cacete há séculos!
Chupava-me... Engasgava... Tossia e falava que suas colegas tinham razão de elogiar meu cacete, pois era bem grande mesmo, Milena ainda dizia que do seu ex-marido nem se comparava ao meu.
Falava e não parava de chupar até parecia uma criança com pirulito na boca.
E assim fique de joelhos na cama enquanto a safada se deliciava com meu cacete.
Enfiava dois dedos em sua xoxota que saiam encharcados de seu mel.
Milena se contorcia de prazer e excitação...
 Então quando a puxei e a deitei eu caio de boca naquela xoxotinha lisinha cheirosa e muito molhada... Milena urrava de prazer eu sentia seu grelinho tremulando entre meus lábios,
A chupei muito ate ela gozar.
Milena se contorcia e eu afundava mais meu rosto entre suas pernas segurando firmemente em sua bunda.
Uma delicia sentir o mel recorrendo pelos meus lábios.
Quando vi sua respiração ficar mais branda mudou de posição e comecei a meter meu cacete em um papai e mamãe, estocava forte ela gemia e me apertava... Segurando em meus quadris,eu metia e ao mesmo tempo mamava em seus seios deixando -amais enlouquecida de tesão.
 Eu metia e falava que estava adorando comer à maninha que iria comer sempre.
Ela gemia dizia que sempre me via excitado... Mas não tinha coragem por ser mais velha ,mas batia siririca direto pensando no cacete do maninho.
Que só depois que a colega dela viúva falou sobre nossas transas que ficou enciumada e resolveu investir. Pensei tantas noite sozinho e logo ali ao meu lado uma mulher carente ,safada me desejando.Mas agora resta recuperar o tempo perdido.
Eu a ouvia falando, mas metia com muita vontade na maninha carente e safada...
Eu dizia que agora iria foder ela inteira todo dia...
 Então a coloquei de quatro (4) e voltei a bombear...
Dava tapinhas em sua bunda, ela rebolava mais ainda.
Quando dei uma estocada mais forte e disse que ia comer também o cuzinho dela.
 Ela ficou doida quando falei isso e disse que seria sua putinha safada e faria o que eu quisesse. Bombeei mais forte e então começamos a gozar juntos...
Enchi a camisinha de leite...
Eu nunca vi uma mulher se contorcer tanto enquanto goza igual fez minha maninha.
Ficamos abraçados um tempo e logo recomecei em carinhos, meu cacete não baixava.
Tirei de sua xoxotinha ensopadinha coloquei outra camisinha e deitados de conchinha comecei a brincar encostando meu cacete em seu anel.
Milena se arrepiava com meus beijos em seu pescoço com minhas mãos em seus seios.
Sentia sua aprovação, ela queria me sentir todo dentro de suas carnes.
Lentamente fui induzindo ao prazer.
Quando a coloquei de quatro (4)...
E fui enrabando ela devagar...
Fui enfiando meu cacete aos poucos em seu cuzinho até ele ficar todinho atochado. Quando meus quadris encostou em sua bunda,vi que estava todo dentro de seu cuzinho apertando e latejante, ai foi quando  comecei o vai vem devagar...
Ai que delicia comer o cuzinho da putinha que rebolava gostoso...
 Eu batia na bunda dela e a segurava pelos cabelos...
 Ela com os dedos ainda se masturbavam...
Metia com força, tirava cacete deixando só cabeça dentro e metia de uma vez só.
Milena urrava de prazer.
Quando eu segurei pelos seus quadris e fiquei em pé ao lado da cama segurando em sua bunda estocando-a freneticamente.
Sempre dando tapas em sua bunda Milena foi à loucura...
 Urrava de tesão...
E eu fui comendo aquele cuzinho...
 E ela começou gozar varias vezes sem parar...
Então eu comecei a gozar no cuzinho dela, seu cuzinho mordiscava meu cacete apertando deixando mais tarado de excitação, não aguentou e encheu ela de leite!
Caramba que gozada a camisinha encheu.
 E Caímos na cama ainda com meu pau enterrado dentro dela.
 Então ficamos agarradinhos e logo fomos tomar um banho.
Ficamos nos beijando então Milena ajoelhou-se e começou a pagar um  boquete , meu cacete sentindo todo calor de sua boca ficou rígido, igual uma tora.
Quando safada disse que queria leitinho na boquinha ai fiquei mais doido de tesão.
Segurava sua cabeça e estocava levemente sentindo sua língua percorrer todo meu cacete.
Eta boca gulosa parecia que ia engolir meu cacete inteiro, sentia  a cabeçorra encostar em sua garganta.
Fiz movimentos leves e segurando com firmeza sua cabeça comecei a gozar dando gemidos que pareciam urros de um animal no cio.
Milena segurou com firmeza na base do meu cacete e sem deixar escorrer nada sorveu de meu leitinho, e parecendo uma bebezinha faminta bebeu tudo sem deixar desperdiçar nada.
Minhas pernas ficaram bambas, era muita foda pra um momento só.
Tomamos banho e ficamos abraçados até o dia amanhecer.
Pela manhã Milena me acordou com beijos e com um sorriso foi dizendo, maninho agora tu é só meu viu?
Nada de ficar com minhas colegas...
Eu ri e disse ah maninha isto depende só de você.
Se aquentar cacete todo dia... então seremos amantes eternos.
Ps. Claro que não vou ficar só com ela do jeito que adoro fuder sempre vou sair com minhas peguetes afinal quando mais xoxota melhor.

Docecomomel(hgata)
17/01/2012.
“Não confundam o autor com suas obras”
Vejam meus blogs.
http://desejosdeinsanos.blogspot.com.br/
http://sensacoescomemocoes.blogspot.com.br/
http:/sedentosdesexo.blogspot.com.br/
http://noisdafeira.blogspot.com.br/

sábado, 25 de junho de 2011

Encontros e Safadezas na Noite !



*Bem faz um bom tempo que ando de olho no segurança do meu trabalho.
Tenho verdadeira tara por negros e aquele segurança parece um lutador de boxe cheio de músculos.
Fico super excitada quando ele precisa vir até minha sala para resolver algum assunto.
Mas ainda fico na expectativa que surja uma oportunidade de ficarmos a sós. Naquela tarde de sexta-feira o Dílson nosso segurança saiu de sala em sala distribuindo cartão de visitas dele, que nas horas de folga faz trabalhos de eletricista.
Oba foi o que pensei quando vi brilhar a luz no fim do túnel. Pronto agora vou chamar meu segurança fazer instalação em minha casa.
Radiante e feliz passei o resto da tarde pensando como agir. Como disse anteriormente tenho maior tara em negros tesudos.
Apesar da descrição tem algumas coisas que mexem com a gente, à libido aflora o odor másculo do Dílson quando se aproxima de mim me deixa alucinada de tesão. Mas como posso tentar algo com um cara que tem um jeito de cara de serio.
E se ele se esquivar?
Aí sim estarei perdida as minhas expectativas irão por água abaixo. Logo na sexta feira após almoço falei com o Dílson que tinha um serviço extra em minha casa,e que dia ele poderia ir?
Ele disse-me que iria após expediente afinal outro dia teria folga não se importaria de dormir mais tarde.
_Hum... Então para colocar um chuveiro vai precisar dormir tarde?
Isto está me cheirando à safadeza e eu gosto muito de umas sacanagens... rsrsrsr
Quando já era 18 h eu ia saindo pelo portão da empresa quando ouço alguém me chamar.
Dona Marcella...
Dona Marcella...
Assim que virei para saber quem estava me chamando meu coração deu um salto eis quem vem em minha direção...
Dílson!
_Se não se importa de dá uma carona eu já irei fazer seu serviço!
Não de forma alguma pelo menos quando você acabar tomarei meu mais demorado banho com chuveiro novo!
Legal!
Não é Dílson?
Bem assim que cheguei a minha casa levei o Dílson até o banheiro e entreguei em suas mãos o chuveiro novo, ele assentiu que já estaria pronto serviço.
Pedi licença e fui fazer um café. depois de alguns minutos eis que surge a minha frente Dílson todo molhado,falando quando foi testar o chuveiro a mangueirinha escapou e lhe deu um banho rrsssr.
Ah tudo bem Dílson tire a camisa que eu passo ferro enquanto tomamos um café ela já fica seca e ir você pode usar, não vai querer ir de ônibus para casa todo molhado vai?
Claro que não Dona Marcella!
Por favor Dona Marcella só no trabalho aqui sou apenas Marcella entendeu?
Certo... E dizendo estas palavras foi tirando a camisa ali na minha frente; tirar sua camisa e apesar da sua idade ele estava em forma rs.Que peito musculoso,ate reluzia de brilhante.
Ele notava minha excitação de ficar olhando-o e de supetão perguntou?
Marcella você não tem namorado?
Não Dílson eu estou só! E você?
Também estou só, minha noiva acabou nosso noivado tem uns três meses, desde então ando de galho em galho. satisfazendo meus desejos com uma e com outra.como posso vou me virando.
E você?Eu sozinha mesmo.
_E Fica em falta de sexo?
Claro que me satisfaço, mas por enquanto estou só.
Pois dona Marcella para ser sincero desde quê acertou de vim aqui fazer se serviço que estou vidrado, doido mesmo para foder,me desculpe à sinceridade,mas só farei algo se você quiser.
Veja como estou só de falar, e segurando em seu cajado rígido, por cima da roupa. Vi que estava duraço mesmo cheio de tesão.
Aquilo me deixou maluca, nossa, o que aquele homem fazia comigo, me sentia excitada e doida para fazer uma loucura naquele momento, estava só eu e ele.
Mas... Dílson isto pode complicar nossa vida!
Complicar nada ter alguns momentos de prazer, Dona Marcella só vai melhorar para nos dois.
O tesão tomou conta de meu corpo e pensamentos abracei e comecei a beijá-lo.
Caramba suas mãos ásperas de homem trabalhador.
Logo ele foi tirando minhas roupas e eu sentia seu olhar de desejo, seus olhos brilhavam a cada peça de roupa tirada. Pura excitação.
Quando comecei a tirar sua calça e ainda de cueca pude ver o formato de seu cacete, imaginei o que poderia está para receber.
Caramba! Eu nunca tinha visto um cacete daquele jeito acho que tinha uns 23 cm grosso negro cabeçorra vermelha. Uma tocha acesa.
_Venha Marcella deite aqui deixa eu te provar, sentir do sabor de sua xaninha e dizendo isto senti a aspereza de sua barba por fazer, seu hálito quente.
Sua língua morna e gulosa percorrendo toda minha genitália dando linguadas molhadas em meu anus, fazendo-me delirar.
Enquanto nós beijávamos, sentia arrepios de excitação pelo meu corpo, eu não estava acreditando no que estava acontecendo.
Eu tinha ali no momento um monumento de cacete de 23 cm, grosso, cheiroso.
Assim Dílson depois de lubrificar minha xaninha com sua saliva me virou e eu pude sentir em toda sua plenitude o prazer de ser penetrada, nossa foi um tesão ele gemia muito, mas que eu.
Ele tirava o cacete só deixando a cabecinha e depois estocava com vontade, isso dava mais prazer ainda, ficamos por uns 20 minutos em um vai e vem de corpos em um tirar e botar, entre gemidos e urros, ate que ele me disse não agüentava mais e que ia gozar claro que o entendi e começamos um orgasmo intenso e duradouro.
Abraçados ficamos e conversando como tinha sido gostoso. Ficamos acertados de deixar em sigilo por enquanto,mas temos nossos dias de sexo e êxtase.
Eu ando pensando de juntar as escovas de dente com Dílson, mas ainda não tive coragem de convidar. Se aceitar será ótimo senão podemos ficar só na safadeza ele sempre inovando minhas noites frias de inverno.
Mas quando o vejo n trabalho e penso nos prazeres que aquele cacete negro me proporciona fico excitada ao ponto de minha calcinha molhar.
Meu coração disparou neste momento quando atendi ao telefone e era Dílson avisando que vai folgar neste feriadão.
Se poderíamos ficar juntos?
Claro que concordei e já vou providenciar o estoque de camisinhas, pois faremos uma farra.
Será que meu rabinho vai suportar aquele turbo negro?
Bem depois eu conto se tiver coragem de dá a ele.



*Favor se copiar colocar nome de autora
*
Docecomomel(hgata)
"Não confundam o autor com sua Obra"
Vejam meus Blogs
http://sensaçoescomemoçies.blogspot.com/
http://desejosdeinsanos.blogspot.com/
Imagem do google

Abraços a todos e meu MSN é docecomomel2011@hotmail.com

segunda-feira, 2 de maio de 2011

Uma Mulher em Minha Vida


Eu o conheci através de uma amiga virtual em comum, eu adicionei e ficamos muito íntimos, eram longas as nossas conversas, sempre recheadas de muita alegria com risadas mirabolantes. A conversa se desenvolveu de forma agradável para ambos e logo estávamos no MSN e a troca de telefones foi rápida. O desejo de nos encontramos foi crescendo durante nossas conversas, mas tínhamos de conciliar nosso tempo. Ela trabalhava em uma cidade do interior e eu na capital. Poxa horários e tempos diferentes. Após algumas semanas de contatos e mensagens via email marcamos um encontro. Até que fim os bons ventos sopraram a meu favor.Logo após o expediente de um dia cansativo de trabalho finalmente iria ter em meus braços. Avistei-a e senti uma leve excitação.
Trocamos beijos de cumprimentos e a conversa se desenvolveu para o lado pessoal, detalhes que complementavam o nosso perfil.
A convidei para ir até um barzinho.
Local próximo que já conhecia.
Quando finalmente nos sentamos, a conversa voltou a fluir como se tivéssemos no MSN ou ao telefone.
Ela disse que estava receosa por ser vista com uma “homo’mesma ela sendo separada isto ainda a incomodava.
Afinal o preconceito existe, e muito isto não se pode negar.

Após esse encontro, se seguiram outros, mas eram todos de amigas e confidentes.
Mas o tempo se passava e eu sentia uma atração física muito forte por ela. Ela sabia de minha preferência sexual.
A curiosidade ou talvez quem soubéssemos o desejo a fazia continuar minha amiga e confidente, mas sempre dentro do maior respeito.
Aproveitei um final de semana prolongado e a convidei a ir comigo. O local seria um Thermas bem distante de nossos domicílios.
Fomos... A viagem correu bem tranqüila, mas ao chegarmos ao hotel que tinha feito reservas devido ao feriadão só havia um quarto de casal.
Nada poderíamos fazer.
Claudia 37 anos é branca, daquelas que tem até umas sardas, 1m65, coxas grossas, e uma bunda que chamava atenção de tão grande. “E “sem deixar de mencionar que sua xoxota parecia um verdadeiro” capô de fusca”
Ao chegarmos à suíte, fomos logo tomar um banho, pois iríamos sair para conhecer alguns lugares.
Quando voltamos de nosso passeio eu e Claudia conversamos muito, expliquei a ela a minha condição sexual e que sentia uma grande atração pela mesma, mas nada faria se não estivesse de acordo.
Ela me disse que já teve fantasias-sexuais com mulheres, mas que jamais teve alguma experiência.
Eu apenas sorri e segurando em suas mãos disse bem minha querida sempre tem que haver a 1ª vez depende de você.
Indaguei como eram suas fantasias e falei se não quisesse falar não me importaria, é claro. Ah Marcella minhas fantasias eram mais freqüente quando eu me masturbava, ficava de pernas abertas brincando com meus dedinhos no mais intimo do meu ser e sentia como se tivesse uma mão acariciando junto a minha.
Visualizava colegas minhas me beijando, acariciando minha vagina.
Uma vez imaginei minha prima Célia chupando meu grelinho, ela sugava tanto que me deixava zonza de prazer.
Depois assustada via que tudo não passava de imaginação de adolescentes.
Nada mais que isto. Mas o prazer que eu sentia era real minha calcinha molhada e o cheiro de sexo em minhas mãos eram bem reais.Jamais havia pensado em realizar tais fantasias.Mas depois de te conhecer Marcella fiquei intrigada com a minha dependência de sua presença.
Eu adoro você.
Dê um tempo até mais tarde, sem forçar quem sabe podemos acabar com este dilema de personalidade oculta.
_Claro Claudia que somos amigas e se existir algo entre nós só vai fortalecer o carinho e amizade que tenho por você.
_Eu a acho bela e sedutora e acredito que tem um vulcão de êxtase dentro de você. E eu quero provar deste seu lado feminino. Mas sem forçar.
Está bem?
_Sim Marcella sem forçar, agora vamos jantar e nos divertir um pouco está bom. Claro afinal viemos passear.
Durante o jantar nada de pessoal falamos, ficamos só apreciando as outras pessoas e Claudia até achou um paquera.
Mas depois de tantos olhares insistentes do rapaz ela riu e disse o safado até escondeu aliança, mas na certa só quer transar e dá um belo até breve e nem o jantar pagar rsrsr.
Aff... Claudia não seja azeda.
Só estou dizendo a verdade Marcella com tantas jovens bonitas pra que ele quer um coroa como eu?
Mas você tem seu charme menina é bonita inteligente e... Deve ser gostosa demais.
Ops... Desculpe acho que o vinho esta subindo para minha cabeça. rsrsrsr.
Você diz assim porque me conhece e ver algumas qualidades minhas.
Eu também a admiro muito a acho simpática, você bem sabe minha opinião.
Já uma 22h foi para o quarto e meio sem graça ainda tínhamos que dividir a cama de casal.
Entrei direto para o banho quando voltei a Claudia estava com a cama já pronta.
Dei-lhe boa noite e fui deitar.
E ela perguntou: “Vais dormir assim?” Eu disse que sim.
Pois estou com imenso calor, tem algo contra Claudia?
Não é que não estou habituada dormir com outra mulher e ainda por cima seminua.
Mas estou de calcinha Claudia.
Eu sei Marcella,eu sei
- Não, não vai dormi assim não, isto me incomoda e você sabe o que penso.
Ah Claudia desculpe, mas é força de habito.
Pronto já visto uma camiseta.
Assim que vesti minha camiseta fiquei deitada a meia luz, observando Claudia se despir. Ela tirou sua sandália, a calça, e vi seu corpo inclinar-se para o lado.
A sua calcinha mine branca, de renda delineava sua xoxota lisinha.
Aff... Suspirei de desejo.
Não deu para fingir que eu não olhava.
Vi tirar a sua blusa e vi os seus seios, maiores que os meus durinhos com os bicos róseos.
Como impulsionada pela força do desejo me aproximei, segurando seus seios em minhas mãos em forma de concha.
Nossas respirações ofegantes diziam algo, mas a minha promessa de não a forçar fez-me sair indo escovar meus dentes.
Demorei mais que necessário, pois
Saber que íamos ter que dividir a mesma cama deixava-me um tanto excitada.
Mas eu não poderia fazer nada, a não ser que fosse ela que viesse a tomar a iniciativa.
Deitei-me de lado, de costas para ela.
Dei-lhe boa noite e fingi que estava dormindo.
- Marcella... Eu não consigo dormir!
_Está sentindo alguma coisa Claudia?
Sim, estou…
O que?
_Desejos uma excitação em meu corpo.
Mas Claudia preste atenção no que dizes minha querida e amiga.
_Pode se arrepender depois sabe da minha condição sexual.
_Sei sim é por isto que estou desejando-a muito.
Quero ser sua Marcella ,estou pronta para você,mas tenha calma afinal sou leiga está bom.
Eu tremi por dentro, afinal iria ter na cama a pessoa que mais meu coração preza, amiga companheira e finalmente será minha amante e mulher.
Nossa. Quando ela enfiou-se embaixo do edredom e senti o calor de seu corpo colado ao meu, senti um arrepio.
Sentia sua respiração ofegante.
Cabia a minha pessoa agora tomar a iniciativa.
O sinal ela havia dado.
Pois bem depois experiências de vida me senti fragilizada a sua frente,não seria mais um transa ,mas uma entrega de corpo e alma. Que ela
Passaram alguns minutos, de leve, comecei acariciar seu braço, sem pressa aninhando-á em meu peito.
Meus lábios a procura dos seus. Uma leve e doce caricia.
Ficamos ali sentindo uma sensação gostosa.
Em silencio.
Nossas línguas tocando.
Um beijo suave terno e sem pressa.
Senti sua mão ir de encontro a meus seios, minhas pernas ficarem arrepiadas.
Um turbilhão de emoção explodia dentro de mim.
Arrepiei-me toda.
Vir-me-ei... E Sem palavras
Nossas bocas se beijavam agora com mais intensidade.
Sua boca era gostosa, sua pele parecia seda, e o beijo era intenso. Ela passou a mão pela minha cintura e ajudou-me a tirar a camiseta. Tirei também a sua camisola e calcinha.
Logo estávamos nuas.
Nunca havia sentido um prazer tão intenso igual agora. Eu estava sentindo imenso prazer de ter meus seios sendo sugados com delicadeza pela Claudia.
Aquela sensação me dava imenso prazer. . .
Era delicioso sentir este prazer. Depois foi a minha vez de retribuir os carinhos, demorei bastante sugando seus mamilos sentia seu corpo entregue ao êxtase.
Depois fui descendo a língua, deslizando pelo seu corpo, e parei no seu umbigo.
Senti a sua ânsia de ter meus lábios em sua vagina, eu ansiava mais ainda, mas lentamente brincava com meus lábios em suas coxas.
Então eu desci mais um pouco.
Afastando sua calcinha de lado, lentamente acariciava seu clitóris, molhado.
Não a fiz esperar demais e comecei a passar a língua no seu clitóris, e fiquei fazendo movimentos, passando a língua levemente, de cima para baixo.
Depois comecei a chupar toda a sua xoxota, e fui aumentando de intensidade.
Parecia um pêssego a espera para ser colhido. Ávido para ser devorado entre meus lábios.
Ela estava cada vez mais excitada, e ficava fazendo movimentos de quadris que seu clitóris ia de encontro minha boca.
Ela mudou de posição e seus lábios vieram de encontro a minha xoxota, eu delirei de prazer.
Minha língua continuava a acariciar seu clitóris, chupava com prazer. Ela correspondia com gemidos. Comecei a vibrar com aqueles lábios dentro de mim, seguindo movimentos cada vez mais velozes, até quando não resistimos explodimos em gozo.
Sua respiração ofegante dizia-me a intensidade do prazer sentido.
Foi maravilhoso o orgasmo mutuo.
Mas teria mais, ele precisava ter a consciência dos prazeres que seu corpo poderia desfrutar.
E com um sinal para que ela ficasse deitada com as pernas abertas.
Na beirada da cama, eu ajoelhada a seus pés a provar de seu mel. Minha língua deixava um rastro de prazer percorrendo próxima a sua xoxota.
Ela rebolava, queria mais, pedia mais.
Depois ela colocando seus pés em meus ombros eu pude chupá-la deliciosamente.
Provei de imensa quantidade de seu néctar.
Hum... Delicia.
Orgasmo múltiplo.
Claudia virou e começou e me chupar novamente, sentia seus lábios brincando com meu clitóris.
Foi algo belo e espontâneo.
Deitadas com a xoxota bem próximas as nossas boca, eu e Claudia ficamos entregues ao êxtase proporcionado para ambas. Ela iniciante eu apenas a que lhe proporcionei um dos mais intensos orgasmos de sua vida.
Ela que afirmou isto de livre espontânea vontade.
Logo bem cedo Claudia soltou um suspiro e com um gemido me disse.
Marcella minha querida porque demorei tanto para conhecer esta nova faceta do lado bom da vida!
Recomeçamos os carinhos e logo entre sussurros e gemido pôde senti o seu melzinho descer pela minha boca.
Nossos odores e sabores se reencontrando novamente.
Deitamos extasiada de prazer e dormimos abraçadas, nuas e satisfeitas.
Sob o edredom e o calor de nossos corpos que exalava nosso cheiro de sexo.
Sexo com carinho e paixão.


Docecomomel(hgata)
http://sensaçoescomemoções.com
http://desejosdeInsanos.com
"Não confundam o autor com sua obra"
*Ps.Para mim escrever este conto é algo tão dificil, você conseguir ou tentar descrever algo que desconhece.Mas vou tentando levar até vocês meus pequenos devaneios de aprendiz de escritora*
(grata)

domingo, 1 de maio de 2011

Meu Noivo é"Corno Manso"




Pois é eu sou noiva já faz um ano e sempre transo com eu noivo.
Transamos nas mais mirabolantes posições e em lugares inusitados.
O Eduardo sente prazer assim do proibido do imoral.
Seus amigos me olham, me secam com seus olhares furtivos e indecentes.
Algumas vezes até penso que Eduardo comenta com eles nossas foda, è em cada lugar que sinto até medo.
Na semana passada eu e Eduardo fomos a um sitio com um amigo dele.
O Erick
Eu moro na mesma rua que ele só que eu não sabia deste detalhe. Não presto muito atenção na vida alheia.Assim fomos em um noivado de amigos.
Ele “Erick” sabia que Eduardo não pode beber senão logo apaga e como estávamos os três no mesmo carro, poderíamos ter problema. Mas eu não poderia me zangar com Eduardo em um lugar publico,então o deixei a vontade.
A festa do noivado estava animada, som, churrasco e bebidas a vontade. Muita gente bonita.Eduardo aproveitou bem,e tomava todas,pensei bem o que poderia acontecer é esperar amanhecer para voltar para casa.Todos presentes eram amigos.Alguns bem conhecidos do Eduardo.Achei que estava bem segura na companhia do Erick até então amigo de Eduardo.grande engano seu desejo era bem outro.
Foi o que pensei. O Erick com seus amigos ficavam sempre me olhando e sempre que se aproximava de nós era para trazer bebida para Eduardo e entre um sorriso dizia.
Aí Eduardo mais uma gelada.
Deixando uma lata super gelada em suas mãos.
Sempre o Erick a nossa volta. E Eduardo adorando isto entornava tudo.
Depois de Eduardo ter tomado todas possíveis, disse que iria dormir no carro, assenti com uma condição que a chave do carro ficaria comigo.
Estava cambaleante mesmo!
_Tudo bem gata pode ficar ai com Erick que vou cochilar um pouco e. Comporte-se!
Dirigindo para o Erick disse e ai amigão toma conta dela está bom?
Claro que sim não deixarei nada lhe acontecer.
Fomos até o carro deixando o Eduardo bem à vontade deitado no banco de trás, pelo que o conheço depois de todas que tomou só amanhã de manhã.
Assim que saímos de perto do carro, Erick olhando para mim assentiu, poxa que cara duro na queda!
Como!Eu não entendi!
Ah... Não me venha com esta, que não entendeu que eu queria era embebedar o teu noivo abestalhado.
O que quero mesmo é transar com você. Ficar em uma boa com você!
Venha... Segurando em minhas mãos me guiou até um local vazio longe da casa.
Não resisti... e o segui.
Não demorou muito chegamos a um local vazio.
Erick começou a me abraçar, falando que desejava me comer faz muito tempo que Eduardo é um besta que fica divulgando as transas, que só faz criar mais desejo nos amigos. Já ia tirando nossas roupas,calma apreciado,que nada quero aproveitar esta folga que o corno de seu noivo nos deu.Ele mandou eu tomar conta de você e isto que farei.tomarei conta de você todinha.RS
Assim que ficamos sem roupas ele já começou a passar a mão na minha xoxota, chupava os meus peitos, eu é claro o punhetava...
Não estava chateada com Eduardo, pois ficava dizendo o que fazíamos, mas poderia ser mais discreto, afinal somos noivos. Agora além de ser safado vai ser corno.
Eu estava excitadíssima e Erick mais ainda, tão jovem, mas com um cacete enorme, ate fazia uma curva em arco em direção a seu umbigo.
Eu estava extremamente molhada.
E ele com o cacete bem duro, doido pra me comer... O fator tempo era essencial precisava aproveitar...E logo da melhor maneira.
Ajoelhou-se a minha frente começou a me chupar, uma me delicia segurava sua cabeça de encontro a minha xoxota ele gemia dizia coisas.
*Chamava Eduardo de corno manso.
Lambia-me muito, estava eufórica de excitação, não demorei muito e...
Eu gozei em sua boca para seu deleite e prazer.
Ele se levantou me deixando com meu rosto bem pertinho de seu cacete e. ajoelhada eu fiquei:
- Chupa um pouquinho minha gostosa vai!
Só um pouquinho minha putinha safada.
Foi só isto que ele disse...
Cai de boca na hora!
Aquele cacete duro como pedra, branquinho com a cabeça vermelha e grande, eu mamei muito até que ele não agüentou mais de tanto excitação e me colocou de quatro no chão e começou a meter até o fundo...
Era muito gostoso, eu toda molhada, recebendo seu cacete com força e vigor.
Erick estocava com ritmos cadenciados.
Nossos gemidos intensos. Erick ia dizendo ah o corno do Eduardo tem razão que puta safada e gostosa.e cavalgava com mais vontade ainda.
Eu rebolava a sua frente, Erick tome cacete sua puta é assim que você gosta é em lugares desertos ,grite, vai geme gostoso, ai vai sua safada.
Ai... Erick mete teu cacete todo, vai esporra teu leitinho na xoxota de Marcelinha Vem meu tesão.
Me come ,me fode, meu tarado gostosoooooooooooooooooooo.
Eu queria mais, sempre mais.
Senti quando Erick tirou seu cacete e encostando-se a minha bunda explodiu em um gozo.
Ficamos agarrados sentindo seu leitinho escorrendo entre nossos corpos.
- Quero mais, me come vai, disse a ele...
- Quer mais sua safada?
Espera só mais um pouquinho tá bom!
Marcella você é bem vagabunda!
Eu? Porque você diz assim!
Ah... Você é noiva e está aqui fudendo comigo numa boa e o cara ali escornado de cachaça.
Ah Erick, mas foi você quem provocou embebedou o meu noivo só para ficar comigo, estou errada?
Você está certo Marc Ella que o corno de seu noivo fica alardeando como você foi gostoso, que adora lugares desertos vi a oportunidade e aproveitei afinal quem me convidou para vim foi ele.
Afinal desejo você faz tempo.
_Sabe Marcela e metade dos amigos de Erick tem o mesmo desejo.
_Mas espero que você não queira dá pra eles também afinal não darei folga e vou querer te comer sempre.
Disse o Erick...
Eu já estava sentindo seu cacete ficando duro.
- Além disso, ainda temos muito que experimentar na arte de transar viu?
- Está bom!
Como eu faço com o Eduardo?
Continua com ele, mas sabe a preferência é minha. Sei que você gostou aqui da minha manjuba e vai ficar viciada.
E Eduardo fica na dele bebendo e deixando a noiva pra os amigos cuidar. rsrsrsr
Afinal corno é sempre corno , quando fica manso consente tudo, quem sabe podemos fazer até uma DP com ele.
Bem Erick pode tentar quem sabe ainda desejo te comer outro vezes ainda.
Se assim você quiser!
Quer-se!
Quero é você sempre para mim.
Assim formamos um trio para passear e se divertir.
Eduardo sempre cumprindo as obrigações de um noivo fiel, Erick e eu sempre fazíamos as maiores safadezas que podíamos imaginar.
Depois eu conto como transei com Erick enquanto Eduardo dormia na mesmo cama, para variar alcoolizado.
Eu me dava bem demais com Erick, estamos pensando em ficar juntos definitivamente.
Que vocês acham.
Porque Eduardo não sabe que é traído e Erick sabe que transo com Eduardo então o corno é o... Erick!




Docecomomel(hgata)
Vejam meus blogs.
"Não confudam o autor com sua obra"
http://sensaçoescomemoções.com
http://desejosdeInsanos.com
imagens do google

segunda-feira, 25 de abril de 2011

Relato de Um Estupro



Sou de estatura mediana, morena clara. Tenho 35 anos um corpo normal, mas me cuido ,faço academia e dou caminhadas, alguns me acham gostosa.
Há dias eu andava nervosa, sem sexo estou sem namorado, E sempre que saia para minha caminhada tinha o cuidado de observar se estava sendo seguida ou não.
Só vemos noticias ruim de tarados e pervertidos.
Sabem como é o mundo anda cheio de maldades.
Um dia à noite resolvi me arriscar e sair sozinha para andar estava um calor tremendo, não era muito tarde.
No calçadão o movimento era constante de pessoas no vai e vem em busca da saúde e bem estar.
Fiquei além do tempo normal sentada em uma praça bem próximo ao mar.
Sentia o aroma da maré.
O vento assanhando meu cabelo, muito bom aspirar à brisa do mar.
Fiquei absorta nos meus pensamentos sem me dá conta do horário. Sai apressadamente indo em direção a meu apartamento com medo e receio,seguia pela rua semi-escura e deserta.
A todo o momento sentia reflexo dos faróis de carros que seguiam seu trajeto sem parar.
Eu vestia um conjunto de roupas apropriadas para fazer academia. Tipo moletom.
Mas o que me destacava em meu corpo era o tamanho da minha bunda, e com a roupa de malha ainda tornava maior com a calcinha enfiada no meio do rego.
Claro que ouvia elogios e Adoravaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa.
Como não sou nenhuma beldade em beleza passo sem ser percebida. Mas sinto olhares.Afinal tenho meus atributos femininos.
E isto me excita afinal sou normal como toda mulher.
Meus seios são pequenos não aparece muito, às vezes isto me deixa sem graça.
Afinal seios pequenos com bunda grande é a preferência dos homens no geral.
Eu continuei caminhando com passos firmes ,quando dei por mim tinha um carro me seguindo,senti medo.
Quando estava a poucos metros de minha casa um carro parou ao meu lado.
Levei um susto, mas segui minha caminhada sem olhar para trás.
Quando o desconhecido parou o carro eu fiquei paralisada de medo sem reação.
Ouvi sua voz firme dizer.
Andando à uma hora desta sozinha ein sua putinha, safada estava procurando o que?
Se for macho para fuder não precisa procurar mais achou o que você queria e muito mais que merece. Segurando em meu braço me levou até o carro.
Ordenando entre e fique quieta que é bem melhor para você.
Paralisada pelo medo tentei olhar seu rosto nas i chapéu que usava não dava para ver sua fisionomia direito. Sabia que era negro pois vi suas mãos.
Assim entrei no carro ele disse:
Fique quieta e não me olhe, Ou será pior para você.
Não sou muito de rezar, mas já tinha chamado por todos os santos que minha cabeça lembrava.
Pensava... Ah Meu Deus será que vou morrer?
Não precisa ter medo não a matarei nem tão pouco vou lhe esquartejar apenas quero prazer, quero sentir o prazer de ver uma presa gemendo no meu cacete.
Você é solteira, tem filhos?
Eu assenti com a cabeça dizendo baixinho que era solteira, mas que tinha um filho, mas que morava com o pai.
Hum... Entendi?
Livre... Mas até que é gostosa andando com essa roupa e calcinha dentro da regada do rabo me deixou maluco.
Não se preocupe não sou maluco só quero você na cama.
Fazer comigo o que todas as mulheres desejam, mas como tenho dinheiro elas olham primeiras minhas condições não os prazeres que podemos sentir.
Ele parecia triste.
Meu medo era tanto que não conseguia nem me mexer, queria era ver o caminho que seguíamos. Mas não tinha coragem.
Ele dirigia e eu rezava muito. Estamos chegando é uma casa minha se alguém aparecer fique quieta está bom?
Se não ficar calminha, será muito castigada. Entendeu?
Afinal os dois caseiros ficam aqui neste fim do mundo e uma mulher branca para eles seria um presente dos Deuses. E sei que tem os cacetes maiores que já vi. Rsrsrsrsr
Parando o carro segurou em minha mão me levando até um quarto a meia luz, com aroma de jasmim no ar.
- Venha isto está me deixando louco! E sentado a minha frente ia dizendo
Quero que tire sua calcinha agora e a jogue para mim, sim aqui no meu rosto.
Foi o que fiz e senti a sua respiração aspirando ao odor de minha calcinha.
Senti que ele estava satisfeito.
Estava excitado, calado só me observando.
Vamos minha gostosa dance tirando suas roupas jogando-as para mim.
Imediatamente eu senti um frio temendo o que poderia acontecer.
Comecei dançar lentamente tirei a blusa e joguei em direção a meu carrasco e carcereiro, era assim como eu me sentia, uma prisioneira dos caprichos de um louco insano.
Mas nada poderia fazer não sabia onde estava e o que poderia acontecer comigo só O meu bom Deus para proteger.
Continuei a minha dança, já tinha tirado a blusa tirei a calça e joguei para “ele”,
_Belo! Dança minha safada só falta o soltem, dança minha gostosa.
Dizendo isto esfregava as mãos, sentia que estava próximo do começo do sacrifício.
Tirei meu soltem e joguei até ele.
Na penumbra do quarto via seu semblante, seus olhos cintilantes no escuro, de mostravam êxtase e prazer.
_Ah delicia ver você assim.
_Venha até mim, devagar, tire as mãos da sua xoxota, venha quero você aqui ao meu lado. Venha minha gostosa.
_Aproximei e sentia sua respiração ofegante, o safado estava excitado.
_Abriu a braguilha da sua calça e colocando seu membro rígido para fora ordenou, abaixe-se e faça de conta que é seu picolé.
_Vamos safadinha chupe meu cacete, ande logo que vou te encher a goela de porra, safada,não era isto que você estava procurando ,saindo sozinha de noite.
_Sem mais nada a fazer comecei a masturbar meu carrasco e vilão, ouvia suas ordens e em um impulso obedecia.
_Sim minha gostosa é assim que mama ,delicia,chupe todo seu cacete. safada ,vadia.
_Segurando minha cabeça forçava o seu membro até minha garganta ,eu engasguei, tossi, mas ele não parou de estocar seu cacete garganta abaixo.
Vi seu membro inchar e logo senti jatos de esperma em minha garganta, tossi fiz menção de tirar o cacete da boca, mas ele segurava firme minha cabeça. Bebi todo,mas até que não foi de todo mal,sentia um comichão nas minhas entranhas.Minha xoxota latejava de tesão.
como é possível isto?
Estava tão entregue a minha própria sorte que tive um susto ao escutá-lo dizendo:
- Muito bem minha cadela safada!
Muito bem! Gostou do leitinho na boquinha.
Hum... Logo vai ter mais, sua égua safada.
Sabia que era mesmo uma vadia!
_Venha chegue bem perto, sinta como ele está acordando. Pegue em suas mãos e massageie meu cacete. Sinta como está latejando.
Ele está quase explodindo. Apenas sinta ele em suas mãos.
O safado estava mesmo quase explodindo. O seu cacete era grande e grosso e estava duro como pedra.
Comecei a acariciar em um vai-e-vem lento, logo ia aumentando de velocidade, queria que ele gozasse e acabasse logo com meu castigo
Não demorou em que ele começasse a gemer, ele começou a jorrar seu liquido entre minhas mãos.
Ele gemia muito se contorcendo de prazer.
Senti sua respiração ofegante, e um leve sorriso nos lábios.
Só que quando falou comigo sua voz estava com um tom mais suave.
Aff... Minha putinha safadinha, você me deixou muito maluco.
Já vi que ainda vamos nos divertir muito, querendo ou não depende só de você.
Segurando e minha mão me levou até o banheiro, lá pude ver toda sua fisionomia de homem triste e solitário.
Caramba e que cacete grande, rsrsrsr.
Tomei um banho demorado tentando colocar meus pensamentos em ordem, mas difícil saber onde e como poderia parar tudo aquilo que estava sendo obrigada a passar.
Sem roupas andando de um lado para outro na vista de um estranho, estava sendo uma vítima fácil.
Mas sabia que isto iria acabar.
Como?
Não sei!
- Você agora é minha sempre que eu quiser a trarei aqui, entendeu?
Não diga nada a ninguém que assim será pior para você.
Você está me entendendo?
Assenti com a cabeça um sim.
Nesse momento percebi que ele estava me levando até o quarto, nada dizia.
Colocou-me na cama deitada e veio por cima, sua boca percorria meu corpo com linguadas em forma de caricia. Abriu minhas pernas e começou a chupar o meu clitóris,seus lábios eram molhados e suaves.
Meu coração acelerou impossível eu estou gostando, meu corpo respondia ao carinho dando resposta de prazer e êxtase.
Sua boca escancarada na minha xoxota dava prazer sentia êxtase com seus carinhos.
Eu nem pensava em mais nada a não ser no ato em si, O orgasmo veio intenso e prazeroso, eu gemia como um animal no cio.
Relaxei meus pensamentos e entreguei-me a luxuria de ser corpo a procura do meu.
Jamais tive uma situação assim sendo quase obrigada a transar com e gozar com um estranho. Apesar de tudo o que ocorreu eu gozei e gozei muito.
Senti espasmos pelo meu corpo, seu vai e vem constante, seu cacete com estocadas firmes e fortes me tirava gemidos muito altos.
Nossos corpos se contorciam em um dança secular a procura do prazer. Minhas pernas tremiam, o cacete entrava e saia de minha vagina, e eu gemia de muito prazer.
Desmaiei e isto demorou alguns minutos para eu acordar, e quando voltei ao normal à cena em que eu estava. Senti que tudo não passou de um sonho e fantasia erótica de um louco e solitário, mas que deixou sucumbir os caprichos do corpo.
E resolveu ser mais complacente com ele mesmo e com sua vitima que neste caso esta que lhes relata o fato ocorrido. Dando prazer sem força física,que já foi um grande alivio,para mim.
Senti vários sentimentos em meu peito.
Alivio alegria dor e sentir o prazer carnal, não posso negar que senti prazer e tive orgasmos juntos aquele desconhecido que passou a ser meu parceiro em muitas noites frias de inverno.
Só que outras condições o jogo quem comandava era eu. De lobo passou a ser meu cordeirinho e estamos sempre juntos construindo fantasias mirabolantes,pois só assim ele consegue chegar ao orgasmo.



Docecomomel(hgata)
http://sensaçoescomemoções.com
http://desejosdeInsanos.com
"Não confundam o autor com sua obra"
"Obra de pura ficção"
Imagem do google

domingo, 17 de abril de 2011

Traindo Por Pura Safadeza





Sou casada e tenho uma vida pacata e feliz tranqüila com o meu marido. Mas nem tão pacatos são meus desejos e pensamentos.Acredito que se pensar é pecado meu lugar está bem reservado ao lado direito do Demo.
Não posso ver um rapaz bonito que meus pensamentos voam e coloco-me a imaginar transando com o mesmo.
Ah e como eu trabalho em um lugar que a maioria é do sexo masculino ai vocês já sabem, o torvelinho de emoções é minha cabeça.
Em cada olhar meço o tamanho do cacete daqueles machos todos que vejo na empresa.
Mas é ou era só em pensamentos até que...
Há pouco tempo foi admitido um novo contador na empresa e eu como sou também contadora vou trabalhar diretamente com o novo funcionário. Quando soube que iria ter colega de sala novo ...Adorei mas quando eu fui ser apresentada a ele me faltou chão embaixo dos pés e ar para respirar.
A surpresa foi visível para ambos.
O meu mais novo colega de trabalho é nada mais e nada menos que o Edgar meu primeiro e único amor de minha vida.
Mas por circunstancias da vida foi algo que acabou e me deixou marcas, dor e magoa. Afinal ser trocada por sua melhor amiga e confidente,na época foi difícil,mas passou como tudo na vida é transitório.restando nada mais que lembranças.
Boas e más.
Eu tinha muitas lembranças boas... aqueles arroubos de paixão ,meu primeiro beijo,meu primeiro homem.
Em questão de sexo foi meu professor em tudo. Oral,anal e como eu adorava mamar eu cajado negro que a meia luz reluzia.
Foi meu maior castigo foi amá-lo demais, mas acabou. Ou não sei lá quando eu o vi fiquei excitada e creio que esteja casado com minha ex-amiga Mariana que tomou ele de mim.Se assim eu posso dizer.
No inicio o nosso trabalho era efetuado com poucas palavras estritamente o essencial. Mas com o passar do tempo fui sabendo que o Edgar separou-se de sua esposa não suportou o peso alem do normal na cabeça. Achei bem pouco ele a endeusava achando que era uma santinha.Só se fosse santa da família machado .Sabe aquela família que dizem popularmente que não pode ver um pau em pé logo quer derrubar. Rsrsrsr
Mas no decorrer do tempo começamos a nos falar, e até pelo MSN. Sempre pela net algumas vezes nos relembramos dos bons momentos que passamos juntos.
Para começar com conversas mais picantes foi um pulo, afinal ele foi meu primeiro namorado, e eu a dele. Nossa experiências juntos foram por demais marcantes.Então sexualmente falando fomos aprendizes e professores na arte de amar.Descobrimos o mundo dos prazeres e da safadeza juntos.Riamos demais lembrando de casos passados.O Edgar parecia outro homem.exigente e estilo garanhão.
Uma noite ficamos horas conversando e as palavras cada vez mais excitantes.
Isto me tirava o sossego.
Causando-me insônia.
Porque ficar relembrando deixava acesa a chama do desejo e luxuria sempre pairando entre nossas cabeças.
Mas era uma coisa perigosa e excitante.
Eu gostava de sua companhia. Mas algo mexeu comigo na ultima semana fizemos hora extra e o Edgar propôs de levar-me em casa.
Após terminar o serviço sai com Edgar que não parava de olhar minhas pernas. Fiquei imparcial evitei conversa pessoais,mas o safado pegou uma rua diferente a que levava a minha casa e já bastante distante estacionou o carro segurando abruptamente pelos meus ombros beijando-me.
Que beijo me tirou o fôlego. Suas mãos percorriam meu corpo em extensa caricia.
Fiquei até onde agüentei sem corresponder, mas eu não sou feita de barro, comecei a sugar seus lábios com uma breve caricia.
Poxa eu não queria trair meu marido, mas as coisas iam por caminhos desconhecidos, e nem sempre as coisas em casa estão "funcionando" bem... Desavenças bebidas,jogo,estas coisas que esfriam e complicam uma relação.Eu cumpria minha parte mas Marcos...Era fogo um bonachão
Edgar perguntou-mse se topava sair com ele para um motel? E
Ele queria ficar comigo. E eu aceitei, mas seria no dia seguinte afinal já era tarde.
Mas começamos um sarro gostoso.
Carro com vidros fumê, no escuro bem na frente de uma empresa.
Edgar me beijava ardentemente, que estava doido para matar as saudades, desde o dia que me viu na empresa que só pensa em mim.
Pois havia muito tempo longe um do outro e as circunstancias da separação não foram muito boas para mim. Mas eu perdoei.
Eu já estava sem forças, estava literalmente entregue aos desejos dele. E meus também.
Sua língua percorria a minha boca, sugando-a.
Seu beijo quente sufocava, seu bigode fazia cócegas.
Eu adoroo bigode faz cócegas e vocês sabem não é?
Onde e como!
Ele baixou o zíper da calça colocando para fora seu cacete e logo pude ver e sentir a sua virilidade.
Seu cacete enorme e fenomenal.
Não resisti estava louca de vontade de sentir ele.
E bem depressa caí de boca!
Senti seu mastro latejante e viril na minha boca, era uma delicia.
Já loucos de excitação fomos rapidamente para o banco de trás. Edgar levantou meu vestido,tirou minha calcinha aspirou meu odor de fêmea no cio e sentiu com as pontas dos dedos,como estava encharcada.
Nossa seu beijos e carinho me levavam a loucura, tive que conter os urros e gemidos para não chamar atenção.
Logo ele me fez gozar, e eu implorava para ser possuída.
Queria vibrar rebolando em seu cacete.
A excitação era demais o suor escorria em forma de desejo.
Edgar fazendo uma manobra se encaixou no meu colo.
Já estava sentindo seu membro me tocando a vagina, o calor o furor da paixão o desejo insano de ser possuída sem pudores. O vai e vem cadenciado de seus quadris foi aumentando.
Já estava louca e alucinada pronta para outro orgasmo, quando ele me segura com firmeza me penetra profundamente e com força!
Meu segundo orgasmo foi inevitável. Edgar complementando com seu gozo,intenso prazeroso,os gemidos de tesão.
Entoavam uma canção angelical em nossos ouvidos.
O cheiro do sexo, cheiro do proibido estavam no ar...
A luxuria o desejo a traição eram complementos, para momentos de total êxtase.
E no vai e vem incrivelmente delicioso pude sentir e vibrar todo seu desejo por mim e assim complementar com força e carinho e paixão.
Adormecida que ambos sentiam, mas que estava esquecida no tempo da saudade.
Finalizando com um terceiro orgasmo e ele gozando dentro de mim...
O meu celular tocando, mostrava que era à hora, de voltar à realidade de minha vida de mulher casada, mas o gostinho de quero mais continuava em nós. E amanhã será o dia D,saciar esta fome de sexo que transpira em meu corpo.
Rapidamente no recompomos e saímos pelas ruas desertas indo cada qual para seu mundo. Mas saciados e felizes.
O sorriso em nossos lábios não deixava disfarçar.
A alegria que ambos sentimos em nossos momentos de prazer e loucura.
Em um carro parado a esmo em uma rua escura. Igual a tantas vezes em nosso tempo de namoro.No dia seguinte quando acordei vi uma mensagem no celular.E com um sorriso sai para trabalhar
"Espero-te hoje, no mesmo horário, mas não será no mesmo lugar"...
E assim hoje foi o dia mais longo e demorado de minha vida, mas para compensar a noite tive as horas mais excitantes de toda a minha vida!
Sem falar da quantidade de orgasmos que tivemos.
È um amor para recordar e continuar a vivenciar.

Docecomomel(hgata)
http://sensaçoescomemoções.com
http://desejosdeInsanos.com
Obra de Ficção
Imagem do google

quinta-feira, 7 de abril de 2011

Transando em Quatro Rodas.



Bem para namorar e amar não se tem nem hora nem lugar.
Mas, diga-se de passagem, transar em um carro é super-excitante, mas em questão de conforto e um Zero a esquerda.
Pois bem e assim foi que aconteceu comigo e meu namorado Marcos ele comprou um carro.
E para não decepcionar a estréia do nosso mais novo motel-móvel.
Saímos no final de semana para curtir uma balada em pleno sábado.
Depois de dançar muito e tomar algumas cervejas Eu & Marcos voltamos para casa, à grana estava curta e como fazer para dá uma transadinha sem dinheiro para o motel.
Mesmo de 5ª categoria.
Sabe como é a vida difícil.
Na volta da balada depois de amasso eu e Marcos estávamos super excitados, eu já tinha feito um belo boquete no estacionamento do pátio da casa noturna em que estávamos, mas Marcos assim como eu queríamos muito mais.
Somos jovens e nossas transas são de horas.
Afinal ter relações sexuais é muito bom e sem falsos pudores.
Assim como Marcos adora anal oral eu digo a mesma coisa.
Adoro sentir seu leite quente e viscoso descer por goela abaixo.
Sugo até sair a ultima gota.
E Marcos adora sentir meu grelinho entre seus lábios e como eu adoro deixar sua carinha toda meladinha de meu mel.
Mistura de sabores é com sempre falamos.
Estava complicado parar, estacionarmos nosso confortável Uno em uma rua deserta e escura era muito perigoso.
Optamos pela garagem da casa de Marcos sua mãe muito cheia de pudores, jamais iria permitir que entrássemos em sua casa para ter relações sexuais.
Mas fazer o que não é
Marcos adentrou na garagem e ao parar o carro deu boa noite a sua mãe que assistia ao BBB e disse-lhe que estava no carro, mas logo entraria.
Está bom meu filho dê um beijo na Marcela por mim!
E com sorriso entre os lábios resmungou se é que preciso mandar beijo do jeito que você a sufoca de tantos beijos... RSRS.
Assim a minha sogra fechou a porta e ficamos eu e Marcos em nosso carro-Motel.
Ao parar o carro começamos a conversar.
Nossas mãos em busca de nossos sexos.
Começamos a nos beijar muito o Marcos era possessivo me sugava os lábios com gosto e vontade.
E logo Marcos já estava com minha calcinha entre suas mãos...
E com uma cheirada disse, Hum... Aroma... docecomomeligual o mel que escorre de sua xoxota.
Delicia!
O Marcos me apertava, dava beijos no meu corpo todo, deixando louca e alucinada de tesão.
Logo passamos para o banco de trás e ele me tirou o vestido.
Ficando somente de soltem... mas foi logo tirado pelas mãos ávidas de Marcos que começou a mordiscar meus seios.Sem muita pressa tirei sua camisa e só assim pude
Ver aquela barriguinha lisa que eu adoro...
Meu tanquinho!
Minhas mãos percorriam seu corpo, seu tronco másculo, seu púbis que mostrava a protuberância de seu órgão em estado de excitação.
Não resistir e comecei a chupá-lo,eu lambia,mamava, com muita vontade. Adoro vê-lo sentindo prazer é uma troca de vivencias de corpo a corpo
Adoro abocanhar aquele cacete e senti-lo no auge do êxtase, seu corpo dando e recebendo prazer!
Após alguns minutos... Não resistimos e explodimos em um gozo. Sim daquele jeito entre nossas pernas.
Um provando do outro.Ele continuava me chupando tão gostoso,me fazendo gemer gostoso..
Nossas salivas misturavam a nosso néctar.
Não havia palavras, só gemidos e urros de prazer. Eu continuava segurando entre as minhas pernas apertando tão gostoso.Queria que não parasse mais de me sugar....
Eu fiquei de quatro e Marcas já com seu cacete recomposto começou a meter.
Ele me penetrava... Com estocadas fortes.
Sentia a cabeça de seu cacete me rasgando.
O vai e vem de nossos corpos.
Único em um bailar.
Não resisti e soltei um Aaiiii,não de dor mas de intenso prazer.
Depois de um tempo assim, sentindo seus culhões batendo nas minhas nadegas.
Vir-me-ei queria olhar para ele sentir suas feições em estado de êxtase.
Marcos começou a meter bem gostoso, socava bem fundo, metia num ritmo com força e vigor.
Seu rebolado de quadris nos fazia gemer e gritar. E assim fui inundada pelo seu leite viscoso e quente.Foi a frango assado mais gostoso que já fizemos.
Marcos agarrado a mim eu sentia sua respiração ofegante, e isto me deixava inebriada de prazer. Ficamos um tempo a assim só sentindo nossos odores.
A posição não era muito confortável afinal carro popular para namorar não é nada fácil, Mas não importa o êxtase de nosso corpo é o que conta o desejo de transar deixa tudo no auge.
E Ouvindo Marcos sussurrando ao ouvido deixa qualquer mulher em estado de excitação. Marcela minha safada eu nunca vi uma mulher adorar e se entregara uma transa como você ,não importando as adversidades de hora nem lugar.
Pois é Marcos meu gato eu adoro transar e com você que amo acha melhor ainda... E começou a me xingar ou elogiar.
Minha cachorra safada que adoro e quero sempre deixar cheia de prazer não importa se é em um carro velho trem ou avião. Que importa é o prazer.E isto sentimos ate debaixo d’água.
Assino embaixo meu safado gostoso.



Docecomomel(hgata)
Imagem do google
Meus blogs.
http://Sensaçoescom emoçoes.com
http://Desejosdeinsanos.com

terça-feira, 5 de abril de 2011

Dando a meu Senhor!


Dando a meu Senhor!

Carona significa alguém levar outro de um determinado ponto a outro, Mas quem o faz fica de cara grande acho que por isso chama-se carona.
Pois bem foi em uma carona que conheci o Eduardo na intimidade. E até hoje agradeço por isto.
Eu peguei uma carona com meu colega e chefe de trabalho para uma cidade do interior.
A nossa viagem ia de vento em popa até que começou a dá uma forte chuva.
O Sr Eduardo parou porque além de ter muita água na pista os trovoes e relâmpagos cortavam o céu. Ficamos abrigados em um posto de combustíveis como o vento era muito forte ele estacionou o carro bem afastado da área coberta porque sempre corre riscos de desabamentos. Estávamos em frente ao local de lavar carros.Mas estava vazio o local.
O Eduardo é um coroa, casado e até então sempre muito respeitoso. Ficamos a espera do mau tempo passar.Entre conversas surgiu o assunto sexo.
Isto faz com que fique excitada e é claro e Eduardo também. Foi assim de repente que ele disse Marcela se você me desse esta sua xoxota eu seria o homem mais feliz do mundo.
_mas Eduardo! Pois é menina a mulher esta operada e estou em brancas nuvens há quase dois meses.
Só basta ver umas pernas já estou excitado, você mesma pode ver como estou.
Realmente esta va de cacete em pé.
Você bem poderia dá uma força para este pobre velho.
_ ah velho nada.
Diga-me que mal tem você dá uma fodazinha com um colega carente?
Lavou menina está nova.
Dizendo assim é bem simples, mas foi meio difícil para mim quando o Eduardo abriu a braguilha e botou seu membro exuberante e duro para fora.
Fiquei com a garganta seca pensando o que fazer, mas resolvi de imediato e comecei a chupá-lo discretamente inclinei a minha cabeça e cai de boca em seu pau que estava melando de tanta vontade que estava de meter.
Eduardo colocou sua mão por baixo de meu vestido e começou acariciar minha xoxota.
Que estava molhada de tesão, afastando minha calcinha para a lateral brincava com seus dedos entre a minha vulva.
Era uma deliciosa e relaxante massagem.
Afoitos e ensandecidos para gozar eu retirei minha calcinha e com gestos fiz o Eduardo reclinar o banco do carro.
Ele entendendo a minha intenção colocou uma camisinha e assim passei minha perna por cima dele e sentei em seu mastro.
Senti a cabeça latejante entrar e com movimentos leves comecei a cavalgar minha boca a procura da sua.
Nossos gemidos deixavam o clima gostoso e bem ao longe ouvia a chuva caindo.
Seu corpo mexia de encontro ao meu, éramos dois seres sedentos de sexo, sem compromisso, penas para saciar a sede e fome de prazer.
Sua cintura ia de encontro as minhas coxas seus braços me seguravam e sua boca sugava a minha.
Momentos de êxtase.
Logo entramos em uma dança frenética e tivemos um orgasmo intenso.
Nossa respiração ofegante deixava o ar quente e os vidros do carro embaçados. Ficamos agarrados esperando nossos sentidos voltarem ao normal.
Logo seu cacete saiu de dentro de mim e vi que a camisinha estava com grande quantidade de esperma, ele realmente estava com um grande atraso na vida sexual.
Mas se depender de mim isto não ocorrerá mais, pois estarei pronta para atender aquele coroa gostoso e safado que soube despertar a minha libido.
Alem de ser muito generoso.
Sempre disposto a encher-me de mimos, é claro que como mulher livre e desimpedida adora jóias.
E O Eduardo como bom homem adora presentear-me.
São dois prazeres o da carne e da luxuria de ver-me ostentada com jóias belas e caras. E ele adora que eu as use enquanto estamos transando.
Para isto temos um apartamento a nossa disposição.
Claro que Eduardo fez questão de colocá-lo em meu nome. E Eu adorei é claro.
Ah como adoro meu chefe e colega de trabalho. Safado e fogoso na cama, que me eleva aos prazeres com seu jeito másculo e sua boa pegada,mas fora dela é serio ao extremo.
Mas e meu dono e Senhor.


Docecomomem(hgata)
Imagem do google
"Não confundam o autor com suas obras"
Meus Blogs

http://sensacoescomemocoes.blogspot.com/
http://desejosdeinsanos.blogspot.com/

quarta-feira, 23 de março de 2011

Uma Mulher Papa-Anjo


Eles adoram isto,
Ela adorava ser chamada pelo codinome de papa-anjo.
Pois bem Elza era uma professora solteirona que adorava dá aulas de reforço escolar.
Como era anunciado o final do ano e muitos alunos precisava do tal reforço sua casa só andava cheia de adolescente que não eram muito aplicados em estudar, em sua maioria do sexo masculino.
Um grande mistério era que os alunos ficavam entusiasmados com suas aulas particulares.
Eu e meu irmão mais velho fomos alunos da professora Elza, mas de longe se notava a diferença em tratamento de alunos de sexos diferentes.
Como sou curiosa um dia fiquei surpresa quando o Paulo (meu irmão ficou feliz que teria aulas além do horário normal).
Hum... Isto está me cheirando a sacanagem das boas eu sei que Paulo é muito safado apesar de seus 16 anos eu o ouvia no banheiro direto se masturbando.
Ele estava feliz de ficar, então dei boa tarde a professora e fui para casa, ou seja, fingi que sai, mas fiquei escondida na ante sala que a professora guardava o material.
Quietinha com a respiração ofegante e olhos abertos.
Não havia muito que fazer.
A não ser esperar.
Não demorou muito ouvi sons de gemidos fiquei gelada sem saber o que era.
Meu coração batia acelerado.
Eu tremia de medo imaginando as piores coisas que a professora poderia está fazendo com meu irmão e o outro colega.
Ah... santa inocência a minha os murmúrios que eu ouvia não era mais nem menos que gemidos de prazer.
Pois bem como estes olhos negros e inocentes eu vi o Paulo (meu irmão e seu colega (Marcio) peladinhos como nasceram fazendo a maior safadeza com a professora.
A cena era esta os dois jovens com seus cacetes juvenis eretos sentados na mesa e a professora os punhetando.
Pela fisionomia de todos nada era obrigado.
Os gemidos em uníssono.
Elza, sorrindo apalpava os moleques se contorciam de prazer.
- Como é garotos quer melzinho da tia Elzinha hoje?
Q. q queremos sim Elzinha diziam gaguejando
Onde?
Na boquinha?
Você é quem manda Elzinha.
Hum... Veremos onde e como meus pupilos safadinhos!
E com as mãos segurava seus membros rígidos, doidos para esporrar na professora matrona e boa de lábia.
Vai gozar agora ou não Paulinho?
E sem dá tempo de responder caia de boca no cacete do jovem adolescente que sentia os prazeres da boca da professora experiente a sugar-lhe seu cacete rígido.
Gemendo e mexendo os quadris insinuava umas investidas em direção a boca gulosa da professora.
Que por sua vez mantinha um cacete na boca sem deixar de massagear do outro amiguinho
Muito gulosa usava as artimanhas de mulher maduro aliado à falta de prática dos garotos, para satisfazer seus caprichos sexuais.
Paulo se contorcia, parecia que não iria demorar muito a explodir em um gozo.
Isto porque ela o acariciava cada vez mais e mais.
Masturbava-os com força.
Masturbava-lhe com bastante intensidade...
Eles se contorciam e soltavam gemidos cada vez mais altos.
Eu só de presenciar já não suportava mais a tamanha vontade de gozar também.
Mas precisava suportar até achar um meio de sair dali sem ser notada.
A cada toque dela, um gemido.
A cada gemido dele, uma chupada mais intensa em seu membro,
Ela dava com muito prazer.
Via-se o brilho de seus olhos.
E assim seguiram alguns minutos mais até que, Paulo sem agüentar mais.
Geme alto e forte.
- A... Eu... Eu... Eu não estou agüentando mais ...
É sério!
Eu vou goz......arrr
Ahhhhhh!
Gozou jatos e mais jatos de leite na boca gulosa da Elza.
A mulher por sua vez, sorria e sugava mais ainda seu cacete,não deixando desperdiçar nem uma gota sequer.
-Muito bom ela dizia
Meu bom garoto!
É assim que eu gosto de ver.
Aluno aplicado! Delicia!
Agora me vem-me deixa eu provar de seu coleguinha, mas abaixe-se e vá chupando a tiazinha ai que logo te dou meu melzinho.
Meu bom garoto! Safadinho bom de língua você ainda vai longe assim.
E sem palavras depois do gozo vejo com meus inocentes olhos meu irmão abaixar-se ficando entre as pernas da Elza e começar a chupar seu grelo, que parecia que saia de dentro de suas coxas.
Aquele membro intumescido esticado entre os lábios do Paulo que parecia um bezerrinho faminto sugando do seio materno
Eu disse que você ia gostar, não disse?
Pois agora quer sempre não é meu bezerrinho mama ai na tua vaquinha mama!
Ah delicia Elzinha teu grelinho até parece que tem mel.
Ahh...shisss.deliciaaaa.
Goza ai goza.
Minha vaquinha gostosa.
Estas palavras eram ditas por Paulo que sorvia de seu grelo com muita vontade e prazer.
E rebolando na carinha de menino faminto por sexo, soltavam gemidos cada vez mais ousados
Seu amiguinho de tanto despreparo físico explodiu em um gozo que molhou os seios da professora que irritada mandou lamber tudo.
Afinal era sua primeira aula.
Sem muitas palavras apenas Sim, senhora professora.
E foi isso que ele respondeu começando a lamber seu próprio esperma dos seios da professora.
Ela sorria satisfeita.
Aproveitou cada minuto sentia-se o objeto de prazer.
E obrigando o jovem que havia acabado de gozar a ficar vendo seu amigo lhe chupando.
Ela cada vez gemia mais.
Enquanto Paulo se deliciava em chupar cada vez mais sua xoxota faminta.
Eu sentia minha xoxota ardendo e melada.
Sentia arrepios profundos na espinha.
Mas não sabia o porquê destes arrepios, só bem muito tempo depois foi que descobri que me tornei uma yoveur.
Amo de paixão ver cenas de sexo.
Isto me excita e estimula ao orgasmo.
E você sente prazer como?
Ah... O Paulo depois de um certo tempo de tomar muitas aulas particulares passou direto no colégio agora é um bom aluno e sua especialidade é línguas.
Como ele mesmo diz adora.
Não pode ver uma xoxota que quer logo sugar de seu néctar.
E seu amiguinho se aperfeiçoou agora já sabe onde depositar seu liquido precioso.
Sem muita demagogia, mas teve meu total apoio e consentimento,sendo que agora é meu namorado.
Muito bom de cama.
Aff. Delicia.



Docecomomel(hgata)
Imagem do google
"Não confundam autor com sua obra"

terça-feira, 22 de março de 2011

Prova de Sedução !


Eu tenho um colega de trabalho que é um verdadeiro D.Juan ele acha que todas as mulheres querem dá para ele.
Aí vocês sabem quando tem alguém que não ta afim vira um verdadeiro esparadrapo, cola mesmo.
Mas colegas minhas já me disseram que ele tem um cacete enorme.Por isto se vangloria tanto de suas conquistas.Sempre me convida para tomar um chope dia de sexta –feira,mas ainda estou curtindo minha fossa com termino de meu ultimo relacionamento,mas pensarei em aceitar e ver se o cara é bom mesmo de cama com a fome que estou de cacete jejuando há quase quarenta e cinco dias.
Verei o que pode acontecer.
Marcos com aquela cara de safado sacana de sempre, chegou até minha mesa e dizendo!
E aí Marcelinha topa sair com o Marquinho para tomar um chope?
Bem hoje é sexta feira topo sim Marcos que horas você me pega lá em casa?
_Oba. Umas 20hs está bom?
_Claro meu querido estarei ansiosa te esperando, Fui para casa tomei um belo banho vesti uma tanguinha fio dental preta e saí do banho com aroma e vestida do jeito que os homens gostam. Prontinha para matar.
Eu sabia que ele era casado, mas eu não sou ciumenta afinal só vamos tomar um chope. Será?
Afinal uma boa companhia e um bom sexo são tudo que preciso para afogar as magoas de ser traída.
Quando minha campanha tocou senti algo diferente, como se meu corpo estivesse alertando para o que poderia acontecer. Bem marcos Muito charmoso me trouxe flores a combinação ideal flores e uma boa noite de amor e sexo.
Muito bom mesmo o D.Juan com sorriso encantador saímos e fomos em uma pizzaria muito legal com som ao vivo.
Marcos muito gentil era muito bom falante completamente diferente daquele cara colega de trabalho chato.
_Já tínhamos tomado dois chopes quando Marcos com uns sussurros disse e aí Marcelinha vamos dá esticada e vamos para um lugar sossegado?
Ah Marcos... Há esta hora bem que gostaria mas você bem sabe que as igrejas fecham cedo.rrss
Ótimo senso de humor, mas bem sabes que a nossa oração é a dos prazeres carnal querida, e já me deu um beijo daqueles surpresa que lhe deixa sem chão, mas muito gostoso.
_Bem Marcos vamos sim curtir nossa noite.
_Oba... Até que fim a minha Marcela resolveu dar-me uma chance.
Mas sabe sem compromissos, pois bem sei que você é casado, sou sim, mas não sou castrado, e não deixo a minha esposinha saber de minhas aventuras.
Ahh. ainda bem !
Vamos amor que a noite é uma criança.
Seguimos em direção a um bairro onde tem vários motéis, ouvindo uma musica bem suave e romântica.
Diga-me Marcos você é tão bom como dizem?
Depois você mesmo me responde está bem?
Hum isto está me deixando excitada, pois pode ficar mesmo minha gostosa você vai ser o aperitivo do meu final de semana!
Uauu.. Um aperitivo!
Claro um petisco igual a você estou aqui doidinho para te comer.
Entramos em nossa suíte e Marcos já me levou em direção ao banheiro.
Já veio desabotoando meu vestido que caiu ao chão me deixando só de calcinha.
— Você é linda! E começou a beijar meu corpo sua boca úmida deixava um rastro de fogo em meu corpo.
_E enfiando a mão nas suas calças coloquei aquele membro esplendido para fora.
Oh my good que beleza, até parece um mastro com suas veias latejantes ansiei de receber logo aquele órgão.
_Mas ele queria mais muito mais, queria me possuir completa.
Assim fomos tomar um belo banho às caricias elevavam ao êxtase. Marcos com seus lábios sedentos provou de meu néctar,ali mesmo no banheiro rápido e fácil tive meu primeiro orgasmo.
Senti-me vulnerável a experiência daquele homem me deixou com a libido a flor da pele.
Na cama fizemos posições inusitadas Macros não tinha pressa, seu objetivo maior era dá prazer e isto ele sabia muito bem onde procurar.
Brincava com meus lábios vaginais e meu grelinho, me levando à loucura.
Depois de alguns minutos cavalgando no meu garanhão sentia que estava chegando o seu limite, Fiquei de quatro e arreganhei-me pra receber aquele cacete que já estava prestes a me inundar com seu leite.
Marcos me agarrava na minha cintura, com as duas mãos, me puxando contra si e enfiava seu membro até o final. Logo, senti a cabeça latejante e quente abrir levemente os meus lábios vaginais e aprofundar nas minhas entranhas,
Eu movia os quadris, rebolando com muito prazer, Era o côncavo e o convexo.
Um dando e outro recebendo e todos tendo o maior dos prazeres.
E o ritmo cadenciado de nossos corpos entre gemidos e urros de prazer elevava nossos corpos aos mistérios dos prazeres.
Até que não nos agüentamos e anunciamos juntos que iríamos gozar.
Era corpo contra corpo e um estremecimento percorreu a ambos num orgasmo fantástico o.
Abraçados ficamos ofegantes, sem palavras o descompasso do coração, já dizia tudo o prazer obtido pelos dois.
E com olhar de menino travesso Marcos me levou no colo fomos tomar um belo banho para revigorar as energias para logo recomeçar mais uma aventura de amor e sexo.
Nossos corpos transpiravam cheiro de sexo.
Assim começamos a nos beijar e logo estávamos pronto para amar.



Docecomomel(hgata)
Imagem do google
"Não confundam o autor com sua obra"

Arquivo de Contos

Contos Eróticos (128) Contos Eróticos Docecomomel(hgata) (35) @Docecomomelcontos (34) .Contos Eróticos de DocecomoMel (hgata) (29) Contos eróticos de Docecomomel(hgata) (28) .Contos Eróticos de Docecomomel(hgata) (27) .Contos eróticos de Docecomomel (24) Conto Erótico de Docecomomel(hgata) (15) Contos hot (13) Contos de Docecomomel (11) Contos de Docecomomel (hgata) (11) Contos eróticos de docecomomel (hgata) (11) Conto de docecomomel (hgata) (10) Docecomomel (10) @ docecomomelcontos (8) Conto erótico de Docecomomel (hgata) (6) contos eróticos de docecomomel (6) Contos Eróticos docecomomel (5) Conto Eróticos de Docecomomel(hgata) (4) Conto de docecomomel (4) Contos Eróticos Docecomel(hgata) (4) Contos eroticos de Docecomomel (hgata) (4) Contos eroticos de docecomomel (4) Poema de docecomomel(hgata) (4) Traição (4) Conto erótico de Docecomomel (3) Contos docecomomel (3) ContoseróticosdeDocecomomel(hgata) (3) Docecomomel Contista (3) 2015 (2) Ano 2015 (2) Com Uma Bi-Sexual I Docecomomel (hgata) (2) Contos (2) Contos Eroticos da docecomomel(hgata) (2) Contos de Docecomomel(hgata) Conto homo (2) Contos eroticos (2) Contoseróticos de docecomomel (2) Erotismo (2) Erotismo em alta (2) Eu e eles Docecomomel(hgata) (2) Mensagem WEB (2) Meu cunhado safado (2) Meu tio meu ex-amante.@docecomomelcontos (2) Tesão (2) contos eroticos docecomomel (2) contos hot docecomomel. (2) (homossexual) (1) * Trepando com a sobrinha de minha esposa (1) * Trepando com a sobrinha de minha esposa II (1) 04/2019contos (1) 100 Palavras Docecomel(hgata) (1) 11/2014 (1) 1ª traição de uma mulher casada. (1) 1º Conto de 2017 (1) 1º Menage da minha esposa! (1) 2º de 2014 (1) @docecomomelcontos contos (1) A Faxineira Novinha Putinha (1) A Moradora de rua...Virou minha amante.ContosEróticos de Docecomomel(hgata) (1) A Ninfetinha virgem me presenteou seus cabaços (1) A amiguinha de minha irmã. (1) A balzaquiana fogosa e seu Pupilo (1) A doutora com seu paciente.ContosEróticos de docecomomel (1) A evangélica puritana. (1) A ex-mulher do meu cunhado. (1) A noiva putinha do meu cunhado. (1) A novinha filha da empregada (1) A pedido do amigo transei com sua mulher.Contos Eróticos de docecomomel (1) A prima gostosa da minha esposa.Contos Eróticos de Docecomomel (1) A primeira vez da minha namorada.Contos Eróticos de docecomomel (1) A secretária é minha putinham @docecomomelcontos (1) A vizinha é minha mante. (1) AVISO (1) Abusada enquanto dormia por um nativo (1) Adorando ser corno conformado. (1) Algumas fantasias e fetiches: (1) Amante de uma coroa (1) Amante do sócio do marido. (1) Amante e colega de trabalho.Contos Eróticos de docecomomel (1) Amante ninfetinha tesuda e safada. (1) Amante ou Prostituta de Luxo? Docecomomel(hgata) (1) Amiga da esposa (1) Amigo do ex-marido atual amante. (1) Amigos... E amantes (1) Amiguinha da minha irmã minha putinha (1) Amizade Desejos e Algo Mais (1) Amizade que virou safadeza.Contos Eróticos de docecomomel (1) Amo ser corno manso Contos Eróticos de Docecomomel (1) Angel Ninfeta Safadinha e Gostosa (1) Aprendendo as safadezas com meu tio.Conto Erótico de docecomomel (1) Arrombei com meu amiguinho Conto homossexual de Docecomomel(hgata) (1) As Coisas Mudam e eu Mudei (1) Assumindo a Sexualidade Gay Docecomomel(hgata) (1) Atenção (1) Atração levou-me a trair.Contos Eróticos de Docecomomel (1) Atração Virtual Transa Real (1) Aventura Casual (1) Aventura Louca (1) Aventura com minha vizinha do condomínio...Conto erótico de Docecomomel (1) Aventura em alto mar (1) Aventura louca de uma ninfeta safada e um coroa.Contos eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Babá safada e tesuda. (1) Bem comida pelo fotografo (1) Bia e Lucas um caso à parte (1) Bia e Lucas um caso à partell Docecomomel(hgata) (1) Caindo na vara do negão. (1) Caindo nas garras de uma casada safada. (1) Caminhoneiro Safado Contos Eróticos de Docecomomel (1) Carta de Amor Docecomomel(hgata) (1) Carência Sexo e Amor (1) Casada Safada insaciável. (1) Casada...Safada Adora Trair.Contos de Docecomomel (hgata) (1) Casado Sim e Daí? (1) Caso Virtual (1) Charge Momesca (1) Charge de amor (1) Chuva Dourada (1) Cobiça e Desejos (1) Colega de trabalho putinha (1) Com Safadeza.@docecomomelcontos (1) Com Um negro bem dotado Conto de docecoomel (hgata) (1) Com Uma Bi-Sexual II Docecomomel (hgata) (1) Com o macho de minha tia descobrir a safadeza... Contos Eróticos de DocecomoMel(hgata) (1) Comendo Uma Coroa Gostosa e Insaciável.Contos eróticos de docecomomel(hgata) (1) Comendo a Estagiaria da Empresa (1) Comendo a Safada o marido Corno Vendo (1) Comendo a cunhada novinha (1) Comendo a esposa safada do meu tio. (1) Comendo e sendo comido (1) Comendo gostoso a namorada do meu amigo... (1) Comendo minha empregada casada II (1) Comendo minha empregada casada! (1) Comendo minha prima safada (1) Comendo o irmão da minha namorada (1) Comendo o irmão da minha namorada II (1) Comendo uma “Traveco” Conto eróticos de Docecomomel (1) Comendo à vontade (homossexual) (1) Comeu e Guardou Comeu Mais Docecomomel(hgata) (1) Comi a empregada... Gostosa de todo jeito.Conto Erótico de Docecomome l(hgata) (1) Comi a namorada do meu amigo.Conto Erótico de Docecomomel (hgata) (1) Comi gostoso meu ajudante. (1) Comi gostoso no acampamento.Contos eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Comi um gay por excesso de tesão.Conto erótico de Docecomomel (1) Como Seduzi Meu Padrasto (1) Compadre só da cintura pra cima (1) Conto de Docecomomel (1) Conto Erótico de Docecomomel(hgata) Aventura de um garoto de programa (1) Conto Eróticos Docecomomel (1) Conto Eróticos de Docecomomel(hgata)Maratona sexual bom demais (1) Conto Eróticos de Docecomomel(hgata)Um Amor Indecente (1) Conto Lésbico (1) Conto de Docecomomel (hgata) Descobertas de Adolescente (1) Conto de Docecomomel(hgata) (1) Conto eroticos de Docecomle(hgata) Traições e Carências (1) Conto erótico de Docecomomel(hgata)Sedução Fogo e Paixão (1) Conto eróticos de docecomomel(hgata) Quando enrabei um Emo (1) Conto heterossexual (1) Conto homo (1) ContoEróticode Docecomomel(hgata) (1) ContoTrepando gostoso com meu vizinho coroa Conto Erótico de Docecomomel (1) Contoe eróticos de Docecomomel(hgata) Meu primeiro Orgasmo (1) Contor Eróticos de Docecomomel(hgata)Transando Com Uma Bissexual (1) Contos de Docecomomel (hgata) (1) Contos Eroticos Docecomomel(hgata) Anjos ou Safados (1) Contos Eroticos Docecomomel(hgata) Jovem Belo e Gostoso (1) Contos Eroticos Docecomomel(hgata) Meu jovem aprendiz do Amor (1) Contos Eroticos de Docecomomel (hgata) Negros Minha Tara. (1) Contos Eroticos de Docecomomel (hgata)Meu Padrasto meu 1º Homem (1) Contos Eroticos de Docecomomel(hgata) Sexo Prazeres do meu corpo (1) Contos Eroticos de Docecomomel(hgata)Meu noivo é Um corno Manso I (1) Contos Erótico docecomomel(hgata) (1) Contos Erótico de Docecomomel(hgata)Perdendo a Vergonha (1) Contos Eróticos Sexo animal Docecomomel(hgata) (1) Contos Eróticos Desejos e Prazer Docecomomel(hgata) (1) Contos Eróticos Eu e meu entregador de pizza Docecomomel(hgata) (1) Contos Eróticos Carências e Excessos de Desejos;Docecomomel(hgata) (1) Contos Eróticos Dueto Meu querido Bombeiro Docecomomel(hgata) (1) Contos Eróticos Meu Cunhado e Eu Docecomel(hgata) (1) Contos Eróticos Noites de Prazeres Docecomel(hgata) (1) Contos Eróticos Trilhas dos Prazeres Docecomomel(hgata) (1) Contos Eróticos Web Mensagens (1) Contos Eróticos ca Docecomomel(Hgata) Traí Gostei e teve Bis (1) Contos Eróticos de Docecomomel (hgata)Amor e Muito Sexo virtual (1) Contos Eróticos de Docecomomel(hgata) Escrava do Prazer (1) Contos Eróticos de Docecomomel(hgata) Fudendo com meu pedreiro (1) Contos Eróticos de Docecomomel(hgata)Perdendo a Inocência (1) Contos Eróticos de Docecomomel. (1) Contos Eróticos deDocecomomel(hgata) Aprendiz de garanhão (1) Contos Eróticos deDocecomomel(hgata) Ménage com à amiga da esposa I (1) Contos Eróticos dose dupla Docecomel(hgata) (1) Contos de Docecomomel(hgata)Inocente Tesão (1) Contos de docecomomel(hgata) Conto Homossexual (1) Contos eroticos Docecomomel(hgata)Traí e fiz uma DP deliciosa (1) Contos eroticos da docecomomel(hgata)Prazeres (1) Contos eroticos da docecomomel(hgata)Uma morena Insaciável e safada (1) Contos eroticos de Docecomomel(hgata) Caindo de boca ...Na folia (1) Contos eroticos de Docecomomel(hgata) transei com dois na madrugada (1) Contos eroticos de Docecomomel1ª vez de uma adolescente (1) Contos eroticos de docecomomel(hgata)O Negão me enrabou...Eu gostei (1) Contos eroticos de docecomomel(hgata)Sexo sem Medo e Pudor Só Prazer (1) Contos eróticos Docecomomel(hgata) Seduzi meu primo jovem (1) Contos eróticos Toca de Casais dá certo Docecomomel(hgata) (1) Contos eróticos de Docecomomel (hgata) Traição Virtual (1) Contos eróticos de Docecomomel Sendo Corno por opção II (1) Contos eróticos de Docecomomel Uma Ninfetinha Muito Safadinha (1) Contos eróticos de Docecomomel hgata) Amante de Um Casado (1) Contos eróticos de Docecomomel(Hgata) Negro e bem dotado (1) Contos eróticos de Docecomomel(Hgata) Uma Trepadinha Rápidinha (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata) Aprendiz de Amante (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata) Calcinhas meu maior fetiche (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata) Dando e recebendo Amor (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata) Inocente Tesão II (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata) Minha Primeira Amante (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata) Um viuvo bom de Cacete (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata)Comendo do que gosto. (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata)Desejos de Um Coroa (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata)Perdendo o Cabaço (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata)Traindo com a amiga da esposa 2ª parte (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata)Traindo com amiga da esposa 1ª parte (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata)Traindo e gozando muito (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata)Transando com meu genro (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata)Um boy para uma coroa ousada (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata)Uma rapidinha com o massagista (1) Contos eróticos de docecomomel (hgata) Meu Amante Bom de cama (1) Contos eróticos de docecomomel (hgata)lFruto de Uma traição (1) Contos eróticos de docecomomel(hgata) Relato do meu 1º Anal. (1) Contos eróticos de docecomomel(hgata) Safadeza com um bissexual Enrustido Homo (1) Contos eróticos de docecomomel(hgata)Comendo uma Ninfeta Virgem e Gostosa. (1) Contos eróticos de docecomomel(hgata)Enrabando Uma ninfeta e um Emo (1) Contos eróticos de docecomomel(hgata)Meu 1º anal com minha namorada (1) Contos eróticos de docecomomel(hgata)Transando com meu Chefe (1) Contos eróticos deDocecomomel(hgata) (1) Contos eróticos deDocecomomel(hgata) Aventuras de Um Casado Fogoso I (1) Contos eróticos deDocecomomel(hgata) Sendo Corno Por Opção (1) Contos eróticos deDocecomomel(hgata) Transando Com Intenso Prazer (1) Contos eróticos deDocecomomel(hgata) Transando com meu genro II (1) Contos eróticos.com.br/ (1) Contos erótticos de docecomomel Trai meu noivo com meu patrão...E gostei muito! (1) Contos hot de docecomomel (1) Contos hotm contos picantes (1) Contos.Contos Eróticos (1) ContosEroticos Docecomomel(hgata) Desejos e Corpos Ardentes (1) ContosEroticos de Docecomomel(hgata) Meu Amante Bem Dotado. (1) ContosEroticos de Docecomomel(hgata) Meu Noivo é"Corno Manso" II (1) Contos´eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Corno (1) Corno Assumido (1) Corno Manso e Marido Fiel. (1) Corno Manso e Submisso.Contos Eróticos de Docecomomel (1) Corno Sempre Corno (1) Corno sem Vergonha e Manso (1) Corno...Mais feliz. (1) Coroa (1) Coroa Gostosa. (1) Coroa pai de minha amiga Docecomomel(hgata) (1) Coroa viúva carente gostosa.Contos eróticos de docecomomel (1) Crônica de Docecomomel (hgata) (1) Crônica de Docecomomel(hgata) Coneito de Natal HÕ Hô (1) Crônica de Docecomomel(hgata) Paixão Minha Sedução (1) Cuidando e dando muito ao meu vizinho.Conto erótico deDocecomomel(hgata) (1) Cunhada Safadinha e Gostosa. (1) Curtindo Uma DP Contos eróticos deDocecomomel(hgata) (1) Dando No Plantão Docecomomel(hgata) (1) Dando a meu Senhor (1) Dando para o marido da minha mãe. (1) De Caso com meu Cunhado (1) De babá a amante de luxo (1) De donzelo a garanhão. Conto Eróticos de Docecomomel (1) De faxineira a minha amante! Conto de Docecomomel (1) De motorista a amante da patroa. (1) De tio atual amante. Contos de Docecomomel (1) Deficiências (1) Dei Corno Em minha própria cama Contos eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Dei a meu vizinho Voyeur (1) Dei de presente uma mulher. Docecomomel(hgata) (1) Depois de casada... Traí com o filho da vizinha.Contos Eróticos de Docecomomel (1) Desabafo (1) Desabafo de uma mulher casada e infeliz.Contos Eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Desabafos de Uma mulher Casada e Infeliz Docecomomel(hgata) (1) Desejos e Taras (1) Devaneios e Prazeres de Gabi Docecomel(hgata) (1) Devassidão de Namoro Docecomomel(hgata) (1) Dia do Beijo (1) Doce mel Video e letra da música (1) DocecomoMel (hgata) Agradecimento (1) Docecomomel (hgata)Contos Rróticos (1) Docecomomel Conto Erótico.Trepada Casual Com Intenso prazer (1) Docecomomel Contos Eróticos (1) Docecomomel Poema (1) Docecomomel conto em espanhol Yo ... Y el padre de mi amigo (1) Docecomomelcontista (1) DocecomomoMel &Climax contos (1) Doces Desejos de Meninos (1) Dois milhoes de acessos blog sensacoes com emoçoes. (1) Don Juan e Bom de Cama Docecomomel(hgata) (1) Dormindo com a madrinha! (1) Dou corno no meu tio... E dai?Docecomomel (1) Dupla penetração docecomomel(hgata) (1) Duvidou Caiu na Vara do Negão (1) Eduardo Boquinha Santa (1) Ela pediu comida eu dei Sexo! Contos Eróticos de docecomomel (1) Em teus olhos (1) Embarcando no ônibus do prazer (1) Empregada Gostosa E Safada Contos eróticos de Docecomomel (1) Empregada Gostosa e Eu. (1) Empregada Tesuda. Contos eróticos de docecomomel (1) Encochada e comida no ônibus lotado.Contos eróticos de Docecomoml (1) Encochada no Trem (1) Encochado pelo negão no ônibus (1) Encontro de Machos... Famintos por sexo.Contos Eroticos de Docecomomel (1) Encontros e Safadezas na Noite (1) Enrabado pelo meu tio (1) Entregador de água bem dotado...Contos eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Era motorista agora amante.Conto Erótico d3e Docecomomel(hgata) (1) Esposa do meu tio (1) Estagiário tesudo e safado (1) Estranho desejos Docecomel(hgata) (1) Estreando um Gay Virgem Docecomel(hgata) (1) Estrepulias em tardes de sábado Docecomomel(hgata) (1) Estuprada pelo cunhado. (1) Eu Sou um Corno...e Manso (1) Eu Traì Meu Namorado Docecomel(hgata) (1) Eu Traí pela Força da Carência Docecomomel(hgata) (1) Eu com meu professor de Auto escola Docecomomel(hagata) (1) Eu com meu professor de autoescola. (1) Eu com uma Bi docecomomel(hgata) (1) Eu e Meu Nerd Tesudo (1) Eu e Eles ll Docecomomel(hgata) (1) Eu e Meu Dentista Docecomomel(hgata) (1) Eu e Meu Negão Safado Docecomomel(hgata) (1) Eu e Um Coroa Safado Contos Eroticos de Docecomomel (1) Eu e Você Conto EróticoDocecomomel(hgata) (1) Eu e a coroa casada e gostosa. (1) Eu e meu garoto de programa (1) Eu e meu padrasto. (1) Eu e meu primo Felipe (1) Eu e meu tio adotivo (1) Eu e o pai de minha amiga Docecomomel(hgata) (1) Eu eoBoy da Empresa Docecomomel(hgata) (1) Eu meu marido e um amigo! Conto de Docecomomel (hgat) (1) Eu minha esposa e sua namorada.Contos Eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Eu não sou gay (1) Eu sou corno... Manso e daí? Contos Eróticos de Docecomomel (1) Eu traí e adorei...A traição.Contos Eróticos de Docecomome (1) Eu traí por ciúmes. (1) Evangélica Safadinha e Gostosa. (1) Ex -sogra atual amante.Contos Eróticos de Docecomomel (1) Ex-namorada agora putinha safadinha.Contos Eróticos de Docecomomel (1) Ex-namorada...Agora amante. (1) Exames e Algo Mais Com Meu Ginecologista Contos eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Excitação ou Desejo Docecomomel(hgata) (1) Explosão de tesão e prazer. (1) Fantasias Uma DP na praia de “Nudismo”Conto Erótico de docecomomel(hgata) (1) Faturando a colega de trabalho. (1) Fazendo Amor a beira mar. Docecomel(hgata) (1) Feliz Ano Novo (1) Feliz simplesmente (1) Fetiche Docecomomel(hgata) (1) Fetiche a dois. (1) Fetiche de um casado bi-sexual Conto de ocecomomel (hgata) (1) Fetiches Traição e Safadeza! (1) Finalmente me tornei Corno (1) Fiz Sexo Oral com um Coroa. Docecomel(hgata) (1) Fiz de meu colega um corno. E manso.. Contos Eróticos de Docecomomel (hgata) (1) Flagrei Meu sogro Transando com a Empregada (1) Folias de Carnaval (1) Força e Tesão (1) Frases Picantes I Web Mensagens (1) Frases Picantes II Web Mensagens (1) Fudendo a mulher do meu tio (1) Fudendo a mulher do meu tio. II (1) Fuga Sexual Com Muita Safadeza Contos Eróticos Docecomomel(hgata) (1) Fui Traída por minha Amiga. (1) Fui Traída por uma amiga Docecomomel(hgata) (1) Fui comido Enganado Docecomomel(hgata) (1) Férias Sexo e Jovens Docecomomel(hgata) (1) Gay (1) Gosto de comer e adoro ser Comido (1) Infiel (1) Insanos Desejos Docecomel(hgata) (1) Interação Meu doce mel Docecomomel(hgata) (1) Invasão de WC Docecomomel(hgata) (1) Irmã do meu amigo virou minha amante. (1) Jovens em Êxtases e Delirios Contos Eróticos de Docecomomel (hgata) (1) Letra Musica e texto de "coisas de la vita" (1) Letra Música Rita Lee Amor e Sexo (1) Letra de música Cavalgada (1) Libido (1) Loirinha novinha bem safadinha.Contos hot (1) Loucos Desejos Docecomomel(hgata) (1) Loucuras de Prazer Docecomel(hgata) (1) Luxuria e Traição (1) Mais um Corno Feliz.Conto Erótico de docecomomel (1) Mais um gay na minha vida. Conto eróticos de docecomomel (1) Marcia Uma insaciável. Docecomel(hgata) (1) Marcos Transa ou Paixão Docecomel(hgata) (1) Marcão (1) Marketing Direto (1) Me Descobrindo Lésbica Conto homossexual feminino (1) Melina uma doce mulher. (1) Menage Feminino (1) Menage com o marido de minha tia (1) Menina Mulher Docecomomel(hgata) (1) Mensagem sex. Docecomomel(hgata) (1) Meu 1º Caso extra conjugal Docecomomel(hgata) (1) Meu Amante do Interior (1) Meu Anjo e Querubim (1) Meu Corpo Capricho e prazeres ...BDSM Ou não? Contos eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Meu Enteado Bom de Cama Docecomomel(hgata) (1) Meu Enteado Safado.Contos eroticos de Docecomomel (1) Meu Ex cunhado Safado e Gostoso Docecomomel(hgata) (1) Meu Fetiche é meu maior tesão. (1) Meu Namorado "Afro e bem dotado". (1) Meu Negro Lindo Tesudo (1) Meu Padrasto Tesudo (1) Meu Prazer é Você Docecomomel(hgata) (1) Meu Primo Safadinho (1) Meu Primo Tarado e Tesudo (1) Meu Primo e Eu Docecomomel(hgata) (1) Meu Professor de Academia Safado:Contos de docecomomel (1) Meu Professor de Hidro Docecomomel(hgata) (1) Meu Vizinho Garanhão (1) Meu amante é bem dotado (1) Meu amante é um negro safado! (1) Meu amigo virtual (1) Meu colega comeu minha mulher.Contos Eroticos de Docecomomel (1) Meu colega de quarto me comeu (1) Meu cunhado... Fez meu marido virar corno! (1) Meu dia de Puta (1) Meu enteado Safado 2 (1) Meu enteado safadao. (1) Meu ex-primo..Atual amante.Docecomomel(hgata) (1) Meu fetiche com a empregada (1) Meu macho é namorado de minha mãe (1) Meu marido gostou de ser corno! (1) Meu noivo é"Corno Manso" (1) Meu padrasto meu primeiro homem (1) Meu primo Safado (1) Meu primo bem tesudo e safado (1) Meu primo meu macho. (1) Meu professor meu macho Safado (1) Meu pupilo adorável e gostoso Docecomomel(hgata) (1) Meu querido gigolô Docecomomel(hgata) (1) Meu técnico meu macho (1) Meu vizinho meu maior tesão. (1) Meu vizinho safado e tesudo..@docecomomelcontos (1) Meu vizinho é corno manso...I (1) Meu vizinho é corno manso...II Contos eróticos de Docecomomel (1) Meu vizinho é muito safado (1) Meu Ébano Docecomomel(hgata) (1) Meus desejos de Amor Docecomomel(hgata) (1) Meus desejos de amor.Conto erótico de Docecomomel Meus desejos de Amor (1) Minha 1ª Vez foi com Um Gay (1) Minha 1ª traição (1) Minha 1ª traição foi com um novinho da Web. (1) Minha Chefa me Seduziu... Amei... (1) Minha Enteada Safadinha. (1) Minha Lua-de-mel.Docecomomel(hgata) (1) Minha Massagista Tarada (1) Minha Prima Safada e Tesuda...Contos hot (1) Minha Prima Tesuda. (1) Minha Prima Virgem e Safada... @@Docecomomelcontos (1) Minha Vizinha Safada e Gostosa. (1) Minha amante casada (1) Minha amante casada...@docecomomel (1) Minha colega de trabalho safada (1) Minha colega de trabalho é uma puta gostosa (1) Minha enteada e Eu. (1) Minha esposa me deu corno com meu vizinho.Contos Eróticos de DocecomoMel (1) Minha iniciação em sexo anal .Contoeróticos de Docecomomel(hgata) (1) Minha namorada com meu primo.@docecomomelcontos (1) Minha prima boa de foda (1) Minha prima putona (1) Minha prima safada. (1) Minha primeira foda com uma coroa. (1) Minha primeira vez Docecomomel(hgata) (1) Minha primeira vez. (1) Minha primeira “Virgem” Contos eróticos de docecomomel (1) Minha sogra...Minha puta! (1) Minha tia minha 1ª foda. (1) Minha tia minha amante.Contos Eróticos de Docecomomel (1) Minha tia safada.mContos eróticos de docecomomel (1) Minha vizinha novinha safadinha.Contos eróticos de docecomomel (1) Minha vizinha safada (1) Minha vizinha safada. (1) Modelos imagens (1) Moema (1) Morena Safada.Contos Eróticos de docecomomel (1) Muito Sexo com Minha Chefe (1) Mulher tem que ser igual puta (1) Ménage Entre Amigos Docecomomel (hgata) (1) Ménage com as 2 irmãs. (1) Ménage com duas Safadas e Gostosas (1) Ménage com filho e sua mãe.Contos de DocecomoMel (1) Ménage com minha esposa.Conto Eróticos de Docecomomel (1) Ménage com à Amiga da Esposa (1) Ménage à trois... No Albergue... (1) Ménage à trois... No Albergue... Docecomel(hgata) (1) Na Cabine de um caminhão. docecomomel(hgata) (1) Na Calada da noite...Meu cunhado fodeu gostoso comigo!Contos eróticos de docecomomel (1) Na calada da noite...Meu cunhado transou comigo Contos eróticos de docecomomel(hgata) (1) Na dúvida optei em Dá (1) Na garagem dentro do carro docecomomel(hgata) (1) Negro e bem dotado...Alguém resiste? (1) Ninfeta do Interior Docecomomel(hgata) (1) Ninfeta safadinha Deu...e Arrependeu (1) Ninfetinha Safadinha Docecomomel(hgata) (1) No Escuro do Cinema Docecomomel(hgata) (1) No motel de Beira de Estrada Docecomomel(hgata) (1) No ônibus Docecomomel(hgata) (1) Noites de Insônia e o vigia .Conto eróticos de DocecomoMel(hgata) (1) O Boy do Mercadinho (1) O Chefe e sua Estagiária. (1) O Maridoda minha tia II Docecomel(hgata) (1) O Namorado da minha amiga Docecomel(hgata) (1) O Pecado Mora ao Lado Docecomel(hgata) (1) O chefe e sua estagiária (1) O clímax do tesão em traí (1) O marido de minha tia Docecomel(hgata) (1) OBRIGADO UM MILHÃO DE ACESSOS (1) Orgasmos Múltiplos Docecomomel(hgata) (1) Orgasmos Poéticos (1) Orgasmos no ônibus II Docecomomel(hgata) (1) Orgia ou Ménage (1) PRIMA CARENTE E PUTA (1) Pagando Traição com Traição (1) Pagando um boquete pro negão (1) Pagou Dividas Com Sexo (1) Paixão e Docecomomel poema Eterno amor docecomomel(hgata) (1) Para ser corno tem que ser manso! Contos de Docecomomel (1) Parceiros AmantesDocecomomel(hgata) (1) Patricia...Indecente... mas feliz! Conto Eróticos de docecomomel (1) Paulo e Déia um caso Surreal.Será?Docecomel(hgata) (1) Pegando a cunhada Novinha.Contos de DocecomoMel (1) Pegando namorado da amiguinha Conto da Docecomomel (1) Peguei a mulher do meu tio.Contos Eroticos de Docecomome (1) Peguei minha prima e sua amiguinha! Contos Eróticos de Docecomomel (1) Pintando o 7 Docecomomel(hgata) (1) Poema Desejos de Você Docecomomel(hgata) (1) Poema Doce desejos Docecomomel(hgata) (1) Poema Erótico Abraça-me Docecomel(hgata) (1) Poema Erótico Quero Você Docecomel(hgata) (1) Poema Erótico Sabor de Canela Docecomomel(hgata) (1) Poema Erótico Vem..te queroDocecomomel(hgata) (1) Poema Você e Eu Docecomomel(hgata) (1) Poema em dueto com Antonio Tavares.e Docecomomel (1) Poemeto de Docecomomel(hgata) raimunda a boa de bunda (1) Poeminha do Beijo (1) Poeminha do Querer Docecomomel(hgata) (1) Poetando na Blogsfera Eu e Você (1) Prazer e Tesão com Foda Bareback (1) Prazer de ser corno manso (1) Prazer de ser corno manso! (1) Prazeres de Mneina em Corpo de Mulher Docecomomel(hgata) (1) Prazeres e Êxtase (1) Prima é perigo constante. (1) Primeiro anal... Inesquecível.Contos Eróticos de Docecomomel (1) Priminha Safada Carente (1) Primo do meu marido meu amante.Contos de docecomomel (1) Professora Particular Contos Eróticos de Docecomomel (hgata) (1) Prosa poética Calo-me Docecomomel(hgata) (1) Prova de sedução (1) Provando de meu Mel (1) Putaria com a novinha. (1) Quietinha e de Madrugada Docecomomel(hgata) (1) Rafael meu 1ºMacho Fudedor (homossexual) (1) Recado do Blog (1) Relato De Um Estupro (1) Relato de um corno conformado. (1) Relato de uma Safadeza.. Docecomel(hgata) (1) Saciando desejo da esposa do primo.Contos Eroticos de Docecomomel(hgata) (1) Safada Ou Santinha?? (1) Safadeza na Noite (1) Safadeza no Escuro do meu Quarto. (1) Safadinha e o coroa pai da amiga. (1) Safadinha.Contos Eróticos de docecomomel (1) Safado e Bem Dotado (1) Saudades Sentidas Docecomel(hgata) (1) Saudades de Meu Bem DocecomoMel(hgata) (1) Saudades e Tesão Docecomomel(hgata) (1) Seduzida pelo meio Irmão (1) Seduzindo o Cunhado (1) Sem Preconceitos Docecomel(hgata) (1) Sem ter o que fazer (1) Sendo Corno por Opção (1) Sensualidade e Êxtase docecomomel(hgata) (1) Ser Corno Manso é Prazeroso.Contos Eróticos de Docecomomel (1) Ser Corno Manso é só Tesão.Contos eróticos de Docecomomel (1) Ser Corno e Prazer Surreal. (1) Sexo Anal Prazer Infinito (1) Sexo Casual com um colega. (1) Sexo Casual e Safadeza (1) Sexo Prazer Força e Tesão Contos de Docecomomel (1) Sexo Traição em Família (1) Sexo Virtual Docecomomel (hgata) (1) Sexo e Aventuras (1) Sexo e Desejo Intenso.ll (1) Sexo e Desejo Intenso.parte l (1) Sexo entre amigos! (1) Sexo...Amei comer um rabo guloso. (1) Siririca Meu Bel-prazer (1) Siririca No Cinema Docecomel(hgata) (1) Sobrinha Bem Safadinha (1) Sonhos e Desejos Realizados (1) Sou Garoto de Programa.Contos Eroticos de Docecomomel (1) Sou Mundana e Dama (1) Sou um corno submisso. (1) Swing Prazeres Compartilhados (1) Só... Hoje (1) Tarde de Amor e Sexo Docecomomel(hgata) (1) Tecnico ou Garanhão Docecomomel(hgata) (1) Tesão de Gay (1) Tesão e Traição. Contos Eróticos de docecomomel (1) Tesão e traição entre primos (1) Tesão em ser corno (1) Tomei a namorada do primo (1) Tornei-me amante de meu cunhado.Contos Eróticos de Docecomome (1) Tornei-me amante do meu sogro.Docecomomel(hgata) (1) Tornei-me uma Sub (1) Trai por não suportar abstinência. (1) Traido em minha propria cama<contos de Docecomomel (1) Traindo Com meu sobrinho Docecomomel(hgata) (1) Traindo com a esposa do meu primo. @ docecomomelcontos (1) Traindo com meu sobrinho II Docecomomel(hgata) (1) Traindo com um JovemDocecomomel(hgata) (1) Traindo com um garoto de programa Contos eróticos de docecomomel(Hgata) (1) Traindo com uma caipira gostosaDocecomomel(hgata) (1) Traindo por pura Safadeza (1) Traição Consentida (1) Traição corno manso (1) Traição e Safadeza Total (1) Traição em familia Docecomel(hgata) (1) Traição fora do comum. (1) Traição no Litoral Contos Eroticos Docecomomel(hgata) (1) Traição no Litoral em dueto com Tiozão &Docecomomel (1) Traição é Sempre Traição...Mas é bom demais (1) Traições Servem de Lições (1) Transa Teen (1) Transando Com Duas Ninfetas Contos Eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Transando Com Meu Chefe Docecomomel(hgata) (1) Transando Com Meu Genro III (1) Transando Com Minha Sogra (1) Transando Com Veu Vizinho Docecomel(hgata) (1) Transando Em Quatro Rodas (1) Transando Gostoso Na Cachoeira (1) Transando com Minha Sogra II Conto erótico de Docecomomel20112hotmail.com (1) Transando com a Vizinha Casada Contos Eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Transando com a amiga safada dos meus filhos... Contos Eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Transando com a mulher do amigo. (1) Transando com duas safadas (1) Transando com filho da empregada (1) Transando com filho da vizinha (1) Transando com meu professor de biologia (1) Transando com meu1ºAmante Conto eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Transando com minha cunhada. (1) Transando com minha sogra...@docecomomelcontos (1) Transando com o cunhado (1) Transando com o tio de minha amiga (1) Transando com um Amigo (1) Transando com um boy de programa (1) Transando gostoso com a chefa rabuda (1) Transando gostoso comeu tio (1) Transei Com Empregada Casada Safada: (1) Transei com a Prima Safada (1) Transei com a mulher do meu tio. (1) Transei com dois no ônbus Docecomomel(hgata) (1) Transei com meu Sogro E Agora (1) Transei com o namorado virtual de amiga...Contos Eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Transei com primo da namorada. (1) Transei com um bem dotado Adorei (1) Transei com um casado E dai.Docecomomel(hgata) (1) Transei com um travesti ...E gostei Contos Eróticos de Docecomomel (hgata) Video (1) Transei muito e gostei Docecomel(hgata) (1) Traçando a mulher do meu tio. (1) Traçando a tia da esposa...Contos Eróticos de Docecomomel (1) Traí (1) Traí antes do meu casamento:Contos Eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Traí meu marido com um sobrinho seu...Conto Erótico de Docecomomel (1) Traí meu marido com um sobrinho seu...Conto de docecomomel (1) Traí meu tio com sua mulher safada.Contos de Docecomomel (1) Traí sim (1) Trepando com minha cunhada gostosa (1) Trepando com minha cunhada gostosa II (1) Trova de amigos e docecomomel (1) Um "Cara" fora de série. (1) Um Amor Gostoso e Real (1) Um Antigo e Safado caso de amor.Contos eróticos de Docecomomel (hgata) (1) Um Cara fora de série. Docecomel(hgata) (1) Um Caso Real Docecomomel(hgata) (1) Um Caso Virtual que virou Real docecomomel(hgata) (1) Um Coroa prá de gostoso Docecomomel (hgata) (1) Um EMO safado em meu caminho. Contos Eróticos de Docecomomel (1) Um Encontro Casual Contos eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Um Incesto Inesperado (1) Um Pedreiro Comedor (1) Um amigo Virtual...Um Amante Real.@docecomomelcontos (1) Um amor de professor particular Docecomomel(hgata) (1) Um amor de verão Docecomel(hgata) (1) Um amor diferente Docecomomel(hgata) (1) Um bem dotado Contos Eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Um bem dotado fudendo adoidado (1) Um bem dotado... De repente uma traição. Contos de docecomomel (1) Um caso extraconjugal Docecomel(hgata) (1) Um coroa galante e gostoso (1) Um coroa muito safado Docecomomel(hgata) (1) Um donzelo em minha vida Docecomomel(hgata) (1) Um encontro casual... Uma transa sensacional...Contos Eróticos de Docecomomel (1) Um encontro casual...Um ménage sensacional.Contos de docecomomel (1) Um fetiche (1) Um fetiche e muito tesão! (1) Um final de semana Docecomomel(hgata) (1) Um louco desejo...Uma traição! (1) Um massagista bom de tudo. Docecomel(hgata) (1) Um negão...Como eu gosto (1) Um novinho para chamar de Meu! (1) Um pau amigo...Vale ouro! Contos de Docecomomel (1) Um pupilo devasso e gostoso (homo) (1) Um sexo diferente E Gostoso Docecomomel(hgata) (1) Um virgem bem dotado Docecomomel(hgata) (1) Um virgem e Eu Docecomel(hgata) (1) Um é... Dois é...Três e D++ da conta (1) Uma Casada inexperiente...Muito safada. Contos Eróticos de Docecomomel (1) Uma Coroa Carente e Tesuda (1) Uma DP com meu marido e seu amigo.Conto de Docecomomel (1) Uma Morena Tesuda Safada (1) Uma Mulher em Minha Vida (1) Uma Putinha Safadinha. (1) Uma amante casual safada demais (1) Uma amante só minha. (1) Uma aventura Alucinante.Contos Eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Uma balzaquiana Fogosa (1) Uma boa opção uma amante...Safada.Contos eróticos de Docecomomel (1) Uma carona legal Docecomomel(hgata) (1) Uma casada Safada. (1) Uma deliciosa DP.Com dois irmãos (1) Uma festa muito boa. Docecomomel(hgata) (1) Uma festa surreal...Uma traição. (1) Uma mulher Papa-Anjo (1) Uma putinha gostosa. (1) Uma putinha só minha. Contos Eróticos de Docecomomel (1) Uma safadinha só minha (1) Uma sobrinha gostosinha (1) Uma tal Larissa casada e putinha.Contos de Docecomomel (1) Uma tarde de prazer.Docecomomel(hgata) (1) Uma traiçao Uma magoa docecomomel(hgata) (1) Uma traição (1) Uma transa no meio da tarde (1) Uma vizinha putinha e safadinha ! Docecomomel Contos Eróticos (1) Uma viúva carente e gostosa.Contos Eróticos de Docecomomel (hgata) (1) Uma voz... Uma cantada ...Uma noite de amor. (1) Valores Jovens Pessoas (1) Vem Web Mensagens (1) Viagem ao Portal do Amor Docecomomel(hgata) (1) Video de Docecomomel (1) Video e Imagem Chico Buarque O Meu amor (1) Vinícius de Morais (1) Vivenciando o Amor (1) Vizinha amiga e amante: Contos de docecomomel (1) Vizinha Safada e Gostosa. (1) Vizinha e Amante Safadinha (1) Vizinha putinha. (1) Vizinha safadinha e Gostosa Docecomel(hgata) (1) Vizinhos e Amantes: (1) Web Curiosidades (1) Web Informações (1) amante (1) amiga de minha mãe (1) amor e paixão (1) blogs (1) blogs docecomomel (1) com amigo do namorado! Contos docecomomel (1) contista docecomomel (1) conto (1) conto eroticos (1) conto erótico docecomomel (1) contos de docecomomeel (1) contos de sexo (1) contos de sexo.Docecomomel (1) contos de tesão. (1) contos docecomomel contos hot docecomomel (1) contos eróticos de docecomle(hgata) Comendo a babá em seu trabalho (1) contos eróticos de docecomomel(hgata) Galinhando com meu namorado (1) contos homosexxual (1) contos top (1) contoshot (1) de Docecomomel(hgata) Aprendendo a nadar eu Traí...E Agora? (1) docecomome (1) docecomomel contos (1) docecomomel(hgata) (1) docecomomel(hgata) Cronica azeda (1) erotico (1) eroticos (1) foi com meu cunhado (1) http://sensacoescomemocoes.blogspot.com.br/ (1) l@docecomomelcontos (1) lcontos (1) magens da segunda (1) mas sem pretenção Contos Eróticos Docecomomel (1) minha amante. (1) o (1) orgasmo no ônibus Docecomel(hgata) (1) pornografia gifs (1) safada (1) safadeza (1) sensual (1) sexo (1) sexy (1) sexy tesão (1) só fodo com eles Contos Etóticos de Docecomomel (1) tio (1) traição. (1) uma aventura total. (1) uma foda perfeita (1) uma morena safada (1) uma trepada casual! Contos Eróticos de Docecomomel (1) virou meu amante.Conto erótico de DocecomoMel (hgata) (1) web Mensagens A Dieta do Sexo (1) web mensagens O beijo (1) Êxtases Delírios e Sacanagens (1)

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.
free counters

.

"Nunca é tarde para abrirmos Mão dos nossos Preconceitos "