Crie Não Copiei

Crie Não Copiei
Mostrando postagens com marcador Conto Erótico de Docecomomel(hgata). Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Conto Erótico de Docecomomel(hgata). Mostrar todas as postagens

sábado, 31 de outubro de 2015

Corno...Mais feliz.





Olá pessoal vou relatar como e quando eu comecei a ser um corno manso. Foi a partir da primeira vez que minha noiva na época me fez senti a melhor sensação de minha vida. Pois bem eu sou Ricardo tenho 32 anos sou casado e somos liberais.
Quando há alguns anos atrás eu estava noivo de Adriana uma morena muito gostosa que sempre chamou atenção por onde passamos, naquele final de semana fomos a um aniversário em um sitio de um parente da minha noiva.
A festa estava muito animada tomamos algumas bebidas, dançamos e namoramos muito.
Eu feliz da vida com minha noiva, vendo-a sendo muito cobiçada por todos os homens ali presente.
Mais eu tinha certeza que ela era só minha. Apesar de atrair os olhares de outros homens.
Estava ficando tarde e depois de ter tomado as bebidas não nos deixaram ir embora.
Sei que é perigoso dirigir alcoolizado além de ser um ato irresponsável concordei em ficar por lá.
Como tinha muita gente o único lugar que tinha vago era o quarto do primo dela, a tia da minha noiva sugeriu que dormíssemos na cama dele. Eu concordei já estava exausto doido para descansar. Deitamos abraçadinhos na enorme cama de casal.
No meio da noite o primo de minha noiva o Leandro entrou para o quarto e deitou-se na ponta da cama.
Sendo que ela estava deitada no meio.
Adriana estava ainda acordada e eu também, só que ela não percebeu que eu estava apenas descansando com os olhos fechados.
Foi quando eu percebi um movimento rápido da minha noiva que fez com que ela ficasse deitada sobre meu peito e a bunda ficasse virada para seu primo Leandro, que malandro não perdeu tempo.
Eu ressonava sem perder um minuto de toda cena espetacular ali na minha frente.
Fiquei doido de tesão quando vi o Leandro lentamente se aproximar e começar a roçar o cacete na bunda de minha noiva.
Adriana logo colocou uma de suas mãos para trás e começou apalpar o cacete do seu primo tarado.
Os dois agiam como se eu não estivesse ali naquele momento.
Depois de alguns minutos de mãos bobas minha noiva Adriana ajoelhou-se na cama e começou a pagar um boquete em seu primo Leandro.
Meu cacete estava a ponto de explodir, ela gemia baixinho e ele também.
Foram os dez minutos mais tensos e cheios de tesão que tive em toda minha vida. Mais valeu a pena o prazer que eu sentia.
Depois eu fiz um movimento como se tivesse me virando na cama, mais foi para ceder mais espaço para eles, fiquei de lado assim eu conseguia ter a visão exata do que eles estavam fazendo.
Adriana convencida do meu alcoolismo nem pensou duas vezes em poucos minutos estava rebolando no cacete do seu primo.
Ele subia e descia os quadris, ela rebolava como uma gazela safada.
Muito safada percebi sua respiração entrecortada por suspiros era seu orgasmo em plena cavalgada.
Sossegaram alguns minutos. Depois vi seu primo Leandro ficar em pé próximo à cama e começar a se masturbar e em instantes lançar jatos e mais jatos de leite na cara da minha noiva Adriana.
Foi muito gozo. Logo ele se retirou do quarto.
A safada se limpou e depois ainda suspirando me abraçou.
Foi quando percebeu que eu estava de cacete duro, ai veio no meu ouvido e chamou-me de corno safado.
Eu louco de tesão apenas sorri.
Ela beijou-me abaixou minha calça e começou um galope desenfreado logo em instantes uivava como uma louca gozando em meu cacete.
Vire-a de quatro (4) e soquei sem piedade, metia com força e vigor fazendo-a gemer urrando como a um animal no cio. Puxei seus cabelos, socando sem parar ate que não aguentei mais e enchi sua xoxota gulosa com muito leite.
No outro dia acordamos e fingimos que nada acontecido.
Foi a primeira vez que eu me tornei um corno submisso.
Não tenho vergonha de dizer que adoro saber que minha esposa gostosa, safada, ama sair com outros homens e eu concordo e sinto tesão,que depois de algumas horas de sexo fora de casa ela está toda entregue só para mim.
Gosto de chupar ela e sentir o grelo dela bem molinho na minha boca.
Depois disso aconteceram outras dezenas de situações com outros homens e hoje somos muito felizes e bem casados e nesse tempo ela já teve transas com uma infinidade de homens. Sempre comigo vendo ou sabendo
Sei que nem todos concordam, mais eu não sou dono do corpo dela, apenas quero vê-la feliz e ela a mim.
Sentiram-se prazer nisto é problema nosso mais que sentimos sensações de intenso prazer eu não posso negar.
Agora estamos casados felizes e se depender de minha vontade minha esposa amada Adriana vai foder é muito. Eu quero é vê-la feliz e realizada como mulher.



DocecomoMel
Feira de Santana,30 de outubro de 2015.
Bahia Brasil.

quinta-feira, 10 de julho de 2014

Adorando ser corno conformado.


 Olá.
Eu sou o Marcos, casado com Milena há quatro anos, vivemos bem.
Temos um casamento um pouco liberal, ou seja, eu sou mais liberal, arranjo mulheres saio para curtir sei que minha esposa sabe ainda me pede para contar como foi à aventura e enquanto relato como foi ainda tivemos relações sexual muito gostoso.
Ela adora ouvir e fica super excitada ouvindo meus relatos.
Assim vamos levando nossa vida, Milena sente vontade de sair com outro homem, mas ao mesmo tempo tem medo, adora divertir com amiguinhos na internet gosta de fazer sexo virtual. Eu não me importo contando que preserve sua identidade.
Sempre conversamos e ficou acertado quando ela quisesse sair com outro macho teria meu total consentimento, mas...
Eu confesso que depois que minha esposa arrumou um novo emprego e começou a se vestir com maior afinco e em dias de sexta–feira sempre chegava um pouco fora do horário.
Eu comecei a sentir ciúmes.
Mas minha esposa me garantiu que quando gostasse de outro e fosse transar eu seria o primeiro, a saber.
E este dia fatídico finalmente chegou, na sexta feira passada minha esposa me telefonou do trabalho perguntando se eu poderia levá-la na casa de uma amiga onde teria uma festa de aniversario que todos da firma iriam.
Claro que concordei, mas fiquei enciumado principalmente quando vi minha esposa toda arrumada com uma saia preta e uma blusa fina também preta, que mostrava os bicos dos seios eriçados, eu fiquei com ciúmes, mas tínhamos um acordo, e hoje seria posto á prova.
Quando eu falei sorrindo porque toda vestida de preto hoje amor?
Porque hoje vou matar uma pessoa nos meus pensamentos e já estou de luto por antecipação.
Eu não entendi ou fingir não entender a resposta, mas, sentir de imediato a minha cabeça doer.
Assim fomos minha esposa estava linda com perfume delicioso que no caminho me deu vontade de comer ela ali mesmo dentro do carro, mas não podia então teria que me contentar com seu retorno ai sim teria a noite todinha só nossa.
Engano meu...
Na verdade minha esposa não quis me dizer que o aniversario era apenas um protesto de sair de casa toda arrumada e cheirosa Assim que eu a deixei no local estacionei o carro perto da casa onde haveria o tal aniversario e fiquei meio que escondido,eu suspeitava algo e logo em poucos minutos minhas suspeitas se confirmaram,seria o meu dia de corno finalmente minha esposa tomou coragem, para alegria e sofrimento meu.
Quando eu vi que ela saiu da casa e entrou em um carro luxuoso que de imediato identifiquei de ser do seu chefe. Eu fiquei desconfiado AÍ esperei escondido e a vi entrar no carro luxuoso, se beijarem e partirem.
Poxa que sofrimento perante a surpresa inicial, mas me acalmei e fui para casa e fiquei esperando. E meu pensamento em ebulição pensava será que é bem dotado?
Será que minha esposa vai dá seu delicioso rabo também, pois ela adora anal. E eu fazia mil perguntas sem respostas e o tempo passava e Milena demorando.
Mas quando relógio marcou duas (2) horas da manhã minha esposa Milena chega com a maquiagem borrada, sem calcinha e com os lábios vermelhos e um pouco inchada.
Eu a abracei e com coração em frangalhos perguntei e aí meu amor como foi sua aventura?
Ela disse que só me contaria na cama enquanto tranássemos, eu a beijei segurei pelo colo e levei até nossa cama.
Deitei e comecei a tirar suas roupas, marcas de chupão em seus seios, uma marca de um chupão em seu pescoço, ainda bem que não estava visível, seu cabelo escondia.
Quando Milena falou amor só volto a trepar com outro se você estiver comigo... Veja como ele me deixou em frangalhos e entre soluços me beijou dizendo que me amava queria transar naquela hora, como eu quisesse.
E sem esperar Milena foi contando como foi com seu amante no motel, dizia que seu cacete era fino e comprido cabeçudo cheio de veias e com certeza iriam voltar a ter relações sexuais, pois era seu chefe.
-Hum... Amor se você gostou claro que vai sim, mas precisa ser mais cautelosa com as marcas.
-Claro amor que serei mais cuidadosa da próxima vez, mas o tesão era tanto que acho que o motel todo ouviu meus gemidos, o cara sabe chupar uma xoxota que me deixou enlouquecida amor.
-Quando ele colocou uma pastilha na boca amor e começou a me chupar, comecei a sentir friozinho na xoxota que rebolava e gemia igual uma puta amor.
-Aí que delicia Milena veja como estou de cacete duro imaginando você gozando na boca daquele coroa safado.
-Hum delicia amor o coroa é bom demais fodemos muito gostoso, a experiência e a vontade de comer foi sensacional nossos momentos.
-Ainda mais que o safado sabia que sou casada.
E Milena começou a dizer como foi sua primeira traição e logo gozei de tanto tesão e em poucos minutos voltamos a trepar.
Ela conversando muito comigo me contando como foi no tal motel com o amante comedor...
E a cada estocada minha ela comparava com seu amante, até parecia que eu estava comendo uma prostituta de esquina de rua de tanto que e Milena gemia falando palavrões de baixo calão. E quando Milena ficou em pé na cama e veio dançando rebolando lentamente e deliberadamente sentou no meu cacete com seu rabo guloso fui á loucura.
Claro que não me agradava ver marcas de tapas na bunda tesuda de minha mulher, mas se ela gostou e sentiu prazer eu também como um corno assumido teria era que ficar calado e aproveitar os nossos momentos de tesão.Estocava sem dó naquele rabo delicioso ,ela gemendo igual uma putinha safada pedindo mais cacete e eu é claro...Metia sem dó quase destruía suas pregas ,ela nem sentia a espessura do meu cacete atochado no seu rabo,a safadinha gostosa quicava sempre rebolando e pulando que tinha momentos que só ficava a cabeçorra dentro...Aí ela descia de vez.
-Ah que delicia amor...
-Fode tua puta gostoso fode, Milena dizia isto e outras coisas.
Claro que eu adorando a situação metia sem dó ate gozar em todos os lugares possíveis da minha safadinha gostosa.
Assim acabou a minha primeira foda como corno conformado resultando, em um boquete uma espanhola e uma expirocada exemplar no rabo guloso da minha mulherzinha.
E como todo corno o dia seguinte foi de indagações, para quem não sabe o sonho de todo corno é um dia poder participar com a esposa e o amante.
E depois ficar comparando com qual dos dois, ela sentiu mais prazer.
Afinal ter mulher gostosa tem destas coisas.
Pois é... Eu como todo corno estou aqui ajudando minha esposa a se arrumar enquanto seu chefe e atual amante está esperando ela no estacionamento do condomínio... Mais tarde ela volta e eu estarei aqui para confortar, lamber e chupar minha putinha que cada dia mais safadinha fica e eu não ligo é claro.
Afinal pra que ligar?
Eu quero mesmo e vê-La sentar no meu cacete gemer e gozar muito gostoso.
Ainda mais agora que o chefe e comedor oficial dela lhe prometeu um carro novo, claro que vou gostar de ver minha safadinha dando seus roles pela cidade e com certeza outros machos irão surgir. E eu não me importo o tesão dela da para todos.
Mas eu continuo na minha fingindo que não sei de nada os caras ficam na maior saia justa com medo de eu pegar, sem saberem que eu aprovo as puladas de cerca de minha mulher e sou um cara feliz.


Docecomomel (hgata)




Feira de Santana, 09 de julho de 2014.
Bahia Brasil.



quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Embarcando no ônibus do prazer.





Ola:
 Eu sou a Marcela tenho 18 anos completos, sou morena com olhos e cabelos pretos sou estudante e até o mês passado só havia tido experiências em termos de sexo com meu namorado.
 Mas bem sei que ainda falta muito para me considerar uma mulher de verdade.
Minhas amigas de cursinho sempre relatam suas aventuras e eu apenas fico calada, pois a minha experiência deixava muito a desejar comparada a de minhas amigas que participam de verdadeiras orgias com amigos e amigas.
Mas nem todas as pessoas são iguais não é?
Mas hoje eu vou relatar uma aventura que me ocorreu quando fui visitar alguns parentes meus que moram em Curitiba.
Eu fui de ônibus era um dia de sábado e era minha primeira viagem sozinha...
Eu na minha infantilidade ainda era um pouco inocente...
Era muita boba parecia uma menina ainda, mas meu corpo chamava muito a atenção, pois eu tenho uma bunda grande.
Aí já sabem eu sempre era muito paquerada:
 Mas pouco eu saia, pois meus pais eram muitos severos, de casa para o cursinho ou se saia sempre acompanhada pelo meu irmão mais novo. Um pestinha de chato.
Mas vou confessar uma coisa eu não podia ver um rapaz bonito que adorava paquerar.
Sentia um fogo que minha vontade era de me atirar nos braços de alguns homens que eu nutria um verdadeiro tesão.
 Mas por timidez e medo da reação de meus pais me controlava.
Mas batia cada siririca enquanto me banhava que quase subia pelas paredes de tantos orgasmos consecutivos. E o tempo ia passando e eu só imaginava mil aventuras.
 Assim eu fui fazer minha primeira viagem sozinha.
 No pensamento desejos de aventuras.
Na estação rodoviária assim que o ônibus estacionou na plataforma de longe avistei um rapaz bem bonito que me chamou atenção, aff que bom que ele iria pegar o mesmo ônibus que eu.
Assim que entrei no ônibus procurei minha poltrona e assim que encontrei me sentei, era bem no meio do ônibus.
O ônibus não lotou, havia vários lugares vagos.
 Mas com poucos minutos antes da partida um homem sentou-se ao meu lado.
 Depois de um tempo observei que era o rapaz que eu avistei e havia achado bonito. Ironia do destino, tantas poltronas vazias ele vir sentar logo ao meu lado.
Entendi que a vida estava me dando motivos para realizar minhas fantasias de moça fogosa, e porque não dizer safada, pois eu só pensava em sexo e tinha sonhos arrebatadores que me acordavam no meio da noite com maior fogo na xoxota.
Tudo tem seu tempo minha avó me falava sempre e parecia que meu tempo havia chegado...
Meus olhos observavam bem assim de pertinho que o rapaz era um pouco mais velho do que eu...
Assim ficamos sentados lado a lado até que o relógio marcou nosso horário de partida.
Depois de alguns km rodados começamos a conversar foi ai que soube que iríamos para mesmo lugar. O ônibus seguia ser percurso e a conversa animada, mas era feita em voz baixa, pois muitos já dormiam.
Já era um pouco tarde.
E entre uma conversa e outra senti que a química que rolava entre nós era muito boa.
O Rafael era um bom partido, como dizia minha mãe um pedaço de mau caminho...
E a conversa ia rolando e o frio foi aumentando as luzes às margens da estrada cada vez mais escassa e nós dois embaixo de uma manta nossos corpos se tocavam e eu deliberadamente fui ficando excitada:
Caracas eu não vou mentir e não posso negar, mas estava louca pra transar no ônibus...
A adrenalina aumentava a libido assim íamos aos paquerando conversando...
Depois já de madrugada o ônibus parou e todos nós descemos para lancharmos.
Voltando para o ônibus Rafael deu-me um beijo... Assim um beijo roubado.
Levei até um susto, mas eu correspondi...
Logo voltamos a seguir viagem... E começamos a nos beijar... Eu por sorte estava de saia.
Ai facilitava tudo...
E ele ia me beijando e sua mão percorrendo meu corpo...
Apalpando meus seios... Seguia descendo logo colocou minha calcinha de lado e foi me fazendo um carinho... Em minha xoxotinha..
Eu já estava bem excitada toda ensopadinha quando ele atochou seus dedos, eu segurei um gemido e deixei Rafael brincando com meu grêlinho.
Seus dedos iam em um vai e vem e tirava e colocava chegando ate a lamber seus dedos melados de meu mel.
Foram momentos inesquecíveis de tesão e muito prazer.
Depois com descrição fomos sentar no fundo do ônibus aí foi minha vez de fazê-lo sentir prazer.
Abri suas calças... E tirei seu pau grosso e enorme bem duro...Fiz um carinho gostoso com minhas mãos.
 Depois o beijei e desci minha boca ate seu pau... Comecei a chupar só a cabecinha e aos poucos fui colocando todo em minha boca... E Rafael segurava  forte meus cabelos...Enquanto eu o chupava .
Sem deixar de acariciar suas bolas... Rafael gemia e se contorcia e eu não largava seu pau gostoso que babava misturando-se a minha saliva... Que escorria pelos cantos da minha boca gulosa.
Depois de alguns minutos alguém acendeu uma luz ai ficamos quietos, mas logo voltamos ao boquete maravilhoso. Foi a maior adrenalina quando Rafael abaixou-se e eu com as pernas abertas ele conseguiu me chupar.
Suspirei fundo eu quase gozo em sua boca sedenta que com sua língua gulosa brincava com meus lábios vaginais passando de um lado pra outro.
Depois de um bom tempo com os preliminares Rafael abaixou suas calças e eu fui lentamente sentar em seu colo ficando de frente para ele.
Mudamos de posição e... Fiquei de um jeito que poderia ser penetrada com maior facilidade.
E Rafael soube aproveitar cada minuto.
Quando Rafael encostou-se a minha xaninha que estava ensopadinha com uma estocada firme entrou até o talo. Segurei-me para não gritar não de dor, mas de prazer.
Rafael dava cada estocada forte e firme sempre segurando em minha bunda...
Sem querer esquecia e acabava soltando gemidos... Via luzes serem acessas aí...
Tínhamos que parar e ficar quietinhos, mas logo começávamos tudo novamente...
Eu cavalgava e rebolava fazendo o máximo para prolongar os momentos de êxtase.
Depois do meu segundo orgasmo foi a minha vez de fazê-lo gozar.
 Eu quicava em seu cacete que parecia uma eximia amazonas logo Rafael finalmente gozou, foram momentos maravilhosos sentindo seu gozo explodir dentro de minha vagina e sua boca ávida continuava chupando meus seios ao mesmo tempo...
E foi assim minha primeira viagem sozinha que me proporcionou uma da melhores trepadas que já tive em minha vida.
Eu e Rafael fudemos outra vez no raiar do dia até ambos gozarmos, foi muito bom aproveitei cada minuto da viagem.
Foi maravilhosa minha estadia em Curitiba, sem deixar de relatar que fiquei 15 dias e todos os dias Rafael esteve comigo. Achei um amante  que me transformou em uma mulher de verdade,sempre sedenta de sexo.
Depois eu conto como foi meu retorno da viagem.
Beijos a todos espero que gostem desta aventura que foi real.


Docecomomel
Skype/docecomomel2011@hotmail.com
Imagem do google






segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Minha Massagista Tarada






Olá.
Eu sou Sergio sou negro tenho 1,82 tenho cabelos e olhos pretos, sou um cara simpático. As garotas sabem como sou e sempre estão dando o maior mole.
Também a mulherada adora fazer propaganda e só bastou uma gata que curtiu uma noitada comigo em um motel dizer a uma amiga que sou bem dotado.
Ai vocês imaginam eu que trabalho de segurança em uma empresa composta em maioria por mulheres.
Ai já sabe que só basta eu passar pelo portão da empresa que ouço seus cochichos.
Assim começa minha aventura.
Eu fui indicado por um fisioterapeuta que precisaria fazer algumas massagens, como tenho vários amigos um deles me indicou uma massagista que é tia de sua namorada.
Telefonei e agendei uma hora de massagem.
Na ultima quinta feira depois do trabalho fui até a tal massagista.
Seu nome é Jamile tem 39 anos é loira e tem tudo no lugar. Sobrando bunda e seios que adoro mulheres com seios fartos adoro mamar igual bebezinho faminto.
Então quando cheguei falei com a secretária que tinha hora marcada para as 18.30.
Com poucos minutos chamaram-me pelo nome e me levaram até uma sala.
Quando avistei aquela mulher loira com seu guarda-pó branco meus olhos cintilaram de excitação.
Era uma loiraça com um par de seios enormes que pareciam que iam pular de dentro do soutien. E que bunda enorme uma potranca que fiquei morrendo de tesão para ter aquela bunda como uma garupa.
Adoro mulher da bunda grande...
Depois da pequena entrevista fiquei de cueca com uma toalha sobre os quadris.
Ali estava eu entregue as suas mãos macias e maravilhosas desenhando círculos em meu tronco.
Eu nem lembrava que tinha vindo ali para fazer massagem na minha coluna, pois minha hérnia de disco me incomodava e queria aliviar as dores.
O que estava sentindo mesmo era tesão.
Já tinha passado uns vinte minutos de massagem nas costas quando a loira linda e gostosa mandou que eu me virasse e ficasse bem relaxado que a massagem seria um completo relaxante muscular corporal.
Começou pelos pés apalpando e acariciando com leveza e destreza.
E foi subindo pelas pernas.
Depois que minhas pernas já estavam massageadas a loira que tinha o nome de Jamile se dispôs a massagear meu tronco e braços.
Eu atento as batidas do seu coração sentia sua respiração ofegante... Depois de alguns minutos ela me indaga se sou casado, sorri e respondi que não que as moças bonitas não me queriam.
Ela soltou uma sonora gargalhada e falou? Não acredito que um homem tipo você não tenha ninguém em casa esperando...
Aposto que deve chover mulheres...
-Nada eu trabalho demais e não tenho tempo para dedicar a uma família por enquanto.
Ah sei. .E ficamos calados e o silencio era nosso cúmplice e logo a toalha que estava sobre meu quadril foi tirada, olhei com firmeza para Jamile e fiz um sinal induzindo a brincar com meu cacete.
Ela sorriu afinal parecia um pé de coco em pé teso dentro da cueca.
E começou apalpar meu cacete e com o óleo foi massageando minha virilha, a cada minuto meu cacete foi ficando mais duro parecendo um porrete.
E Jamile usava suas duas mãos massageando meu cacete.
Eximia e eficiente massagem, entre dentes os gemidos saiam de nossas bocas.
Ai a mim não conseguia me controlar de tanto excitação meu cacete parecia uma tora negra com a cabeçorra acesa, o óleo que Jamile usou na massagem fazia-o brilhar mais ainda.
O tempo era curto ela tinha clientes aguardando na antessala, levantei e silenciosamente a fiz ficar sentada na cama da massagem afastei suas coxas, e atolei meus dedos em sua xoxota. Jamile gemeu segurei seus gemidos com um beijo e fiquei brincando com seu grelo entre meus dedos.
A safada gozava e gemia, seu gozo escorria pela minha mão.
Fiz o seu corpo tremular em espasmos com a intensidade de seu gozo.
Aguardei alguns minutos sua respiração se normalizar, fui ate a minha roupa peguei camisinha na carteira, coloquei no cacete, que envergava em direção a meu umbigo, aproximei-me de onde estava sentada e fui lentamente puxando em minha direção. quando senti que meu cacete estava entre seus lábios vaginais,puxei-a de encontro a meu corpo e meu cacete entrou com rapidez.
Também do jeito que a safada gozou meu cacete estava lambuzado de seu mel.
Segurando em suas coxas com firmeza estocava com força e vigor e com poucos minutos inundei a camisinha com farto gozo.
A loira gostosa ainda gozou na cabeça do meu cacete fazendo meu gozo se prolongar mais.
Silenciosamente retirei a camisinha e enrolando em papel toalha joguei no lixo. Jamile mais que depressa ajoelhou a meus pés e disse:Ah gato você não pode sair daqui com cheiro de xoxota,e abocanhou meu cacete deixando limpo e úmido.Claro que o tesão voltou,mas me controlei pois precisava sair minha hora de massagem havia terminado.
Massagem? Que massagem... Apenas um trepada memorável.
Logo com dois dias depois nós saímos eu com minha loira e fomos a um motel.
Pense em uma mulher vulcão insaciável. Mas claro que o negão aqui não negou fogo, mas pelo contrario fiz safada rabuda gemer muito enquanto traçava seu rabo. Como disse no inicio adoro montar em uma potranca e ficar dando tapas na bunda fico alucinado parece que quanto mais em meto cacete mais eu quero arregaçar estas loiras maravilhosas que adoram um negão.
E eu sou um negão e bom de cama.

Docecomomel(hgata)

Imagem de arquivo pessoal favor nao reproduzir*

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Me Descobrindo Lésbica







Olá,
Eu sou a Márcia.
Hoje vou relatar como foi que eu me tornei uma bissexual.
Foi no dia que aconteceu minha primeira relação homossexual
Em toda a minha adolescência tive alguns namoradinhos, mas continuava virgem.
Eu sempre saia com amigas para baladas e acontecia de ficar com garotos, mas ficava só entre beijos e abraços nunca deixei avançar o sinal conservei minha virgindade até meus 22 anos. Nosso grupo era formado por amigas de colégio e vizinhas, mas em nosso grupo tinha uma jovem que todos diziam que era lésbica.
Ouvia rumores apenas, mas nada que pudessem provar em fatos a verdade.
Eu não tinha nada a ver com a vida dos outros, mas na minha intimidade eu imaginava como era a relação de duas mulheres.
E o melhor disto tudo que eu me sentia bem imaginando eu com esta colega. Sentia  uma verdadeira paixão por Ivete minha colega, mas jamais dei a entender que nutria este desejo ardente por ela ou qualquer outra amiga do grupo.
Mas não poderia negar que tinha meu desejo oculto de namorar e ficar com outra mulher.
Digamos me sentia atraída.
Em muitas vezes eu ficava olhando colegas minhas se trocando no vestiário após o treino de handebol, só de ver os seios, ou até a xoxota, isto me deixava excitada.
Algumas trocavam de roupa na frente de todos.
Eu sempre me reservei, pois era muito tímida e retraída.
Imaginava em uma relação intima, mas o medo e o pudor que eu sentia tinha receio da repulsa. Assim eu continuava infeliz e apenas em momentos de solidão batia siririca pensando em alguma colega que sentia atração.
Sentia medo mesmo da sociedade medíocre que adora ditar ordens no desejo intimo de todos.
Eu ficava com medo de ser diferenciada entre as outras amigas, pois a cidade que morava era muito pequena e boatos seriam uma grande tristeza para meus pais.
Mas o tempo foi passando e as coisas foram mudando ate que:
Fui a uma festa certa vez, eu já tinha 22 anos era virgem ainda por incrível que pareça,
Era uma destas festas daquelas que tinha antigamente que fechavam a rua com muitas caixas de som.
Era festa comemorativa da cidade.
Ou seja, a cidade oferecia a seus moradores atrações musicais e havia muitas barracas de comidas e bebidas por toda praça central.
Todos gostavam e nós jovens aproveitávamos para sair da rotina do dia a dia da pacata cidade, pois nossos pais nos deixava ir.
Não havia violência nem drogas como nos tempos atuais.
O som alto e muitas pessoas se aglomeravam, amigos de colégio e todos da cidade participavam, era uma festa muito movimentada, muita gente de cidades circunvizinhas.
Eu estava com um grupo de amigos do colégio ,quando Ivete* uma amiga me chamou para ir até o banheiro, ela falou bem baixinho em meu ouvido.
-Marcia vamos ao banheiro comigo.
-Eu senti um arrepio quando ouvi sua voz em um sussurro em meu ouvido.
Esta amiga era Ivete a que todos diziam que era lésbica.
Eu nem pensei em negar a fazer companhia.
Afinal nós mulheres temos mania de sempre ir a banheiros em locais públicos em grupo.
Ali todo mundo achava que ela era lésbica
Quando ela me convidou para ir ao banheiro com ela,
Pensei comigo mesmo que seria desta vez que eu iria revelar meu mais intimo desejo.
Eu não vou conseguir me segurar, e foi sabendo que poderia rolar alguma coisa entre nós.
Assim que me dirigi ao banheiro, íamos conversando amenidades.
Tanto eu como Ivete já tínhamos tomado bebida alcoólica às escondidas e isto desinibe mais as pessoas.
Ai fui ao banheiro com Ivete era um pouco distante, no trajeto já fui pensando se ela tentasse algo eu não a repudiaria e aceitaria de boa.
Sentia aquele desejo oculto de saber como é mesmo o sexo entra nós mulheres.
Quando estava chegando perto senti um frio na barriga, uma vontade de ir e de não ir ao mesmo tempo, maldita indecisão.
Mas criei coragem e entramos no banheiro.
Quando chegamos ao banheiro, eu já estava com um tesão que minha calcinha parecia está encharcada.
Minha xoxota estava latejando de tesão.
Parecia que tinha um fogo interno.
Foi este tesão que me impulsionou e sem dúvida nenhuma eu gostava muito de mulher.
Nossa o banheiro estava lotado, muitas moças ajeitando maquiagem cabelo e fazendo suas necessidades fisiológicas.
Ficamos na fila eu e Ivete e quando lá no final do corredor desocupou um banheiro entramos as duas juntas.
Ivete falou em voz alta gente estou com dor de barriga, não fiquem importunando tem muitos banheiros ai disponíveis.
-Por favor.
Trancamos a porta.
E entramos as duas rindo, eu ainda estava inibida.
Assim que entramos ficamos bem próximas o espaço era pequeno, sentia sua respiração ofegante.
Ivete era linda seus cabelos preta compridos um pouco mais baixa que eu, tenho 1.73.
Ficamos uma de frente a outra em pé depois sem palavras começamos á nos beijar, de inicio um beijo tímido um leve roçar de lábios.
Mas logo eu dissipei minha timidez e meu desejo contido no meu intimo implodiu como á um vulcão.
Eu segurei sua cabeça e como um homem.
Tomei a total liberdade dos movimentos de nossos corpos que pareciam está em transe.
Eu bem me lembro do gosto da boca de Ivete seu cheiro adocicado, boca macia, seus lábios receptivos aos meus.
Minha língua apossava da sua, adentrando sua boca.
Um êxtase do desconhecido e desejado há muito tempo.
Eu segurava em sua nuca, a beijava com tanta naturalidade tanta sede de seu corpo.
Já faz um bom tempo que ocorreu minha primeira vez, mas até hoje sinto excitação das lembranças daqueles momentos maravilhosos.
Ivete minha doce e amada namorada. Foi a nossa ousadia que deu mais adrenalina a nosso primeiro encontro intimo.
Ainda me lembro de e não sei como tivemos a coragem de fazer, em um local tão cheio de gente.
Agora é cômico, mas na época foi uma deliciosa loucura de amor.
Algumas pessoas batiam na porta, mas ficamos quietas.
Como se o mundo lá fora não existisse.
Só eu e ela. Márcia a virgem tímida e Ivete a experiente.
Não precisavam de palavras, nossos corpos se comunicavam em uma linguagem que só existia a palavra prazer.
Assim o desejo ditava as regras, o êxtase tomava o rumo do prazer sentido.
Eu me sentei e levantei a blusa de Ivete, olhar aqueles seios lindos com os bicos eriçados me deixou arrepiada, minhas mãos foram tocar um a um senti aquele seios, ali na minha frente dei um suspiro de alegria.
O que eu desejava há tempos e sempre me faltou coragem.
Estava eu sozinha com Ivete seus seios, com bicos eriçados. Seu corpo seria possuído por mim.
Finalmente ela era minha, poderia saborear daqueles momentos de prazer, sem medo de repulsa ou qualquer coisa que pudesse me deixar com duvidas da minha verdadeira opção pelo gosto de saborear uma fêmea na total concepção da palavra.
Eu cai de boca naqueles mamõezinhos •, com biquinhos pontiagudos.
Uma delícia!
Sentia o aroma do seu corpo o cheiro de mulher.
Ivete se arrepiava me retribuía carinhos.
Acariciava sua barriga ela apalpava meus seios fartos.
Estávamos no paraíso.
Desabotoei a calça de Ivete e enfiei minha mão por dentro de sua calcinha, ela continuava beijando meus seios grandes e fartos.
Estava eu possuindo seu corpo lindo, Ivete estava entregue a mercê dos meus desejos que eu sempre cobicei.
Quando finalmente enfiei a mão dentro da calcinha e toquei enfim
Na sua xoxotinha...
Quente e molhada com seu néctar... Soltei um gemi alto...Que pareceu um gemido de animal no cio...Uma delicia úmida quente esperando meus dedos alisarem seus grande lábios.
Só quem já fez sabe a dimensão do prazer sentido.
Hum... Ivete gemia enquanto eu brincava com meus dedos em sua xoxota quente.
Vocês nem imaginam, ela molhadinha.
Eu passava a mão, com muito carinho sentia os fluidos de o seu corpo escorrer pelos meus dedos.
Era algo tão gostoso fiz questão de lamber meus dedos, provando de seu mel.
Logo estava eu sentada no vaso, e Ivete com as pernas abertas sentada no meu colo de frente pra mim.
Meu clitóris pulsava, quando ela se levantou um pouco , ficou inclinada pra trás me ofertando sua xoxota para que eu chupasse, saboreasse absorvendo como a uma fruta madura a espera dos meus lábios.
Que delicia aquele grelinho com cheiro de mulher esfregando na minha cara.
Minha excitação explodiu.
Chupei... e lambi cada pedacinho dela até ela gozar na minha boca.
Ficamos minutos, uma dando prazer à outra.
O tempo passava ai gozamos juntas, eu com seus dedos brincando na minha xoxota e ela me ofertou seu mel, na minha boca.
Depois de ter feito aquela loucura com minha amiga saímos do banheiro, nem ligamos para as pessoas que estavam lá fora.
Olhava e fingíamos que o olhar crítico não era para nós.
Saímos as duas, saciadas e satisfeitas ela por ter provado de mais uma em sua longa lista de namoradas, e eu por fim por ter me decidido que é de mulher que gosto.
Fomos de volta à festa fomos dançar e tomar umas cervejas.
Era muito bom está ali pertinho da mulher que despertou meus desejos mais íntimos.
Depois tivemos alguns encontros, mais realizados e cheios de êxtase.
Mas eu continuava virgem.
Mas o prazer que Ivete me proporcionava enquanto fazíamos um sessenta e nove (69). Não  me deixavam dúvidas que meu  maior prazer era ter uma fêmea para sentir minha explosão de êxtase e entre lábios a verdadeira luxúria.
Mas o tempo foi passando e por motivos familiares me vi obrigada a me afastar da cidade.
Fui ficar uns tempos na fazenda do meu pai e lá conheci um homem que enamorei e com pouco tempo me entreguei a ele.
Um peão da fazenda que só sabia mesmo meter e gozar.
Afinal me fez um favor de tirar minha virgindade, pois prazer mesmo não sentiu.
Parecia que estava fodendo sozinho sem carinho e sem amor.
Mas foi bom...
Pelo menos me deixou mais liberta e agora, mesmo depois de casada sempre acho uma namorada e as escondidas exploro meu lado homo que me elava ao êxtase e prazer.
Gosto e amo meu marido, a sintonia na cama é muito boa.
Mas quando ele fica dias fora a trabalho, eu sempre estou com minha namorada eu sou a ativa e isto me dá maior prazer.
Sentir um grelo latejante e pulsante entre meus lábios me deixa extasiada de prazer.
Adoro... Amo de paixão saborear cada gota do mel de minha namorada. Você que leu e talvez ache até ruim o meu relato, mas é simplesmente porque não entende como é o comportamento do ser humano que sempre está em busca do prazer.
Uma prova é quantidade de posições no ato sexual que todos praticam e gostam de parceiros.
É a verdadeira prova de que nunca estamos satisfeitos.
Reflitam...
Gosto cada qual tem o seu e usa de acordo o seu bel-prazer.

Docecomomel(gata)
“Não confundam o autor com suas obras”
Ofereço este conto a um leitor e comentarista Kassan(limão)
Visitem meus blogs
Imagem do google
http://desejosdeinsanos.blogspot.com.br

quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Rafael meu 1º Macho Fudedor







Meus pais saem cedo para trabalhar e fico praticamente o dia todo sozinho.
Divido meu tempo entre escola TV internet e vez ou outra saio para jogar bola com amigos do colégio.
Mas na semana passada fio ao ginásio de esportes do bairro e encontrei com dois amigos,antigos colegas de colégio.
Eles não estavam morando mais no mesmo bairro.
Entre uma conversa e outra Rafael começou a falar sobre jogos de games foi assim que lhe respondi que tinha alguns em casa e poderia emprestar.
Ai fomos ate minha casa.
Eu sou bissexual, mas não definido publicamente.
Já fiz alguns trocas com coleguinhas, mas tenho um cacho que mora em outra cidade e sempre que ele visita seus pais que são meus vizinhos fazemos umas safadezas.
Mas com toda descrição, pois o safado além de me comer tem namorada que mora perto.
Então em troca de prazer fico no maior sigilo.
 Voltando a meu colega Rafael assim que chegamos a casa fomos direto para meu quarto, juro que não estava mal intencionado.
Fiquei selecionando os jogos e notava seu olhar em minha bunda. Mas fingi que eu não notei.Depois de um tempo eu disse pronto Rafael aqui está os jogos.
Caracas o cara estava com olhar fixo em mim que parecia que estava hipnotizado.
Quando ele respondeu.
-São só estes tipos de jogos que você gosta Marcos?
-Ah não eu adoro alguns diferentes, mas estão no meu PC.
-Você não gosta de jogar bilhar?
-Bilhar?
-Sim aquele que fica taco dentro e bolas fora!
-Ah! Não eu nunca joguei...
-E você?
-Jogo muito não quer experimentar... Não?
-Eu estava marcando bobeira sem entender o que ele dizia até que veio se encostando e senti seu cacete duro na minha bunda.
-Qual é cara ta me estranhando?
-Qual é cara digo eu, foi à resposta dele quer dá um de santinho, mas bem sei que você adora um cacete, vai negar é?
-Tiago me disse que fode muito com você e como ele sabe que gosto de atochar em um macho me passou as dicas. Mas pode ficar calmo que serei sigiloso.
-Está certo mais não esquenta não, fique bonzinho comigo que prometo segredo.
-Vem dá uma mamada em teu macho vem!
Aí eu estava bem pertinho do Rafael sentia sua respiração bem próximo a meu pescoço, vir-me-ei e fui me abaixando até que aquela enorme vara está encostada a seus lábios.
-Ele encostava e dizia... Anda porra está com medo é?
-Engole logo minha anaconda safado sei que você gosta!
-Fui abrindo a boca e engolindo aquela tora aos poucos.
Rafael soltou um gemido e segurando minha cabeça estocava com força, tinha momentos que me engasgava, mas ele não parava.
-Anda safado chupa teu macho, faz dias que estou na seca.
-Safado chupador de cacete, empurrava com vontade que sentia cabeça do cacete encostar-se à garganta.
Seu pré-gozo era abundante chegava escorrer pelos cantos da minha boca.
Ele segurou com mais força minha cabeça, ai senti seu cacete se avolumar mais ainda e em minutos golfadas de esperma me enchiam a boca.
-Engula... engula tudo viu?
-Sem poder me sair desta acabei sorvendo de seu leite, grosso quente o safado parecia que gozou um litro, e não parava de estocar com vigor.
Depois de alguns minutos foi tirando cacete e mandando lamber todo que queria ele limpinho para botar camisinha.
Aí senti uma fisgada na entrada do meu cuzinho.
Caramba depois de uma gozada desta ainda quer me enrabar, foi o que pensei, mas dos males o menor.
Quando Rafael botou camisinha e falou, venha minha putinha venha sentar no colo de seu macho.
Ele sentou em minha cama e me chamou pra ir por cima.
Claro que sabia que a coisa ia ser boa, mas untei meu cuzinho com um umedecedor que tinha no criado mudo e fui me ajeitando, e ficando de quatro (4).
Logo senti na entrada do meu cuzinho, algo duro e quente.
Rafael encostava cabeça do cacete forçando a entrada e segurando em meus quadris forçava... Forçava ate que entrou.
 Senti uma dorzinha dei um sonoro gemido ai Rafael parou por alguns minutos, ele deu mais uma forçada e seu cacete se alojou em meu rabo. Ficamos parados uns dois minutos.
Ele batendo e apertando bem minha bunda era a supremacia do prazer.
Sentia aquele ardor aliado ao prazer.
 Então Rafael lentamente ia me puxando, de encontro a seu corpo em um vai e vem de meus quadris de encontro a seu cacete eu me sentia como se tivesse me rasgando ao meio, ardia, doía, uma dor gostosa, queimava tudo, mas eu estava gostando de alojar aquele cacete.
Que delicia ser enrabado.
Sem pressa estávamos em minha casa poderíamos aproveitar cada minuto de prazer.
 Até que com mais uma estocada senti seu cacete se alojar fundo, gemi suei.
Rafael tinha prática em fuder um cu logo começou a fazer movimentos lentos dentro de mim, foi me fazendo pedir mais, eu gemia pedia mais cacete: Foi assim que Rafael me usava e ousava em um galope com uma mão me punhetava e tirava a cacete de dentro e tornava a socar de uma única vez.
Dava-me cada estocada que ambos soltávamos gemidos como se fossemos animais em cio.
Foi então que pela primeira vez gozei sem me tocar.
Rafael veio em seguida. Ao orgasmo.
Sentia seu cacete expelindo jatos de esperma em meu cu.
- Foi minha primeira foda completa sem pressa sem medos.
Senti-me bem a forma como Rafael me fez sentir. Completo,força vigor e carinhos na medida exata.
Fui enrabado até os talos.
Rafael respirou fundo tirou cacete de dentro de mim e foi lentamente retirando a camisinha. Ele se limpava com papel ,me olhava sem palavras.Eu o via com outros olhos me aproximei e comecei a chupar seu cacete,lambia cada pedacinho dele,sem pressa.
Com gosto e prazer.
Logo seu cacete esta firme como uma rocha na minha boca, ele recomeçou em um delicioso vai e vem mais ritmado.
 Uma loucura dentro de minha boca ia funda sentia encostar-se goela abaixo.
Que delicia sentir um prazer pleno com um macho.
Estocou mais uma duas vezes e fui agraciado com seu leite quente, viscoso e abundante.
Rafael me abraçou e pediu desculpas pela forma rude como começamos e me disse que eu seria sua putinha daquele dia em diante.
Eu adorei é claro.
Somos jovens temos sonhos sentimos prazer nas mesmas proporções.
Nada lhe respondi, mas eu meus pensamentos sabia que tinha encontrado um par constante.
Fomos ao banho juntos nos acariciamos, beijamos e fizemos um pacto.
Sem palavras apenas nossos sentimentos.
Depois deste dia tivemos muitas outras aventuras.
 E desde esse dia, sempre que podemos saímos juntos em viagens. E agora que estou morando sozinho Rafael fica dias em minha companhia.
Sem exigências, sem cobranças nossa individualidade sempre respeitada.
Mas o carinho que existe entre nós é imenso e isto solidifica e fortalece nossa união amizade e companheirismo.
Que dá em um somatório de prazeres mútuos.



Docecomomel(hgata)
Visitem meus blogs
“Não confundam o autor com sua obra”
http://desejosdeinsanos.blogspot.com.br/
Imagem do google

terça-feira, 22 de maio de 2012

Transando Com Meu Genro lll




Depois de muito tempo que estava de caso com meu genro enfim minha filha casou.
Uma pena!Não que ela tivesse casado com Diogo, mas sim porque foram morar em uma cidade próxima.
Mas nada que pudesse impedir que eu e Diogo tivéssemos nossos encontros.
Agora com mais maturidade e responsabilidade de um homem casado, mas muito safado.
Afinal sua sogrinha havia lhe ensinado muita coisa.
Na arte de amar e da safadeza.
Pois sou muito da safada não basta apenas ter uma foda com um orgasmo e dizer que foi prazeroso, precisamos elevar nosso êxtase ao máximo.
 Usufruir de todos os sentidos que o prazer possa lhe proporcionar naqueles momentos de prazer e luxuria.
Bem para encurtar a estória no feriado de 1º de maio fui visitar minha filha e genro.
Não fui à intenção que pudesse ter momentos de prazer com meu genro, mas se a oportunidade aparecesse.
Claro que não iria deixar passar em branco.
Como sempre adoro transar e com Diogo mais ainda.
Já tinha dois dias que eu estava na casa de minha filha, estava tudo tranquilo, até fiz um boquete rapidamente na sala da casa da minha filha enquanto ela tomava um banho.
Foi muito gostoso a adrenalina.
Enquanto eu chupava aquele delicioso cacete minha filha no banho preparando-se para seu marido.
E eu dando maior trato naquele cacete gostoso.
 Diogo é fogoso demais, mas naquele dia não segurou muito já encheu minha boca de leite.
Até desculpou-se dizendo que estava tão gostosos meus lábios que não queria deixar de me dá leitinho na boquinha.
Bem mamei gostoso no cacete dele e assim que gozou fui ao banheiro rapidamente não queria que minha filha desconfiasse de nada.
E na solidão do banheiro bati uma deliciosa siririca pensando no meu genro safado e gostoso.
Uma delicia meus dedos brincarem com meu grelinho, logo explodir em um gozo solitário, mas muito prazeroso.
Dei um sonoro gemido que até pensei que iam ouvir da sala.
Mas como a TV estava ligada não fui ouvida, ainda bem não é?
Já sai do banheiro tomada banho e na sala encontrei com minha filha e seu marido entre beijos e abraços.
Já deu pra perceber que a noite deles vai ser de muita safadeza.
Minha filha meio tímida perante minha presença.
Bem que gostaria mesmo era de participar de uma boa foda a três, mas quem sabe algum dia meu genro não convença minha filha de realizar esta proeza.
Mas enquanto isto não acontece me contento de ser encochada nos cantos da casa na ausência de minha filha. Quando Diogo me disse que Kátia no dia posterior iria fazer um concurso na cidade vizinha fiquei radiante teria o dia todo só para ele.
Que maravilha só de pensar nas safadezas que fizemos fico super excitada.
Logo bem cedo Kátia viajou seu marido Diogo foi embarca-la na rodoviária, eu fiquei em casa, sabia que Diogo não iria trabalhar naquele dia, mas o safado não disse nada a Kátia, pois sabia que ela poderia querer que o levasse até a cidade próxima.
Então vocês já podem deduzir que a safadeza estava já em seus planos.
E nos meus também.
Quando Diogo retornou eu estava no banheiro tomando um banho morno e me preparando para ele.
Sabia que o dia prometia.
Como Diogo adora fazer oral e eu também já estava com a xoxota lisinha do jeito que ele gosta.
Vocês imaginam a quantidade de orgasmos que iria ter naquele abençoado dia com meu genro, porque ele jovem e eu uma coroa com muita sede de cacete.
Bem para encurtar a estória ele já veio chegando me chamando na porta do banheiro. Marcela minha sogrinha safada abra, já voltei para te dá muito cacete minha putinha safada.
Abra...
Ainda enrolada na toalha abri a porta.
- Oi meu lindo estou aqui me preparando para você meu tesão de genro safado e gostoso.
E Kátia?
Deve está chegando já no colégio do concurso, mas deixa ela lá agora o dia é nosso e estou cheio de tesão para te dá.
Olha como meu cacete está parece um porrete!
-Hum... Delicia esta se derretendo de tesão.
-Está sim doido para meter na mulher mais safada que conheço minha sogra putona.
_Ah Diogo não sou assim safada você que me faz liberar meu lado mundano.
-E sem mais palavras Diogo se abaixou a meus pés começando a dedilhar minha xoxota que estava super encharcada e cheia de tesão.
_Safado brincava com meu grelo e lambia os dedos.
_Hum que delicia este mel minha safadinha sabia que você não estava se aguentando perto de mim sem poder transar.
Acredita que fodi ontem tua filha lembrando de tua xoxota quente!
Ela é muito gostosa mais ainda não é safada como eu gosto você sim é uma puta safada, tem relações sexuais deixando qualquer macho satisfeito.
-Hum...Que delicia de xoxota quente e gulosa.
-Rebola nos meus dedos puta vai... Quero sentir teu gozo escorrendo pela minha mão ...
-Aí delicia, que mel gostoso.
-Não aguentei e comecei a gozar enlouquecida com seus dedos acariciando meu clitóris.
-Aí já sabe não deu outra Diogo tirou sua roupa e com cacete rígido como um porrete começou a meter gostoso na minha xoxota gozada.
Pois fiquei super molhadinha com meu gozo.
Começamos na posição de frango assado ali no chão do banheiro.
Diogo metia com movimentos compassados.
Seus gemidos pareciam que ecoavam pela casa.
Claro que estava muito gostoso senti seu porrete afundar na minha xoxota, mas não queria logo o seu gozo queria explorar de seu tesão ao máximo.
Ele metia eu rebolava sempre segurando com as pernas em sua cintura.
Tinha momento que até pensava que ia meter até os culhões.
Diogo tinha um cacete de tamanho mediano, mas o que aumentava o tesão era cabeçorra grande até parecia um cogumelo gigante de puro nervo.
_Uma delicia o senti atochando com movimentos acelerados.
-Já tínhamos uns dez minutos.
- E a foda transcorria solta.
-Quando anunciou o seu gozo.
-Ah Minha putinha num aguento mais vou te encher de leite.
-Quer onde minha sogrinha safada?
Como animais no cio rapidamente Diogo tirou o cacete de minha xoxota e enfiou na minha boca.
Estava lambuzado de nossos fluidos.
Cheiro adocicado de sexo.
Misturava-se a minha saliva.
Estávamos cheios de excitação
E em um momento de intenso êxtase fechei os olhos e comecei sugar sua seiva.
-Quanto mais eu chupava mais Diogo gozava intensamente dando gemidos alto feito um animal felino em pleno êxtase do cio.
-Diogo sabia despertar meu lado profano.
-Chupava com tanta vontade que só tirei aquele mastro lindo da boca quando não tinha mais nem uma gota de sêmen.
-Com um sorriso nos lábios lhe disse... Querido não pode deixar desperdiçar deste precioso leitinho.
E com sabor de porra nos lábios nos beijamos com fervor.
Diogo não se abalava nem parecia que tinha acabado de gozar seu cacete já estava rígido e entramos no chuveiro e com nossos corpos molhados recomeçamos a transar.
-Coloquei-me de costas ficando com as mãos na parede senti Diogo me penetrando com muita força e vigor.
Puxava meus cabelos como se fosse um apoio a cada investida um gemido de prazer e em pouco tempo a explosão mutua de prazer.
Senti seus espasmos explodindo no colo de meu útero.
Passou alguns minutos e com respirações ofegantes ficamos abraçados com palavras de excitação e imensa paixão.
Ah meu querido genro uma pena que não o conheci em outro tempo onde nossas vidas pudessem ser vividas com intensa paixão.
Mas fazer o que não é.
Genro é como se fosse parte da família.
-Enquanto pudermos desfrutar de momentos felizes com certeza que faremos.
Mas mudando de assunto deixe-me relaxar um pouquinho que ainda temos uma tarde de muita transa e como Diogo é safado tenho certeza que não vai dispensar meu rabinho.
Mas fazer o que é tão gostoso sentir seu cacete atochado no meu rabo.
Que nem dou importância ao ardor que sinto quando a cabeçorra passa alargando minhas pregas.
Mas que é uma delicia isto jamais poderei negar.

Docecomomel(hgata)
Vejam meus blogs.
Imagem do google
Seja meu amigo:
www.feirabook.com

domingo, 1 de abril de 2012

Transando Gostoso com meu Tio"








Olá, sou Janete tenho 29 anos; sou morena; tenho 1,67 de altura; olhos escuros; peso 64 kg com os quadris bem largos, para ser sincera a minha bunda é bem grande. Para deleite de alguns que me desejam.
Tudo começou em janeiro desse ano
Eu fiquei de ferias e fui passar uns dias na casa do meu tio ,ele tem 44 anos, tem 1,69 de altura, moreno pode se dizer um cara simpático, pois onde ele mora tem uma praia muito bonita e sempre nós da família vamos até lá.
Meus pais me fizeram algumas recomendações assim fui pra casa do meu tio.
Ele é irmão de minha mãe
Chegando lá recebi a noticia que minha tia teria ido fazer um tratamento e iria ficar dias na casa de sua filha na Capital (Aracaju).
Meu tio fez questão que eu ficasse e ainda afirmou que adoraria ter uma moça jovem de companhia e ainda poderia fazer a comida.
Eu aceitei ficar de boa afinal seria apenas uma semana, ele saia de manhã para trabalhar e só vinha almoçar rápido e já saia de novo eu tinha o dia todo livre praticamente.
Tudo bem o serviço era rápido assim todos os dias ia à praia. Sem falar que minha tia havia deixado carnes e frangos todos semi -pronto  no congelador.
 Passou se alguns dias e estava tudo numa boa.
 Assim fiquei apenas eu e ele em casa.
 Passou se uns dois (2) dias e meu tio estava me olhando muito estranho, mas nem liguei pra isso... Achei que ele tinha bebido por isto me olhava tão intensamente.
Quando foi numa sexta-feira 6ª já era bem tarde eu estava no quarto onde eu dormia.
 E já havia trocando de roupa, estava de Baby Dolly ,quando de repente a porta se abriu e avistei meu tio pelado com cacete duro, eu fiquei bastante sem jeito.
 Eu disse: Que houve meu tio você esta bem?
Ele respondeu com a voz embolada estou sim, mas eu quero te comer, você tem uma bunda linda e gostosa, que desde que tu chegaste aqui que bato punheta no banheiro pensando em te comer.
 Mas hoje não quero punheta quero é meter gostoso em tu.
Ah tio me respeite você é meu tio, assim como eu te respeito.
 Ele apenas ficou rindo. E disse não sou seu tio de verdade sua mãe é adotada tá?
Eu vou aqui tomar um banho e já volto para foder gostoso com você e não adianta fingir que é virgem que sei que você dá para seus namoradinhos, e não tem nada demais dá um pouquinho pra seu tiozinho emprestado um pouquinho de prazer em gozar nesta tua xoxota gostosa...
E assim saiu do quarto
Logo voltou bem cheiroso e barbeado e já veio me abraçando.
Não se preocupe com gravidez sou vasectomizado.
Quando chegou bem juntinho a mim, sentia o calor de seu corpo, seu desejo, sua ânsia.
Eu me deixei levar pelo desejo.
Estava com vontade de verdade de transar com ele. Ele segurou em meus ombros e olhando em meus olhos disse.
Vem dormi comigo. Vem...
 E saiu me levando em direção à cama.
 Eu fui era a única alternativa não é?
 Eu queria isto também.
 Ai foi quando ele começou tirar minha roupa peça por peça em cada lugar do meu corpo um beijo, um suspiro um gemido.
Ficamos até de madrugada, entre beijos abraços lambidas e chupadas. Quando Paulo (*tio) me inclinou na cama e colocou minhas pernas entreabertas e começou e me chupar, vi céus e estrelas reluzirem no quarto explodiu em um orgasmo tão intenso que me contorcia de prazer.
Meu tio se delicia chupando meu grelinho e falava palavras tão suaves que achei que estava em transe, meu orgasmo foi intenso demais.
Meu tio achando que eu estava gozando muito e gostoso me incitava mais com palavras que induzem a soltar meu lado puta, safada.
 Virou discretamente e começamos um sessenta e nove (69)
O cacete deve estava tão duro que parecia um porrete quase nem cabia em minha boca. Mas com jeitinho saciava minha gula chupando, babando até o talo. Gozei de novo em sua boca para sei deleite e meu maior prazer.
Nossa que delicia meu tio sabia despertar o meu lado profano, estava achando uma delicias gozar em sua boca sentir seu bigode roçando em meu grelo. Depois me colocou de quatro (4) e começou a lamber meu cuzinho aí delicia nunca tinha sentido uma língua me lamber tão gostoso assim. Logo me puxou em sua direção e ficou com cacete bem juntinho à minha bunda
 Nossa comecei a ficar louca. Achei que ia me arrombar com seu cacete, mas não apenas passava de um lado para outro e dizia.
Ah putinha quer o cacete do tio aí quer?
Não agora não... Vou provocar até você implorar para eu te comer, putinha safada o tio vai fazer você como nunca gozou na tua vida com teus namoradinhos fuleiros.
Puta safada.
 Ele deu um beijo na minha boca, senti o sabor da minha xoxota...
 Ai não aguentou soltei um gemido alto e rouco e fiquei de joelho na cama e comecei a chupa- ló loucamente. Até quase engasgar.
 Chupava muito sentia a cabeça do cacete na minha garganta... Subia e descia minha boca sentia as veias latejando ai que eu caprichava mais na chupada chupei,chupei,chupei muito.
Meu tio já não aguentava mais foi assim que ele pediu pra eu ficar de quatro e eu fiquei de repente sentir aquela Ca ralho gostoso entrando em mim, metia com vontade minha xoxota estava completamente preenchida de cacete duro, entrando e saindo dava tapa leve na minha bunda gemia e urrava de excitação.
Havia momentos que estocava com tanto vigor que chegava a doer, mas a excitação era muita eu estava gostando...
Ele socava muito forte mesmo...
Ele dizia: Geme...
Geme sua puta geme, piranha, safada rebola no cacete do tiozinho, anda safada, rebola gotoso que tiozinho vai te encher de leite.
 Puxava de encontro a ele que o som de seus quadris de encontro a minha bunda parecia uma melodia no quarto silencioso, os gemidos pareciam urros de animais no cio.
E eu pedia mais, mete gostoso tio foi tua sobrinha vadia... Vai meu cavalo gostoso
Vai tio enfia esse caralho na minha xoxota gulosa.
 Passamos mais de duas (2) horas fugindo de tudo quanto é posição, eram intermináveis ondas de prazer, até que a gente gozou. Eu comecei dando uma sequencia de orgasmos múltiplos. Logo em seguida meu tio tirou o cacete de dentro de mim e despejou seu leite  por toda as minhas costas.
Uma fôda insana se atracou a mim e ficamos o restante da noite grudado, com respiração ofegante, relaxamos e adormecemos.
 Dai passamos a noite toda dormindo junto. Quando amanheceu fomos tomar banho, e recomeçamos novos carinhos. Depois do meio dia minha tia ligou dizendo que viria terça feira. Foi assim que meu tio Carlos falou bem ainda temos três dias(3) para saciar nossa fome de sexo você concorda?
Claro meu tio ainda temos três dias de muitas safadezas pela frente.
Aí delicia.
O tempo passou e não estou mais com ele.
 Mas sempre no verão quando apareço por lá meu tio dá um jeitinho de irmos a um motel e nos acabamos de transar.
Uma delicia isto eu não posso negar.




Docecomomel(hgata)
"Não confundam o autor com suas obras"
Esse foi meu conto de 1º de Abril.
Beijos nos N’inos  e abraços nas N’inas.


http://www.recantodasletras.com.br/contoseroticos/3587823

sábado, 3 de março de 2012

Meu colega de quarto me comeu






Olá...
Espero que meus leitores tenham vivenciado grandes emoções neste carnaval que passou e que suas emoções estejam preparados para as sensações deste intenso e harmonioso dias que vem pela frente.
Tudo na vida é um mar de emoções que chega juntos com muitas sensações, o sexo o êxtase eleva o corpo a alma que traduzem em felicidade.
Adoro amar e ser amada.
Dou-me por completa sem barreiras nem subterfúgios
Bem meu nome é Marcella como quase todos sabem, sou baiana e estou morando em uma cidade do interior. Aqui em minha cidade não tem carnaval,então o que ocorre no período momesco é uma debandada de gente em direção a praias e para nossa capital Salvador.
Eu fui à região de Aracaju com um grupo de amigos.
Na verdade fomos sete pessoas divididas em dois carros, amigos de trabalho, mas minha colega e amiga Carla levou seu cunhado um belo jovem com carinha de menino, mas que na verdade de menino não tinha nada um verdadeiro garanhão.
Pelo menos eu tive o prazer de desfrutar bons momentos com ele, Pois foi assim que o conheci quando na divisão dos apartamentos da pousada ele ficaria hospedado no meu quarto.
Não vi nada demais afinal o quarto era composto de três camas de solteiro
Logo na noite de sexta-feira saímos e uma colega que ficaria no nosso quarto encontrou-se com um ex-namorado enquanto estávamos na pizzaria na orla e já intimou que iria matar as saudades do seu ex-love.
Traduzindo iriam pernoitar em algum motel.
A orla de Aracaju não é muito extensa, e nossas pousadas bem próximas que íamos andando mesmo, se voltassem tarde pegávamos um taxi. Depois de saborear uma bela pizza quatro queijos o grupo dividiu-se restando eu Iago o cunhado de minha colega.
Também éramos os dois únicos solteiros e solitários.
Ficamos na pizzaria tomando um chope.
A brisa do mar, pessoas circulando de vários estados do Brasil.
Um paraíso converso vai e chopes para dentro me senti em casa e bem acompanhada.
Iago era solteiro, fazia pouco tempo que havia terminado um namoro de dois anos (2) e afirmou que gostava ainda da ex-namorada, mas não iriam voltar que não tem tendência para corno.
Eu nada disse, mas no meu intimo sabia como ele estava se sentindo, pois traição é algo dolorido e demora em cicatrizar a ferida.
Já era bem tarde quando voltamos para a pousada pegamos um taxi que nos deixou na portaria e subimos para nosso apartamento.
Ambos estávamos meio tímidos afinal não éramos um casal e ficar em um quarto juntos porem separados causava um pouco de constrangimento. Mas a barreira foi logo derrubada quando Iago foi tomar banho e saiu enrolado em uma toalha.
Com voz baixa falou me desculpe Marcella, mas vou dormir só de cueca não sabia que teria de companhia de quarto uma dama...
Desculpe este bom?
Não tem de quer se desculpar Iago eu também vou dormir à vontade e nossa amizade continua.
Bem só não disse ao rapaz que as minhas palavras à vontade traduziam em uma calcinha enfiada no rego da bunda e sem mais nada.
Fui tomar banho e quando sai Iago estava deitado esparramado na cama, meu olhar percorreu seu corpo e senti um calafrio de excitação, estava ali no mesmo quarto, dividindo o espaço intimo com um belo exemplar de macho.
Tirei a toalha e me deitei sem não deixar de olhar para Iago e perceber sua respiração dormindo com suavidade.Não demorei a dormir e apenas me levantei uma vez para ir ao banheiro efeito do chope.
Quando voltava para minha cama olhei para Iago e percebi que estava excitado caramba a barraca armada parecia que era um mastro de bandeira enorme, aquele volume sobre a cueca.
Perdi o sono completamente.
Pequei meu celular e fiquei ouvindo umas musiquinhas, com fone de ouvido é claro. Depois de algum tempo adormeci.
Já era de madrugada quando ouço Iago me chamando.
-Marcela oh Marcella sentei na cama rapidamente assustada, o que foi Iago aconteceu algo?
-não aconteceu nada apenas não consigo dormir com você perto deste jeito.
-De que jeito Iago?
Ah Marcella você esta seminua, caramba sou homem e você é muito gostosa poxa!
-Como pode me achar gostosa se não provou!
Falei olhando em seus olhos e vi um lampejo de excitação cintilar em seus olhos.
_Não perdi o controle e falei ah Iago você também está só de cueca, e sabe que isto me deixou excitada um rapaz jovem, bonito, dormindo bem pertinho de mim e ainda de cueca.
Poxa você acha que sou de ferro é?
Ah desculpe Marcella não pensei desta forma, mas podemos remediar a situação, lentamente Iago aproximou-se e me deu um abraço.
Ficamos agarradinhos no meio do quarto entre duas camas.
Logo tivemos uma experiência deliciosa que vou descrever aqui.
Fiquei acariciando seu tronco e fui tirando sua cueca, logo vi sair de dentro um cacete grosso super duro.
Iago me tirou calcinha ficou apalpando meus seios, depois começou a mamar gostoso.
Seus lábios carnudos me deixavam mole de tesão.
Experiência e tesão eram que nao faltava, mas a intensidade do desejo era imenso que nossos corpos imploravam e induzia a fazer bem gostoso.
Eu não resistia gemia,muito alto e gostoso.
Então movimentava meus quadris o deixando doido de tesão.
Depois que tirei sua cueca deixando nu como nasceu pude vislumbrar seu corpo, forte, mas não musculoso, seu membro rígido parecia uma tora apontado para seu umbigo. Logo quando tirei a cueca o que vi meu deixou louca de tesão.
Um belo exemplar de macho com um cacete de 19 cm grosso, liso com uma cabeça avantajada até parecia um cogumelo.
Iago não me poupava carinhos.Fiquei ajoelhada a seus pés e comecei um boquete bem gostoso,Iago ficou loucamente cheio de tesão,gemia e empurrava seu cacete que quase nao entrava na minha boca.
Comecei segurando seu pau apertando a cabeça levando a boca,em um vai e vem frenetico que quase entalava.
Sentia a cabeça tocar minha garganta.
Caprichava com muito gosto imenso as lambidas iam e viam até deixar Iago enlouquecido de tesão.
Iago deu um estremecimento no corpo e gemeu alto.
Caramba até pensei que o rapaz ia esporrar na minha boca na hora.
Um tesão tomou conta de nós dois logo estávamos fazendo um sessenta e nove (69).
Ambos estávamos adorando eu gemia gostoso, Iago cada vez me chupava mais...
Adorando vendo eu me contorcer todinha na cama a mercê de seus carinhos e sua vontade.
Eu gemia muito com a intensidade do prazer de seus lábios me sugando e saboreando a cada minuto.
Ah Marcella... Minha putinha safada e gostosa.
Comecei a gozar e Iago e lambuzava Iago todo com meu mel.
Quanto mais eu gemia, mais Iago me sugava eu arfa de intenso prazer.
Logo Iago me colocou de quatro (4).
Botou uma camisinha e ficando em pé junto a cama começou um frenesi de estocadas, quando meteu a cabeça foi como um porrete gigante tivesse rasgando minhas carnes. Ardência inicial o deu lugar ao prazer.Uma delicia sentir um cacete estocando com vontade e vigor.I
Ago.
Um espera, metia todo cacete de vez e tirava deixando só a cabeça dentro da minha xoxota e logo voltava a meter de novo.
Não parava com seu ritmo cadenciado deixando-me enlouquecida de prazer. Quando com uma estocada forte senti Iago agarrar-se a minha cintura e com respiração ofegante,soltar um gemido senti as contrações de seu cacete despejar seu liquido precioso nas minhas entranhas.
Não pude segurar a onda que se apossou do meu corpo e gozei junto.
Ah Iago que delicias.
Iago agarrado a minha cintura brincava com meu clitóris provocando-me um imenso torpor de êxtase.
Atracado a mim dizia palavras desconexas, mas que enchiam de excitação.
Minha putinha safada e gostosa, que delicia de foda e nós perdendo tempo com falsos pudores,desde a hora que soube que iria ficar emsmo quarto que voc~e eu pensei como faria pra resitira meu tesão por você.Mas ainda bem minha gostosa que tive a ideia de dormir de cueca senão nada aconteceria,
_ah quer dizer que foi propsosital foi?
-Claro amor teria que deixar voc~e com desejo també,. Nao gostou do que viu não.
Ah Iago deixa de bobagem sabe que adorei,mas vamos tomar banho que temos a noite pra saciar nossa fome .
Fome?
Sim de sexo!
Uau delicias achei uma mulher do jeito que gosto.E dizendo assim Iago me carrega até banheiro .
A noite é uma criança travessa então vamos brincar....
Sorri olhando para seu rosto todo lambuzado de meu mel.
Iago apenas estalou os lábios e disse:Uma xoxota quente e gostosa é como de saborear um verdadeiro manjar dos deuses.
Ah...Delicia ...Minha putinha gostosa.



Docecomomel(hgata)
Imagem do google

sábado, 11 de fevereiro de 2012

Tesão de Gay


Quando Fabio veio do interior morar na casa de meus pais,achei legal, pois teria um amigo e companhia para as noites quando fico vendo filmes pornó.
No inicio seu jeito calado e tímido ,não me incomodou mas com o tempo isto foi um aperitivo a mais.
Afinal ele era inexperiente em termos de sexo .
E eu safado como sou adoro uma bundinha.
Com certeza vou inaugurar seu cuzinho virgem.
Foi dito e feito.Assim o tempo foi passando .
Até parecia que meu rimo fugia de mim.
Mas depois aprendi que era apenas timidez,e eu como adoro conversar estava sempre puxando assunto.
Algumas vezes eu saia com amigas do colégio e chamava o Fabio,ele se negava,mas eu não desistia de tentar enturmar ele com outros jovens.
Assim fui observando que quando ia ao cinema com amigos todos homens Fabio gostava de ir.
Então deduzi o moço gosta mais de companhia de macho .
Hein...
Um dia fomos ver um filme no cinema do shopping éramos cinco (5)amigos três(3) rapazes e duas(2) moças,incluindo eu.
Marcelo um amigo nosso sempre que ia ao cinema dizia que ia sentar bem no fundo do cinema pois gostava de ver toda platéia e depois relatava as cenas que sucediam-se na platéia.Riamos muito,mas ele nunca relatou o que aconteceu com ele e Fabio que por coincidência neste dia também resolveu sentar lá atrás.
O filme tinha cenas sensuais,meio picantes e já tinha passado mais da metade do filme quando eu resolvi comprar um refrigerante.
Levantei com descrição e fui na lanchonete.
Quando retornava precisei passar próximo onde estava meu primo Fabio e colega Marcelo
A cena que entre eles me deixou pasmo e excitado.
Marcelo meio desplicente recostado na cadeira e Fabio lhe pagando maior boquete.
Caramba o Fabio se esbaldava de chupar nosso colega.
Que não estava nem aí se estavam sendo vistos ou não.
Fiquei super excitado e sai sem deixar ser percebido.
Mas com certeza iria querer também que meu primo me pagasse um boquete,afinal sou parente .rsrsrrs
Logo vi que Marcelo gozou e Fabio com maior prazer bebeu todo esperma do colega.
Depois de passado algum tempo o vi limpar todo membro que ainda estava meio bamba .e disfarçadamente Fabio ir até o WC.
Mas a cena mexeu comigo .
Quando no dia seguinte Fabio me disse que queria falar comigo um assunto muito importante e assim que chegasse em casa.
Fiquei em alerta,mas nao dei sinais de que pudesse está intrigado.
Bem logo que almoçamos demos um tempo de minha mãe ir tirar sua sesta e Fabio foi até meu quarto.
Diga primo que assunto urgente é este?
Me desculpe por ter deixado você sem graça no cinema,mas eu gosto muito de sexo,sabe e para mim chupar um cacete me dá o maior tesão.
Gozo muito e sinto maior prazer de beber o leitinho dos guris.
Ja comi umas meninas lá no interior, mas meu cacete é pequeno e acho que isto não apetece muito as gurias.
Mas eu as deixo saciadas e tenho meu orgasmo .
Mas meu maior prazer é com machos.
Mas tem uma coisa até hoje nenhum homem já me comeu eu só faço chupar e deixo eles gozarem na minha boca e bebo mesmo tudo.
Então primo quero propor
um troca troca com você.
Mas cara logo comigo?
Sim ja sei que você é chegado a um cuzinho.
Então quero que você seja meu primeiro macho ah e se você deixar quero tambem provar de seu cuzinho.
Que acha é pegar ou largar.
A uma altura desta meu cacete parecia que ia explodir dentro da bermuda.
Discretamente fechei a porta e abaixei a bermuda botando o cacete de fora.
Fui logo dizendo vem guri mostra mesmo se tu é bom de boquete.
Fabio com olhos vidrados no meu porrete,abaixou e caiu de boca ,começando a chupar babando meu cacete todo com uma gulodice fora do normal.
Ah como é bom uma boquinha nova,aprendendo a chuparrrrrrrrrrrrr.
Depois de um tempo eu estava adorando .
Explodi na boca de fabio e ele mamou todo meu leite.
Caramba que menino safado bebia sugando meu leite com sede.
Depois levantou e com maior cara de pau foi dizendo,que achou de meu boquete primo?
Vai queer comer cuzinho do primo?
Pois pense que eu sei que minha tia vai para capital fazer exames e vai ficar só nois dois,ai sim você pode provar está bom?
Certo primo vamos esperar até amanha,que temos a casa toda nossa e você vai ver como vou arrebentar tuas pregas...
-Mas não esqueça que também quero te comer viu?
Engoli em seco,mas nao disse nada afinal depois que deixar ele mole de foder quem sabe nao esquece,mas só de ser o primeiro, todo sacrficio é valido.
Se é que ser fodido é sacrificio.




* Depois conto como enrabei meu primo ...

Docecomomel(hgata)
Não confundam o autor com sua obra
Imagem do google

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Traição e safadeza total !


Tenho 37 anos.
Sou Casada e acredito que sou feliz.
Mas tem um pequeno pormenor a curiosidade me levou um pouco adiante dos meus reais anseios e desejos.
Eu deliberadamente traí meu marido.
Bem e ainda por cima com um colega de meu filho.
Vou chamá-lo de Amadeu.
Aquele rapazinho franzino que freqüentava minha casa assiduamente, eu sentia seu olhar penetrante na minha bunda. O que vou relatar agora ocorreu há dois anos, ou seja, eu tinha 35 anos.
Sempre o Amadeu colega de meu filho vinha a nossa casa e vez ou outra ouvia a zoada que faziam vendo filmes e jogando vídeo games.
O jovem era franzino, mas alto. 1,70m, 55kg, cabelos castanhos lisos, poucos pêlos, branco, um rosto angelical.
Muito educado e atencioso.
Eu jamais havia cogitado algo entre nós ate o dia em que o meu filho me pediu para o Amadeu dormir lá em nossa casa durante o final de semana, pois iriam estudar. Na sexta feira após o jantar os dois se recolheram e da sala ouvia-se risos e piadas.
Coisas de jovens.
Como tenho hábito de dormir tarde já era mais de uma hora da manha quando eu me dirigia ao meu quarto ao passar pelo quarto do meu filho ouvi sons de gemidos e suspiros.
Sem querer ser vista abrir a porta suavemente e vi a meia luz que o Eduardo (meu filho estava dormindo).
Mas o barulho de gemidos continuava, eu sem malicia me dirigi ao banheiro andando bem discretamente sem ser vista.
Deparo-me com uma cena espetacular de masturbação.
O Amadeu de costas para porta estava punhetando e pude visualizar um belo e pomposo cacete. Senti de imediato uma comichão na minha xoxota.
Até ai tudo bem todos sabem que os jovens em pleno vigor físico e os hormônios a todo vapor tem uma energia imensa.
Adoram masturbar-se.
Mas caramba o Amadeu estava delirando com uma foto minha, nem se lembrava desta bendita foto que eu estava de biquíni que meu filho tirou em um passeio nosso a praia.
As palavras do Amadeu em referência a minha pessoa me deixou excitada.
Que fôlego o rapazinho tem.
*Ah minha coroinha gostosa toma leitinho de seu Amadeuzinho...
Toma cacete nesta xoxota gulosa.
Ahh delicia de bunda.
Ai vou meter meu cacete até fazer calo na tua xoxota Marcelinha.
Ah meu São João punheteiro não agüento mais de punhetar na intenção desta coroa.
E com velocidade suas mãos trabalhavam no cacete no vai e vem.
Depois de um gemido prolongado vi uma explosão de esperma sair em abundancia do glorioso punheteiro.
Sai de mansinho para não ser notada, mas digo com sinceridade fiquei super excitada de ver aquele jovem se derretendo em minha intenção.
Passou um tempo e o episódio do banheiro caiu no meu esquecimento.
Até que um dia sem ter o que me fazereu estando sozinha fui tomar banho na piscina do condomínio, poucas pessoas afinal era dia de semana.
Estava tranqüila tomando meu Sol já eram aproximadamente umas 13 horas quando meu filho chegou acompanhado de seu amigo Amadeu.
Fiquei sem graça, pois não esperava pelo rapaz e ainda por cima o safadinho não tirava os olhos do colo dos meus seios, me senti desnuda sob o seu olhar insistente. Eu perdi a vontade de tomar Sol e entrei sem deixar de notar os olhares de Amadeu que me seguiam.Apressei meus passos entrei no banheiro para me trocar e meus pensamento se tornam cada vez mais confusos.
- Eu começava a perceber que sentia algo diferente quando via o Amadeu, sentia meu corpo dá um leve tremor e a excitação deixava minha xaninha molhadinha.
-Meu Deus sou casada que farei para controlar estes Insanos desejos.
Eu desejava tocar nele e fazer outras coisas com ele.
Sozinha no meu quarto soltava minha libido e me masturbava, pensava no Amadeu, me excitava muito e gozava rápido com gemidos e sussurros na calada da noite. Quando acontecia de nos encontrávamos, eu sentia uma dificuldade de esconder minha atração por ele.
Queria sentir seu cheiro o sabor de seus lábios o calor de seu corpo.
Queria como uma mulher deseja um homem ser possuída sem reservas.
Entregar-se ao deleite de nossos corpos.
O destino conspirou contra nós e em uma tarde de sexta feira ele bateu a minha porta.
Surpresa e feliz de vê-lo, mas ele queria ver meu filho que por sorte minha havia saído com sua namorada.
Fiquei determinada e decidir agir. saciar esta vontade que perseguia meus instintos de fêmea no cio .
Eu o queria e precisava agir rápido com desenvoltura. Mandei entrar e fui direta indagando se poderia ser útil?
Vi um brilho em seu olhar e começou a falar gaguejando, mas suas palavras vieram ate mim como melodias.
Sonoras e suaves.
Dona Marcella me desculpe se sou mal educado, mas o que vim fazer aqui não foi com seu filho na verdade sei onde está e que vai demorar.
Eu vim lhe ver, pois não agüento mais sufocar este desejo que sinto pela senhora.
Desculpe-me sem querer ofender, mas é algo que foge do meu domínio.
Eu nada disse, mas aproximei-me e abracei o Amadeu.
Em instantes o toque de nosso corpo causando um leve tremor, eu vi o Amadeu de cacete duro encostado a mim.
Como eu sempre imaginei e desejei.
Seu cacete duro dentro das calças a ponto de rasgar, com tanta firmeza e rigidez. Ao ver isto já me excitou bastante.
Tomei coragem e desci uma de minhas mãos e comecei alisar seu cacete ainda sobre a roupa.
Ele, meio sem jeito, mas gostando dos carinhos.
Estava meio sem jeito, mas acariciei um pouco.
Então, abri seu cinto e deixando suas calças cair aos pés começou a masturbá-lo.
Ele gemia pedia para eu não parar porque estava muito gostoso. Falava palavras que me incitavam a mostrar meu lado devassa,mundano.
Abaixei e de joelhos comecei dá uma lambidinha na cabeça. Lambia seu cacete todo, até o talo.
Eu parecia não acreditar, que estava ali na sala em maior sacanagem com amigo de meu filho, mas assim como eu, ele estava nas nuvens. Delirava de prazer.
Até parecia um sonho.
Segurei o Amadeu e fui em direção a um quarto da casa finalmente poderia sentir aquele cacete.
Assim que entramos começamos um sessenta e nove (69) bem gostoso. Comecei a chupar com vontade, ele se contorcia, até que encheu minha boca com seu leite.
Era a primeira vez que eu sentia outro cacete em minha boca alem do meu marido Marcos achou muito bom, sorvi de seu leite o máximo que pude.
Eu também havia gozado muito em sua boca.
Passado alguns instantes nem eu nem ele acreditava que havia deixado aquilo ocorrera. O desejo tomar posse de nossa vontade.Conversamos e achava melhor nunca mais repetirmos e guardar segredo para evitar problemas.Eu logo concordei. E fui logo dizendo que se ele não quisesse, não iria se repetir jamais que fizemos algo muito perigoso.
Com a respiração ofegante ficamos abraçados. Calados por um tempo depois de alguns minutos tomei iniciativa e falei:
Amadeu sabe que erramos, mas voltar atrás não pode, mas terminar o que começamos, pois ainda não complementamos nossa saga de amor e sexo.
Tanto eu como ele ainda estávamos super excitados.
Começamos um vai e vem frenético de corpos.
Tanto eu como ele estava adorando, dava gemidos e rebolava na sua frente.
Amadeu com firmeza estocava sem parar.
Senti seu cacete adentrando minhas carnes.
Depois de um bom tempo sentindo seu galope explodimos em um intenso orgasmo.
Realmente foi a consagração de um ato.
Não tão legal devido ao fator traição, mas prazeroso e intenso.
Fui às nuvens. mas precisava encarar a realidade.
Ele me elogiava falando palavras doces, querendo que continuássemos nosso caso as escondidas, mas afirmei que não poderia dá a certeza, mas se ocorresse oportunidade não deixaria escapar.
Ele me abraçou dizendo que jamais deixarei de ser a coroinha e putinha dele. Eu adorei a idéia.
Foi o que realmente aconteceu, sempre dávamos um jeitinho de algumas horas breves, mas com transas mirabolantes recheadas de puro prazer.
Em qualquer motel da cidade.
Passei a fazer curso de inglês para ter um motivo de sair nas minhas tarde. Sempre sentia-me aliviada das tensões diárias com os orgasmos provocados pelo meu garoto jovem mais muito experiente na arte de seduzir uma mulher.Depois conto como foi nosso primeiro anal.



Docecomomel(hgata)
Vejam meus blogs
07/09/2011.Novo conto

sábado, 2 de julho de 2011

Traições Servem de Lições




Quando eu tinha meus belos dezoito anos, gostava muito de namorar no portão, mas nós tínhamos uma vizinha que era muita da bisbilhoteira.
Ficava horas na varanda de sua casa só espionando o outro lado da rua.
Nesta caso a nossa casa era de frente para a casa desta mulher solteirona.
Nem posso lhe denominar balzaquiana, pois já passava dos 30 trinta anos há muito tempo.
Meu namorado sempre adorava fazer umas sacanagens encostada no muro.
Voces sabem não é estudantes sem dinheiro para motel ,carro não tínhamos então ficava no esfrega mesmo de pau nas coxas,mão naquilo e aquilo na mão.
E prazer rolava solto.
Quando era final de semana saiamos e algumas vezes rolava sexo de verdade.
Afinal perdi minha virgindade ao dezesseis anos de idade.
Ora bolas eu gostava e ainda gosto muito de fazer sexo e como dizia meu namorado lavou ta nova pronta para ser usada.
Assim eu e meu namorado íamos levando nossa vida de prazeres ocultos.
Uma noite de sabado já era bem tarde eu e meu namorado Marcos estávamos no maior amasso.
Sim estávamos fazendo um sexo entre as coxas.
Marcos doido para penetrar ,mas eu gostava de dá mas com conforto,mas o tesão naquela noite era imenso que estávamos super excitados .
Que os gemidos deixavam qualquer um alucinado de tesão.
Quando eu já tinha tido meu orgasmo Marcos avisa segura amor que agora vou encher você de leite.
E começou a ter um orgasmo fenomenal,gemia tal qual animal no cio.
Para não desconfiar o Marcos colocou uma camisinha,afinal não seria nada agradável entrar em casa e dá de cara com minha mãe e as pernas toda melecada de esperma,era essencial manter as aparências e respeito familiar.
Depois ficamos abraçados juntinhos ao portão.
Passado alguns minutos passa um carro e o reflexo dos faróis mostra a casa da senhora solteirona.
Ilumina rapidamente, mas dá para notar a silhueta de uma mulher sentada na varanda batendo uma siririca.
Aff...Então é isto ela fica espionando para se excitar!
Marcos como é muito do safado diz entre risos ah...Tadinha se soubesse que estava carente me convidasse que daria uma boa surra de cacete...
Oxi...Marcos você também ein?
Que tem Marcella ela quer eu dou.
Tá bom Marcos não vou perder meu tempo discutindo com você,mas depois deste momento tão gostoso você me desagrada com esta brincadeiras.
Brincadeira?
Não !
Digo a verdade se ela quiser dou cacete todo dia a ela.
Poxa já vou entrando.
Mas que chato você ein!
Assim entrei e muito chateada com a falta de tato de Marcos,mas acredito que ele dizia a verdade,seu apelido entre seus amigos é “Marcos galinha”e se rolar vantagens financeiras como ele mesmo diz come até defunta.
Mas deixa quieta que é melhor.
No domingo o Marcos não apareceu apenas ligou dando desculpas esfarrapadas fiquei com cisma, mas nem dei assunto.
Assim sucessivamente os três dias seguidos.
Quando foi quinta feira eu sai do cursinho cedo e fui à casa de uma amiga,bem próximo a minha casa.
Estávamos conversando quando ela me indagou se eu não me importava do meu namorado esta andando com uma mulher mais velha?
Como você disse
Êta?
Aff ...Marcela vai me dizer que você não sabe que teu namorado está de caso com a tua vizinha ,aquela solteirona.
Eu sei de nada não.
Pois bem está e sabe que meu irmão e amigo de Marcos, e sabe que foi que ele falou que a coroa chora demais na hora de gozar, que ele ta adorando transar com ela, pois o deixa em alta.
E ainda por cima menina todo dia um mimo já ganhou um Not book e um celular novo.
_Sabe como é o Marcos sempre foi galinha e se a coroa encher ele de presente você já perdeu ele.
Pois é verei com meus próprios olhos esta estória.
Assim liguei para o Marcos avisando que iria fazer uma viagem rápida neste final de semana e só retornava no domingo.
Ahh... Marcela que pena vou morrer de saudade de você.
Cuide-se tá. Bjus.
Foram esta ultimas palavras que ouvi de Marcos.
Naquela noite fiquei escondida esperando ver o Marcos entrar na casa da minha vizinha...
Já eram uma 22 horas quando o vejo vir apressado pela rua e rapidamente entra pelo portão, mas sem deixar de olhar para os lados, ter certeza que não seria visto.
Na porta a solteirona já o abraçou e vi com estes olhos o beijo longo que deram.
Fiquei pasma de ver a petulância do Marcos.
Ah. Bem que lembrei das brincadeiras do Marcos quando uma vez estávamos namorando no portão e notamos que a vizinha estava espionando.
A h.. Safado vai ver fazia de propósito para espicaçá-la. Esperei eles entrarem de mansinho fui espionar a safadeza dos dois.
Sem querer fui praticar um ato de youverismo.
Fiquei de olhos arregalados ao ver Marcos sentado no sofá e a Lucia de boca em seu cacete. parecendo um bezerro desmamado.
Sua boca afundava em toda extensão do cacete, só deixando as bolas de fora, que fome de cacete entre um lambida e outra, falava palavras obscenas, ou estimulantes ao prazer.
_Ah Lucia minha gostosa você é uma deusa.
Ah quanto tempo perdido com namorada jovem,você sim que sabe matar um homem de prazer.
Vai chupa mina puta safada gostosa, vai bebe do meu leitinho.
Prove do mim, faça-me objeto de seu maior prazer. Gostosa ahhh delicia ,Lucinhaaaaaaaaa vou gozar!
Goza marquinhos enche tua mundana de leite vai.
Ahh... Gostoso.
Slup...slups.
E enquanto a Lucinha falava já ficava de boca aberta esperando receber todo leitinho do Marcos.
Que em golfadas ia até o fundo da garganta
A safada da coroa era muito da libertina mesmo com todo cacete na boca ficava massageando o saco do Marcos que como um alucinado estocava o cacete goela abaixo ,quase fazendo –a engasgar.
Mesmo depois do intenso gozo Marcos continuava com cacete na boca de Lucinha que lambia e chupava como se fosse um pirulito na boca faminta de uma criança.
Por estas cenas eu não esperava, mas o prazer que via que estavam sentindo me deixou por demais excitadas.
Lucia como não tinha recebido o cacete de Marcos na xoxota estava como uma cadela no cio gemendo pedindo prazer. Suas palavras denotavam a fome de sexo.
Vem Marcos me foda meu garanhão gostoso.
Quero sentir este cacete me rasgando.
_Antes quero seu cuzinho!
Ahh...Nunca dei ele a ninguém!
_Melhor ainda,venha relaxa que teu macho vai ter o cuidado e você vai ver o que é prazer minha coroa safada.
Você vai conhecer o paraíso de tanto gozar.
Ah Marcos você não sabe quanta siririca bati vendo tu com aquela guria no portão encostados no muro.
Ah...Entendo mas deixa quieto que ela é passado vamos viver o nosso agora.O momento dos prazeres.
Lucia foi ficando de quatro e Marcos com cacete encapado meteu a cabeça,de leve encostando.
Ai...Está doendo!
Mas para nãoooo!
Calma ,relaxa.
Marcos pegou um creme e melecou a cabeça do cacete e dois dedos besuntando todo o buraquinho de Lucia que ansiosa esperava.
Hum ...Vai Marquinhos fode sua coroinha fogosa vai ...Fode gostoso ta doendo mas não para nãoooo.
Ahhh ....Que deliciaaaaaaa.
Marcos já super excitado colocou a cabeça do cacete e devagar meteu sentindo os gemidos da Lucia que já não eram mais de dor,mas sim de prazer.
Ahhh...Marcos gostoso você me mata de foder.
E depois lentamente Marcos afundou sem dó nem piedade todo cacete naquele rabo virgem.
Ela correspondia com seus gemidos e palavras,Marcos continuava metendo bem forte com sua fome insaciável de querer foder sempre cada vez mais.
E quanto mais ela gemia mais Marcos estocava com vigor.
Ahh ...Marcos vou gozar!
Goza minha puta vai safada toma cacete no cuzinho pra você gozar mais gostoso ainda.
Ahh ...Delicia e o Vuc ...Vuc do cacete de Marcos faziam suas bolas baterem na bunda de Lucia que faziam o barulho que a deixava louca de tesão.
_Marcos gostoso ai que delicia suas bolas batendo na minha xoxota vai Marcos mete arregaça tua puta.
E assim com estocadas fortes e firmes Marcos gozou no rabo de Lucia que gemia e contorcia de prazer com um cacete de 21 cm encravado no rabo.
Aí vocês me perguntam e você que assistiu a toda esta sacanagem fez o que?
Apenas nada com os dois pombinhos eles se merecem.
Mas que fui para casa apressada e direta no banheiro bati uma deliciosa siririca lembrando-se da s cenas e gemidos que excitam qualquer pessoa.
Vocês concordam?
Agora que terminei com o Marcos e a traição me serviu de lição estou com namorado novo.
E. Nada de fazer meia transa tem que ser completo com direito a anal e oral.
Já foi meu tempo de falsos pudores o que quero mesmo é saracotear com odores prazeres e amores.



Docecomomel(hgata)
Não confunfam o autor com sa obra"

domingo, 29 de maio de 2011

Desejos e Taras !




Sempre eu tive um grande desejo pelo meu primo Eduardo, queria sentir o calor de seus braços.
Mas naquele dia em particular não parava de pensar nele.
Ele estava tomando banho e deixou à porta do banheiro aberta eu entrei.
Assustei-me, mas fiquei quieta a cena que desenrolava no Box do banheiro era fenomenal.
Eduardo estava se masturbando!
E, diga-se de passagem, eu não sou muito conhecedora de órgãos masculinos, mas aquele cacete em riste com uma envergadura era exuberante no tamanho e na grossura, falar logo popularmente.
Era um senhor cacete.
Poxa mesmo depois do que eu vi na noite anterior o primo Eduardo e sua namorada transando ainda tinha pique para se masturbar.
Logo cedo. Hum isto é muito bom.
Um garanhão.
Só de pensar no que eu tinha ouvido e visto fico super excitada.
Mas fazer o que não é.
Só bater uma siririca e dormir.
Sentiam-me culpada por sentir intensos desejos, mas eu desejava-o ardentemente e não conseguia parar de pensar em fazer sexo gostoso. Sem limites.
Mas eu sabia que ele jamais tomaria a iniciativa, mesmo que eu sinto que sempre fica me olhando e não para de alisar o cacete quando estamos a sós para disfarçar uma ereção.
Fui tomar banho e me masturbei intensamente e tive um orgasmo maravilhoso.
Queria meu primo me possuindo fazendo-me mulher, saciar os meus desejos de moça recatada, mas com anseios de uma puta e safada. Claro que já dei para um namorado,mas na verdade anseio pelo primo Eduardo.
Eu não conseguia parar de pensar em fazer sexo
. Sentia vontade de ser uma puta.
Queria que ele me desejasse.
Mas precisava tomar iniciativa e fiquei pensando como!
E adormeci.
Já era bem tarde quando eu ouvi alguém chegando sai do meu quarto e dei de cara com Eduardo que estava chegando da casa da namorada.
Indaguei Eduardo chegando uma hora dessas, qualquer dia você já dorme com sua namorada.
Não...
Não Marcella dormi não apenas namoramos e volto para o meu cantinho...
Bem apenas comentei, mas bem que se fosse eu não o deixaria vim embora tão tarde.
_Mas por quê?
¬_Ora Eduardo depois de uma boa transa ficar abraçado com seu macho até adormecer em seus braços é uma coisa muito gostosa.
Mas Marcella!
Você diz estas coisas sabe que qualquer homem pode pensar que está se oferecendo.
Eu mesmo se não fosse seu primo não resistiria.
Eu apenas me aproximei comecei abraçá-lo...
O peguei de surpresa, mas correspondeu aos meus beijos.
Ele disse bem é melhor ir para o seu quarto para se acalmar.
Não Eduardo preciso te dizer agora o que sinto, preciso desabafar.
Disse que estava doida por ele e que não conseguia parar de pensar em ter uma transa com ele.
Que já o tinha visto no banheiro, que fiquei louca de desejo,e que no dia que ele transou com namorada no quarto dele fiquei ouvindo, masturbei muito. imaginava-me no lugar dela.
E tive convulsões e intensos orgasmos.
Mas...Marcella somos primos!
Não Eduardo não é parente lembre-se você é filho do marido de minha tia, não temos parentesco.
Mas me considero seu primo.
Considerações à parte, pois eu o considero homem e quero saciar meus desejos com você como homem e mulher.
Nada mais que isto Eduardo, vai fugir da raia?
E sem mais palavras comecei acariciá-lo e falei que ninguém precisava saber do que poderia acontecer que eu assumiria a responsabilidade de meus atos, mas que eu queria ser possuída por ele.
Ele ainda argumentou, mas não agüentou, pois eu o acariciava e seu membro estava rígido de excitação.
Fomos para o seu quarto depois de alguns carinhos,
Ficamos como enlouquecidos pelo desejo carnal.
Queria apenas sexo animal.
Ansiava por seu membro a rasgar minhas carnes.
Ele começou a enfiar forte o cacete na minha xoxota.
Pedia desesperadamente para ele meter com mais força.
Rebolava na sua frente sentindo cada estocada com força e vigor.
Ele me chamava de puta, vadia e safada, fazia-me se comportar como tal.
Quando ele começou a gozar chamando-me de vagabunda e piranha gozei junto
Foi tão gostoso o vai vem de nossos corpos, em um eterno bailar.
Ele encheu minha xoxota de esperma me senti uma vadia, mas completamente feliz...
Não consigo descrever como gozamos tão gostoso.
Mas em compensação abriu espaços pra muitas outras transas nossas.
E cada vez mais a intensidade do prazer aumentava sempre mais.
Eduardo passou e visitar meus aposentos diariamente, nossas noites eram de verdadeiras orgias, com muito sexo.
Delicia saber que Eduardo cada vez realizava uma fantasia nossa.
Ah... Depois eu conto como foi o nosso primeiro anal.
Afff;
Nem gosto de lembrar que fico excitada.



Docecomomel(hgata)
Imagem do google
"Não confundam o autor com sua obra"

Arquivo de Contos

Contos Eróticos (128) Contos Eróticos Docecomomel(hgata) (35) @Docecomomelcontos (34) .Contos Eróticos de DocecomoMel (hgata) (29) Contos eróticos de Docecomomel(hgata) (28) .Contos Eróticos de Docecomomel(hgata) (27) .Contos eróticos de Docecomomel (24) Conto Erótico de Docecomomel(hgata) (15) Contos hot (13) Contos de Docecomomel (11) Contos de Docecomomel (hgata) (11) Contos eróticos de docecomomel (hgata) (11) Conto de docecomomel (hgata) (10) Docecomomel (10) @ docecomomelcontos (8) Conto erótico de Docecomomel (hgata) (6) contos eróticos de docecomomel (6) Contos Eróticos docecomomel (5) Conto Eróticos de Docecomomel(hgata) (4) Conto de docecomomel (4) Contos Eróticos Docecomel(hgata) (4) Contos eroticos de Docecomomel (hgata) (4) Contos eroticos de docecomomel (4) Poema de docecomomel(hgata) (4) Traição (4) Conto erótico de Docecomomel (3) Contos docecomomel (3) ContoseróticosdeDocecomomel(hgata) (3) Docecomomel Contista (3) 2015 (2) Ano 2015 (2) Com Uma Bi-Sexual I Docecomomel (hgata) (2) Contos (2) Contos Eroticos da docecomomel(hgata) (2) Contos de Docecomomel(hgata) Conto homo (2) Contos eroticos (2) Contoseróticos de docecomomel (2) Erotismo (2) Erotismo em alta (2) Eu e eles Docecomomel(hgata) (2) Mensagem WEB (2) Meu cunhado safado (2) Meu tio meu ex-amante.@docecomomelcontos (2) Tesão (2) contos eroticos docecomomel (2) contos hot docecomomel. (2) (homossexual) (1) * Trepando com a sobrinha de minha esposa (1) * Trepando com a sobrinha de minha esposa II (1) 04/2019contos (1) 100 Palavras Docecomel(hgata) (1) 11/2014 (1) 1ª traição de uma mulher casada. (1) 1º Conto de 2017 (1) 1º Menage da minha esposa! (1) 2º de 2014 (1) @docecomomelcontos contos (1) A Faxineira Novinha Putinha (1) A Moradora de rua...Virou minha amante.ContosEróticos de Docecomomel(hgata) (1) A Ninfetinha virgem me presenteou seus cabaços (1) A amiguinha de minha irmã. (1) A balzaquiana fogosa e seu Pupilo (1) A doutora com seu paciente.ContosEróticos de docecomomel (1) A evangélica puritana. (1) A ex-mulher do meu cunhado. (1) A noiva putinha do meu cunhado. (1) A novinha filha da empregada (1) A pedido do amigo transei com sua mulher.Contos Eróticos de docecomomel (1) A prima gostosa da minha esposa.Contos Eróticos de Docecomomel (1) A primeira vez da minha namorada.Contos Eróticos de docecomomel (1) A secretária é minha putinham @docecomomelcontos (1) A vizinha é minha mante. (1) AVISO (1) Abusada enquanto dormia por um nativo (1) Adorando ser corno conformado. (1) Algumas fantasias e fetiches: (1) Amante de uma coroa (1) Amante do sócio do marido. (1) Amante e colega de trabalho.Contos Eróticos de docecomomel (1) Amante ninfetinha tesuda e safada. (1) Amante ou Prostituta de Luxo? Docecomomel(hgata) (1) Amiga da esposa (1) Amigo do ex-marido atual amante. (1) Amigos... E amantes (1) Amiguinha da minha irmã minha putinha (1) Amizade Desejos e Algo Mais (1) Amizade que virou safadeza.Contos Eróticos de docecomomel (1) Amo ser corno manso Contos Eróticos de Docecomomel (1) Angel Ninfeta Safadinha e Gostosa (1) Aprendendo as safadezas com meu tio.Conto Erótico de docecomomel (1) Arrombei com meu amiguinho Conto homossexual de Docecomomel(hgata) (1) As Coisas Mudam e eu Mudei (1) Assumindo a Sexualidade Gay Docecomomel(hgata) (1) Atenção (1) Atração levou-me a trair.Contos Eróticos de Docecomomel (1) Atração Virtual Transa Real (1) Aventura Casual (1) Aventura Louca (1) Aventura com minha vizinha do condomínio...Conto erótico de Docecomomel (1) Aventura em alto mar (1) Aventura louca de uma ninfeta safada e um coroa.Contos eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Babá safada e tesuda. (1) Bem comida pelo fotografo (1) Bia e Lucas um caso à parte (1) Bia e Lucas um caso à partell Docecomomel(hgata) (1) Caindo na vara do negão. (1) Caindo nas garras de uma casada safada. (1) Caminhoneiro Safado Contos Eróticos de Docecomomel (1) Carta de Amor Docecomomel(hgata) (1) Carência Sexo e Amor (1) Casada Safada insaciável. (1) Casada...Safada Adora Trair.Contos de Docecomomel (hgata) (1) Casado Sim e Daí? (1) Caso Virtual (1) Charge Momesca (1) Charge de amor (1) Chuva Dourada (1) Cobiça e Desejos (1) Colega de trabalho putinha (1) Com Safadeza.@docecomomelcontos (1) Com Um negro bem dotado Conto de docecoomel (hgata) (1) Com Uma Bi-Sexual II Docecomomel (hgata) (1) Com o macho de minha tia descobrir a safadeza... Contos Eróticos de DocecomoMel(hgata) (1) Comendo Uma Coroa Gostosa e Insaciável.Contos eróticos de docecomomel(hgata) (1) Comendo a Estagiaria da Empresa (1) Comendo a Safada o marido Corno Vendo (1) Comendo a cunhada novinha (1) Comendo a esposa safada do meu tio. (1) Comendo e sendo comido (1) Comendo gostoso a namorada do meu amigo... (1) Comendo minha empregada casada II (1) Comendo minha empregada casada! (1) Comendo minha prima safada (1) Comendo o irmão da minha namorada (1) Comendo o irmão da minha namorada II (1) Comendo uma “Traveco” Conto eróticos de Docecomomel (1) Comendo à vontade (homossexual) (1) Comeu e Guardou Comeu Mais Docecomomel(hgata) (1) Comi a empregada... Gostosa de todo jeito.Conto Erótico de Docecomome l(hgata) (1) Comi a namorada do meu amigo.Conto Erótico de Docecomomel (hgata) (1) Comi gostoso meu ajudante. (1) Comi gostoso no acampamento.Contos eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Comi um gay por excesso de tesão.Conto erótico de Docecomomel (1) Como Seduzi Meu Padrasto (1) Compadre só da cintura pra cima (1) Conto de Docecomomel (1) Conto Erótico de Docecomomel(hgata) Aventura de um garoto de programa (1) Conto Eróticos Docecomomel (1) Conto Eróticos de Docecomomel(hgata)Maratona sexual bom demais (1) Conto Eróticos de Docecomomel(hgata)Um Amor Indecente (1) Conto Lésbico (1) Conto de Docecomomel (hgata) Descobertas de Adolescente (1) Conto de Docecomomel(hgata) (1) Conto eroticos de Docecomle(hgata) Traições e Carências (1) Conto erótico de Docecomomel(hgata)Sedução Fogo e Paixão (1) Conto eróticos de docecomomel(hgata) Quando enrabei um Emo (1) Conto heterossexual (1) Conto homo (1) ContoEróticode Docecomomel(hgata) (1) ContoTrepando gostoso com meu vizinho coroa Conto Erótico de Docecomomel (1) Contoe eróticos de Docecomomel(hgata) Meu primeiro Orgasmo (1) Contor Eróticos de Docecomomel(hgata)Transando Com Uma Bissexual (1) Contos de Docecomomel (hgata) (1) Contos Eroticos Docecomomel(hgata) Anjos ou Safados (1) Contos Eroticos Docecomomel(hgata) Jovem Belo e Gostoso (1) Contos Eroticos Docecomomel(hgata) Meu jovem aprendiz do Amor (1) Contos Eroticos de Docecomomel (hgata) Negros Minha Tara. (1) Contos Eroticos de Docecomomel (hgata)Meu Padrasto meu 1º Homem (1) Contos Eroticos de Docecomomel(hgata) Sexo Prazeres do meu corpo (1) Contos Eroticos de Docecomomel(hgata)Meu noivo é Um corno Manso I (1) Contos Erótico docecomomel(hgata) (1) Contos Erótico de Docecomomel(hgata)Perdendo a Vergonha (1) Contos Eróticos Sexo animal Docecomomel(hgata) (1) Contos Eróticos Desejos e Prazer Docecomomel(hgata) (1) Contos Eróticos Eu e meu entregador de pizza Docecomomel(hgata) (1) Contos Eróticos Carências e Excessos de Desejos;Docecomomel(hgata) (1) Contos Eróticos Dueto Meu querido Bombeiro Docecomomel(hgata) (1) Contos Eróticos Meu Cunhado e Eu Docecomel(hgata) (1) Contos Eróticos Noites de Prazeres Docecomel(hgata) (1) Contos Eróticos Trilhas dos Prazeres Docecomomel(hgata) (1) Contos Eróticos Web Mensagens (1) Contos Eróticos ca Docecomomel(Hgata) Traí Gostei e teve Bis (1) Contos Eróticos de Docecomomel (hgata)Amor e Muito Sexo virtual (1) Contos Eróticos de Docecomomel(hgata) Escrava do Prazer (1) Contos Eróticos de Docecomomel(hgata) Fudendo com meu pedreiro (1) Contos Eróticos de Docecomomel(hgata)Perdendo a Inocência (1) Contos Eróticos de Docecomomel. (1) Contos Eróticos deDocecomomel(hgata) Aprendiz de garanhão (1) Contos Eróticos deDocecomomel(hgata) Ménage com à amiga da esposa I (1) Contos Eróticos dose dupla Docecomel(hgata) (1) Contos de Docecomomel(hgata)Inocente Tesão (1) Contos de docecomomel(hgata) Conto Homossexual (1) Contos eroticos Docecomomel(hgata)Traí e fiz uma DP deliciosa (1) Contos eroticos da docecomomel(hgata)Prazeres (1) Contos eroticos da docecomomel(hgata)Uma morena Insaciável e safada (1) Contos eroticos de Docecomomel(hgata) Caindo de boca ...Na folia (1) Contos eroticos de Docecomomel(hgata) transei com dois na madrugada (1) Contos eroticos de Docecomomel1ª vez de uma adolescente (1) Contos eroticos de docecomomel(hgata)O Negão me enrabou...Eu gostei (1) Contos eroticos de docecomomel(hgata)Sexo sem Medo e Pudor Só Prazer (1) Contos eróticos Docecomomel(hgata) Seduzi meu primo jovem (1) Contos eróticos Toca de Casais dá certo Docecomomel(hgata) (1) Contos eróticos de Docecomomel (hgata) Traição Virtual (1) Contos eróticos de Docecomomel Sendo Corno por opção II (1) Contos eróticos de Docecomomel Uma Ninfetinha Muito Safadinha (1) Contos eróticos de Docecomomel hgata) Amante de Um Casado (1) Contos eróticos de Docecomomel(Hgata) Negro e bem dotado (1) Contos eróticos de Docecomomel(Hgata) Uma Trepadinha Rápidinha (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata) Aprendiz de Amante (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata) Calcinhas meu maior fetiche (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata) Dando e recebendo Amor (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata) Inocente Tesão II (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata) Minha Primeira Amante (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata) Um viuvo bom de Cacete (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata)Comendo do que gosto. (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata)Desejos de Um Coroa (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata)Perdendo o Cabaço (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata)Traindo com a amiga da esposa 2ª parte (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata)Traindo com amiga da esposa 1ª parte (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata)Traindo e gozando muito (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata)Transando com meu genro (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata)Um boy para uma coroa ousada (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata)Uma rapidinha com o massagista (1) Contos eróticos de docecomomel (hgata) Meu Amante Bom de cama (1) Contos eróticos de docecomomel (hgata)lFruto de Uma traição (1) Contos eróticos de docecomomel(hgata) Relato do meu 1º Anal. (1) Contos eróticos de docecomomel(hgata) Safadeza com um bissexual Enrustido Homo (1) Contos eróticos de docecomomel(hgata)Comendo uma Ninfeta Virgem e Gostosa. (1) Contos eróticos de docecomomel(hgata)Enrabando Uma ninfeta e um Emo (1) Contos eróticos de docecomomel(hgata)Meu 1º anal com minha namorada (1) Contos eróticos de docecomomel(hgata)Transando com meu Chefe (1) Contos eróticos deDocecomomel(hgata) (1) Contos eróticos deDocecomomel(hgata) Aventuras de Um Casado Fogoso I (1) Contos eróticos deDocecomomel(hgata) Sendo Corno Por Opção (1) Contos eróticos deDocecomomel(hgata) Transando Com Intenso Prazer (1) Contos eróticos deDocecomomel(hgata) Transando com meu genro II (1) Contos eróticos.com.br/ (1) Contos erótticos de docecomomel Trai meu noivo com meu patrão...E gostei muito! (1) Contos hot de docecomomel (1) Contos hotm contos picantes (1) Contos.Contos Eróticos (1) ContosEroticos Docecomomel(hgata) Desejos e Corpos Ardentes (1) ContosEroticos de Docecomomel(hgata) Meu Amante Bem Dotado. (1) ContosEroticos de Docecomomel(hgata) Meu Noivo é"Corno Manso" II (1) Contos´eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Corno (1) Corno Assumido (1) Corno Manso e Marido Fiel. (1) Corno Manso e Submisso.Contos Eróticos de Docecomomel (1) Corno Sempre Corno (1) Corno sem Vergonha e Manso (1) Corno...Mais feliz. (1) Coroa (1) Coroa Gostosa. (1) Coroa pai de minha amiga Docecomomel(hgata) (1) Coroa viúva carente gostosa.Contos eróticos de docecomomel (1) Crônica de Docecomomel (hgata) (1) Crônica de Docecomomel(hgata) Coneito de Natal HÕ Hô (1) Crônica de Docecomomel(hgata) Paixão Minha Sedução (1) Cuidando e dando muito ao meu vizinho.Conto erótico deDocecomomel(hgata) (1) Cunhada Safadinha e Gostosa. (1) Curtindo Uma DP Contos eróticos deDocecomomel(hgata) (1) Dando No Plantão Docecomomel(hgata) (1) Dando a meu Senhor (1) Dando para o marido da minha mãe. (1) De Caso com meu Cunhado (1) De babá a amante de luxo (1) De donzelo a garanhão. Conto Eróticos de Docecomomel (1) De faxineira a minha amante! Conto de Docecomomel (1) De motorista a amante da patroa. (1) De tio atual amante. Contos de Docecomomel (1) Deficiências (1) Dei Corno Em minha própria cama Contos eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Dei a meu vizinho Voyeur (1) Dei de presente uma mulher. Docecomomel(hgata) (1) Depois de casada... Traí com o filho da vizinha.Contos Eróticos de Docecomomel (1) Desabafo (1) Desabafo de uma mulher casada e infeliz.Contos Eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Desabafos de Uma mulher Casada e Infeliz Docecomomel(hgata) (1) Desejos e Taras (1) Devaneios e Prazeres de Gabi Docecomel(hgata) (1) Devassidão de Namoro Docecomomel(hgata) (1) Dia do Beijo (1) Doce mel Video e letra da música (1) DocecomoMel (hgata) Agradecimento (1) Docecomomel (hgata)Contos Rróticos (1) Docecomomel Conto Erótico.Trepada Casual Com Intenso prazer (1) Docecomomel Contos Eróticos (1) Docecomomel Poema (1) Docecomomel conto em espanhol Yo ... Y el padre de mi amigo (1) Docecomomelcontista (1) DocecomomoMel &Climax contos (1) Doces Desejos de Meninos (1) Dois milhoes de acessos blog sensacoes com emoçoes. (1) Don Juan e Bom de Cama Docecomomel(hgata) (1) Dormindo com a madrinha! (1) Dou corno no meu tio... E dai?Docecomomel (1) Dupla penetração docecomomel(hgata) (1) Duvidou Caiu na Vara do Negão (1) Eduardo Boquinha Santa (1) Ela pediu comida eu dei Sexo! Contos Eróticos de docecomomel (1) Em teus olhos (1) Embarcando no ônibus do prazer (1) Empregada Gostosa E Safada Contos eróticos de Docecomomel (1) Empregada Gostosa e Eu. (1) Empregada Tesuda. Contos eróticos de docecomomel (1) Encochada e comida no ônibus lotado.Contos eróticos de Docecomoml (1) Encochada no Trem (1) Encochado pelo negão no ônibus (1) Encontro de Machos... Famintos por sexo.Contos Eroticos de Docecomomel (1) Encontros e Safadezas na Noite (1) Enrabado pelo meu tio (1) Entregador de água bem dotado...Contos eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Era motorista agora amante.Conto Erótico d3e Docecomomel(hgata) (1) Esposa do meu tio (1) Estagiário tesudo e safado (1) Estranho desejos Docecomel(hgata) (1) Estreando um Gay Virgem Docecomel(hgata) (1) Estrepulias em tardes de sábado Docecomomel(hgata) (1) Estuprada pelo cunhado. (1) Eu Sou um Corno...e Manso (1) Eu Traì Meu Namorado Docecomel(hgata) (1) Eu Traí pela Força da Carência Docecomomel(hgata) (1) Eu com meu professor de Auto escola Docecomomel(hagata) (1) Eu com meu professor de autoescola. (1) Eu com uma Bi docecomomel(hgata) (1) Eu e Meu Nerd Tesudo (1) Eu e Eles ll Docecomomel(hgata) (1) Eu e Meu Dentista Docecomomel(hgata) (1) Eu e Meu Negão Safado Docecomomel(hgata) (1) Eu e Um Coroa Safado Contos Eroticos de Docecomomel (1) Eu e Você Conto EróticoDocecomomel(hgata) (1) Eu e a coroa casada e gostosa. (1) Eu e meu garoto de programa (1) Eu e meu padrasto. (1) Eu e meu primo Felipe (1) Eu e meu tio adotivo (1) Eu e o pai de minha amiga Docecomomel(hgata) (1) Eu eoBoy da Empresa Docecomomel(hgata) (1) Eu meu marido e um amigo! Conto de Docecomomel (hgat) (1) Eu minha esposa e sua namorada.Contos Eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Eu não sou gay (1) Eu sou corno... Manso e daí? Contos Eróticos de Docecomomel (1) Eu traí e adorei...A traição.Contos Eróticos de Docecomome (1) Eu traí por ciúmes. (1) Evangélica Safadinha e Gostosa. (1) Ex -sogra atual amante.Contos Eróticos de Docecomomel (1) Ex-namorada agora putinha safadinha.Contos Eróticos de Docecomomel (1) Ex-namorada...Agora amante. (1) Exames e Algo Mais Com Meu Ginecologista Contos eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Excitação ou Desejo Docecomomel(hgata) (1) Explosão de tesão e prazer. (1) Fantasias Uma DP na praia de “Nudismo”Conto Erótico de docecomomel(hgata) (1) Faturando a colega de trabalho. (1) Fazendo Amor a beira mar. Docecomel(hgata) (1) Feliz Ano Novo (1) Feliz simplesmente (1) Fetiche Docecomomel(hgata) (1) Fetiche a dois. (1) Fetiche de um casado bi-sexual Conto de ocecomomel (hgata) (1) Fetiches Traição e Safadeza! (1) Finalmente me tornei Corno (1) Fiz Sexo Oral com um Coroa. Docecomel(hgata) (1) Fiz de meu colega um corno. E manso.. Contos Eróticos de Docecomomel (hgata) (1) Flagrei Meu sogro Transando com a Empregada (1) Folias de Carnaval (1) Força e Tesão (1) Frases Picantes I Web Mensagens (1) Frases Picantes II Web Mensagens (1) Fudendo a mulher do meu tio (1) Fudendo a mulher do meu tio. II (1) Fuga Sexual Com Muita Safadeza Contos Eróticos Docecomomel(hgata) (1) Fui Traída por minha Amiga. (1) Fui Traída por uma amiga Docecomomel(hgata) (1) Fui comido Enganado Docecomomel(hgata) (1) Férias Sexo e Jovens Docecomomel(hgata) (1) Gay (1) Gosto de comer e adoro ser Comido (1) Infiel (1) Insanos Desejos Docecomel(hgata) (1) Interação Meu doce mel Docecomomel(hgata) (1) Invasão de WC Docecomomel(hgata) (1) Irmã do meu amigo virou minha amante. (1) Jovens em Êxtases e Delirios Contos Eróticos de Docecomomel (hgata) (1) Letra Musica e texto de "coisas de la vita" (1) Letra Música Rita Lee Amor e Sexo (1) Letra de música Cavalgada (1) Libido (1) Loirinha novinha bem safadinha.Contos hot (1) Loucos Desejos Docecomomel(hgata) (1) Loucuras de Prazer Docecomel(hgata) (1) Luxuria e Traição (1) Mais um Corno Feliz.Conto Erótico de docecomomel (1) Mais um gay na minha vida. Conto eróticos de docecomomel (1) Marcia Uma insaciável. Docecomel(hgata) (1) Marcos Transa ou Paixão Docecomel(hgata) (1) Marcão (1) Marketing Direto (1) Me Descobrindo Lésbica Conto homossexual feminino (1) Melina uma doce mulher. (1) Menage Feminino (1) Menage com o marido de minha tia (1) Menina Mulher Docecomomel(hgata) (1) Mensagem sex. Docecomomel(hgata) (1) Meu 1º Caso extra conjugal Docecomomel(hgata) (1) Meu Amante do Interior (1) Meu Anjo e Querubim (1) Meu Corpo Capricho e prazeres ...BDSM Ou não? Contos eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Meu Enteado Bom de Cama Docecomomel(hgata) (1) Meu Enteado Safado.Contos eroticos de Docecomomel (1) Meu Ex cunhado Safado e Gostoso Docecomomel(hgata) (1) Meu Fetiche é meu maior tesão. (1) Meu Namorado "Afro e bem dotado". (1) Meu Negro Lindo Tesudo (1) Meu Padrasto Tesudo (1) Meu Prazer é Você Docecomomel(hgata) (1) Meu Primo Safadinho (1) Meu Primo Tarado e Tesudo (1) Meu Primo e Eu Docecomomel(hgata) (1) Meu Professor de Academia Safado:Contos de docecomomel (1) Meu Professor de Hidro Docecomomel(hgata) (1) Meu Vizinho Garanhão (1) Meu amante é bem dotado (1) Meu amante é um negro safado! (1) Meu amigo virtual (1) Meu colega comeu minha mulher.Contos Eroticos de Docecomomel (1) Meu colega de quarto me comeu (1) Meu cunhado... Fez meu marido virar corno! (1) Meu dia de Puta (1) Meu enteado Safado 2 (1) Meu enteado safadao. (1) Meu ex-primo..Atual amante.Docecomomel(hgata) (1) Meu fetiche com a empregada (1) Meu macho é namorado de minha mãe (1) Meu marido gostou de ser corno! (1) Meu noivo é"Corno Manso" (1) Meu padrasto meu primeiro homem (1) Meu primo Safado (1) Meu primo bem tesudo e safado (1) Meu primo meu macho. (1) Meu professor meu macho Safado (1) Meu pupilo adorável e gostoso Docecomomel(hgata) (1) Meu querido gigolô Docecomomel(hgata) (1) Meu técnico meu macho (1) Meu vizinho meu maior tesão. (1) Meu vizinho safado e tesudo..@docecomomelcontos (1) Meu vizinho é corno manso...I (1) Meu vizinho é corno manso...II Contos eróticos de Docecomomel (1) Meu vizinho é muito safado (1) Meu Ébano Docecomomel(hgata) (1) Meus desejos de Amor Docecomomel(hgata) (1) Meus desejos de amor.Conto erótico de Docecomomel Meus desejos de Amor (1) Minha 1ª Vez foi com Um Gay (1) Minha 1ª traição (1) Minha 1ª traição foi com um novinho da Web. (1) Minha Chefa me Seduziu... Amei... (1) Minha Enteada Safadinha. (1) Minha Lua-de-mel.Docecomomel(hgata) (1) Minha Massagista Tarada (1) Minha Prima Safada e Tesuda...Contos hot (1) Minha Prima Tesuda. (1) Minha Prima Virgem e Safada... @@Docecomomelcontos (1) Minha Vizinha Safada e Gostosa. (1) Minha amante casada (1) Minha amante casada...@docecomomel (1) Minha colega de trabalho safada (1) Minha colega de trabalho é uma puta gostosa (1) Minha enteada e Eu. (1) Minha esposa me deu corno com meu vizinho.Contos Eróticos de DocecomoMel (1) Minha iniciação em sexo anal .Contoeróticos de Docecomomel(hgata) (1) Minha namorada com meu primo.@docecomomelcontos (1) Minha prima boa de foda (1) Minha prima putona (1) Minha prima safada. (1) Minha primeira foda com uma coroa. (1) Minha primeira vez Docecomomel(hgata) (1) Minha primeira vez. (1) Minha primeira “Virgem” Contos eróticos de docecomomel (1) Minha sogra...Minha puta! (1) Minha tia minha 1ª foda. (1) Minha tia minha amante.Contos Eróticos de Docecomomel (1) Minha tia safada.mContos eróticos de docecomomel (1) Minha vizinha novinha safadinha.Contos eróticos de docecomomel (1) Minha vizinha safada (1) Minha vizinha safada. (1) Modelos imagens (1) Moema (1) Morena Safada.Contos Eróticos de docecomomel (1) Muito Sexo com Minha Chefe (1) Mulher tem que ser igual puta (1) Ménage Entre Amigos Docecomomel (hgata) (1) Ménage com as 2 irmãs. (1) Ménage com duas Safadas e Gostosas (1) Ménage com filho e sua mãe.Contos de DocecomoMel (1) Ménage com minha esposa.Conto Eróticos de Docecomomel (1) Ménage com à Amiga da Esposa (1) Ménage à trois... No Albergue... (1) Ménage à trois... No Albergue... Docecomel(hgata) (1) Na Cabine de um caminhão. docecomomel(hgata) (1) Na Calada da noite...Meu cunhado fodeu gostoso comigo!Contos eróticos de docecomomel (1) Na calada da noite...Meu cunhado transou comigo Contos eróticos de docecomomel(hgata) (1) Na dúvida optei em Dá (1) Na garagem dentro do carro docecomomel(hgata) (1) Negro e bem dotado...Alguém resiste? (1) Ninfeta do Interior Docecomomel(hgata) (1) Ninfeta safadinha Deu...e Arrependeu (1) Ninfetinha Safadinha Docecomomel(hgata) (1) No Escuro do Cinema Docecomomel(hgata) (1) No motel de Beira de Estrada Docecomomel(hgata) (1) No ônibus Docecomomel(hgata) (1) Noites de Insônia e o vigia .Conto eróticos de DocecomoMel(hgata) (1) O Boy do Mercadinho (1) O Chefe e sua Estagiária. (1) O Maridoda minha tia II Docecomel(hgata) (1) O Namorado da minha amiga Docecomel(hgata) (1) O Pecado Mora ao Lado Docecomel(hgata) (1) O chefe e sua estagiária (1) O clímax do tesão em traí (1) O marido de minha tia Docecomel(hgata) (1) OBRIGADO UM MILHÃO DE ACESSOS (1) Orgasmos Múltiplos Docecomomel(hgata) (1) Orgasmos Poéticos (1) Orgasmos no ônibus II Docecomomel(hgata) (1) Orgia ou Ménage (1) PRIMA CARENTE E PUTA (1) Pagando Traição com Traição (1) Pagando um boquete pro negão (1) Pagou Dividas Com Sexo (1) Paixão e Docecomomel poema Eterno amor docecomomel(hgata) (1) Para ser corno tem que ser manso! Contos de Docecomomel (1) Parceiros AmantesDocecomomel(hgata) (1) Patricia...Indecente... mas feliz! Conto Eróticos de docecomomel (1) Paulo e Déia um caso Surreal.Será?Docecomel(hgata) (1) Pegando a cunhada Novinha.Contos de DocecomoMel (1) Pegando namorado da amiguinha Conto da Docecomomel (1) Peguei a mulher do meu tio.Contos Eroticos de Docecomome (1) Peguei minha prima e sua amiguinha! Contos Eróticos de Docecomomel (1) Pintando o 7 Docecomomel(hgata) (1) Poema Desejos de Você Docecomomel(hgata) (1) Poema Doce desejos Docecomomel(hgata) (1) Poema Erótico Abraça-me Docecomel(hgata) (1) Poema Erótico Quero Você Docecomel(hgata) (1) Poema Erótico Sabor de Canela Docecomomel(hgata) (1) Poema Erótico Vem..te queroDocecomomel(hgata) (1) Poema Você e Eu Docecomomel(hgata) (1) Poema em dueto com Antonio Tavares.e Docecomomel (1) Poemeto de Docecomomel(hgata) raimunda a boa de bunda (1) Poeminha do Beijo (1) Poeminha do Querer Docecomomel(hgata) (1) Poetando na Blogsfera Eu e Você (1) Prazer e Tesão com Foda Bareback (1) Prazer de ser corno manso (1) Prazer de ser corno manso! (1) Prazeres de Mneina em Corpo de Mulher Docecomomel(hgata) (1) Prazeres e Êxtase (1) Prima é perigo constante. (1) Primeiro anal... Inesquecível.Contos Eróticos de Docecomomel (1) Priminha Safada Carente (1) Primo do meu marido meu amante.Contos de docecomomel (1) Professora Particular Contos Eróticos de Docecomomel (hgata) (1) Prosa poética Calo-me Docecomomel(hgata) (1) Prova de sedução (1) Provando de meu Mel (1) Putaria com a novinha. (1) Quietinha e de Madrugada Docecomomel(hgata) (1) Rafael meu 1ºMacho Fudedor (homossexual) (1) Recado do Blog (1) Relato De Um Estupro (1) Relato de um corno conformado. (1) Relato de uma Safadeza.. Docecomel(hgata) (1) Saciando desejo da esposa do primo.Contos Eroticos de Docecomomel(hgata) (1) Safada Ou Santinha?? (1) Safadeza na Noite (1) Safadeza no Escuro do meu Quarto. (1) Safadinha e o coroa pai da amiga. (1) Safadinha.Contos Eróticos de docecomomel (1) Safado e Bem Dotado (1) Saudades Sentidas Docecomel(hgata) (1) Saudades de Meu Bem DocecomoMel(hgata) (1) Saudades e Tesão Docecomomel(hgata) (1) Seduzida pelo meio Irmão (1) Seduzindo o Cunhado (1) Sem Preconceitos Docecomel(hgata) (1) Sem ter o que fazer (1) Sendo Corno por Opção (1) Sensualidade e Êxtase docecomomel(hgata) (1) Ser Corno Manso é Prazeroso.Contos Eróticos de Docecomomel (1) Ser Corno Manso é só Tesão.Contos eróticos de Docecomomel (1) Ser Corno e Prazer Surreal. (1) Sexo Anal Prazer Infinito (1) Sexo Casual com um colega. (1) Sexo Casual e Safadeza (1) Sexo Prazer Força e Tesão Contos de Docecomomel (1) Sexo Traição em Família (1) Sexo Virtual Docecomomel (hgata) (1) Sexo e Aventuras (1) Sexo e Desejo Intenso.ll (1) Sexo e Desejo Intenso.parte l (1) Sexo entre amigos! (1) Sexo...Amei comer um rabo guloso. (1) Siririca Meu Bel-prazer (1) Siririca No Cinema Docecomel(hgata) (1) Sobrinha Bem Safadinha (1) Sonhos e Desejos Realizados (1) Sou Garoto de Programa.Contos Eroticos de Docecomomel (1) Sou Mundana e Dama (1) Sou um corno submisso. (1) Swing Prazeres Compartilhados (1) Só... Hoje (1) Tarde de Amor e Sexo Docecomomel(hgata) (1) Tecnico ou Garanhão Docecomomel(hgata) (1) Tesão de Gay (1) Tesão e Traição. Contos Eróticos de docecomomel (1) Tesão e traição entre primos (1) Tesão em ser corno (1) Tomei a namorada do primo (1) Tornei-me amante de meu cunhado.Contos Eróticos de Docecomome (1) Tornei-me amante do meu sogro.Docecomomel(hgata) (1) Tornei-me uma Sub (1) Trai por não suportar abstinência. (1) Traido em minha propria cama<contos de Docecomomel (1) Traindo Com meu sobrinho Docecomomel(hgata) (1) Traindo com a esposa do meu primo. @ docecomomelcontos (1) Traindo com meu sobrinho II Docecomomel(hgata) (1) Traindo com um JovemDocecomomel(hgata) (1) Traindo com um garoto de programa Contos eróticos de docecomomel(Hgata) (1) Traindo com uma caipira gostosaDocecomomel(hgata) (1) Traindo por pura Safadeza (1) Traição Consentida (1) Traição corno manso (1) Traição e Safadeza Total (1) Traição em familia Docecomel(hgata) (1) Traição fora do comum. (1) Traição no Litoral Contos Eroticos Docecomomel(hgata) (1) Traição no Litoral em dueto com Tiozão &Docecomomel (1) Traição é Sempre Traição...Mas é bom demais (1) Traições Servem de Lições (1) Transa Teen (1) Transando Com Duas Ninfetas Contos Eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Transando Com Meu Chefe Docecomomel(hgata) (1) Transando Com Meu Genro III (1) Transando Com Minha Sogra (1) Transando Com Veu Vizinho Docecomel(hgata) (1) Transando Em Quatro Rodas (1) Transando Gostoso Na Cachoeira (1) Transando com Minha Sogra II Conto erótico de Docecomomel20112hotmail.com (1) Transando com a Vizinha Casada Contos Eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Transando com a amiga safada dos meus filhos... Contos Eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Transando com a mulher do amigo. (1) Transando com duas safadas (1) Transando com filho da empregada (1) Transando com filho da vizinha (1) Transando com meu professor de biologia (1) Transando com meu1ºAmante Conto eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Transando com minha cunhada. (1) Transando com minha sogra...@docecomomelcontos (1) Transando com o cunhado (1) Transando com o tio de minha amiga (1) Transando com um Amigo (1) Transando com um boy de programa (1) Transando gostoso com a chefa rabuda (1) Transando gostoso comeu tio (1) Transei Com Empregada Casada Safada: (1) Transei com a Prima Safada (1) Transei com a mulher do meu tio. (1) Transei com dois no ônbus Docecomomel(hgata) (1) Transei com meu Sogro E Agora (1) Transei com o namorado virtual de amiga...Contos Eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Transei com primo da namorada. (1) Transei com um bem dotado Adorei (1) Transei com um casado E dai.Docecomomel(hgata) (1) Transei com um travesti ...E gostei Contos Eróticos de Docecomomel (hgata) Video (1) Transei muito e gostei Docecomel(hgata) (1) Traçando a mulher do meu tio. (1) Traçando a tia da esposa...Contos Eróticos de Docecomomel (1) Traí (1) Traí antes do meu casamento:Contos Eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Traí meu marido com um sobrinho seu...Conto Erótico de Docecomomel (1) Traí meu marido com um sobrinho seu...Conto de docecomomel (1) Traí meu tio com sua mulher safada.Contos de Docecomomel (1) Traí sim (1) Trepando com minha cunhada gostosa (1) Trepando com minha cunhada gostosa II (1) Trova de amigos e docecomomel (1) Um "Cara" fora de série. (1) Um Amor Gostoso e Real (1) Um Antigo e Safado caso de amor.Contos eróticos de Docecomomel (hgata) (1) Um Cara fora de série. Docecomel(hgata) (1) Um Caso Real Docecomomel(hgata) (1) Um Caso Virtual que virou Real docecomomel(hgata) (1) Um Coroa prá de gostoso Docecomomel (hgata) (1) Um EMO safado em meu caminho. Contos Eróticos de Docecomomel (1) Um Encontro Casual Contos eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Um Incesto Inesperado (1) Um Pedreiro Comedor (1) Um amigo Virtual...Um Amante Real.@docecomomelcontos (1) Um amor de professor particular Docecomomel(hgata) (1) Um amor de verão Docecomel(hgata) (1) Um amor diferente Docecomomel(hgata) (1) Um bem dotado Contos Eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Um bem dotado fudendo adoidado (1) Um bem dotado... De repente uma traição. Contos de docecomomel (1) Um caso extraconjugal Docecomel(hgata) (1) Um coroa galante e gostoso (1) Um coroa muito safado Docecomomel(hgata) (1) Um donzelo em minha vida Docecomomel(hgata) (1) Um encontro casual... Uma transa sensacional...Contos Eróticos de Docecomomel (1) Um encontro casual...Um ménage sensacional.Contos de docecomomel (1) Um fetiche (1) Um fetiche e muito tesão! (1) Um final de semana Docecomomel(hgata) (1) Um louco desejo...Uma traição! (1) Um massagista bom de tudo. Docecomel(hgata) (1) Um negão...Como eu gosto (1) Um novinho para chamar de Meu! (1) Um pau amigo...Vale ouro! Contos de Docecomomel (1) Um pupilo devasso e gostoso (homo) (1) Um sexo diferente E Gostoso Docecomomel(hgata) (1) Um virgem bem dotado Docecomomel(hgata) (1) Um virgem e Eu Docecomel(hgata) (1) Um é... Dois é...Três e D++ da conta (1) Uma Casada inexperiente...Muito safada. Contos Eróticos de Docecomomel (1) Uma Coroa Carente e Tesuda (1) Uma DP com meu marido e seu amigo.Conto de Docecomomel (1) Uma Morena Tesuda Safada (1) Uma Mulher em Minha Vida (1) Uma Putinha Safadinha. (1) Uma amante casual safada demais (1) Uma amante só minha. (1) Uma aventura Alucinante.Contos Eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Uma balzaquiana Fogosa (1) Uma boa opção uma amante...Safada.Contos eróticos de Docecomomel (1) Uma carona legal Docecomomel(hgata) (1) Uma casada Safada. (1) Uma deliciosa DP.Com dois irmãos (1) Uma festa muito boa. Docecomomel(hgata) (1) Uma festa surreal...Uma traição. (1) Uma mulher Papa-Anjo (1) Uma putinha gostosa. (1) Uma putinha só minha. Contos Eróticos de Docecomomel (1) Uma safadinha só minha (1) Uma sobrinha gostosinha (1) Uma tal Larissa casada e putinha.Contos de Docecomomel (1) Uma tarde de prazer.Docecomomel(hgata) (1) Uma traiçao Uma magoa docecomomel(hgata) (1) Uma traição (1) Uma transa no meio da tarde (1) Uma vizinha putinha e safadinha ! Docecomomel Contos Eróticos (1) Uma viúva carente e gostosa.Contos Eróticos de Docecomomel (hgata) (1) Uma voz... Uma cantada ...Uma noite de amor. (1) Valores Jovens Pessoas (1) Vem Web Mensagens (1) Viagem ao Portal do Amor Docecomomel(hgata) (1) Video de Docecomomel (1) Video e Imagem Chico Buarque O Meu amor (1) Vinícius de Morais (1) Vivenciando o Amor (1) Vizinha amiga e amante: Contos de docecomomel (1) Vizinha Safada e Gostosa. (1) Vizinha e Amante Safadinha (1) Vizinha putinha. (1) Vizinha safadinha e Gostosa Docecomel(hgata) (1) Vizinhos e Amantes: (1) Web Curiosidades (1) Web Informações (1) amante (1) amiga de minha mãe (1) amor e paixão (1) blogs (1) blogs docecomomel (1) com amigo do namorado! Contos docecomomel (1) contista docecomomel (1) conto (1) conto eroticos (1) conto erótico docecomomel (1) contos de docecomomeel (1) contos de sexo (1) contos de sexo.Docecomomel (1) contos de tesão. (1) contos docecomomel contos hot docecomomel (1) contos eróticos de docecomle(hgata) Comendo a babá em seu trabalho (1) contos eróticos de docecomomel(hgata) Galinhando com meu namorado (1) contos homosexxual (1) contos top (1) contoshot (1) de Docecomomel(hgata) Aprendendo a nadar eu Traí...E Agora? (1) docecomome (1) docecomomel contos (1) docecomomel(hgata) (1) docecomomel(hgata) Cronica azeda (1) erotico (1) eroticos (1) foi com meu cunhado (1) http://sensacoescomemocoes.blogspot.com.br/ (1) l@docecomomelcontos (1) lcontos (1) magens da segunda (1) mas sem pretenção Contos Eróticos Docecomomel (1) minha amante. (1) o (1) orgasmo no ônibus Docecomel(hgata) (1) pornografia gifs (1) safada (1) safadeza (1) sensual (1) sexo (1) sexy (1) sexy tesão (1) só fodo com eles Contos Etóticos de Docecomomel (1) tio (1) traição. (1) uma aventura total. (1) uma foda perfeita (1) uma morena safada (1) uma trepada casual! Contos Eróticos de Docecomomel (1) virou meu amante.Conto erótico de DocecomoMel (hgata) (1) web Mensagens A Dieta do Sexo (1) web mensagens O beijo (1) Êxtases Delírios e Sacanagens (1)

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.
free counters

.

"Nunca é tarde para abrirmos Mão dos nossos Preconceitos "