Crie Não Copiei

Crie Não Copiei
Mostrando postagens com marcador Contos eróticos de Docecomomel(hgata). Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Contos eróticos de Docecomomel(hgata). Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 15 de junho de 2017

Meu Cunhado Safado.





Olá pessoal eu sou a Marcela tenho 27 anos e sou casada. Eu sou uma morena clara, cabelos castanhos e lisos bem compridos quase chega até a minha bunda, olhos castanhas, e com uns seios durinhos com os bicos bem salientes que sempre chama atenção dos homens.
Minha bunda é bem empinada e adoro rebolar. Como meu marido mesmo diz sou uma verdadeira potranca.
Como meu marido ficou desempregado não terminamos de construir nossa casa moramos em uma pequena casa nos fundos da casa da sogra. Meu marido tem um irmão este irmão voltou recentemente de São Paulo para morar uns tempos aqui no Nordeste.
O nome do meu cunhado é Diogo. De uns dias para cá comecei a perceber seu jeito de me olhar.
Ele e um homem moreno forte não muito bonito mais têm seu charme, o que mais me atraiu nele foi um dia conversando com minha sogra que é muito liberal. Ela comentou que tem até pena das mulheres que seu filho arruma, eu como uma inocente não percebi o jeito malicioso que minha sogra falou perguntei por que pena ele é violento com as mulheres.
Minha sogra riu e falou Oh Marcela deixa de ser boba falei pena como forma pejorativa, mas quis dizer que tenho pena, pois ele é bem dotado e parece que a mulher que ele arranja não agüenta a ferramenta dele, pois puxou ao pai dele seu sogro meu finado marido.
Tinha dias que eu pensava que ia morrer empalada, pois parecia um cavalo para fuder.
Aí a partir deste dia toda vez que eu e meu marido estávamos transando eu imaginava o pau de meu cunhado, sempre me pego imaginando o pau do meu cunhado como deve ser gostoso. E toda vez isto me dava um tesão imaginando ele todo dentro de mim eu dando pro meu marido pensando no irmão dele eu gozava muito. Até meu marido comentou que eu estava muito safadinha. Coitado sem nem imaginar o por que.
Assim minha sogra viajou e pediu para eu ficar na casa dela, pois assim fazia comida para meu cunhado também como a grana estava curta eu topei de boa pelo menos comia e bebia de graça.
No segundo dia que estava na casa da sogra eu acordei de madrugada para poder ir ao banheiro com só durmo de calçinha e soutien, levantei e fui assim mesmo mais quando eu saí do banheiro vejo meu cunhado na sala sentado, ele olha pra mim e eu fico toda sem graça afinal estava quase nua.
Foi aí que percebi e vi o jeito que ele olhava pra meu corpo todo, disfarçou, mas continuava olhando é claro. Mas mesmo assim ele pareceu que gostou do que olhava, pois de imediato percebi uma pequena ereção. E toda sem graça pedi desculpas pois havia esquecido que não estava em minha casa.
Ele disse que não se importou, pois só viu coisa boa. Fiquei sem graça pedi desculpas e voltei ao meu quarto,fiquei com tanto tesão que acordei o marido e fodemos bem gostoso na madrugada.Mas só que eu pensava no meu cunhado.Adormeci e sonhei  com meu cunhado.No sonho eu estava dormindo no sofá ele chega e bota cacete para fora e me pede para mamar,depois de mamar bem gostoso ele me bota de 4 no braço do sofá e mete bem gostoso  sua anaconda linda e tesa. Debati-me na cama aí meu marido perguntou se eu estava me sentindo bem. Acordei com corpo todo suado ai me dei conta que foi apenas um sonho e voltei a dormi.
No dia seguinte já pela manha eu percebi que meu cunhado me olhava diferente com certo interesse no olhar mais bem disfarçadamente ficou feliz com aquilo. Logo meu cunhado e meu marido tomaram café e foi trabalhar, meu marido trabalha mais distante meu cunhado e mais próximo então eu iria ficar só em casa. Ambos retornavam a noite.
Comecei a fazer o serviço da casa ouvindo musica vestida apenas com um short e um top bem curto afinal estava fazendo calor e eu estaria em casa sozinha.
Eram aproximadamente umas 10 horas nós estava saindo do banheiro quando dou de cara com meu cunhado eu achei estranho, mas nada falei.
Ai me deu bom dia e foi tomar banho, percebi que ele deixou a porta aberta ai ficou louco de vontade de ir dá uma olhada, mas com medo de ser pega no flagra eu não fui fiquei ali na sala de bobeira limpando a poeira.
Ai eu ouvi ele me gritar perguntei o que era ele respondeu me pedindo a toalha, pois eu havia lavado o banheiro e tirei todas as toalhas que estavam em uso.
-E claro que teria que levar, peguei uma toalha e fui com coração na mão, mas morrendo de excitação imaginando como o encontraria dentro do banheiro.
Pois é pessoal ele estava embaixo do chuveiro de costas, mas quando eu falei aqui a toalha ele virou-se bruscamente eu o vi pelado do jeito como nasceu e como eu desejava vê-lo.
Seu pau enorme cabeçudo com um saco grande, eu me imaginei logo como deveria ser gostoso chupar aquele pau delicioso, ver aquela cena fez minha xoxota ficar latejando de excitação me virei bruscamente para não olhar para ele e já ia saindo foi aí que meu cunhado se antecipou segurou em meu braço e falou: não gostou do que viu minha cunhada?
-Não é o caso de gostar ou não Diogo o caso é o que a visão me provoca em meu corpo!
-Não gosta de olhar e não fazer nada?
-Ou quer provar e tem medo? Se for medo não precisa temer sou bem cuidadoso e carinhoso, ainda segurando em meu braço começou a me direcionar a abaixar.
Eu fiquei como se tivesse hipnotizado.
-Poxa cunhada você não sabe como eu te desejo desde que cheguei. Você e meu irmão fodem e geme alto eu morro de tesão é cada punheta que bato,mas hoje seus gemidos serão sós meus!
-Vem tomar banho comigo cunhadinha gostosa.
-Caracas eu nem respondi nada ele começou a tirar meu top e short. Ligou chuveiro e começamos a nos agarrar.
Ele me esfregava-me encochava com seu pau latejando.
Nossa que coisa eu não coloquei nenhuma dificuldade, ele falava coisas no meu ouvido me beijava com muito carinho aí depois de ambos tomados banhos me colocou de costas com as mãos apoiadas na parede e se abaixou caiu de boca na minha xoxota. Que delicia parecia que ia me derreter o cara sabia dá um trato legal na xoxota, eu me estremecia a cada linguada não dispensava nada, enfiava a língua no meu rabito que me deixava louco ai estremeci meu corpo e gozei ele como louco me chupou sugando cada gota.
Ai me esperou um pouco até me recompor levantou e me ofereceu seu pau.
Delicia abocanhei sem cerimônia.
Ele falava agora chupa gostoso meu pau minha cunhadinha safada, ai que boquinha deliciosa,, chupa safada para compensar as punhetas que já bati na tua intenção.
Eu adorando o jeito que ele falava, eu ajoelhada lhe chupando ele me acariciava o corpo com suas mãos enormes.
Eu nunca tinha feito uma chupeta tão gostosa, passava língua ao redor da cabeça do pau ai descia lambendo até os culhões, depois voltava lambendo tudo e enfiava o pau na boca que estava vibrando só não dava para enfiar todo, mas eu me esforçava o máximo na chupeta o pau era enorme mesmo eu chegava a engasgar.
Mas fazia de tudo para chupar o máximo que podia, ele delirava falava coisas dizia que ia me dá leitinho e eu não parava de chupar até que percebi seu pau engrossar mais, não parei de chupar ele segurou em minha cabeça botou minhas mãos para cima segurando com firmeza e deliberadamente socava fudendo literalmente minha boca como se tivesse fudendo uma xoxota, eu gemia ele mais alto ainda ai em poucos minutos ele soltou um jato de porra que foi dentro da minha garganta.
Seu gemido foi alto ai ele socava e segurava minha boca que não tinha jeito de não beber aquele delicioso e farto leite, isto é se eu quisesse é claro.
Ai começou a escorrer pelos cantos da boca que foi parar entre os seios. Limpei o pau todo sem deixar desperdiçar nem uma gota ,ele delirava falava que eu era do jeito que ele sempre imaginou ai terminada a limpeza o pau ainda teso ele me colocou apoiada na parede e falou agora cunhadinha você vai sentir o que é foder de verdade.
 Diogo (cunhado) começou a meter seu pau enorme na minha bucetinha meladinha parecia que ia me rasgar comecei a gemer falando que estava doendo, eu não estava acostumada com um cacete tão grosso e grande, ai ele riu falou calma safadinha foi só a cabeça que entrou, ai ele parou uns segundos apenas e logo recomeçou a meter.
Eu comecei a rebolar pedindo mais pau ai meu cunhado segurou minha cintura afastou um pouco tirando um pouco do cacete de dentro e socou todo de vez.
Caracas eu vi estrelas o cabra tinha cacete grande demais. Mas já que estava dentro só tinha que aproveitar.
-Soca cunhado gostoso, me fode seu filho da puta eu falava entre delírios e tapas na bunda. Uma safadeza completa ai ele perguntou se eu evitava concordei com sinal de cabeça ele sem cerimônia socava e dedilhava meu grelo quando ele começou a soltar jatos de porra dentro da minha bucetinha eu gozei em seus dedos.
Ficamos atracados alguns minutos depois terminamos o banho e saímos para o quarto dele.
Meu cunhado parecia um touro quando chegamos ao quarto me botou de quatro no meio da cama e vieram com tudo, alguns momentos me chupava gostoso ai dava aquela sensação de letargia, passava o ardor logo ele recomeçava a me foder gostoso fizemos todas as posições possíveis algumas eu nem conhecia, mas eu curtia o momento estava sendo objeto dele não era obrigada fazia porque queria e sou safada mesmo se é para trair que seja uma traição bem feita.
Teve um momento que ele ficou deitado me puxou pra ir por cima dele, Caracas eu fui, comecei a quicar em seu pau, minha buceta ardia doía, mas eu nem ligava o prazer que sentia era maior ainda.
Aí ele gozou comigo empalada eu seu pau. Caracas o esperma escorria pelo seu cacete fazendo uma meleira danada.
Ai descansamos fui tomar banho e preparar o almoço assim que almoçamos meu cunhado me chamou para ir ao quarto de novo.
Foi crucial e maravilhoso momento quando meu cunhado e eu fizemos um papai e mamãe eu nunca tinha percebido como era gostoso fuder naquela posição.
A tarde ia chegando ao final sai do quarto do meu cunhado andando torto de tanto fuder.
Ai vocês ficam curioso em querer saber não fizeram anal?
Fizemos sim só volto para contar depois porque foi preciso uma preparação total de corpo e mente.
Agora se passaram dois meses da minha primeira traição que não foi a ultima, pois continuo com meu cunhado ele é meu amante e agora estamos com dia determinados para nossa safadeza acontecer comecei fazer um curso de informática que na verdade são duas vezes na semana, mas para meu marido são três e um dia nós sou toda do meu cunhado assim ficamos a tarde inteira no motel.
Sem deixar de fazer as rapidinhas ou na casa da sogra ou ele vai até minha casa e damos uma bem gostosa para aliviar a excitação que sentimos um pelo outro.
Pense em um macho gostoso, pois é assim meu cunhado e amante. Meu marido anda me dando uns chifres com uma colega de trabalho eu nem estou ligando com a fartura de cacete que estou tendo o dele só me faz cócegas.
Pode me chamar de safada, pois eu sou mesmo.

Docecomomel Contista
Feira de Santana ,15 de junho de 2017.

Feira de Santana: Bahia.

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Meu Padrasto Tesudo.



Meu nome é Adriana, tenho 19 anos, pele branca, cabelos na altura dos ombros, ondulados, bunda grande, pernas grossas e um corpo parecido com o da minha mãe que é divorciada de meu pai, mas casou-se recentemente, ela tem 37 anos é nova ainda.
Eu moro com meu pai e em finais de semana vou passar com minha mãe que é do outro lado da cidade, algumas vezes vou á noite ou saio direto da faculdade e vou para casa dela.
Sou muito bonita também sou um pouco tímida tenho paqueras, apesar de ter tido envolvimento com um ex-namorado sou muito restrita em minhas poucas amizades, por enquanto não quero compromisso com ninguém enquanto eu não me formar, tenho que aproveitar para estudar.
Aconteceu algo a semana passada que mexeu muito comigo eu sai da faculdade e fomos comemorar o aniversário de um colega, avisei a minha mãe que chegaria mais tarde do que o normal.
 Como minha mãe é casada com Pedro Henrique, um antigo namorado, que é muito bonito, ela não desgruda dele.
Então até pensei de reduzir minhas visitas, mas ela faz questão que eu fique com eles em finais de semana, mas para mim está sendo difícil de dividir a mesma casa com aquele Deus grego de pele morena, pernas grossas, uma barriga bem sarada, enfim, um Tesão de macho.
Está perto dele era uma tormenta até parecia que me provocava.
Ele sempre acordava de manhã cedo e passeava pela casa só de cueca deixando à mostra aquele corpo sarado.
Dava para ver seu volume de aproximadamente 21 cm dentro da cueca boxe apertada.
E lá continuava ele desfilando sensualmente pela casa.
Pois naquele dia que cheguei mais tarde meus amigos me trouxeram em casa abri o portão e entrei a casa estava com as luzes apagadas, entrei na sala e ouvi barulho vindos do quarto de minha mãe, pareciam gemidos.
Fui andando lentamente até chegar a porta que estava semi- aberta parei com os olhos arregalados, estava minha mãe nua no meio da cama na posição de quatro(4) e o marido dela o Pedro Henrique metendo nela como um animal no cio.
Socava forte que dava para ouvir até o barulho dos culhões batendo na traseira de minha mãe, gelei fiquei sem conseguir respirar, mas meus olhos estupefatos, me traiam sentia tesão com a visão maravilhosa do cacete de Pedro Henrique, antes que percebessem minha presença sai e fui para o quarto que sempre fico alojada.
Antes de dormi fui tomar um banho e foi preciso bater uma siririca para aliviar meu tesão.
Na manhã seguinte agi naturalmente enquanto tomava café conversando com minha mãe, mas fiquei embaraçada com a chegada do meu padrasto.
Que como habito estava vestido de cuecas.
Os dias se passaram desde aquela visão maravilhosa, mas minha rotina de vida continuava a mesma. Só em finais de semana ...eram exceção.
Eu comecei a observar e desejar o meu padrasto!
Até que um dia eu fui até a casa de minha mãe e quando cheguei lá tive a surpresa que minha mãe tinha ido até uma cidade próxima só voltaria no dia seguinte pela tarde. Foi ajudar uma colega de trabalho com alguns afazeres para um noivado de sua filha.
Não poderia voltar já estava tarde então Pedro Henrique disse que eu ficasse a vontade.
Coisa impossível. Tomei meu banho ajeitei um lanche e ficamos vendo TV, tentei ser o mais natural possível se é que é fácil.
 Já umas 22,30 dei boa noite e fui dormi.
Pedro Henrique disse vai porque quer pode ficar à vontade, saí sem olhar para trás mas eu havia percebido minutos antes ele alisando o cacete.
Deitei, mas não conseguia dormi ouvi barulho de água no banheiro pensei que poderia ter deixado aberto alguma torneira me levantei vestida com minha camisola preta transparente e fui ver o que era.
-Outra surpresa assim que cheguei na porta do banheiro Pedro Henrique ia saindo do boxe, falei que ouvi barulho de agua e vim verificar. Pedi desculpas a ele por estar ali naquele momento inoportuno, mas quando ia saindo do banheiro ouvi Pedro Henrique perguntar se eu tinha gostado do que tinha visto?
-Mas eu não vi nada além de você enrolado na toalha!
  Eu não estou me referindo agora que estou saindo do banho!
-Ah é e naquele dia que você chegou tarde e foi até o quarto de sua mãe e nos viu transando, gostou ou não de ver meu cacete?
 -Não sei do que você está falando!
-Deixa de mentira Adriana eu vi você na porta do quarto enquanto eu transava com sua mãe lembra que no quarto tem espelhos?
-Fiquei rubra e com raiva de ter sido descoberta.
Eu fiquei gelada sem poder responder pois o que eu dissesse de nada iria adiantar me virei para ir embora mas ele segurou na minha mão me abraçou e a sua toalha caiu ao chão.
Não pude deixar de olhar quando vi aquele cacete enorme e duro pedindo carinho, eu me descontrolei.
Cheguei perto e não resisti, segurei e comecei a punhetar.
Foi assim que Pedro Henrique começou a falar que quando me viu pelo espelho que continuou transando com minha mãe, mas pensava em mim.
Fomos para o quarto entramos fechamos a porta, Pedro Henrique me fez sentar na cama e ele em pé com cacete em riste apontado para meu rosto, foi ai que pude ver todos os detalhes, seu cacete era grande cheio de veias e cabeçudo, mas eu comecei dá conta do recado, em poucos minutos mamava feito uma bezerrinha.
Uma delícia sentir todo membro rígido na garganta, tossia engasgava, mas não deixava de mamar bem gostoso.
Foi assim que Pedro Henrique me colocou deitada na cama e caiu de boca na minha xoxota meladinha de tesão.
Me deixava louca com sua língua morna me lambendo e sugando por inteira até sentir meu gozo.
Estremecia meu corpo inteiro, Pedro Henrique soube pacientemente esperar eu me recuperar até que me colocou de quatro (4) mandou arrebitar os quadris...

Nem estava raciocinando direito nem me dava conta que aquele homem era o marido da minha mãe, foi assim que em posição de levar cacete eu senti seu cacete passar de lado a outro da xoxota até sentir que algo estava invadindo meu corpo. Tentei sair, mas ele segurou-me os quadris com as duas mãos e forçou até eu sentir algo entrando e soltei um gemido de dor e prazer que me levavam à loucura!
Pedro Henrique me comia feito um animal, socava sem dó nem piedade, sempre me chamando de safada gostosa, eu gemia e rebolava não queria que jamais aqueles momentos terminassem, eu pedia que ele não parasse de me foder, estava toda puta sendo saciada de todos meus desejos mais obscuros.

Aí ele me pegava mudava as posições me colocou de lado, e me fez galopar me apertava os seios me fazendo gemer enquanto eu galopava em seu cacete teso. Até que já tinha gozado pela terceira vez e ele disse que agora eu iria gozar pelos dois buracos.
Eu nem entendi quando ele falou quando Pedro Henrique me colocou com as costas apoiadas na cama elevou minhas pernas prendeu-as entre seus braços e falou relaxa putinha que quero ver você gozar sem parar.
Foi assim que Pedro Henrique enfiou o cacete no meu rabo eu gritei, mas ele parou deixando eu me acostumar e aos poucos foi metendo até eu já está toda laceada e com jeitinho começou a socar sem parar…. O suor de nossos se misturavam, até que ele goza intensamente me lambuzando todo.

Depois de gozar ficamos atracados depois ele saiu de dentro de mim ainda com cacete meia bamba e fomos até o banheiro tomamos um banhos juntos.
E recomeçamos só que agora ele disse que queria ver se eu aguentava tomar leitinho na boquinha. Começamos um sessenta e nove maravilhoso e fiz como nunca tinha feito sugar cada gota de seu leite.

Pedro Henrique me disse que fazia tempo não fodia tão gostoso, que agora a partir daquele dia eu seria a putinha dele.
E foi assim que o meu padrasto me comeu pela primeira vez…

Foi maravilhoso, a partir desse dia ficamos tão amigos, que sempre ele ia me buscar na faculdade no meio da semana e antes de chegar em casa tínhamos que dá uma passada rápida no motel. Assim aproveitamos o tempo máximo possível.
E já se passou seis meses e mesmo depois deste tempo meu padrasto continua lindo e me fodendo…
Divinamente bem.

Docecomomel (hgata)
Feira de Santana, 24 de janeiro de 2017.
Bahia Brasil.

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Ménage à trois... No Albergue...

Bem férias é época de viajar e lá fomos nós de mochila e pouca grana. mas ,com vontade imensa de conhecer uma boa parte de nossa terra.
Eu sou Marcela.
A minha aventura tem como coadjuvantes o Luiz, Lucas e Elza.
Não somos namorados apenas amigos de cursinho que se dão bem e são muito amigos.
Viajamos de Ônibus e vez ou outra conseguimos carona, Depois de passar um dia inteiro viajando chegamos a uma cidade do Nordeste fomos a um albergue que devido à alta estação estava lotado por sorte ainda conseguimos um quarto com dois beliches.
Que com muita insistência nossa foi liberado mesmo sendo para dois casais.
Até parece que aquela senhora quarentona estava prevendo os pensamentos que povoavam a mente dos dois rapazes.
Já cansados depois de um breve lanche fomos logo dormir.
O Lucas ficou com a parte de cima do meu beliche.
Já um pouco adiantado da noite sinto uma mão acariciando-me coisas que me fez sobressaltar. Eis que o Lucas tapa minha boca com a palma da mão e sussurra ao meu ouvido que tava doido dar uma “Fhoda.”
Mas que a Elza e o Luiz estavam namorando até tarde que o que presenciou deixou-o mais ainda de fogo.
Fiquei surpresa
Mas como disse somos amigos não somos namorados e nem temos caso.
Rapidamente o Lucas começou a me beijar e deitou quietinho ao meu lado, estava só de cueca, com seu membro apontado esticado mostrando seus pêlos ralos e loiros de seu púbis.
Acaricie-o sentindo toda sua rigidez e potência.
Há creio que as aventuras começaram antes do previsto.
E nos abraços e beijos de Lucas que me tira a calcinha de dente abocanhando meu sexo úmido cheio de desejos.
Muito excitante esta brincadeira da sua boca com meu clitóris que me deixa arrepiada de excitação. Os preliminares são a força viva do jogo da sedução.
Lucas me fez gozar logo afinal estava também com muita vontade de amar.
Estava eu de quatro recebendo Lucas com toda força e vigor que metia até os escrotos. Em um vai e vem muito gostoso.
Logo a minha frente surge o Luiz com seu cacete enorme, duro encostando ao meu rosto.
Não me fiz de rogada abocanhei aquele mastro vermelho jambo enorme e grosso chupei o máximo que podia. A posição não estava muito confortável.
O Lucas cada vez mais metia seu pau como ensandecido louco para gozar. Eu rebolava na sua frente ele dava tapinhas leves na bunda. Que deixava-nos mais excitados. Há... Esta delicia de chupar e ser fodida ao mesmo tempo era um desejo antigo coisa que estava realizando e adorando.
De repente o Lucas acelera e goza, um urro de prazer sai de sua boca com um misto de alivio prazer e alegria.
Ele riu e deitou ao meu lado ficou só observando minha caricias com o Luiz.
Que estava também alucinado e com vontade de gozar. Chupei babei e salivei aquele delicioso mastro, Luiz ficava mais excitado ainda ao ver minhas caricias.
E logo me abri pra ele que veio como touro selvagem galopar em minha Xana (vagina).
Chegou com um jeito brusco que achei que não iria suportar aquele cacete enorme. Metia com tanta vontade que achei que não iria agüentar, e gozar logo.
Mas foi só impressão quando se achegou a mim veio com muita sede dando logo lugar a um suave toque de dois seres com vontade de se amar
E logo Luiz gozou agarradinho a mim beijando-me com uma suavidade muito gostosa.
Fiquei depois analisando como é gostoso ser alvo de desejo de dois rapazes fortes saudáveis e muito carinhosos
E nossa viagem continua depois relato meu final de semana no camping.
E você pergunta cadê a Elza?
Há dorminhoca depois de uma gozada dormiu a noite toda.
Como um anjo.
Para felicidade minha e dos dois rapazes.


Docecomomel(hgata)
Imagem do google

terça-feira, 18 de novembro de 2014

Gosto de comer e adoro ser comido.


Meu nome é Marcos meus colegas de trabalho me apelidaram de Marcos Mala, não que eu seja uma mala sem alça, mas por adorar receber uma boa mala no rabo, ai já sabe quem já me comeu sabe que quanto maior a mala mais eu gosto mais eu gemo mais eu fico gamado. Me denomino como bissexual ,porque como homem, mulher e dou gostoso meu rabo.Sem problema algum e sem sentimentos de culpa,meu lema é dá e sentir prazer.
-Bem voltando do trabalho na ultima sexta-feira passei em uma pizzaria onde serviam ótimas pizzas até pensei em levar uma para casa, fiz o pedido e fiquei aguardando tomando um chope estava lotado foi quando um homem chegou perguntou se poderia sentar, pois estava sem mesas vazias, não vi motivo algum de não deixar e assim logo começamos uma conversa animada e por coincidência ou ironia do destino ele morava em um bairro que é caminho da minha casa. Entre uma conversa e outra acabei lhe oferecendo carona, ele aceitou, mas me fez prometer que tomaria uma cerveja em seu apartamento. Lucas era seu nome.
-Nossos pedidos chegaram, pagamos a conta e saímos em direção ao meu carro.
Sai dirigindo até que por um momento fiquei um pouco desconfiado quando passamos em um local onde tinha muitos travestis e mulheres de programas.
-Quando ao passar por um traveco Lucas assoviou e falou ai delicia adoro fuder um rabo.
-Danou-se o cara gosta de comer e eu de ser comido.
-Ah é Lucas e você não é casado?
-Sou sim, mas sempre fui fissurado em comer gay a porra da minha mulher não libera o rabo de jeito nenhum diz que vou arrombar com as pregas dela.
-Sorrir da expressão dele, foi quando ele indagou se eu tinha os mesmo problemas em casa.
-Pigarreei e falei não Lucas o meu problema é outro!
-Ah é? Que problema é este meu amigo? Pode dizer sem grilo.
-Os meus problemas Lucas que eu é que gosto de dá e mamar gostoso outro macho, mas a minha mulher não desconfia, também vive enfiada na igreja.
-Poxa cara que coisa ein, você gosta de dá e eu de receber, gostei de saber disto.
-Eu sério dirigia ate que perguntei que direção deveria tomar até chegar a sua casa.
-Olha Marcos vou ser sincero com você depois que você me falou que gosta de mamar e de dá o rabo o que eu quero mesmo é te enrabar gostoso, se quiser ir para motel beleza ou então la em casa mesmo a patroa está viajando.
-Tem certeza Lucas?
-Sem problemas você gosta eu também que mal há nisto afinal não somos crianças.
-E concordei e Lucas foi dando as coordenadas de sua casa. Estacionei o carro na garagem e entramos.
-Ele foi logo pegar cerveja na geladeira, voltou com dois copos em suas mãos e me olhando nos olhos perguntou se não queria tomar um banho.
Concordei-o me deu uma toalha e me olhando foi tirando a camisa, a calça e logo via só o cacetão atravessado na cueca box.
-Babava notava-se já uma marca molhada em direção da cabeça do porrete.
Tomei banho fiz minha higiene pessoal e voltei para sala enrolado na toalha.
-Lucas me olhava e me deu duas peças de roupa e com um abraço nossos cacete se tocara, senti um frio na barriga quando ele disse veste isto aí amoreco enquanto eu tomo um banho também.
-Éramos dois espadas, meu cacete parecia que ia explodir de tesão, ele passou a mão e rindo disse, se você for boazinha deixo você inaugurar meu anelzinho.
-Saiu rindo para o banheiro... Olhei em minhas mãos as peças de roupa que ele havia me dado e fiquei surpreso.Era uma calcinha e um soutien de oncinha.
Logo ele voltou pelado, com os cabelos molhados o cacete duro fazia uma curva apontando para cima.
Vista esta roupa que você será minha putinha gostosa, virei de costa e vesti a roupa, só deu trabalho de o meu cacete ficar dentro da calcinha, mas fui relaxando até que ficou bem legal. Lucas se aproximou por trás e ficou me sarrando,sentia seu cacete vibrar encostando em minha bunda,ele acariciava meu pescoço,apertava de leve os bicos do meu peito.
Ainda bem que tinha me depilado naqueles dias. Estava lisinho mesmo.
Ambos estávamos com um tesão louco, quando me virou e me deu um beijo eu e ele ficamos doido , passando a mão na minha bunda e costas.
Fiquei mole de tesão.Quando aos poucos fomos nos abaixando até tapete, ai não teve como segurar ...Fizemos um sessenta e nove (69) delicioso.
Senti seu cacete liso, com muitas veias, duraço e com a cabeça grande... Na minha boca foi uma delicia quase nem cabia.
Lucas deu umas chupadas no meu cacete... Mas deliciava-se mais chupando meu rabo.Foi quando ele me colocou de quatro e caiu de boca,nas minhas pregas me lambia enfiava a língua,me chamava de vadia e de putinha safada,afastava a calcinha de um lado para outro até que com um  puxão libertou de todas as amarras e pudores.
Ajoelhado atrás de mim começou a enfiar o cacete aos poucos só lambuzando procurando espaço em segundos eu já estava empalado, metia devagar só a ponta da cabeça logo tirava e metia com mais força ainda, assim em pouco tempo ele metia forte, minhas pernas abertas com completamente encaixado com cacete dentro me enlouquecia de tesão.
Aí Lucas não teve dó socava com vontade,me chamando de putinha, vagabunda, de chupador de rola ,de vadia gostosa que ia acabar com minhas pregas e dentre outros nomes que só me  deixava mais safado rebolando em seu cajado todo atochado aí...O vuc vuc me deixou possuído pelo tesão intenso eu nem raciocinava mais queria mesmo era ser  fudido
Enlouqueci e meu corpo entrou em espasmos de convulsão e gozei forte. Lucas sentindo seu cacete ser mordiscado pelas minhas pregas forçou mais algumas estocadas e gozou farto.
Foi um dos gozos mais demorados que já recebi nas minhas entranhas. Ficamos abraçados,nos beijando, até que o cacete amoleceu e ele todo safado pediu,anda acorda o junior que teremos mais farra. Virei-me e com cara de safado tirei a camisinha logo seu cacete já estava duro novamente.
Ai meus amores caprichei no boquete deixando ele bem teso e com gingado no corpo, desci naquele porrete que entrou macio.
Eu e Lucas estávamos nos realizando como se fosse um casal em total sincronia, e outra vez gozei gostoso com ele todinho atochado dentro do meu rabo.
Logo que tinha acabado de gozar Lucas fala ajoelha minha putinha que agora tu vai rezar e com uma boa chupada ele em pé com as pernas arqueadas, Lucas despejou jatos e mais jatos de leite em meu rosto boca cabelo e peito.
Assim terminamos fomos tomar banho foi para casa, mas já ficou acertado para o sábado pela tarde.
Fomos ate um motel e eu fiquei sendo sua mulherzinha até de madrugada...
Agora somos amigos quando queremos temos nossas brincadeiras que nós deixam realizados e felizes e continuamos casados e bons pais de família. Mas que o moço tem um cacete bom de fuder isto não resta duvidas.
Aí nem posso lembrar que as minhas pregas ficam piscando e sente saudades.



Docecomomel (hgata)
Feira de Santana, 17 de novembro de 2014.
Bahia :Brasil.

segunda-feira, 27 de maio de 2013

Transando com o filho da vizinha.



Olá bom dia amigos e leitores.
Vou relatar o que me aconteceu na semana passada, vou usar nomes fictícios para evitar problemas,
Vai que meu noivo ler, por via das duvidas. Prevenir melhor remédio.
Eu mudei para uma casa nova no mês passado e logo conheci uma vizinha que tinha um filho muito bonito. O rapaz era muito lindo e o vi algumas vezes no ponto do ônibus.
Minha vizinha era uma senhora muito simpática era viúva, e conversou comigo e falou que seu filho Gustavo estava com problemas pessoais.
Tinha terminado um namoro de dois anos e estava muito carente.
Pensei que pena dois carentes solitários, no caso “Eu e Ele”, pois meu noivo estava sempre viajando por conta do trabalho. E aquele rapaz bonito que morava na casa ao lado.
Eu sou a Elza sou uma falsa magra 1,70 de altura bunda media e seios medianos, sou uma mulher simpática. Adoro conversar e logo faço amizades onde quer que eu chegue.
 Eu sempre fui franca e adoro sexo.
Na sexta feira à noite eu estava na casa dessa minha vizinha Era aniversario de minha vizinha e ficamos eu ela e algumas amigas conversando e bebendo. Já umas 22hs seu filho chega,estava retornando da faculdade.Muito cordial cumprimentou a todas e deu um belo abraço em sua mãe.Ficamos conversando até que...
Aos poucos todos iam indo para suas casas.
Depois de mais uma rodada de cerveja eu falei que já ia embora. Dona Carina minha vizinha.
Falou que seu filho Gustavo iria me acompanhar até em casa. Argumentei que não precisava ,mas ela insistiu tanto que aceitei.Fiquei sem graça,mas nada poderia fazer,uma boa companhia não faria mal foi o que pensei.
Assim saímos indo ate minha casa, ele abriu minha porta fez com que entrasse e depois de um tempo falou que iria pra sua casa.
Eu não sei se por efeito da bebida ou carência mesmo falei.
Vai não Gustavo fica aqui mais um pouco.
 Ele assentiu com a cabeça que ficaria, mas um pouco, mas em troca de um café.
Fiz o café depois que o servi ficamos na sala sem conversar nada apenas ficamos trocando olhares. Eram palavras que não eram ditas ,mas sentidas.Depois de um tempo Gustavo começou a conversar sobre vários assuntos.
 Eu fiquei encantada pela nossa conversa Gustavo falou de sua ex-namorada que ainda gostava um pouco dela, mas sabia que logo isto iria passar que queria terminar logo a faculdade para se especializar e dá novo rumo a sua vida.
Eu apenas quieto sem tocar no assunto de meu noivado, até que ele pergunta. E seu noivo eu só o vi uma vez por aqui!
Bem Gustavo realmente ele só anda viajando, mas eu acho que não vai adiante nossa relação. Ter alguém e está sempre sozinha não adianta mesmo ,isto me impede de conhecer novas pessoas. E Marcos meu noivo não é nenhum exemplo de fidelidade.
No mínimo em cada cidade que frequenta a trabalho deve ter sempre uma cama para ocupar.
Gustavo respondeu não acredito que um homem com uma mulher como você precisa procurar outras.
Ouvindo estas palavras minha autoestima elevou-se ao máximo. Gustavo levantou dizendo que ia embora e quando foi me cumprimentar com beijo no rosto seus lábios encontraram os meus.
A adrenalina explodiu entre nós e o que era para ser um simples beijo acidental foi o estopim que desencadeou um abraço apertado, uma procura louca de seus lábios em busca dos meus. Suas mãos percorriam meu corpo me deixando com luxuria
 Logo eu Gustavo apalpava meus seios apertava minha bunda, foram acontecimentos que foram nos levando ao êxtase ambos queríamos momentos de prazer. Começou a massagear seu pescoço,dando beijos molhados,quando ele tirou minha blusa e começou a mordiscar meus seios que estavam super eriçados,soltei um gemido ,assim fui tirando sua camisa e senti seu tronco másculo.
Era demais para suportar, fomos para meu quarto.
Gustavo e eu caímos na cama.
Nossa roupa atirada pelo quarto Gustavo me beijava alucinadamente apalpava minha bunda, eu sentia seu membro rígido. Ele estava  no comando deixando-me louca de tesão.Quando abriu minhas pernas e começou a chupar minha xoxota,e entre lambidas e chupadas me chamava de gostosa. Soltei um gemido alto e gozei... Gozei com tanta intensidade como jamais o tinha feito em toda minha vida.Gustavo exímio macho dominador me levou ao êxtase total...
Eu com a respiração ofegante esperamos Gustavo vir com tudo a princípio
Na posição de papai e mamãe ele metia com muita vigor eu gemia feito uma louca, depois invertemos a posição eu fui por cima, ia a compassos lentos e depois acelerava Gustavo gemia e me dizia os piores nomes, mas que na hora da trepada soam como acordes angelicais em meus ouvidos. Gustavo não estava aguentando mais quando seu gozo se aproximava ele ficava quieto e logo recomeçava.
A posição de quatro a maioria dos homens se sentem superiores, pois tem a visão se sente realmente o dominador. Pode elevar ao tempo Maximo que seu corpo possa suportar.E com tapas na bunda e puxando ao seu encontro Gustavo castigava-me ,parecia um animal no cio.
E eu logo novamente gozei juntinho a ele. O êxtase foi tão intenso que desabamos atracados como se estivesses grudados.Ficamos abraçados curtindo o momento supremo que é a união de dois seres que sonham e desejam encontrar a alma gêmea.
Depois de muita conversa Gustavo quer que eu fique com ele a principio aos poucos, mas quer ocupar o lugar permanente em minha vida e, sobretudo me aquecer nas noites frias de inverno.
Estou pensando se fico com meu noivo e ele ou dou um novo rumo a minha vida. Mas de uma coisa tenho certeza que o Gustavo é bom de cama isto eu não posso negar nunca tive tanto orgasmos como tive com ele.
E bem que foram poucos momentos, mas com a intensidade de muitos.
Mas estou decidida a não perder mais tempo em minha vida.Afinal só levamos os bons momentos.

Docecomomel (hgata)
Visitem meus blogs
Se quiserem seguir.
htpp://sensacoescomemocoes.blogspot.com.br/
Imagem do web picassa

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Atração Virtual Transa real







Como toda pessoa que se preza uso a web. tenho amigos conhecidos e alguns que apenas os tenho em minha lista de contato, mas que nunca conversei, sei que apenas os tenho na lista.
Na ultima sexta-feira era aproximadamente 21 h, quando acessei o MSN e um amigo internauta me cumprimentou. Eu sempre o via on-line ,mas nunca  conversamos.
 Depois das apresentações formais meu novo amigo disse-se que ler meus textos em meu blog que é meu fã.
Fiquei feliz de saber que tenho leitores em outro país, mas feliz fiquei ao saber que sente maior tesão com meus textos.
Entre uma conversa e outra Augusto me pergunta se não quero ser sua namorada virtual.
Achei interessante, pois sei que muitos leitores confundem o Criador com a Criatura no meu caso os personagens com o escritor.
Mas no meu intimo uma vozinha de espirito maligno gritou mais alto e topei.
Afinal sou humana e tenho defeitos como todos têm, e mulher sempre tem espirito. Vocês entendem... Pois bem no dia seguinte eu sozinha em casa acessei a web e lá estava meu namorado virtual no –lene assim que me viu on-line logo me chamou.
Passado os momentos de palavras doces, saudades e ansiedade nossas conversas tomaram novos rumos. Vou transcrever alguns trechos logo abaixo e você pode responde se...
Oi Marcela sabe que sinto maio tensão por você quando leio seus contos fico doido de tesão que me masturbo várias vezes..
Poxa não sabia que causava assim tanto furor em vocês homens.
Pois causa e muito.!
Quer fazer sexo virtual comigo Marcella?
Olha minha web cam esta quebrada.
Ah não tem problema você me ver  e eu ouço você falando.Estou com tanto tesão por ti que em minutos explodo de prazer!
-Meu lado safado concordou e com uma auto  afirmação pessoal assenti.
-Que mal há em distrair um pouco e me divertir.
 -Assim Augusto começou a falar coisas que a cada momento me deixavam excitada e entrei no clima e...Palavras eram ditas e olhos vidrados na tela eu me deliciava de ver Augusto se masturbando
.A cada  minuto a excitação tomava conta do ambiente meu corpo tremulava de prazer.
Comecei a tocar-me e com dedos ágeis sentia o prazer solitário de uma siririca.
A respiração tornou-se lenta meu corpo estava em pleno delírio e êxtase.
Cada palavra de Augusto me deixava em transe em busca do prazer.
Claro que não poderia ser diferente., vou deixar abaixo pequenos trecho do prelúdio de amor entre eu e Augusto....
-Quero teu mel delicioso escorrendo no cacete me melando todo
-Deixa eu lamber tua xoxota gozada
-Me lambuzar nela com teu mel
-Hummm... Que xoxota tesuda toda melada
-Está bom então fode agora cavalgando
-No meu cacete
Ah Augusto que delicia sentir você cheio de tesão,  toma faz de mim o que quiseres sou toda tua agora.
-Venha Marcella sinta como estou... Veja..
E dizendo estas palavras segurava com firmeza seu cacete super  rígido que chegava a fazer um arco apontando para seu próprio umbigo.
Cacete grosso, cheio de veias um verdadeiro quebra -nozes.
Ah Augusto eu estou adorando  te ver  quero te fazer gozar.
-Quero você pulando no meu cacete.
Augusto com seu corpo fazia uma sequencia de movimentos como se tivesse empurrando cacete na minha xoxota até explodir de gozo de novo
 -Vem quero seus peitos na minha boca
-Eu chupando e mordendo os bicos, e fodendo muito te invadindo com muito tesão
colocando  todo meu leite em sua xoxota gulosa.
-Vem Marcella ... Vem gozar comigo!
-E assim nossa mente em frenesi explodimos loucamente em luxúria e prazer.
Entre sussurros e gemidos fomos juntos ao ápice do prazer.
-Perto de uma tela sentimentos de ousadia e prazer onde nos levou ao êxtase supremo de dois corpos sedentos de sexo e prazer.
-Uma aventura virtual que começou do nada sem querer e rompeu os parâmetros do desejo carnal.
-Hoje Augusto é meu namorado e sempre estamos em contato tanto pele com pele e virtual



Docecomomel(hgata)
“Não confundam o autor com suas obras”
Vejam meus blogs
Imagem do google
http://sensacoescomemocoes.blogspot.com.br/
http://desejosdeinsanos.blogspot.com.br/
http://sedentosdsexo.blogspot.com.br/
http://noisdafeira.blogspot.com.br/

terça-feira, 8 de janeiro de 2013

Traição é Sempre Traição...Mas é bom demais.








Olá meus queridos hoje vim relatar uma pequena aventura que tive na virada do ano.
Foi algo rápido assim como são as grandes emoções.
Fui passar o reveilion em Salvador fomos em um grupo de 6 pessoas três casais.
Houve um problema na reserva da pousada e tivemos que ficar dois casais no mesmo quarto.
Até ai tudo bem só que o rapaz já estava com sua namorada que ficou no mesmo quarto que eu e meu namorado Marcos,já foi meu namorado.
Marcos não sabe deste fato.
Para não causar tumulto fiquei calada assim fomos todos para a orla ver o queima de fogos e ouvir musica.
A festa foi geral beijos abraços, desejos de felicitações.
Foi uma alegria só.
Voltando para a pousada ja altas horas ,quase amanhecendo, fomos para nossos quartos.
Marcos meu namorado estava chapado de bêbado.
A namorada de nosso colega de quarto nem se fala foi levada no colo.
Entramos os quatro (4) em nossos quatros e Edson(meu ex) colocou sua namorada na cama do quarto conjugado.
Logo veio até minha pessoa perguntando senão precisava de ajuda com Marcos, que já estava escornado em um acadeira.Aceitei de boa .
Pois ele era alto e forte.Aceitei sua ajuda levando meu namorado Marcos para tomar um banho.
Edson foi muito legal me ajudou colocar no chuveiro e segurou enquanto eu o enxugava o Marcos que não falava coisa com coisa.
Ainda cambaleando o levei até o sofá.
Marcos desabou que parecia anestesiado.
Eu estava toda molhada e minha roupa ficou colada no corpo.
Edson depois que me ajudou com meu namorado ficou de conversinhas.
Eu apenas por educação o ouvia.
Fui tomar banho e quando voltei ao quarto com roupa de dormir bem composta por sinal .
Edson não tirava os olhos de minha direção.
Logo ele também foi tomar banho ,o tempo ia passando e só ouvia a respiração de nossos acompanhantes dormindo cheios de bebidas.
Quando Edson veio do banheiro saiu pelado sem roupas.
Eu estava de costa e senti aquele homem me abraçando por trás.
Ja veio segurando em meus seios ,me acochando.Falava em meu ouvido Marcela minha gostosa,estou louquinho para te amar.
Vem comigo ,você sabe que nunca te esqueci...
Como você suporta um cara como este ai,dizia apontando para Marcos meu namorado.
Vem  ficar um pouco comigo...
Vem vi que seu namorado não te dá devido valor...Vem minha gostosa.
Com estas palavras ao pé de ouvido.
Namorado dormindo ,a dele mais bêbada ainda.
Fiquei sem noção do certo e errado e me entreguei em seus braços.
Edson suspendeu meu baby doole e começou mordiscar meus seios mamando  um a um.
Em poucos minutos estava na cama sendo penetrada por um cacete delicioso que sempre me elevava ao prazer máximo.
Eram estocadas fortes e firmes.
Nos condicionamos a nos beijar para não fazer barulho.
Edson me beijava e apertava-me em seus braços me elevando ao êxtase.
Em poucos minutos tive um intenso orgasmo.
Edson acelerou mais ainda as estocadas.
Sentia-me preenchida.
Eu e marcos transávamos sempre,mas nem de longe  sentia a intensidade de prazer como estava sentindo naquele momento.
Edson como sempre sabia explorar cada pedacinho de meu corpo.
Assim em uma foda unica tive  orgasmos intensos.
Edson me falava ao ouvido Marcela minha gostosa deixa este cara,você bem sabe que eu nunca te esqueci.
Volta para mim...
Marcela minha gostosa...safada.
Assim entre beijos ...e um frenético vai e vem de corpos senti Edson meu primeiro homem me elevar ao prazer máximo.
Enquanto com estocadas firmes explodia em gozo.
Senti cada momento algo que há muito tempo não sentia com meu namorado Marcos.
Foi ago maravilhoso.esperei seu cacete sair de dentro de mim e fui ao banheiro
Edson me acompanhou e falou rindo...Vamos acabar nossa farra embaixo da àgua.
Edson tirou camisinha e embaixo do chuveiro comecei um boquete delicioso.
Senti novamente um cacete grande e grosso latejando na boca é algo maravilhoso.
Logo eu me levantei e foi a vez de Edson me chupar bem gostoso.
Sentia seus lábios sugando meu clitóris foi muito bom.
Novamente gozei,deixando o rosto de Edson todo lambuzado de meu gozo.
Safado parecia que ia me sugar toda,deixou meu grêlinho inchadinho de tanto chupar.Ah que delicia de foda.
Edson nao poupava carinhos.
Mas o tempo era curto,logo eu estava apoiada na pia do banheiro recebendo Edson que estocava incenssatemente ate explodir em um gozo.
Como é safado na hora tirou seu cacete de dentro e esporrou na minha bunda e costas.
Foi minha primeira(1ª) traição que fiz na vida,mas acredito que preciso me decidir.
Ou fico com Marcos como namorado e insatisfeita, tendo Edson como amante.
Ou volto logo para Edson.
Eis a questão Marcos é fiel.
Edson um verdadeiro galinha,esta complicado decidir.
Mas acho que a primeira opção é bem melhor
Marcos meu companheiro para todas as horas,tendo um amante galinha.
Enquanto não me decido permanente e vou curtindo os momentos.
Mas de uma coisa é certeza as sensações que senti durante a trepada enquanto nossos namorados dormiam ali bem próximos foram prazeres que superaram toda a minha falta de vergonha de querer repetir sempre mais.


Ps."Não confundam o autor com sua obra"

docecomomel(hgata) 2013.
Vejam meus blogs
http://sensacoescomemocoes.blogspot.com.br/
Imagem do google.
08/01/2013.

terça-feira, 1 de janeiro de 2013

Transei com um bem dotado...Adorei





Novo Ciclo 1º conto de 2013.

Olá eu sou Marcela moro em Salvador tenho 34 anos estou solteira.
Atualmente moro com um irmão mais novo que faz faculdade e tem muitos amigos;
Maioria homens, a maioria lindos e muito gostosos.
 Posso dizer com firmeza, pois já fiquei com alguns deles.
Claro que não resisto a um jovem bonito cheio de tesão.
E acontece sempre de virem até minha casa à procura de meu irmão ou com qualquer desculpa e algumas vezes rola algo.
Afinal lavou está nova.
Eu adoro sexo.
Tem cada gato que é mais safado que outro.
Se meu irmão sabe ou não que saio com alguns de seus amigos não sei.
Mas sou livre e vivo minha vida do jeito que quero, bem era inicio de semestre e Pablo meu irmão começou a trazer novos amigos.
Mas teve um em especial que chamou minha atenção seu nome era Carlos.
 Mas o que mais me chamou atenção sobre ele foi que ouvi um trecho de uma conversa dele e meu irmão.
Pois bem sabem que os homens adoram contar vantagens.
Eu ia passando para ir até cozinha e ouvi Carlos falar assim.
Pois é cara a safada da nossa colega fez maior charme, mas fodemos bastante, mas não teve jeito de dá mamada no papai aqui. E tu sabes não é cara que um boquete bem gostoso vale mais que uma gozada. Pior anal não teve jeito a safada saiu fora mesmo.Mas também deve  está com xoxota ardendo ainda mandei ver na safada.
Meu irmão riu e disse qual é Carlos  ela ficou com medo de tu arregaçares a boca dela tu parece um jegue com este teu cacete grande.
-Ah cara não exagera é apenas 23 cm bem medidos.
Ouvi risos . Segui ate a cozinha e a conversa que ouvi não saia de minha cabeça.
Pensei homens todos iguais. Estava na cozinha lavando os pratos quando abri uma gaveta e me deparei com um machucador de tempero de madeira, foi quando pensei nas medidas de Carlos e fui medir com uma régua.
 Caramba o machucador era enorme grosso e quando eu o medi tinha apenas 20 cm
 Ai pensei...Poxa quer dizer que o cacete de Carlos é maior ainda?
Senti uma breve excitação ao imaginar um cacete de 23 cm em pleno estado de rigidez. Caramba é pra sentir calor na xoxota mesmo.
E que calor eu sentia... Gente eu transei o ano passado. Isto não é normal, foi quando pensei na primeira oportunidade dou encima de Carlos.
Como sou filha de Deus ele me abençoou logo. Meu irmão viajou e deixou alguns CDs separado que seu amigo Carlos viria buscar.
Na sexta feira de tarde Carlos apareceu em minha casa veio buscar os CDs. Perguntou-me se eu  iria sair no fds.
Respondi que queria descansar um pouco aproveitar que meu irmão estava fora. Carlos riu e falou se eu quisesse poderíamos sair â noite.
-Bem se você não tem compromisso é claro que aceito sim.
Como já era quase de noite falei que poderia tomar um banho ali mesmo e até usar roupas de meu irmão. Como vejo que eles têm este habito de trocarem, não vi nada demais a oferta.
Carlos aceitou e foi tomar banho. Já tinha alguns minutos que eu ouvia o barulho da água, foi quando  eu  lembrei  que não havia dado toalha a ele , ai imediatamente peguei e fuii levar, mas jamais pensei que iria encontrar Carlos se masturbando no banheiro,
Que cena... Um cacete enorme em pleno estado de êxtase.
Cabeçudo e veiúdo.
Sonho de consumo de toda mulher. rsrsrsr.
Coloquei a toalha e sai apressadamente, não que eu não quisesse ver, mas medo de não resistir e entrar no banho com ele e pedir que fizesse de mim sua putinha naquele momento. Imagine a situação eu sozinha com um belo exemplar de macho na mesma casa tomando banho e ainda se masturbando. Carlos me tem todo respeito.
Imagine um moreno queimado do sol, corpo sarado, 1.85 de altura, peito cabeludo, olhos negro, cara de garanhão de macho fudedor mesmo.
Eu tinha sua amizade, mas eu queria era mais, como ele nunca me deu espaço. Vou curtindo olhar apenas e ficar imaginando como seriam nós dois sozinhos em uma cama.
Logo Carlos saiu do banho e apareceu com cabelos molhados vestindo uma calça e camisa de meu irmão que realçava mais ainda seu corpo másculo. Eu me aprontei e logo saímos. Fomos dançar. Adoro contato de pele com pele, odor másculo. Isto me deixa inebriada de tesão.
Dizer logo fico tarada.
Como flagrei meu amigo Carlos se masturbando no banheiro depois disso fiquei com um enorme tesão em dá para ele. Enquanto dançamos eu notava seu estado de excitação. Mas parecia que evitava um toque corporal mais além.
Depois de muito tempo dançando e alguns drinques, só eu bebi. Carlos ficou apenas sorvendo sucos.
Afinal alguém precisava dirigir.
Fui ate o banheiro e tirei minha calcinha. Estava com minha calcinha escondida em uma das mãos enquanto dançava com Carlos entreguei a ele. Que olhou e com sorriso fez uma cara de tarado levou até seu nariz cheirando.
-Hum... Doce como mel.
E em meu ouvido falou.
-É um convite?
-Não; Foi o que respondi, ele me olhou sem entender e eu com um sorriso falei... É uma intimação.
Percebi que ele me olhou de cima a baixo, com uma cara de tarado.
Continuamos a dançar, mas enquanto dançávamos sentia que o seu olhar não saia dos meus seios.
Fomos para casa em nosso trajeto apenas ouvia musica, as palavras fugiram dos meus pensamentos. Assim que o carro parou Carlos abriu a porta da minha casa e fomos entrando. Quando virei para lhe falar algo pude notar um grande volume em sua calça.
Alguém precisava tomar iniciativa, pois assim eu o fiz me abracei a ele, sem um pingo de vergonha. E fui alisando e acariciando seu rosto, seu tronco. Minhas mãos ágeis percorriam pela trilha dos prazeres em busca do êxtase.

Eu beijava sua boca, como se tivesse provando do manjar dos deuses, saboreando cada cm, cada gota de sua saliva misturada a minha.
Carlos abaixou as alças de meu vestido e começou lamber os mamilos dos meus seios, mordiscando um a um.
Um delírio.
Fomos tirando nossas roupas, logo fui descendo, abaixei sua calça e vejo, e aquele cacete enorme e grosso que pulou para fora, e não perdi muito tempo eu me acabei, chupei até as bolas.
Carlos me olhava com maior cara de safado, e seu sorriso de satisfação e prazer só não era maior que seu cacete.
 Logo me pegou pela mão e fomos para o quarto.
Fiquei sentada na beirada de cama, Carlos me inclinou e abaixou a meus pés e começou a mamar sugar meu clitóris com extrema volúpia.
Eu abria bem minhas pernas, para que ele me chupasse, Carlos caiu de boca na minha xoxota com imenso gosto, sentir aquela boca quente era uma delicia, eu me contorcia e gemia de excitação, até que não aguentei mais e gozei em sua boca.
Assim Carlos levantou-se e inclinando seu corpo sobre o meu veio rapidamente com seu cacete e meteu bem gostoso na minha xoxota quente e encharcada, quanto mais ele metia mais gemia pedindo mais. Gozei novamente com seu cacete encravado. Mudamos de posição e logo estava dominando a situação.
Eu fiquei por cima dele, ele me pedia para quicar e cavalgar em seu porrete.
Foi algo extraordinário me sentia por completa.
Fazia um vai e vem, logo estava pulando e fazendo aquela tora entrar e sair toda dentro de mim, minha xoxota já estava ardendo de tanto foder.
Sentia sua respiração ofegante eu percebia que ele estava quase gozando.
Eu saio de cima dele e fui ficando na cama de quatro (4) não aguentava mais ai eu pedi para que ele me enchesse de sua porra.
Carlos ficou em pé ao lado da cama veio com firmeza alisando minha bunda, dando leves tapas e depois de algumas estocadas em ritmo acelerado não aguentou e gozou enchendo minha xoxota que logo começou a escorrer pelas minhas pernas.
Caramba nunca vi tanto leite assim. Carlos ficou atracado a mim fui descendo meu corpo que suado e extenuado sentia todo vigor de um jovem garanhão.
 Logo fomos tomar um banho para nos recompormos.
 Ficamos abraçados entre beijos e caricias e logo Carlos estava novamente de cacete duro.
Carlos disse que adorou nossa noite e lamentou pelo tempo perdido.
Mas não posso ficar de muita conversa não, pois já esta me puxando para uma nova sessão de sexo.
-Ah como para tudo tem jeito estou conseguindo fazer um boquete, pois seu cacete é grande e grosso mesmo.
Agora se for fazer anal ai que serão outras pregas.

Feliz 2013 a todos.
Desejo neste ano editar um livro, mas para isto conto com a força de vocês.
A opinião de vocês é muito importante.
Um beijo de Doce como mel.
Vejam meus blogs

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Trepando com minha cunhada gostosa



.




Olá
Vou relatar a minha primeira vez que transei com minha cunhada.Com maior sacanagem trepamos pela primeira vez no sofá de minha casa,foi meu presente de aniversário.
Eu sou casado minha esposa é muito simpática, amiga atenciosa e carinhosa, mas todo homem quer que as qualidades se estendam até a cama.
Pois bem minha esposa não é muito fogosa;
Eu sou negro bem dotado e muito fogoso sinto desejo de foder todos os dias,
Uma coisa que minha esposa não concorda,
Já falamos sobre isto, mas ela continua irredutível.
Por isto sou obrigado a procurar fora de casa o que não encontro em minha esposa.
Eu tenho uma cunhada que frequenta minha casa, pois moramos próximos, ela sabe dos problemas que tenho com minha esposa relacionada a nosso desempenho na cama, minha esposa só papai e mamãe já este bom... Já conversamos e ela não consegue se desinibir.
Se entregar de corpo e alma aos prazeres que a vida nos oferece.
Minha cunhada é uma delicia de mulher, têm 28 anos, uma cara de safada está solteira atualmente Mas bem sei que ela tem seus ficantes.
Pois bem assim começa minha aventura.
Então faz uns três meses eu sai do trabalho e fui comemorar meu aniversario com um grupo de amigos.
Era uma sexta feira.
Quando cheguei a casa minha esposa havia saído com a sua mãe, tinham ido ao supermercado, pois no dia seguinte teria um almoço em minha casa, pois convidei alguns amigos meus para comemorar meu aniversario.
Assim que entrei em casa fui tomar banho e quando saio do banheiro enrolado na toalha encontro com minha cunhada na sala.
Ai perguntou a ela qual seria meu presente de aniversario.
-Ela respondeu que só tinha ela mesma se eu queria.
Caramba
Por esta eu não esperava e rindo respondi quero sim, mas nem precisa vir enrolada de papel de presente eu quero peladinha na minha cama.
Ela olhou para min e saiu da sala rebolando.
Meu cacete ficou duro na hora, já pensei em pegar minha cunhada e ter relações sexuais até dizer chega.
Fui ate a geladeira peguei uma cerveja e enrolado na toalha mesmo fui para sala bebericar minha cerveja.
Meu cacete estava duro fiquei ali sentado tentando disfarçar a excitação que estava sentindo.
Afinal estava em minha casa.
Depois de alguns minutos minha cunhada volta vestida com um short de lycra que desenhava a xoxota toda.
Fiquei no maior tesão olhando para ela que se aproximou e foi dizendo.
Vou te dá teu presente sim meu cunhadinho.
Veio em minha direção e foi falando vou te dá o que minha irmã não te dá.
Eu sentado no sofá com cerveja na mão enrolado na toalha com cacete armado que parecia um empanado de circo.
Minha cunhada abaixou na minha frente e começou a me punhetar... Meu cacete já estava duro que parecia um porrete com cabeçorra vermelha.
Minha cunhada putinha e safada se chama Alice.
Ajoelhada a meus pés começou a lamber cabeça do meu cacete,
Logo estava com meu porrete todo dentro da boca gulosa dela estava uma delicia.
Alice me chupava e falava tanta sacanagem que nem as vadias do bordel que frequento na avenida sete falam tanta putaria assim.
A sacanagem é o tempero que dá sabor a uma boa foda:
Eu já estava louco para gozar, mas me controlei o máximo.
Ali no sofá mesmo minha cunhada veio por cima e começamos a transar.
Sentou no meu cacete e rebolava sem parar, ela cavalgava como uma eximia amazonas. Eu socava meu porrete em uma dança sincronizada.
A safada da minha cunhada ainda dizia... Me fode porra que sei que faz tempo que você me deseja, soca este porrete na xoxota de sua cunhadinha...Ai mete gostoso meu negão safado.
Nossa nunca vi rebolar tanto assim com um cacete encravado na xoxota.
Alice rebolava demais,
Eu já estava quase gozando quando ela acelerou e ficou quicando com meu cacete atochado na xoxota que começou a expeli um melzinho.
Caramba parecia possuída gemia e gritava me puxando de encontro a sua boca.
Nossas línguas travavam um duelo de serpentes.
Ai logo Alice foi se recompondo e ficou em meus braços a mercê de meus desejos.
Gozou tanto que sentia seus fluidos escorrer pelo meu cacete.
Ai foi minha vez... Abuse e Use foi o que Alice me falou.
Eu  claro não sou de abusar, mas de usar sim e muito.
O fiz ficar deitada no sofá e ofertei meu cacete para ela limpar.
Afinal estava lambuzado de seus fluidos.
Alice lambia e chupava meu cacete como se fosse um pirulito.
Segurando-o apalpando minhas bolas.
Eu fiquei louco ai coloquei sentada no sofá e comecei a estocar meu cacete garganta adentro.
Ela me chupava e olhava com cara de safada em meus olhos.
Quando ela me disse goza nos meus seios... Meu cunhadinho goza!
Eu falei vou gozar na tua garganta safada!
Não isto não!
Ah é... E porque você não quer leitinho de seu cunhadinho?
-Eu não gosto!
Ah é?
Eu segurei-a pelos seus cabelos, dei uma tapa na cara, sem força é claro só pra ela saber quem manda.
Ela foi gemendo e dizendo bate na cunhadinha safada bate meu tesão, quanto mais você bate mais eu sinto prazer.
Ai comecei a socar meu cacete em sua boca, ela lambia e babava.
Já ciente que ia encher a goela de leite já, em minutos senti meu cacete se avolumar e começar esporrar.
Segurei sua cabeça logo depois do segundo jato de leite tirei meu cacete e direcionei para sua cara.
Foram poucos jatos, mas suficiente para deixar ela toda lambuzada.
Ai satisfeito começou uma nova sessão de carinhos.
Cai de boca na xoxota dela cheinha e cheirosa, toda lisinha.
Cacete um sessenta e nove improvisado depois de uma gozada gostosa, sem se preocupar com nada.
Nós dois no sofá da minha sala.
A adrenalina a mil.
Deixava-me maluco de excitação meu cacete nem parecia que tinha acabado de gozar.
Eu mordiscava e sugava seu grelinho, Alice rebolava na minha cara deixando todo lambuzado de seu mel.
Alice puxava minha cabeça de encontro as suas pernas, eu brincava com um dedinho em seu cuzinho ela gemia alto.
Ai inverteu comecei a brincar com a língua em seu cuzinho e com as pontas dos dedos batia uma siririca, seu corpo entrou em convulsão e começou a tremer... Foi quando Alice explodiu em um intenso orgasmo e eu saboreio cada gota de seu mel.
Esperei se acalmar logo Alice ficou de quatro apoiada no braço do sofá implorava e pedia que a comesse.
-Ai cunhadinho safado quero gozar no seu cacete.
-Minha irmã que é feliz e não sabe como é safado o garanhão que tem em casa.
-Ai delicia fode cunhadinho arromba com tua cunhadinha safada anda
Assim ela ficou de quatro (4) encostei cacete na porta da xoxota e dando tapas na bunda comecei uma sucessão de estocadas firmes. Alice gemia e pedia que metesse mais.
Já tinha alguns minutos assim, metia e tirava o cacete deixando só com a cabeça dentro depois empurrava com força e vigor deixando mais gostoso a sensação da penetração.
Depois de um bom tempo assim Alice falou vou fazer uma coisa com você que tenho certeza que você nunca fez com minha irmã.
Alice ficou de costas para mim e segurando na base do meu cacete foi se abaixando encostando meu cacete na porta de seu cuzinho.
Ela ia sentando aos poucos, empurrava e parava.
Eu só segurando sua bunda e olhando meu cacete adentrando dilacerando suas pregas.
Quando entrou meu cacete todo ai que Alice ficou mais alucinada.
Ela começou cavalgar com meu cacete todo atochado em seu rabo.
-E dizia fode safado come gostoso o rabo de sua cunhada, arromba com sua cunhada que se mata de bater siririca ouvindo você brigando com sua mulher pra foder... Então...  Fode gostoso tua cunhada safada.
-Sua cunhada puta, fode, goza gostoso, dentro do rabo da cunhadinha goza.
Eu louco alucinado pequei botei ela de quatro e comecei a socar fundo sempre dando tapas em sua bunda a chamando de potranca, safada gostosa.
Depois de alguns minutos senti seu corpo tremer e novamente um novo orgasmo.
Este eu senti nas pontas dos dedos, que saboreei como a um manjar dos deuses.
Sem contar no prazer que senti suas pregas latejarem mordiscando meu cacete.
Gozei litros com minha cunhadinha.
Fomos tomar banho para disfarçar e quando minha esposa me chegou já estava dormindo saciado com os prazeres que senti com minha cunhada.
E esta foi uma das vezes que transamos, houve muitas vezes até tivemos a ousadia de transar na garagem enquanto minha esposa dormia.
Meu casamento renovou, pois o que minha esposa me negava minha cunhada me fartava.
Coisas da vida não e?



Docecomomel(hgata)
Vejam meus blogs.
"Não confundam o autor com sua obra'
Imagem do google

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Enrabado pelo meu tio !


Olá pessoal tudo beleza?
Hoje vim contar uma aventura que tive há algum tempo, na época eu não tinha noção do meu gosto sexual.
Foi assim que me definir completamente em ser gay.
Assim aconteceu:
Olho eu sou moreno claro cabelos curtos olhos e cabelos castanhos.
Meu rosto é delicado e minha bunda bem apetitosa.
Recebo muitas cantadas de muitos caras.
Alguns se dizem hetero, mas na hora do rala e rola adora dá lambidinha no meu cuzinho guloso.
Digo guloso porque quando ver um porrete encostar se abre todo para engolir.
Minha primeira transa  foi quando eu tinha 17 anos e meses, era um moleque ainda nem sabia dizer porque gostava de olhar meu tio ficar tomando banho.
O irmão mais novo de minha mãe morava na mesma casa que eu.
Meu cacete ficava duro, mas eu era bestinha nem sabia direito das coisas,
Até que um dia meu tio me pegou lhe espiando bater punhetas fez chantagem comigo, se não chupasse o cacete dele contaria para meus pais.
Eu além de ser besta estava gostando então fui com meu tio para o quarto dele, enquanto sua irmã que era minha mãe trabalhava.
Era algo novo, mas foi muito gostoso sentir seu cacete todinho dentro de minha boca em um vai e vem sem parar até que ele segurando minha boca gozou muito.
Eu gemia gostando, mas quase me afogo de tanto leite que o safado me fez beber.
Foi à primeira vez, depois com poucos dias ele me comeu, Aí foi uma coisa de louco.
Olhando para o passado agora não sinto raiva dele até agradeço por ter me libertado das mil e uma duvidas que tenha sobre sexo.
Meu tio Diogo era cinco anos mais velho e me fez ficar sua putinha por mais de seis meses.
Quando tivemos a primeira relação amorosa, foi algo animalesco porque não senti prazer, muito prazeroso foi para ele além de esfolar meu rabo, fez de mim sua rapariga, não foi nem uma nem duas vezes que eu estava dormindo e ele voltava da casa da namorada e ia direto para meu quarto me enrabar. Mas com pouco tempo as coisas mudaram.
Mas tomei gosto pela coisa e logo ficava já esperando, pois vinha de cacete duraço.
Mas a primeira vez foi assim, depois que me fez beber muito do seu leite, avisou que de noite me faria uma surpresa,
Eu fiquei esperando calado no meu quarto fingindo dormir sem saber o que fazer.
Se dissesse a minha mãe seria um pandemônio e com certeza iria ser mandado para algum colégio interno.
Então fiquei na minha comecei a ler como era relação de homem com homem.
Vocês podem até achar que seja tudo invenção, mas não foi, pois isto aconteceu no ano de 2005, morava no interior, não tinha muitos amigos, nem celular nem internet.
Agora as crianças e adolescentes já nascem sabendo sobre tudo e os pais são mais liberais.
Então Diogo veio da casa da namorada entrou, minha mãe estava dormindo meu pai viaja é caminhoneiro.
Assim que entrou ouvi seus passos indo ao banheiro e depois chegou até meu quarto.
Lucas... Chequei com tua surpresa!
Olha que trouxe para você!
 A sua voz era baixa...
Aproximou-se e sentando em minha cama foi dizendo, acorda que tenho algo para tu.
 -O que é Diogo?
- Abrindo a mão vejo uma calcinha na palma de sua mão.
-Tome vá vestir e vem logo.
-Mas isto é uma calcinha de mulher!
-É sim pequei da Eliana minha namorada quero ver minha putinha vestida com ela!
-Mas Diogo!
-Deixa de mais e vá logo vestir não te disse que você seria minha putinha.
-Anda ou quer que minha irmã saiba que você gosta de chupar um cacete?
Mas Diogo... Você me obrigou,
Sei que obriguei, mas você ficava me olhando direto, então porque gostava de ver meu cacete,
-Vamos logo Lucas estou morrendo de excitação.
-Assim cabisbaixo fui me virando de costa e tirando meu short de dormi vesti a calcinha, que era vermelha de rendinha.
Diogo se aproximou e pude ver que seu cacete estava bem rígido,
Fez-me sentar na cama e ficou esfregando seu cacete no meu rosto, ainda de roupa.
-Eu sentia seu cheiro de macho gostoso.
Depois de um tempo Diogo foi tirando sua roupa, e dentro da cueca saiu um cacete duro parecia uma tromba de um elefante.
Caracas eu ainda iria completar 18 anos, mas tinha meu corpo de menino.
Olhar para aquele cacete de pertinho, foi subindo um calor pelo corpo e comecei a sentir minha garganta seca, e sem palavras me aproximei e comecei a chupar seu cacete.
Lambia e chupava tirando e botando-o todo garganta adentro.
Ahh...
Meu sobrinho aprendeu rápido hein...
Assim minha putinha...
 Chupa o picolé de seu tiozinho...
Ai que delicia. Tesão...
E u chupei  muito por mais de dez minutos, nem podia gemer com medo de minha mãe acordar
Já sentia a calcinha molhada de minha gala ralinha  , saia pouco parecia uma  aguinha branquinha.
Depois de um tempo chupando Diogo ele mandou eu ficar de quatro na cama e veio se encostando, alisava minha bunda dizendo coisas.
Afastava a calcinha de um lado para outro.
Ai que bundinha linda meu sobrinho tem.
Com esta calcinha, entrando no rego me deixa doido de excitação.
Hum... Que delicia de cuzinho virgem...
Ah que estou doido para arrombar teu cuzinho meu priminho.
E assim ficava encostando o cacete na porta do meu cuzinho , tirava , encostava novamente forçando depois começou cuspir e com um dedo ficava dedilhando meu anel.
Depois foi com dois dedos.
Sentia minhas pregas ardendo, mas estava gostando... O safado sabia fazer as coisas ficarem gostoso.
Diogo ficou um bom tempo brincando com dois dedos no meu rabinho e alisando minha bunda.
Depois o safado pegou e ficou me masturbando e com meu próprio pré - gozo lambuzava meu rabinho virgem... Ou quase virgem  já que seus dedos já tinham entrado quase todo no meu cuzinho.
-Ai em um momento Diogo falou olha vou fazer uma coisa só para te animar... Mas é só hoje viu minha putinha?
Diogo me virou e eu ficando de barriga para cima, ele inclinou-se e começou a me chupar.
Gemi gostoso, pois nunca tinha sentido um prazer tão intenso como senti com sua boca no meu pequeno cacete.
Mas foi poucos minutos, senti meu membro ficar mais duro e com suas chupadas fiquei mais alegre.
Comecei a sentir sensações em meu corpo jamais sentidas.
Mas durou poucos minutos minha alegria. Pois logo ele tirou da boca e com rapidez colocou minhas pernas em seus ombros encapou o cacete com camisinha com cheiro de morango e começou encostar seu cacete na porta do meu anel.
A cabeça entrou soltei um sonoro gemido, mas Diogo não tirou o cacete.
Falou relaxa e aproveita e falando sacanagem metia o cacete e parava para eu poder me acostumar.
Ah como doeu nas primeiras estocadas, eu gemia tentava me sair, mas ele mais forte que eu me prendia com peso de seu corpo.
Diogo era forte ainda mais com a vontade que estava de foder.
Ele encostava o cacete e ficava parado, ai depois forçava novamente e parava.
Assim o tempo ia passando eu relaxando com suas investidas estava gostando.
Foi naquele momento que me descobri que era realmente gay que gostava de cacete encravado no cu.
 Diogo me viu relaxando pegou me virou de quatro (4) novamente e benzutou seu cacete com um gel e ensopou meu cuzinho e em pé na beira da cama esperava o momento certo.
Ai Lucas está doendo está?
Um pouco Diogo... Mas pode meter com vontade que estou preparado!
Ah meu sobrinho querido quer cacete quer?
Sem esperar resposta... Meteu fundo e eu gostando respondi que sim.
Quero sim tio ser sua putinha.
 Diogo nem esperou terminar a frase segurou na minha boca com uma das mãos e com a outra segurou seu cacete e enfiou com vontade no meio do meu rego.
Aí vi estrela rodarem... , Ai como doeu...
Gemi forte ele parou alguns minutos.
Sentia seus pelos pubianos encostando-se à minha bunda.
Caracas como foi que meu cuzinho coube aquele mostrengo todo.
Diogo tirou a mão de minha boca e com poucas palavras dizia aproveita safado, pois agora sou seu macho de verdade rebola no cacete de seu tiozinho rebola.
Minha putinha gostosa.
E um vai e vem desenfreado comecei a rebolar a dor deu espaço ao prazer.
E Diogo com estocadas firme e forte explorou cada pedacinho de meu anelzinho fazendo de mim sua putinha...
Minhas pregas ardiam, mas era suportável, pois a imensidão do prazer era maior.
 Demorei a gozar, era o meu primeiro orgasmo, foi assim que comecei sentir meu cacete expelindo leite.
Diogo sentiu meu cuzinho apertando seu cacete e acelerou as estocadas,
Foi algo bom demais.
 -Ai que delicia sentir meu gozo pela primeira vez ainda, mais com um cacete encravado no rabo.
Não demorou muito o Vuc... Vuc. do cacete de Diogo dento do meu rabo.
Suas veias dilataram e inchou nas minhas entranhas e começou a encher a camisinha.
Delicia minha primeira vez, de gozo de tomar leitinho e de receber cacete na bundinha.
O tempo passou as coisas mudaram, mas eu continuo gostando de macho Diogo meu Tio casou foi embora para São Paulo e eu continuo com meu gosto por homens.
Só que agora tenho outra visão.
Sou publicitário tenho minha independência financeira e escolho com quem quero compartilhar meus momentos de prazer.
Também saio com alguma mulher que me apetece, mas na verdade adoro um macho bem viril.
E se for um bem dotado amo de paixão de gozar muito com porrete atochado no meu cuzinho.
Pode ser que critiquem, mas o gosto é meu se sentir dor serei eu e sentir prazer também serei eu.
Então só posso aproveitar os bons momentos que a vida me oferta.
Beijos e comentem, por favor.

Docecomomel (hgata)
Vejam meus blogs
"Não confundam o autor com sua obra"
http://sensacoescoemocoes.blogspot.com.br/
 

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Transando com o filho da empregada


Olá...
Desde minha infância que minha mãe que mora no interior tem a mesma empregada. Coisa que constatei na última semana quando fui passar alguns dias com ela no interior
 Pois bem tive uma bela surpresa encontrei Elza ainda na casa de minha mãe, e perguntando pelo seu filho Paulo, Elza sorriu e falou rindo:
-Ah Marcela o Paulo está um belo rapaz se você o ver nem reconhece de tão bonito.
-Pensei comigo mesma toda mãe e coruja. E com sorriso matreiro lembrei-me das vezes que via Paulo ainda um moleque batendo punheta às escondidas na área da piscina enquanto eu tomava banho de sol sem a parte de cima do biquíni, com quatorze anos tinha um cacete enorme.
Mas como sou cinco (5) anos mais velha, não quis colocar o menino na perdição. Pois desde os meus quatorze anos( 14 )que eu já não era mais virgem, já tinha transado com um namorado.
Logo fui estudar longe e não mais o vi.
Fui morar na capital e só vinha em férias.
Assim já pensei que teria aventura nestes próximos dias.
Mas no outro dia seria feriado e minha mãe iria visitar algumas amigas, como não sabia dirigir quem a levaria seria o Paulo, filho da empregada.
Bom saber que minha mãe tem alguém pra poder servi-la.
Acordei tarde achando que estaria sozinha em casa fui até a cozinha tomar meu café ainda de baby Dolly e para surpresa meu encontro na cozinha um rapaz sentado à mesa degustando de uma fruta.
Ah... Marcela este é Paulo meu filho disse toda sorridente Elza.
Lembra-se dele?
Claro!
 Elza, apenas envelheceu, mas continua um belo rapaz.
Dizendo isto me senti sem roupas, pois os olhos de Paulo me examinavam, como se eu estivesse nua.
Seus olhos passeavam por todo meu corpo, meus seios ficaram de bicos eriçados, também com um par de olhos me examinando era difícil controlar.
Tomei meu café rapidamente e já ia saindo quando Elza me avisou que assim que fizesse o almoço iria para casa e Paulo ficaria, pois quando minha mãe quisesse voltar para casa ele iria buscar.
Não achei nada demais, mas só de saber da presença daquele rapaz o dia todo ali dentro de casa, já me surgiu ideias safadas na minha cabeça.
Paulo era negro tinha 24 anos era estudante e praticava karatê.
Muito alto com massa muscular na medida exata.
Fui para meu quarto e querendo aproveitar o dia o de sol voltei para piscina já era quase meio dia.
Assim que entrei na água vejo uma pessoa se aproximando com trajes de banho.
Caramba!
 Exclamei que diacho de homem é aquele que vem se aproximando de sunga de listras azul,
“Parecendo um” “Deus Negro”. Alto com pernas grossas e sem deixar de notar a mala.
Ufa...
Que coisa eu sozinha e vem um belo exemplar de macho me tentar.
Assim que se aproximou falou espero que não se importe Marcela, mas sua mãe ligou e só vou busca-la as 17 h, como ela sempre diz que posso ficar a vontade, vim me refrescar um pouco.
Entrei na água e dando leves braçadas de um lado para outro me esbarro com Paulo dentro da piscina.
Foi algo espontâneo, mas que teve um efeito imediato.
Sem palavras saímos da piscina e como estávamos sozinhos tínhamos certeza que ninguém chegaria começamos a intensificar os carinhos.
Entrei na água e dando leve braçada de um lado para outro me esbarro com Paulo dentro da piscina.
Foi algo espontâneo, mas que teve um efeito imediato.
Sem palavras saímos da piscina e como estávamos sozinhos tínhamos certeza que ninguém chegaria começamos a intensificar os carinhos.
O beijo tornou-se mais possesivo com pequenas mordidas nos lábios.
 Beijávamos o corpo inteiro, e quando cheguei à parte que culmina o ápice do prazer nossos gemidos em uníssono ecoaram por toda casa.
Ah como eu gosto de sentir lábios ávidos na minha xoxota lisa, ensopadinha de excitação.
Paulo não poupava explorar cada cantinho de minha xoxota deixando cada vez mais fogoso é claro que eu não poderia deixar de provar de seu cacete que mais parecia uma tora rígida, que saboreava como a uma fruta madura e suculenta:
Aquele cacete adentrando minha boca, cheia de veias com cabeçorra grande lisinha, nem me importei se era o pequeno filho da empregada que sempre convivi nos tempos de minha infância.
Mudávamos de posição com desenvoltura e rapidez.
Quando fiquei de joelho a seus pés chupando-o olhando pra ele, o vendo revirar o olho de prazer, e mordendo os lábios de excitação.
E Paulo em sussurros implora:
- Vai minha putinha, me chupa caralho!
Ah como desejei isto há tempos.
 Isso chupa gostosa minha putinha.
Ah... Que delicia tanto tempo sonhando e desejando!
Quantas vezes escondido olhava você tomando banho
Ah Marcela safada, gostosa...
Eu gemia pedindo leitinho Paulo queria prolongar mais ainda o prazer... Mas a loucura apossava de nós assim Paulo me colocou de quatro (4) na cadeira da piscina e começou a seu cacete na xoxota.
Eu estava há tanto tempo sem transar que quando Paulo começou e meter eu senti como se tivesse sendo rasgada. Soltei um gemido pedindo que metesse devagar então ele atendeu meu pedido, de quatro mesmo só na base de tapinhas na bunda segurando em minha cintura com firmeza, ele metia bem devagar.
  Quando estava com cacete firme todo lá dentro, ele começou a me comer bem devagarzinho.
E sempre falando “esta gostando da minha vara putinha”?
 “Quero ir devagar para deixar você sentir ela te rasgando”
Eu só sabia gemer, e sorrir saboreando cada minuto de êxtase.
Assim ficamos sum bom tempo sendo castigada vigorosamente pela verga do negão.
Depois Paulo aumentou a pressão dos movimentos, aos poucos sentia que minha xoxota estava completamente preenchida. Não aguentei e pedi.
-Ah Paulo come gostoso tua putinha, mete com força vai meu tesudo.
 Paulo acelerou mais os movimentos e entre gemidos falou:
- Teu pedido é uma ordem!
Acelerou com estocadas fortes e vigorosas, parecia um bate estaca me penetrando então... Não aguentamos muito e...
-Ambos explodimos em um orgasmo intenso.
Assim foi a nossa primeira vez.
Eu fiquei uma semana no interior, é claro que Paulo ficou uma semana visitando meu quarto. Minha mãe até falou uma dia no café da manhã que bem que ela gostaria que eu e Paulo namorássemos, mas como sou mais velha tem certeza que ele não aceitaria.
Não sabendo ela que Paulo já está certo de vir fazer faculdade na capital e é claro enquanto não tiver um lugar certo ficará comigo em meu apartamento, mas em segredo, pois sua mãe talvez não possa gostar.
Logo em menos de trinta dias Paulo já estava alojado em meu apartamento e em minha cama.
Eu adorei é claro de tê-lo sempre me aquecendo nas noites frias de inverno.
Mas como sei que ele possa se encantar com alguma jovem da faculdade já conversamos que quando quiser mudar-se as portas sempre estarão livres para ele tanto para entrar como para sair.
Mas enquanto isto vai curtindo... Estou adorando.
Meu afro descendente gostoso e bom de cama!

Docecomomel (hgata)
15/10//2012.
"Não confundam o autor com sua obra'
Imagem do google

terça-feira, 9 de outubro de 2012

Meu Vizinho Garanhão!


 

Olá pessoal.

Desculpem a ausência.

Mas eu mudei de endereço e fiquei sem tempo, mas aconteceu-me uma aventura que tive que vir contar urgente,

Acredito que achei um amante.

-Ufa e que energia parece um garanhão reprodutor

Pois bem casa nova, vizinhos novos. Eu no maior pique aproveitando meus últimos dias de férias para deixar tudo organizado, voltando do centro da cidade assim que entrei no condomínio chegando à frente da minha casa uma surpresa!

 Estava sem a chave.

Poxa havia esquecido que deixei minha chave com a faxineira para fazer uma cópia.

Desci com as compras e coloquei na área de serviço que tem acesso pela porta lateral.

Foi assim que comecei a ligar para meu irmão, afinal queria entrar em casa, tomar um banho e descansar.

Meu irmão atendeu e pediu para que aguardasse mais um pouco.

Imaginei o pouco seria mais ou menos umas 2 h.

Meu vizinho que mora em frente à minha casa me viu sozinha veio até mim e convidou-me a ficar em sua casa até meu irmão chegar.

Não vi nada demais, pois já tínhamos conversado antes na reunião dos condôminos.

Soube que é divorciado tem dois filhos que passam tempos com ele.

Um cara boa pinta acho que nem 40 anos tem.

Ficamos na sala de sua casa conversando amenidades, mas via seus olhares sobre meus seios, que me deixou inibida.

Mas como toda mulher fica sabendo que esta sendo paquerada assediada, dá uma sensação de prazer e aconteceu de meus seios ficarem com os bicos eriçados.

Foi aí que a coisa piorou Itamar conversava e não desgrudava os olhos de meus seios, até que não aguentou e perguntou se eu estava com frio!

-Não eu não estou com frio pelo contrário estou morta de calor desejando um bom banho!

Muito gentil foi logo dizendo, não seja por isto vizinha pode tomar banho à vontade e indo em direção a seu quarto voltou com toalha e um roupão.

Sem poder recusar, peguei em suas mãos toalha e roupão foi até banheiro.

Aproveitei água morna que escorria pelo meu corpo e como se tivesse em minha casa cantarolava embaixo do chuveiro.

Assim que sai do banho fui até a sala e vejo meu vizinho sentado em frente à Tevê vendo um vídeo.

Sorriu para mim, mas notei que tentava esconder com uma almofada seu cacete que estava rígido.

Bem estranhei...

Sem motivo aparente está assim, foi assim que imaginei que enquanto eu tomava banho poderia ter ficado me olhando, mas eu não tinha certeza.

Fiquei sentada no mesmo sofá que Lucas (vizinho). Sentia que ele estava fazendo possível para se controlar, mas eu como safadinha que sou resolvi lhe provocar.

Diga-me Lucas que acha da vida de solteiro?

-Bom em alguns pontos, pois tenho minha liberdade de ir e vir sem dá satisfações, mas em compensação... Desculpe dizer ,mas sou meio tarado e ficar sem uma mulher dentro de casa para transar na hora que quero é muito ruim.

Mas é mesmo? Assim tão tarado?

-Veja só porque sabia que você estava tomando banho no meu banheiro estou aqui na maior saia justa tentando me acalmar!

-Ah é... Tadinho não se preocupe já vi cacetes rígidos, não vou me assustar!
-Mas ai que é o caso quer é acalmar dando uma bela de uma foda, não bater punheta, me desculpe vizinha, mas te acho muito gostosa e sempre te desejo quando fico te olhando.

-Ah é!

E sem dizer mais nada me aproximei mais de Lucas e dei um beijo.

Parece que fiz a coisa certa, pois o homem sem muitas palavras levantou fechou a porta da sala e voltando rapidamente ajoelhou a minha frente.

Alisando meus ombros foi abaixando meu vestido que deixou logo a mostra meus seios.

Sua boca ávida começou a mordiscar um a um.

Suspirei de tesão. Em poucos minutos estávamos sem roupa no sofá,

Lucas direcionou minha boca para seu cacete que foi difícil conseguir abocanhar, pois era bem grosso cheio de veias, parecia um porrete,

Eu nunca tinha me imaginado naquela situação, mas já que estava acontecendo teria que aproveitar o momento.

Lucas deitou no sofá e eu com ajuda dele fiquei sentada em sua cara.

Uau que delicia sentir seu bigode fazendo cocegas na minha xoxota. A pegação era boa demais nós dois juntinhos, se beijando se agarrando e se bolinando mutuamente Sentia sua língua percorrendo cada pedacinho da minha xoxota era impossível não rebolar e gemer muito alto. Não aquentei a excitação explodi em um orgasmo, aí que Lucas acelerou mais suas chupadas me deixando alucinada de tanto prazer.

Fomos tomar um banho e no Box ambos os peladinhos se esfregando um no outro a libido reacendeu novamente;

Eu não conseguia entender como eu fiquei sem notar tanto tempo a excitação que me impulsionava a sentir tanto prazer pelo Lucas.

Eu estava agindo da forma mais safada possível.

 Naquele momento Lucas esfregando seu cacete na minha bunda apalpando meus seios, virava meu rosto me beijava de língua.

Lucas apertava e agarrava minha anca e acochava seu cacete teso.

Parecia um touro reprodutor.

Claro que eu estava adorando a sacanagem dentro do box

O tesão era intenso logo me abaixei cai de boca e comecei a mamar aquele cacetudo.

Quase nem cabia na minha boca, sou quietinha, mas quando libero meu lado profano sou uma safadona mesmo. Lucas estocava com firmeza seu cacete que chegava encostar-se à minha garganta a cabeça do cacete.

Uau... Que delicia de macho, um garanhão mesmo.

Depois de lamber e chupar muito seu cacete sentiu se avolumar na minha boca e... Quando avisou que ia gozar já estava recebendo jatadas de leite garganta adentro.

Quando encheu minha boca aí começou escorrer seu leitinho pelos cantos dos lábios.

Logo eu que nunca bebi leitinho do meu ex: e adora estava adorando. De um cara que era praticamente um estranho.

Nem sei como pude fazer aquilo? Logo acabamos nosso banho e

Fomos para o quarto.

Recomeçamos a safadeza na cama espaçosa de Lucas que parecia um incansável, cacete já pronto pra outra.

Fizemos um gostoso papai e mamãe. Foi muito prazeroso sentir seu cacete atochado até o talo.

A variação de posições me fazia ficar mais fogosa ainda, depois, para variar cavalguei, gozando mais umas duas vezes.

Logo Lucas gozou de novo, uma única vez dentro da minha xoxota.

Estava quase noite, E continuávamos os dois insaciáveis; Mas precisava ir embora, pois ouvi o carro do meu irmão chegando, assim fui embora. Mas Lucas me fez prometer que eu deixaria ele me fazer uma visita uma noite dessas.

É claro que concordei, pois depois destas horas que fiquei com meu vizinho garanhão agora tenho certeza que conheci o macho dos meus sonhos.

Gostoso tesudo e safado.

E quando despediu de mim com um beijo Lucas falou que quer que façamos sexo anal.

Até gelei quando me lembrei do tamanho da tora;

Ele sentiu minha surpresa e falou pode deixar minha querida que só irei ate onde você deixar.

Sorri e pensei com dor ou sem dor, o quero todinho atochado em mim.

Depois volto para contar como foi que ocorreu.

Beijos e saudades;

 

Arquivo de Contos

Contos Eróticos (128) Contos Eróticos Docecomomel(hgata) (35) @Docecomomelcontos (34) .Contos Eróticos de DocecomoMel (hgata) (29) Contos eróticos de Docecomomel(hgata) (28) .Contos Eróticos de Docecomomel(hgata) (27) .Contos eróticos de Docecomomel (24) Conto Erótico de Docecomomel(hgata) (15) Contos hot (13) Contos de Docecomomel (11) Contos de Docecomomel (hgata) (11) Contos eróticos de docecomomel (hgata) (11) Conto de docecomomel (hgata) (10) Docecomomel (10) @ docecomomelcontos (8) Conto erótico de Docecomomel (hgata) (6) contos eróticos de docecomomel (6) Contos Eróticos docecomomel (5) Conto Eróticos de Docecomomel(hgata) (4) Conto de docecomomel (4) Contos Eróticos Docecomel(hgata) (4) Contos eroticos de Docecomomel (hgata) (4) Contos eroticos de docecomomel (4) Poema de docecomomel(hgata) (4) Traição (4) Conto erótico de Docecomomel (3) Contos docecomomel (3) ContoseróticosdeDocecomomel(hgata) (3) Docecomomel Contista (3) 2015 (2) Ano 2015 (2) Com Uma Bi-Sexual I Docecomomel (hgata) (2) Contos (2) Contos Eroticos da docecomomel(hgata) (2) Contos de Docecomomel(hgata) Conto homo (2) Contos eroticos (2) Contoseróticos de docecomomel (2) Erotismo (2) Erotismo em alta (2) Eu e eles Docecomomel(hgata) (2) Mensagem WEB (2) Meu cunhado safado (2) Meu tio meu ex-amante.@docecomomelcontos (2) Tesão (2) contos eroticos docecomomel (2) contos hot docecomomel. (2) (homossexual) (1) * Trepando com a sobrinha de minha esposa (1) * Trepando com a sobrinha de minha esposa II (1) 04/2019contos (1) 100 Palavras Docecomel(hgata) (1) 11/2014 (1) 1ª traição de uma mulher casada. (1) 1º Conto de 2017 (1) 1º Menage da minha esposa! (1) 2º de 2014 (1) @docecomomelcontos contos (1) A Faxineira Novinha Putinha (1) A Moradora de rua...Virou minha amante.ContosEróticos de Docecomomel(hgata) (1) A Ninfetinha virgem me presenteou seus cabaços (1) A amiguinha de minha irmã. (1) A balzaquiana fogosa e seu Pupilo (1) A doutora com seu paciente.ContosEróticos de docecomomel (1) A evangélica puritana. (1) A ex-mulher do meu cunhado. (1) A noiva putinha do meu cunhado. (1) A novinha filha da empregada (1) A pedido do amigo transei com sua mulher.Contos Eróticos de docecomomel (1) A prima gostosa da minha esposa.Contos Eróticos de Docecomomel (1) A primeira vez da minha namorada.Contos Eróticos de docecomomel (1) A secretária é minha putinham @docecomomelcontos (1) A vizinha é minha mante. (1) AVISO (1) Abusada enquanto dormia por um nativo (1) Adorando ser corno conformado. (1) Algumas fantasias e fetiches: (1) Amante de uma coroa (1) Amante do sócio do marido. (1) Amante e colega de trabalho.Contos Eróticos de docecomomel (1) Amante ninfetinha tesuda e safada. (1) Amante ou Prostituta de Luxo? Docecomomel(hgata) (1) Amiga da esposa (1) Amigo do ex-marido atual amante. (1) Amigos... E amantes (1) Amiguinha da minha irmã minha putinha (1) Amizade Desejos e Algo Mais (1) Amizade que virou safadeza.Contos Eróticos de docecomomel (1) Amo ser corno manso Contos Eróticos de Docecomomel (1) Angel Ninfeta Safadinha e Gostosa (1) Aprendendo as safadezas com meu tio.Conto Erótico de docecomomel (1) Arrombei com meu amiguinho Conto homossexual de Docecomomel(hgata) (1) As Coisas Mudam e eu Mudei (1) Assumindo a Sexualidade Gay Docecomomel(hgata) (1) Atenção (1) Atração levou-me a trair.Contos Eróticos de Docecomomel (1) Atração Virtual Transa Real (1) Aventura Casual (1) Aventura Louca (1) Aventura com minha vizinha do condomínio...Conto erótico de Docecomomel (1) Aventura em alto mar (1) Aventura louca de uma ninfeta safada e um coroa.Contos eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Babá safada e tesuda. (1) Bem comida pelo fotografo (1) Bia e Lucas um caso à parte (1) Bia e Lucas um caso à partell Docecomomel(hgata) (1) Caindo na vara do negão. (1) Caindo nas garras de uma casada safada. (1) Caminhoneiro Safado Contos Eróticos de Docecomomel (1) Carta de Amor Docecomomel(hgata) (1) Carência Sexo e Amor (1) Casada Safada insaciável. (1) Casada...Safada Adora Trair.Contos de Docecomomel (hgata) (1) Casado Sim e Daí? (1) Caso Virtual (1) Charge Momesca (1) Charge de amor (1) Chuva Dourada (1) Cobiça e Desejos (1) Colega de trabalho putinha (1) Com Safadeza.@docecomomelcontos (1) Com Um negro bem dotado Conto de docecoomel (hgata) (1) Com Uma Bi-Sexual II Docecomomel (hgata) (1) Com o macho de minha tia descobrir a safadeza... Contos Eróticos de DocecomoMel(hgata) (1) Comendo Uma Coroa Gostosa e Insaciável.Contos eróticos de docecomomel(hgata) (1) Comendo a Estagiaria da Empresa (1) Comendo a Safada o marido Corno Vendo (1) Comendo a cunhada novinha (1) Comendo a esposa safada do meu tio. (1) Comendo e sendo comido (1) Comendo gostoso a namorada do meu amigo... (1) Comendo minha empregada casada II (1) Comendo minha empregada casada! (1) Comendo minha prima safada (1) Comendo o irmão da minha namorada (1) Comendo o irmão da minha namorada II (1) Comendo uma “Traveco” Conto eróticos de Docecomomel (1) Comendo à vontade (homossexual) (1) Comeu e Guardou Comeu Mais Docecomomel(hgata) (1) Comi a empregada... Gostosa de todo jeito.Conto Erótico de Docecomome l(hgata) (1) Comi a namorada do meu amigo.Conto Erótico de Docecomomel (hgata) (1) Comi gostoso meu ajudante. (1) Comi gostoso no acampamento.Contos eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Comi um gay por excesso de tesão.Conto erótico de Docecomomel (1) Como Seduzi Meu Padrasto (1) Compadre só da cintura pra cima (1) Conto de Docecomomel (1) Conto Erótico de Docecomomel(hgata) Aventura de um garoto de programa (1) Conto Eróticos Docecomomel (1) Conto Eróticos de Docecomomel(hgata)Maratona sexual bom demais (1) Conto Eróticos de Docecomomel(hgata)Um Amor Indecente (1) Conto Lésbico (1) Conto de Docecomomel (hgata) Descobertas de Adolescente (1) Conto de Docecomomel(hgata) (1) Conto eroticos de Docecomle(hgata) Traições e Carências (1) Conto erótico de Docecomomel(hgata)Sedução Fogo e Paixão (1) Conto eróticos de docecomomel(hgata) Quando enrabei um Emo (1) Conto heterossexual (1) Conto homo (1) ContoEróticode Docecomomel(hgata) (1) ContoTrepando gostoso com meu vizinho coroa Conto Erótico de Docecomomel (1) Contoe eróticos de Docecomomel(hgata) Meu primeiro Orgasmo (1) Contor Eróticos de Docecomomel(hgata)Transando Com Uma Bissexual (1) Contos de Docecomomel (hgata) (1) Contos Eroticos Docecomomel(hgata) Anjos ou Safados (1) Contos Eroticos Docecomomel(hgata) Jovem Belo e Gostoso (1) Contos Eroticos Docecomomel(hgata) Meu jovem aprendiz do Amor (1) Contos Eroticos de Docecomomel (hgata) Negros Minha Tara. (1) Contos Eroticos de Docecomomel (hgata)Meu Padrasto meu 1º Homem (1) Contos Eroticos de Docecomomel(hgata) Sexo Prazeres do meu corpo (1) Contos Eroticos de Docecomomel(hgata)Meu noivo é Um corno Manso I (1) Contos Erótico docecomomel(hgata) (1) Contos Erótico de Docecomomel(hgata)Perdendo a Vergonha (1) Contos Eróticos Sexo animal Docecomomel(hgata) (1) Contos Eróticos Desejos e Prazer Docecomomel(hgata) (1) Contos Eróticos Eu e meu entregador de pizza Docecomomel(hgata) (1) Contos Eróticos Carências e Excessos de Desejos;Docecomomel(hgata) (1) Contos Eróticos Dueto Meu querido Bombeiro Docecomomel(hgata) (1) Contos Eróticos Meu Cunhado e Eu Docecomel(hgata) (1) Contos Eróticos Noites de Prazeres Docecomel(hgata) (1) Contos Eróticos Trilhas dos Prazeres Docecomomel(hgata) (1) Contos Eróticos Web Mensagens (1) Contos Eróticos ca Docecomomel(Hgata) Traí Gostei e teve Bis (1) Contos Eróticos de Docecomomel (hgata)Amor e Muito Sexo virtual (1) Contos Eróticos de Docecomomel(hgata) Escrava do Prazer (1) Contos Eróticos de Docecomomel(hgata) Fudendo com meu pedreiro (1) Contos Eróticos de Docecomomel(hgata)Perdendo a Inocência (1) Contos Eróticos de Docecomomel. (1) Contos Eróticos deDocecomomel(hgata) Aprendiz de garanhão (1) Contos Eróticos deDocecomomel(hgata) Ménage com à amiga da esposa I (1) Contos Eróticos dose dupla Docecomel(hgata) (1) Contos de Docecomomel(hgata)Inocente Tesão (1) Contos de docecomomel(hgata) Conto Homossexual (1) Contos eroticos Docecomomel(hgata)Traí e fiz uma DP deliciosa (1) Contos eroticos da docecomomel(hgata)Prazeres (1) Contos eroticos da docecomomel(hgata)Uma morena Insaciável e safada (1) Contos eroticos de Docecomomel(hgata) Caindo de boca ...Na folia (1) Contos eroticos de Docecomomel(hgata) transei com dois na madrugada (1) Contos eroticos de Docecomomel1ª vez de uma adolescente (1) Contos eroticos de docecomomel(hgata)O Negão me enrabou...Eu gostei (1) Contos eroticos de docecomomel(hgata)Sexo sem Medo e Pudor Só Prazer (1) Contos eróticos Docecomomel(hgata) Seduzi meu primo jovem (1) Contos eróticos Toca de Casais dá certo Docecomomel(hgata) (1) Contos eróticos de Docecomomel (hgata) Traição Virtual (1) Contos eróticos de Docecomomel Sendo Corno por opção II (1) Contos eróticos de Docecomomel Uma Ninfetinha Muito Safadinha (1) Contos eróticos de Docecomomel hgata) Amante de Um Casado (1) Contos eróticos de Docecomomel(Hgata) Negro e bem dotado (1) Contos eróticos de Docecomomel(Hgata) Uma Trepadinha Rápidinha (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata) Aprendiz de Amante (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata) Calcinhas meu maior fetiche (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata) Dando e recebendo Amor (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata) Inocente Tesão II (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata) Minha Primeira Amante (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata) Um viuvo bom de Cacete (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata)Comendo do que gosto. (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata)Desejos de Um Coroa (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata)Perdendo o Cabaço (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata)Traindo com a amiga da esposa 2ª parte (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata)Traindo com amiga da esposa 1ª parte (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata)Traindo e gozando muito (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata)Transando com meu genro (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata)Um boy para uma coroa ousada (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata)Uma rapidinha com o massagista (1) Contos eróticos de docecomomel (hgata) Meu Amante Bom de cama (1) Contos eróticos de docecomomel (hgata)lFruto de Uma traição (1) Contos eróticos de docecomomel(hgata) Relato do meu 1º Anal. (1) Contos eróticos de docecomomel(hgata) Safadeza com um bissexual Enrustido Homo (1) Contos eróticos de docecomomel(hgata)Comendo uma Ninfeta Virgem e Gostosa. (1) Contos eróticos de docecomomel(hgata)Enrabando Uma ninfeta e um Emo (1) Contos eróticos de docecomomel(hgata)Meu 1º anal com minha namorada (1) Contos eróticos de docecomomel(hgata)Transando com meu Chefe (1) Contos eróticos deDocecomomel(hgata) (1) Contos eróticos deDocecomomel(hgata) Aventuras de Um Casado Fogoso I (1) Contos eróticos deDocecomomel(hgata) Sendo Corno Por Opção (1) Contos eróticos deDocecomomel(hgata) Transando Com Intenso Prazer (1) Contos eróticos deDocecomomel(hgata) Transando com meu genro II (1) Contos eróticos.com.br/ (1) Contos erótticos de docecomomel Trai meu noivo com meu patrão...E gostei muito! (1) Contos hot de docecomomel (1) Contos hotm contos picantes (1) Contos.Contos Eróticos (1) ContosEroticos Docecomomel(hgata) Desejos e Corpos Ardentes (1) ContosEroticos de Docecomomel(hgata) Meu Amante Bem Dotado. (1) ContosEroticos de Docecomomel(hgata) Meu Noivo é"Corno Manso" II (1) Contos´eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Corno (1) Corno Assumido (1) Corno Manso e Marido Fiel. (1) Corno Manso e Submisso.Contos Eróticos de Docecomomel (1) Corno Sempre Corno (1) Corno sem Vergonha e Manso (1) Corno...Mais feliz. (1) Coroa (1) Coroa Gostosa. (1) Coroa pai de minha amiga Docecomomel(hgata) (1) Coroa viúva carente gostosa.Contos eróticos de docecomomel (1) Crônica de Docecomomel (hgata) (1) Crônica de Docecomomel(hgata) Coneito de Natal HÕ Hô (1) Crônica de Docecomomel(hgata) Paixão Minha Sedução (1) Cuidando e dando muito ao meu vizinho.Conto erótico deDocecomomel(hgata) (1) Cunhada Safadinha e Gostosa. (1) Curtindo Uma DP Contos eróticos deDocecomomel(hgata) (1) Dando No Plantão Docecomomel(hgata) (1) Dando a meu Senhor (1) Dando para o marido da minha mãe. (1) De Caso com meu Cunhado (1) De babá a amante de luxo (1) De donzelo a garanhão. Conto Eróticos de Docecomomel (1) De faxineira a minha amante! Conto de Docecomomel (1) De motorista a amante da patroa. (1) De tio atual amante. Contos de Docecomomel (1) Deficiências (1) Dei Corno Em minha própria cama Contos eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Dei a meu vizinho Voyeur (1) Dei de presente uma mulher. Docecomomel(hgata) (1) Depois de casada... Traí com o filho da vizinha.Contos Eróticos de Docecomomel (1) Desabafo (1) Desabafo de uma mulher casada e infeliz.Contos Eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Desabafos de Uma mulher Casada e Infeliz Docecomomel(hgata) (1) Desejos e Taras (1) Devaneios e Prazeres de Gabi Docecomel(hgata) (1) Devassidão de Namoro Docecomomel(hgata) (1) Dia do Beijo (1) Doce mel Video e letra da música (1) DocecomoMel (hgata) Agradecimento (1) Docecomomel (hgata)Contos Rróticos (1) Docecomomel Conto Erótico.Trepada Casual Com Intenso prazer (1) Docecomomel Contos Eróticos (1) Docecomomel Poema (1) Docecomomel conto em espanhol Yo ... Y el padre de mi amigo (1) Docecomomelcontista (1) DocecomomoMel &Climax contos (1) Doces Desejos de Meninos (1) Dois milhoes de acessos blog sensacoes com emoçoes. (1) Don Juan e Bom de Cama Docecomomel(hgata) (1) Dormindo com a madrinha! (1) Dou corno no meu tio... E dai?Docecomomel (1) Dupla penetração docecomomel(hgata) (1) Duvidou Caiu na Vara do Negão (1) Eduardo Boquinha Santa (1) Ela pediu comida eu dei Sexo! Contos Eróticos de docecomomel (1) Em teus olhos (1) Embarcando no ônibus do prazer (1) Empregada Gostosa E Safada Contos eróticos de Docecomomel (1) Empregada Gostosa e Eu. (1) Empregada Tesuda. Contos eróticos de docecomomel (1) Encochada e comida no ônibus lotado.Contos eróticos de Docecomoml (1) Encochada no Trem (1) Encochado pelo negão no ônibus (1) Encontro de Machos... Famintos por sexo.Contos Eroticos de Docecomomel (1) Encontros e Safadezas na Noite (1) Enrabado pelo meu tio (1) Entregador de água bem dotado...Contos eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Era motorista agora amante.Conto Erótico d3e Docecomomel(hgata) (1) Esposa do meu tio (1) Estagiário tesudo e safado (1) Estranho desejos Docecomel(hgata) (1) Estreando um Gay Virgem Docecomel(hgata) (1) Estrepulias em tardes de sábado Docecomomel(hgata) (1) Estuprada pelo cunhado. (1) Eu Sou um Corno...e Manso (1) Eu Traì Meu Namorado Docecomel(hgata) (1) Eu Traí pela Força da Carência Docecomomel(hgata) (1) Eu com meu professor de Auto escola Docecomomel(hagata) (1) Eu com meu professor de autoescola. (1) Eu com uma Bi docecomomel(hgata) (1) Eu e Meu Nerd Tesudo (1) Eu e Eles ll Docecomomel(hgata) (1) Eu e Meu Dentista Docecomomel(hgata) (1) Eu e Meu Negão Safado Docecomomel(hgata) (1) Eu e Um Coroa Safado Contos Eroticos de Docecomomel (1) Eu e Você Conto EróticoDocecomomel(hgata) (1) Eu e a coroa casada e gostosa. (1) Eu e meu garoto de programa (1) Eu e meu padrasto. (1) Eu e meu primo Felipe (1) Eu e meu tio adotivo (1) Eu e o pai de minha amiga Docecomomel(hgata) (1) Eu eoBoy da Empresa Docecomomel(hgata) (1) Eu meu marido e um amigo! Conto de Docecomomel (hgat) (1) Eu minha esposa e sua namorada.Contos Eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Eu não sou gay (1) Eu sou corno... Manso e daí? Contos Eróticos de Docecomomel (1) Eu traí e adorei...A traição.Contos Eróticos de Docecomome (1) Eu traí por ciúmes. (1) Evangélica Safadinha e Gostosa. (1) Ex -sogra atual amante.Contos Eróticos de Docecomomel (1) Ex-namorada agora putinha safadinha.Contos Eróticos de Docecomomel (1) Ex-namorada...Agora amante. (1) Exames e Algo Mais Com Meu Ginecologista Contos eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Excitação ou Desejo Docecomomel(hgata) (1) Explosão de tesão e prazer. (1) Fantasias Uma DP na praia de “Nudismo”Conto Erótico de docecomomel(hgata) (1) Faturando a colega de trabalho. (1) Fazendo Amor a beira mar. Docecomel(hgata) (1) Feliz Ano Novo (1) Feliz simplesmente (1) Fetiche Docecomomel(hgata) (1) Fetiche a dois. (1) Fetiche de um casado bi-sexual Conto de ocecomomel (hgata) (1) Fetiches Traição e Safadeza! (1) Finalmente me tornei Corno (1) Fiz Sexo Oral com um Coroa. Docecomel(hgata) (1) Fiz de meu colega um corno. E manso.. Contos Eróticos de Docecomomel (hgata) (1) Flagrei Meu sogro Transando com a Empregada (1) Folias de Carnaval (1) Força e Tesão (1) Frases Picantes I Web Mensagens (1) Frases Picantes II Web Mensagens (1) Fudendo a mulher do meu tio (1) Fudendo a mulher do meu tio. II (1) Fuga Sexual Com Muita Safadeza Contos Eróticos Docecomomel(hgata) (1) Fui Traída por minha Amiga. (1) Fui Traída por uma amiga Docecomomel(hgata) (1) Fui comido Enganado Docecomomel(hgata) (1) Férias Sexo e Jovens Docecomomel(hgata) (1) Gay (1) Gosto de comer e adoro ser Comido (1) Infiel (1) Insanos Desejos Docecomel(hgata) (1) Interação Meu doce mel Docecomomel(hgata) (1) Invasão de WC Docecomomel(hgata) (1) Irmã do meu amigo virou minha amante. (1) Jovens em Êxtases e Delirios Contos Eróticos de Docecomomel (hgata) (1) Letra Musica e texto de "coisas de la vita" (1) Letra Música Rita Lee Amor e Sexo (1) Letra de música Cavalgada (1) Libido (1) Loirinha novinha bem safadinha.Contos hot (1) Loucos Desejos Docecomomel(hgata) (1) Loucuras de Prazer Docecomel(hgata) (1) Luxuria e Traição (1) Mais um Corno Feliz.Conto Erótico de docecomomel (1) Mais um gay na minha vida. Conto eróticos de docecomomel (1) Marcia Uma insaciável. Docecomel(hgata) (1) Marcos Transa ou Paixão Docecomel(hgata) (1) Marcão (1) Marketing Direto (1) Me Descobrindo Lésbica Conto homossexual feminino (1) Melina uma doce mulher. (1) Menage Feminino (1) Menage com o marido de minha tia (1) Menina Mulher Docecomomel(hgata) (1) Mensagem sex. Docecomomel(hgata) (1) Meu 1º Caso extra conjugal Docecomomel(hgata) (1) Meu Amante do Interior (1) Meu Anjo e Querubim (1) Meu Corpo Capricho e prazeres ...BDSM Ou não? Contos eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Meu Enteado Bom de Cama Docecomomel(hgata) (1) Meu Enteado Safado.Contos eroticos de Docecomomel (1) Meu Ex cunhado Safado e Gostoso Docecomomel(hgata) (1) Meu Fetiche é meu maior tesão. (1) Meu Namorado "Afro e bem dotado". (1) Meu Negro Lindo Tesudo (1) Meu Padrasto Tesudo (1) Meu Prazer é Você Docecomomel(hgata) (1) Meu Primo Safadinho (1) Meu Primo Tarado e Tesudo (1) Meu Primo e Eu Docecomomel(hgata) (1) Meu Professor de Academia Safado:Contos de docecomomel (1) Meu Professor de Hidro Docecomomel(hgata) (1) Meu Vizinho Garanhão (1) Meu amante é bem dotado (1) Meu amante é um negro safado! (1) Meu amigo virtual (1) Meu colega comeu minha mulher.Contos Eroticos de Docecomomel (1) Meu colega de quarto me comeu (1) Meu cunhado... Fez meu marido virar corno! (1) Meu dia de Puta (1) Meu enteado Safado 2 (1) Meu enteado safadao. (1) Meu ex-primo..Atual amante.Docecomomel(hgata) (1) Meu fetiche com a empregada (1) Meu macho é namorado de minha mãe (1) Meu marido gostou de ser corno! (1) Meu noivo é"Corno Manso" (1) Meu padrasto meu primeiro homem (1) Meu primo Safado (1) Meu primo bem tesudo e safado (1) Meu primo meu macho. (1) Meu professor meu macho Safado (1) Meu pupilo adorável e gostoso Docecomomel(hgata) (1) Meu querido gigolô Docecomomel(hgata) (1) Meu técnico meu macho (1) Meu vizinho meu maior tesão. (1) Meu vizinho safado e tesudo..@docecomomelcontos (1) Meu vizinho é corno manso...I (1) Meu vizinho é corno manso...II Contos eróticos de Docecomomel (1) Meu vizinho é muito safado (1) Meu Ébano Docecomomel(hgata) (1) Meus desejos de Amor Docecomomel(hgata) (1) Meus desejos de amor.Conto erótico de Docecomomel Meus desejos de Amor (1) Minha 1ª Vez foi com Um Gay (1) Minha 1ª traição (1) Minha 1ª traição foi com um novinho da Web. (1) Minha Chefa me Seduziu... Amei... (1) Minha Enteada Safadinha. (1) Minha Lua-de-mel.Docecomomel(hgata) (1) Minha Massagista Tarada (1) Minha Prima Safada e Tesuda...Contos hot (1) Minha Prima Tesuda. (1) Minha Prima Virgem e Safada... @@Docecomomelcontos (1) Minha Vizinha Safada e Gostosa. (1) Minha amante casada (1) Minha amante casada...@docecomomel (1) Minha colega de trabalho safada (1) Minha colega de trabalho é uma puta gostosa (1) Minha enteada e Eu. (1) Minha esposa me deu corno com meu vizinho.Contos Eróticos de DocecomoMel (1) Minha iniciação em sexo anal .Contoeróticos de Docecomomel(hgata) (1) Minha namorada com meu primo.@docecomomelcontos (1) Minha prima boa de foda (1) Minha prima putona (1) Minha prima safada. (1) Minha primeira foda com uma coroa. (1) Minha primeira vez Docecomomel(hgata) (1) Minha primeira vez. (1) Minha primeira “Virgem” Contos eróticos de docecomomel (1) Minha sogra...Minha puta! (1) Minha tia minha 1ª foda. (1) Minha tia minha amante.Contos Eróticos de Docecomomel (1) Minha tia safada.mContos eróticos de docecomomel (1) Minha vizinha novinha safadinha.Contos eróticos de docecomomel (1) Minha vizinha safada (1) Minha vizinha safada. (1) Modelos imagens (1) Moema (1) Morena Safada.Contos Eróticos de docecomomel (1) Muito Sexo com Minha Chefe (1) Mulher tem que ser igual puta (1) Ménage Entre Amigos Docecomomel (hgata) (1) Ménage com as 2 irmãs. (1) Ménage com duas Safadas e Gostosas (1) Ménage com filho e sua mãe.Contos de DocecomoMel (1) Ménage com minha esposa.Conto Eróticos de Docecomomel (1) Ménage com à Amiga da Esposa (1) Ménage à trois... No Albergue... (1) Ménage à trois... No Albergue... Docecomel(hgata) (1) Na Cabine de um caminhão. docecomomel(hgata) (1) Na Calada da noite...Meu cunhado fodeu gostoso comigo!Contos eróticos de docecomomel (1) Na calada da noite...Meu cunhado transou comigo Contos eróticos de docecomomel(hgata) (1) Na dúvida optei em Dá (1) Na garagem dentro do carro docecomomel(hgata) (1) Negro e bem dotado...Alguém resiste? (1) Ninfeta do Interior Docecomomel(hgata) (1) Ninfeta safadinha Deu...e Arrependeu (1) Ninfetinha Safadinha Docecomomel(hgata) (1) No Escuro do Cinema Docecomomel(hgata) (1) No motel de Beira de Estrada Docecomomel(hgata) (1) No ônibus Docecomomel(hgata) (1) Noites de Insônia e o vigia .Conto eróticos de DocecomoMel(hgata) (1) O Boy do Mercadinho (1) O Chefe e sua Estagiária. (1) O Maridoda minha tia II Docecomel(hgata) (1) O Namorado da minha amiga Docecomel(hgata) (1) O Pecado Mora ao Lado Docecomel(hgata) (1) O chefe e sua estagiária (1) O clímax do tesão em traí (1) O marido de minha tia Docecomel(hgata) (1) OBRIGADO UM MILHÃO DE ACESSOS (1) Orgasmos Múltiplos Docecomomel(hgata) (1) Orgasmos Poéticos (1) Orgasmos no ônibus II Docecomomel(hgata) (1) Orgia ou Ménage (1) PRIMA CARENTE E PUTA (1) Pagando Traição com Traição (1) Pagando um boquete pro negão (1) Pagou Dividas Com Sexo (1) Paixão e Docecomomel poema Eterno amor docecomomel(hgata) (1) Para ser corno tem que ser manso! Contos de Docecomomel (1) Parceiros AmantesDocecomomel(hgata) (1) Patricia...Indecente... mas feliz! Conto Eróticos de docecomomel (1) Paulo e Déia um caso Surreal.Será?Docecomel(hgata) (1) Pegando a cunhada Novinha.Contos de DocecomoMel (1) Pegando namorado da amiguinha Conto da Docecomomel (1) Peguei a mulher do meu tio.Contos Eroticos de Docecomome (1) Peguei minha prima e sua amiguinha! Contos Eróticos de Docecomomel (1) Pintando o 7 Docecomomel(hgata) (1) Poema Desejos de Você Docecomomel(hgata) (1) Poema Doce desejos Docecomomel(hgata) (1) Poema Erótico Abraça-me Docecomel(hgata) (1) Poema Erótico Quero Você Docecomel(hgata) (1) Poema Erótico Sabor de Canela Docecomomel(hgata) (1) Poema Erótico Vem..te queroDocecomomel(hgata) (1) Poema Você e Eu Docecomomel(hgata) (1) Poema em dueto com Antonio Tavares.e Docecomomel (1) Poemeto de Docecomomel(hgata) raimunda a boa de bunda (1) Poeminha do Beijo (1) Poeminha do Querer Docecomomel(hgata) (1) Poetando na Blogsfera Eu e Você (1) Prazer e Tesão com Foda Bareback (1) Prazer de ser corno manso (1) Prazer de ser corno manso! (1) Prazeres de Mneina em Corpo de Mulher Docecomomel(hgata) (1) Prazeres e Êxtase (1) Prima é perigo constante. (1) Primeiro anal... Inesquecível.Contos Eróticos de Docecomomel (1) Priminha Safada Carente (1) Primo do meu marido meu amante.Contos de docecomomel (1) Professora Particular Contos Eróticos de Docecomomel (hgata) (1) Prosa poética Calo-me Docecomomel(hgata) (1) Prova de sedução (1) Provando de meu Mel (1) Putaria com a novinha. (1) Quietinha e de Madrugada Docecomomel(hgata) (1) Rafael meu 1ºMacho Fudedor (homossexual) (1) Recado do Blog (1) Relato De Um Estupro (1) Relato de um corno conformado. (1) Relato de uma Safadeza.. Docecomel(hgata) (1) Saciando desejo da esposa do primo.Contos Eroticos de Docecomomel(hgata) (1) Safada Ou Santinha?? (1) Safadeza na Noite (1) Safadeza no Escuro do meu Quarto. (1) Safadinha e o coroa pai da amiga. (1) Safadinha.Contos Eróticos de docecomomel (1) Safado e Bem Dotado (1) Saudades Sentidas Docecomel(hgata) (1) Saudades de Meu Bem DocecomoMel(hgata) (1) Saudades e Tesão Docecomomel(hgata) (1) Seduzida pelo meio Irmão (1) Seduzindo o Cunhado (1) Sem Preconceitos Docecomel(hgata) (1) Sem ter o que fazer (1) Sendo Corno por Opção (1) Sensualidade e Êxtase docecomomel(hgata) (1) Ser Corno Manso é Prazeroso.Contos Eróticos de Docecomomel (1) Ser Corno Manso é só Tesão.Contos eróticos de Docecomomel (1) Ser Corno e Prazer Surreal. (1) Sexo Anal Prazer Infinito (1) Sexo Casual com um colega. (1) Sexo Casual e Safadeza (1) Sexo Prazer Força e Tesão Contos de Docecomomel (1) Sexo Traição em Família (1) Sexo Virtual Docecomomel (hgata) (1) Sexo e Aventuras (1) Sexo e Desejo Intenso.ll (1) Sexo e Desejo Intenso.parte l (1) Sexo entre amigos! (1) Sexo...Amei comer um rabo guloso. (1) Siririca Meu Bel-prazer (1) Siririca No Cinema Docecomel(hgata) (1) Sobrinha Bem Safadinha (1) Sonhos e Desejos Realizados (1) Sou Garoto de Programa.Contos Eroticos de Docecomomel (1) Sou Mundana e Dama (1) Sou um corno submisso. (1) Swing Prazeres Compartilhados (1) Só... Hoje (1) Tarde de Amor e Sexo Docecomomel(hgata) (1) Tecnico ou Garanhão Docecomomel(hgata) (1) Tesão de Gay (1) Tesão e Traição. Contos Eróticos de docecomomel (1) Tesão e traição entre primos (1) Tesão em ser corno (1) Tomei a namorada do primo (1) Tornei-me amante de meu cunhado.Contos Eróticos de Docecomome (1) Tornei-me amante do meu sogro.Docecomomel(hgata) (1) Tornei-me uma Sub (1) Trai por não suportar abstinência. (1) Traido em minha propria cama<contos de Docecomomel (1) Traindo Com meu sobrinho Docecomomel(hgata) (1) Traindo com a esposa do meu primo. @ docecomomelcontos (1) Traindo com meu sobrinho II Docecomomel(hgata) (1) Traindo com um JovemDocecomomel(hgata) (1) Traindo com um garoto de programa Contos eróticos de docecomomel(Hgata) (1) Traindo com uma caipira gostosaDocecomomel(hgata) (1) Traindo por pura Safadeza (1) Traição Consentida (1) Traição corno manso (1) Traição e Safadeza Total (1) Traição em familia Docecomel(hgata) (1) Traição fora do comum. (1) Traição no Litoral Contos Eroticos Docecomomel(hgata) (1) Traição no Litoral em dueto com Tiozão &Docecomomel (1) Traição é Sempre Traição...Mas é bom demais (1) Traições Servem de Lições (1) Transa Teen (1) Transando Com Duas Ninfetas Contos Eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Transando Com Meu Chefe Docecomomel(hgata) (1) Transando Com Meu Genro III (1) Transando Com Minha Sogra (1) Transando Com Veu Vizinho Docecomel(hgata) (1) Transando Em Quatro Rodas (1) Transando Gostoso Na Cachoeira (1) Transando com Minha Sogra II Conto erótico de Docecomomel20112hotmail.com (1) Transando com a Vizinha Casada Contos Eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Transando com a amiga safada dos meus filhos... Contos Eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Transando com a mulher do amigo. (1) Transando com duas safadas (1) Transando com filho da empregada (1) Transando com filho da vizinha (1) Transando com meu professor de biologia (1) Transando com meu1ºAmante Conto eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Transando com minha cunhada. (1) Transando com minha sogra...@docecomomelcontos (1) Transando com o cunhado (1) Transando com o tio de minha amiga (1) Transando com um Amigo (1) Transando com um boy de programa (1) Transando gostoso com a chefa rabuda (1) Transando gostoso comeu tio (1) Transei Com Empregada Casada Safada: (1) Transei com a Prima Safada (1) Transei com a mulher do meu tio. (1) Transei com dois no ônbus Docecomomel(hgata) (1) Transei com meu Sogro E Agora (1) Transei com o namorado virtual de amiga...Contos Eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Transei com primo da namorada. (1) Transei com um bem dotado Adorei (1) Transei com um casado E dai.Docecomomel(hgata) (1) Transei com um travesti ...E gostei Contos Eróticos de Docecomomel (hgata) Video (1) Transei muito e gostei Docecomel(hgata) (1) Traçando a mulher do meu tio. (1) Traçando a tia da esposa...Contos Eróticos de Docecomomel (1) Traí (1) Traí antes do meu casamento:Contos Eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Traí meu marido com um sobrinho seu...Conto Erótico de Docecomomel (1) Traí meu marido com um sobrinho seu...Conto de docecomomel (1) Traí meu tio com sua mulher safada.Contos de Docecomomel (1) Traí sim (1) Trepando com minha cunhada gostosa (1) Trepando com minha cunhada gostosa II (1) Trova de amigos e docecomomel (1) Um "Cara" fora de série. (1) Um Amor Gostoso e Real (1) Um Antigo e Safado caso de amor.Contos eróticos de Docecomomel (hgata) (1) Um Cara fora de série. Docecomel(hgata) (1) Um Caso Real Docecomomel(hgata) (1) Um Caso Virtual que virou Real docecomomel(hgata) (1) Um Coroa prá de gostoso Docecomomel (hgata) (1) Um EMO safado em meu caminho. Contos Eróticos de Docecomomel (1) Um Encontro Casual Contos eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Um Incesto Inesperado (1) Um Pedreiro Comedor (1) Um amigo Virtual...Um Amante Real.@docecomomelcontos (1) Um amor de professor particular Docecomomel(hgata) (1) Um amor de verão Docecomel(hgata) (1) Um amor diferente Docecomomel(hgata) (1) Um bem dotado Contos Eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Um bem dotado fudendo adoidado (1) Um bem dotado... De repente uma traição. Contos de docecomomel (1) Um caso extraconjugal Docecomel(hgata) (1) Um coroa galante e gostoso (1) Um coroa muito safado Docecomomel(hgata) (1) Um donzelo em minha vida Docecomomel(hgata) (1) Um encontro casual... Uma transa sensacional...Contos Eróticos de Docecomomel (1) Um encontro casual...Um ménage sensacional.Contos de docecomomel (1) Um fetiche (1) Um fetiche e muito tesão! (1) Um final de semana Docecomomel(hgata) (1) Um louco desejo...Uma traição! (1) Um massagista bom de tudo. Docecomel(hgata) (1) Um negão...Como eu gosto (1) Um novinho para chamar de Meu! (1) Um pau amigo...Vale ouro! Contos de Docecomomel (1) Um pupilo devasso e gostoso (homo) (1) Um sexo diferente E Gostoso Docecomomel(hgata) (1) Um virgem bem dotado Docecomomel(hgata) (1) Um virgem e Eu Docecomel(hgata) (1) Um é... Dois é...Três e D++ da conta (1) Uma Casada inexperiente...Muito safada. Contos Eróticos de Docecomomel (1) Uma Coroa Carente e Tesuda (1) Uma DP com meu marido e seu amigo.Conto de Docecomomel (1) Uma Morena Tesuda Safada (1) Uma Mulher em Minha Vida (1) Uma Putinha Safadinha. (1) Uma amante casual safada demais (1) Uma amante só minha. (1) Uma aventura Alucinante.Contos Eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Uma balzaquiana Fogosa (1) Uma boa opção uma amante...Safada.Contos eróticos de Docecomomel (1) Uma carona legal Docecomomel(hgata) (1) Uma casada Safada. (1) Uma deliciosa DP.Com dois irmãos (1) Uma festa muito boa. Docecomomel(hgata) (1) Uma festa surreal...Uma traição. (1) Uma mulher Papa-Anjo (1) Uma putinha gostosa. (1) Uma putinha só minha. Contos Eróticos de Docecomomel (1) Uma safadinha só minha (1) Uma sobrinha gostosinha (1) Uma tal Larissa casada e putinha.Contos de Docecomomel (1) Uma tarde de prazer.Docecomomel(hgata) (1) Uma traiçao Uma magoa docecomomel(hgata) (1) Uma traição (1) Uma transa no meio da tarde (1) Uma vizinha putinha e safadinha ! Docecomomel Contos Eróticos (1) Uma viúva carente e gostosa.Contos Eróticos de Docecomomel (hgata) (1) Uma voz... Uma cantada ...Uma noite de amor. (1) Valores Jovens Pessoas (1) Vem Web Mensagens (1) Viagem ao Portal do Amor Docecomomel(hgata) (1) Video de Docecomomel (1) Video e Imagem Chico Buarque O Meu amor (1) Vinícius de Morais (1) Vivenciando o Amor (1) Vizinha amiga e amante: Contos de docecomomel (1) Vizinha Safada e Gostosa. (1) Vizinha e Amante Safadinha (1) Vizinha putinha. (1) Vizinha safadinha e Gostosa Docecomel(hgata) (1) Vizinhos e Amantes: (1) Web Curiosidades (1) Web Informações (1) amante (1) amiga de minha mãe (1) amor e paixão (1) blogs (1) blogs docecomomel (1) com amigo do namorado! Contos docecomomel (1) contista docecomomel (1) conto (1) conto eroticos (1) conto erótico docecomomel (1) contos de docecomomeel (1) contos de sexo (1) contos de sexo.Docecomomel (1) contos de tesão. (1) contos docecomomel contos hot docecomomel (1) contos eróticos de docecomle(hgata) Comendo a babá em seu trabalho (1) contos eróticos de docecomomel(hgata) Galinhando com meu namorado (1) contos homosexxual (1) contos top (1) contoshot (1) de Docecomomel(hgata) Aprendendo a nadar eu Traí...E Agora? (1) docecomome (1) docecomomel contos (1) docecomomel(hgata) (1) docecomomel(hgata) Cronica azeda (1) erotico (1) eroticos (1) foi com meu cunhado (1) http://sensacoescomemocoes.blogspot.com.br/ (1) l@docecomomelcontos (1) lcontos (1) magens da segunda (1) mas sem pretenção Contos Eróticos Docecomomel (1) minha amante. (1) o (1) orgasmo no ônibus Docecomel(hgata) (1) pornografia gifs (1) safada (1) safadeza (1) sensual (1) sexo (1) sexy (1) sexy tesão (1) só fodo com eles Contos Etóticos de Docecomomel (1) tio (1) traição. (1) uma aventura total. (1) uma foda perfeita (1) uma morena safada (1) uma trepada casual! Contos Eróticos de Docecomomel (1) virou meu amante.Conto erótico de DocecomoMel (hgata) (1) web Mensagens A Dieta do Sexo (1) web mensagens O beijo (1) Êxtases Delírios e Sacanagens (1)

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.
free counters

.

"Nunca é tarde para abrirmos Mão dos nossos Preconceitos "