Crie Não Copiei

Crie Não Copiei
Mostrando postagens com marcador Contos de Docecomomel (hgata). Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Contos de Docecomomel (hgata). Mostrar todas as postagens

sábado, 15 de abril de 2017

Minha prima putona




Estava de férias na praia, éramos nossa família juntamente com a família do meu tio, o irmão de minha mãe com sua esposa e dois filhos, um menino de 9 anos e uma moça de 18 anos e meses, éramos quase da mesma idade.
Minha prima Jéssica era uma moça muito gostosa.Morena com cabelos lisos olhos pretos e um par de seios que me deixava louco, meu sonho de consumo era gozar entre seus seios.
Jéssica não me dava bola ela tinha um namorado coroa bem mais velho que ela, era safada só gostava de homem de boas condições, mas eu tinha certeza que em breve ela ia cair nas minhas garras afinal não desisto do que eu quero e fuder gostoso com minha prima era primordial nestas férias. Nos dois primeiros dias nada aconteceu apenas me masturbei depois de ver minha prima de biquíni, linda tesuda com biquíni atochado no rabo.
A casa que meus pais alugaram era bem espaçosa até piscina tinha, o calor intenso ai mesmo a noite tomava banho de piscina. Já fazia 3 dias que estávamos na casa, era 20 horas mais ou menos eu estava tomando banho na piscina tranquilamente quando minha prima Jéssica se aproxima e indaga se a água não estava fria?
Ela estava vestida com uma saída e um biquíni por baixo.
-Não prima bate sol dia todo aqui a agua está deliciosa!
-Você já vai sair da agua primo, porque tenho medo de ficar sozinha na piscina?
-Não Jéssica vou demorar um pouco até entrar pra ir dormi estou cansado hoje!
-Eu também estou cansada precisando de uma massagem, aí vi minha chance e falei se ela queria eu poderia lhe dá uma massagem!
-Claro que quero primo só não pode ser aqui, no meu quarto seria ótimo pois tenho certeza que do jeito que estou eu vou pegar no sono!
Claro depois do jantar eu vou em seu quarto está bom assim prima Jéssica?
-Claro Jonas você sempre é um amor de pessoa, me deu um beijo e saiu andando rebolando, achei que fosse provocação. Sai da piscina tomei banho e fui jantar na sala todos conversavam animados, mas eu pensava só no que iria ter a chance de fazer com Jéssica.
Assim que terminei de jantar falei que já iria dormi pois estava muito cansado, assim eu sai em poucos minutos recebo uma sms era da prima Jéssica dizendo que estava à minha espera.
Peguei um creme hidratante uma toalha de banho e fui em direção ao quarto da minha prima, a porta estava encostada empurrei, entrei e vejo Jessica deitada de bruços, estava coberta por um fino lençol. Aproximei-me e disse pronto aqui estou eu seu massagista particular e sorri. Jessica sorriu sentei na beirada da cama, e falei.
Posso tirar o lençol?
-Pode mas fecha a porta do quarto antes!
-Hum fecho sim voltei fui tirando o lençol devagarzinho até ver com os olhos a linda e tesuda prima nua, sem nada por baixo do lençol.
-Prima como você é gostosa?
-Sou nada primo, vamos logo com esta massagem assim eu comecei a dá massagem em suas costas, ia do início quase no pescoço até sua bunda, cada movimento de minhas mãos eu ficava mais com tesão, com certeza ela percebeu pois ronronava me provocando até que ela disse que podia virar para eu massagear na frente.
Ela virou eu pude ver assim de frente de bem perto seus seios durinho com os mamilos rosinhas bem durinhos os bicos bem eriçados.
É claro que fiquei louco de tesão afinal não sou gay, falei ai prima como você é tesuda estou aqui louco.
Calma lembre que somos primos!
Sim e daí eu não vou casar com você apenas disse que estou louco de tesão! Foi ai que eu subi na cama ela entre minhas pernas e eu continuei a minha massagem, ela percebei meu cacete bem duro pois a cada movimento que eu fazia até chegar em seus seios e pescoço meu cacete encostava anela e pulsava de tão teso que eu estava.
Fiquei assim minutos até ela dizer não devemos porque somos primos, mas senti você assim estou mais louca ainda de tesão foi o que ela falou!
 Ai foi que tomei coragem e peguei me inclinei sobre seu corpo e dei um beijo, praticamente eu deitei por cima dela, sem dá chances de fuga, ela tentou se sair mas eu não dei chance afinal sou mais forte e ela estava embaixo de mim separado apenas por minha roupas.
Eu não iria perder esta chance de enfim comer minha prima, meu cacete estava duro que nem pedra, babava de tesão.
Foi ai que comecei a beijar o pescoço dela e fui descendo beijando todo seu corpo gostoso até chegar na sua bucetinha, que comecei a chupar muito me acabei chupando sua bucetinha, ela já ficou entregue forçava minha cabeça querendo que a chupasse mais ainda.
Em poucos minutos eu estava masturbando ela com os dedos e chupando seu grelinho delicioso, ela gemia alto chamava-me de primo safado.
Pois foi ai que eu percebi que ela já ia começar a gozar; comecei a sugar seu milzinho ela gozou gostoso tudo na minha boca, que gozada… gostosa.
Até hoje nenhuma das meninas que já namorei gozou daquele jeito.
Esperei ela se recompor de sua gozada maravilhosa tirei minhas roupas entrei entre suas pernas prendendo as pernas dela em minha cintura e comecei a esfregar meu cacete na buceta dela. Até que...
Coloquei a cabeça do meu cacete na portinha de sua buceta ela já começou a gemer, foi ai que eu enfiei com tudo nela.
E tirava e botava em um vai e vem alucinado e ia aumentando a velocidade até que senti que ia gozar, coloquei a priminha de quatro e comecei a comer ela naquela posição, ver seu rabo todo aberto para mim me dava mais tesão ainda foi ai que comecei a passar um dedo no seu anel, ela travou mas eu insistir sem tirar o cacete de sua buceta gostosa ai acelerei mais até explodi em um gozo senti a cabeça do meu cacete ensopada a safadinha gozou junto comigo.
Fiquei louco metendo até minhas pernas tremerem.
Tomamos um banho e voltamos para cama,
Jessica nada conversava mas quando me deu algo em minha mão e foi pra cima da cama e ficou de 4 não precisava dizer mais nada, ela queria que eu comesse seu cu também afinal foi pra isto que me deu camisinha e Kg.
Ai eu fui igual cachorrinho dei uma lambida sentindo as pregas do seu cu latejando deixei bem meladinho de saliva, meu cacete duro botei camisinha e fui metendo aos poucos até cabeça passar ela gemeu é claro que é algo natural, mas depois que cabeça entra o cu vira um cuzão, meu Deus eu nem queria acreditar que estava ali comendo aquele cú gostoso apertado, que presente bom ter uma prima com uma bunda tão gostosa.
Soquei sem dó nem piedade tinha momentos que ela mordia a fronha pra não fazer barulho ai senti ela gozar foi quando eu me liberei mais e soquei com força até gozar enchendo a camisinha.
Tirei o cacete de dentro de seu rabo Jéssica me tirou a camisinha e chupou meu cacete até deixar ele limpo.
Fomos tomar um banho e no banheiro Jéssica me fez um boquete até eu gozar de novo só que agora foi em sua boquinha gulosa.
Safadinha bebeu tudo, esperei um tempo e fui para o meu quarto dormi como um anjo, até sonhei com minha prima.
Depois desse dia sempre eu e minha prima dava um jeito e fodia gostoso em qualquer lugar só bastava estarmos juntos e ninguém por perto.
Foi a melhor férias de minha vida todos os dias tinha sexo.
Jéssica me provocava e assim viramos praticamente amantes pois logo quando voltamos Jéssica estava de braço pendurado com seu namorado coroa. E ficamos por mais de um ano com esta amizade colorida entre primos nunca ninguém desconfiou de nada e nem desconfiam até hoje.
Continuamos cumplices somos amigos, primos e amantes e se depender de meu tesão por minha prima viveremos sempre felizes e realizados em nossos momentos de muito sexo.
Sexo com amizade e cumplicidade, ainda mais com dinheiro do namorado dela para pagar motel chic na cidade em que moramos.


 Docecomomel
Feira de Santana,15 de abril de 2017
Bahia Brasil

sábado, 18 de março de 2017

Dormindo com a madrinha!




Oi pessoal eu sou um jovem de Salvador sou moreno ainda estudo mas eu vou relatar o que me aconteceu quando eu ainda não tinha 18 anos. Tenho 178 de altura e peso 65 kg.
 Eu apesar de ainda ser novo já tinha uma tara por mulheres e em especial pela minha madrinha.
Em primeiro lugar pela forma que ela sempre se vestia, parecia uma puta com saias curtas mostrando quase as pernas todas.
E agia em minha presença como se eu nem fosse um homem. Me deixava louco de tesão batia altas punhetas pensando nela e em suas coxas grossas. Ainda mais que tinha os seios grande eu pensava em mamar sempre, mas como ela era minha madrinha eu ficava na retaguarda.
Eu ouvia a irmã dela conversando com minha mãe sobre a minha madrinha fingia que não estava prestando atenção na conversa, mas sempre conseguia captar então eu fiquei sabendo que ela dava muito chifre no marido corno dela.
-Aí pensei se já tinha costume de pular a cerca qualquer momento eu dou o bote, eu digo minha madrinha mas na verdade ainda não me batizou.
Então outro dia ela esteve na minha casa e perguntou se eu não poderia ficar alguns dias na casa dela fazendo companhia pois o marido ia fazer uma viagem por conta da empresa e ficaria fora uma semana. Como sempre tem assaltos onde ela mora estava com medo de ficar só.
Eu aceitei afinal estava de férias mesmo, mas quando eu cheguei na casa dela fui recebido muito bem, me tratava a pão de ló.
Excepcionalmente naquela sexta –feira fui no cinema com alguns colegas do colégio e quando voltei minha madrinha estava na sala toda arrumada, o perfume se sentia de longe.
Quando ela me viu deu um sorriso foi ai que começamos a conversar ela me perguntou sobre a namorada se tinha beijado muito naquela tarde.
Eu disse a ela que não tinha namorada, que tinha saído com os colegas do colégio.
-Ah sei então não tem ninguém? Não dá para acreditar Gabriel um rapaz tão bonito como você sem namorada.
-Pois é verdade minha madrinha!
Ai fizemos um lanche e ficamos vendo televisão o tempo ia passando e ia ficando tarde, ai começou passar um filme bem sexy.
Ela sentada na poltrona só me olhando eu procurava mudar os pensamentos para não me denunciar mas estava a ponto de explodir. Foi assim que ela foi para seu quarto e passou por mim andando toda provocante.
- Eu fiquei vendo televisão mais um pouco ai deitei no sofá, o tempo mudou para chover o ar ficou abafado, calor insuportável, não tinha ventilador não estava conseguindo dormir. Foi ai que minha madrinha levantou-se para ir ao banheiro e quando passou pela sala me viu todo suado.
Falou bem assim Gabriel porque você não vem dormi no meu quarto o ar condicionado está ligado senão você passa a noite em claro.
Eu aceitei mas eu pensei que iria dormi em algum colchão no chão, mas não ela mandou eu deitar na cama de casal que era enorme e bem macia.
Dei boa noite a ela e cai no sono, estava cansado mesmo, mas de madrugada acordei
Depois de algumas horas estranhei a cama, estava sonolento sem saber ao certo onde estava foi ai que olhei ao redor e me dei conta onde estava.
Acordei o costume de dormi em casa ao virar para o lado da minha madrinha eu vejo que ela estava descoberta mostrando suas coxas grossas e parte da bunda onde se via uma calcinha vermelha enfiada na regada.
Meu coração disparou vendo aquela cena linda, uma mulher tipo potranca toda arreganhada bem pertinho de mim era uma tentação.
Foi ai que vi que ela dormia feito pedra, apoiei meu braço nela e me encostei de leve sem querer despertar.
Ela ficou colada no meu corpo. Sentia sua respiração tranquila dormindo.
-Pensei é agora ou nunca. Coloquei uma das mão no seio dela, ela nem se mexeu, Ai lentamente sem querer desperta-la me encaixei em sua bunda, meu cacete parecia um porrete. Eu encostado na bunda dela foi ai que afastei a calcinha, meu cacete ficou apoiado entre os grande lábios, fui forçando e parando até que senti que meu cacete estava todo atochado em sua xoxota meladinha.
Eu tinha medo dela acordar, mas ao mesmo tempo pensava que ela estava fingindo dormi. Silenciosamente forçava meu cacete em suas entranhas, ela ressonava, mas percebia seu corpo arrepiar e estremecer. Foi ai que ela virou-se ficando de bunda pra cima.
Me ajeitei e meti o cacete dentro dela. E fiquei por mais de 15 minutos só fundendo a vadia tesuda, sabia que ela fingia dormi.
Tentei mudar de posição mas ela fingia dormi como quem não tem cachorro caça com gato me contentei em comer ela por trás socava sem dó nem piedade até explodir em um gozo intenso, senti seu corpo entrar em convulsão.
Quando eu já ia tirando meu cacete meio bamba de dentro dela, ela me segura pela mão e diz.
-Gabriel já que começou termine, sorri para ela pois tinha certeza de seu fingimento em está dormindo, amanhecemos transando e assim foi a semana mais agitada que tive na vida. Acordava e dormia transando só fui para casa um dia antes de saber que o marido dela estava voltando.
Agora além de ser minha madrinha é também minha amante, tenho passado muito bem com ela volta e meia só basta o corno sair para trabalhar e eu estou lá abastecendo ela de leite.
Boa de fuder adora todas posições e não e cheia de não me toques quando começa a chupar só para depois do leite derramado e bebe tudo.
Minha madrinha é mulher que todo homem deseja, bonita gostosa e safada.
Depois volto para contar como foi nosso primeiro anal, pois esqueci de detalhar que meu cacete tem 22 cm acredito que comparado aos 17 do corno não fico deixando nada a desejar.
Estou certo ou não??

Docecomomel(hgata)
Instagram:docecomomel2011
Feira de Santana.18 de março de 2017.
Bahia Brasil.

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Comendo minha empregada casada!






Tenho 27 anos, sou casado, mas como todo homem que casa ainda jovem e sem querer, mas por obrigação estou insatisfeito sexualmente no casamento casei porque ainda inexperiente engravidei a minha namorada logo de primeira quando comi seu cabaço.
-Ou casava ou morria foi o que o pai dela me disse. Então casei, mas não vivo bem com ela ainda mais que moro na casa da minha sogra.
-Minha mulher se dedica muito a nosso filho pequeno.
Como Luana estuda ainda tivemos que contratar uma empregada, para ficar com nosso filhinho enquanto minha mulher Luana esta na faculdade. Eu trabalho de turno muitas vezes estou em casa pela tarde toda,ou pela manhã,minha mulher estuda de tarde.
A empregada que minha mulher contratou é uma mulata alta com suas ancas grandes e seios grandes, acredito que tenha uns quarenta anos, ou até menos. Mas devido à vida de pobreza esta bastante desgastada e mal cuidada. Sempre gostei de uma coroa.
Eu quando estava em casa me pegava olhando para sua bunda.
E naquele dia em especial eu estava louco de tesão, ainda mais que fazia três dias que eu não transava, nosso filho teve febre e minha mulher atarefada e cansada não quis... Então pensei hoje se não for na mão grande eu tento com a empregada vez ou outra sentia que me olhava com cara de safada.
Minha esposa como de costume saiu logo depois do almoço para sua faculdade e eu iria ficar em casa, pois era alteração da escala só iria trabalhar na manha do dia seguinte.
 Eu não estava muito disposto em sair então resolvi tirar meu dia de folga todo dentro de casa. Lendo contos e vendo vídeos na web que adoro. Atiçou ainda mais meu tesão
Enquanto tentava dormi após o almoço ainda aproveitando,que nosso filho também dormia, ouvia o barulho da empregada perambulando pela casa.
Ela não era muito discreta sei que assim que nosso filho acordasse ela entraria no quarto pra pegá-lo, eu naquele dia estava com muito tesão ai pensei é hoje que tento a sorte com Elisa. Tudo estava a meu favor naquele dia ,também até minha sogra tinha saído.Fiquei na cama entre sonolento e acordado com um tesão do caralho.
Segurando meu cacete duro por dentro do short até que...
Meu filinho choramingou a empregada apressadamente entrou em nosso quarto não sei se sabia que eu estava ali, mas seus olhos me olhavam com muito tesão, pois eu estava muito excitado... Ela pegou  nosso filhinho deu mamadeira colocou de novo no berço pois o mesmo adormeceu.Eu levantei neste meio tempo e fui ate o banheiro.Meu short estufado mostrava que eu estava bastante excitado, voltei para cama e quando passei perto da empregada.Ela com a voz baixa me interpela perguntando o que eu estava fazendo em casa naquela hora,pois entrou n quarto sem saber de minha presença.
Estou de folga.
Ela me olhava com olhar fixo no meu cacete que não baixava de jeito nenhum.
Depois de me olhar muito ela exclamou com sorriso de safada vixe patrão o senhor está a perigo olha como esta de barraca armada... Pois é Elisa sua patroa me deixa na mão direto.
Imediatamente ela sorriu falando a patroa é boba não aproveita os prazeres da vida o tempo passa e nós ficamos perdidas no tempo. Queria que meu marido não bebesse tanto para me oferecer sexo como eu gosto, mas chega a casa caindo de bêbado. Ai sou obrigada a dar meus pulos entre um amigo  dele e outro vou me divertindo.
Surpreso lhe perguntei você trai seu marido Elisa?
-Sim ele bebe demais e eu gosto demais de sexo para esperar por ele.
Ouvindo-a responder fiquei com mais tesão, sempre olhava pra sua bunda grande gostosa e sou fissurado em bunda grande adoro sexo anal e mulheres de bunda grande são uma delicia de se foder.
-Hum... Interessante saber disto.
Você topa foder comigo agora?
-Ela não respondeu nada e saiu, fiquei preocupado achando que tinha colocado o carro diante dos bois, mas para surpresa minha a safada foi verificar a porta da casa se estava fechada e voltou para o meu quarto enrolada em uma toalha de banho.
-Pronto patrão se é sexo que quer terá sexo temos umas duas horas de liberdade ainda até o povo de a casa chegar. Aproximou-se e foi chegando e abaixou-se bem perto de minha virilha e sem  dizer mais nada abaixou meu short,meu cacete de prontidão atirou-se na frente de seu rosto.
- Nossa, Que delicia precisamos dar um jeito nisso.
-E antes que eu pudesse esboçar qualquer movimento, ela aproximou sua boca e sem cerimônia alguma começou a lamber meu cacete e logo já estava me pagando um boquete delicioso, chupava de uma forma que meu cacete sumia dentro de sua boca gulosa.
Sua boca era macia, eu em pé segurava em sua cabeça forçando ainda mais a garganta profunda.
Elisa não era nenhuma deusa, mas em termos de um boquete era impossível descrever a intensidade do prazer.
 Mas estava gostoso... E como todos nestas horas homem não pensa.
 Ela chupava com vontade e a única coisa que eu queria naquele momento era encher sua boca de leite. Quando ela falou no meio do boquete assim...
- Isso... Que delicia de cacete não vai gozar não,estou esperando seu leite. -Confesso parece que meu cacete dobrou de tamanho.
Segurei em sua cabeça tirei meu cacete bati com ele em sua face lambuzei seu rosto todo e perguntei entre um gemido e outro: A safada quer leite na boquinha quer?
Elisa com respiração ofegante respondeu quero mamar teu leitinho todo e abocanhou meu cacete. Forcei por alguns segundos e com um entra e sai desenfreado comecei a gozar, Elisa parecia uma bezerrinha desmamada se lambuzando com meu esperma, sugou e lambeu deixando meu cacete todo limpo.
-Caracas que delicia ela exclamou!
Não podíamos perder tempo em um minuto eu estava sentado na cama recostado e entre surpreso e saciado vi a safada chegar subir e sentar de vez com sua xoxota no meu cacete.
-Uau... Enterrou meu cacete inteiro na sua xoxota, nem dando tempo de amolecer...
E rebolando e gemendo com movimentos intensos de quadris Elisa começou a ter um orgasmo, senti seu liquido molhar meu cacete.
 Foi o gozo mais intenso que senti em uma mulher, seu corpo tremia de tesão seus gemidos só não foram mais altos porque tapei sua boca enquanto mordiscava seu seio provocando-a mais ainda.
Safada revirava os olhos gemendo gostoso.
Eu mais que depressa levantei e coloquei-a de quatro.
Com voz de macho dominador, falei tu quer foder quer... Então se prepare safada que vou te comer gostoso.
Peguei uma camisinha encapei o cacete dei uma salivada na mão passei pelo seu rabo e disse:
- Vou comer o seu cuzinho, e não adianta gritar dizendo que não quer quem está na chuva é para se molhar. Segurei a safada pelos quadris.
Posicionei meu cacete na entrada do anel que piscava de tesão, encaixei ouvindo seus gemidos de prazer e puxei com força. Ela gritou eu tapei sua boca e continuei...Enterrando meu cacete até a metade ,parei até se acostumar logo depois forcei mais um pouco e me vi todo atochado naquela coroa vadia.Eu tenho um cacete cabeçudo.
Enquanto esperei alguns segundos observava aquela bunda, dava-lhe tapas a safada gostando gemia como uma gata no cio, assim fui aos poucos metendo e tirando com ritmo cadenciado esperando seus gritos para que tirasse, mas que nada ela queria era mais cacete no rabo... Seus gemidos de prazer me incitava a meter mais e mais.
Só ouvia Elisa dizer:
- Poe todo meu macho, mete gostoso na tua puta vadia ela gritava,
Eu como qualquer um adoro comer um cuzinho.
E quando a mulher pede que meta com vontade, aí é bom demais.
E no momento era meu caso.
Estoquei por alguns minutos e dando tapas em sua bunda sem muito custo, gozei. Despejei uns três (3) jatos de esperma enchendo a camisinha.
Seu anel apertava meu cacete que parecia uma cabrita no cio.
- Ufa que delicia exclamei.
Elisa com cara de safada sorriu falando Só por isso?
E depois de alguns momentos tirei camisinha que saiu suja de sangue, e sem dá tempo de ir até o banheiro Elisa disse deixa que lavo seu cacete e deu-me um verdadeiro banho de gato.
-Acabando saiu e rindo falou.
-Patrãozinho agora não vai ficar mais com tesão acumulado estarei sempre disposta.
-Ah e segredo preciso do meu salário para viver. Nem precisa se preocupar minha puta que agora somos cúmplices na safadeza.
Eu comecei a dá dinheiro a Elisa e não fizemos mais sexo na minha casa nossos encontros começaram a ser uma vez por semana em um motel e percebi que ela começou a se arrumar mais.
Ficando mais bonita me dando mais tesão.E foi com Elisa que descobri uma variedade de posições que minha esposa e eu até então não fazíamos.
Nada melhor que uma mulher experiente para ensinar.
O final da aventura não foi como eu esperava, mas aprendi a dar mais valor às mulheres.
Minha esposa passou a fase de pós-parto e começamos viver normalmente como um casal jovem recém-casado.
-E Elisa vocês podem indagar... Ah Elisa é minha amante é com ela que faço minhas paradas Hard e sou seu Dono.
Safada adora ser minha cadelinha.E eu comecei a liberar meus fetiches e vamos ate fazer um ménage feminino,eu Elisa e uma sobrinha sua.E ela que está esquematizando esta parada.Eu fico só aguardando ansioso por este dia.Acordei para vida mulher e amante que me deixam saciados de muito sexo.Um complementando o outro
Elisa safada cada dia mais gostosa até comprar coisas sexshop para me agradar ela anda fazendo.
É claro que continua em minha casa e preserva muito nosso segredo.



Docecomomel (hgata)
Feira de Santana 27 de agosto de 2014
Bahia :Brasil

sábado, 14 de junho de 2014

Comendo o irmão da minha namorada







Oi gente.
Eu sou o Marcos sou hetero tenho 25 anos, 1,87 de alt. com 84 kg bem distribuídos, meu cacete mede 19 cm eu acho de tamanho normal, apenas u pouco grosso, mas nada que possa causar algum incomodo. Eu tenho uma namorada, transamos sempre, mas a safadinha não me libera seu cuzinho. Eu adoro sexo anal.
Como ela tem um irmão eu sempre fico observando seu jeito e acredito que ele gosta de levar vara, ainda não tentei nada para evitar problemas com minha namorada que gosto muito e é muita safadinha falta só liberar seu rabo gostoso.
Como não sou de desistir espero que logo ela ceda à pressão que exerço quando estou trepando com ela. E acabe cedendo de vez.
Afinal água mole em pedra dura tanto bate até que fura.
Assim certo dia, digamos há umas três semanas atrás eu minha namorada e seu irmão estávamos voltando de uma festa.
Minha namorada tinha bebido um pouco e assim que chegamos a sua casa fomos logo colocar ela para dormir. Enquanto me despedia minha namorada ainda falando embolado falou.
Ah amor porque me deixou me exceder na bebida hoje que íamos sair para um motel!
-Respondi, pois é amor eu cheio de tesão e você me deixou na mão...
Mas amanhã recuperamos o tempo perdido.E sonolenta minha namorada segurou em meu cacete sobre a minha roupa.
Em instantes adormeceu, só que eu não tinha visto que meu cunhado presenciou a cena toda.
Quando ele perguntou o que estava acontecendo...
Eu apenas sorri dizendo é coisas de namorados você ainda é jovem para saber destas coisas!
Você que pensa Marcos que não sei de nada...
E sem se importar ele ficou na minha frente e levou a mão ate meu cacete.
-Caracas Luis o que você acha que está fazendo?
-Deixa de ser bobo Marcos que não sou criança já tenho 18 anos e você já deve ter desconfiado que gosto mesmo seja de macho.
-Claro, mas não quero problemas com minha namorada ainda mais que é tua irmã.
-Deixa de ser covarde ela só acorda amanha e com ressaca nem vai lembrar-se de nada.
E sem falar mais nada Luis abriu minha braguilha botou meu cacete para fora e começou a tocar uma punheta, que mãos macias o guri tinha me deixei ser levado pelo momento, deixando fazer uso de seus dotes.
Quando Luis abaixou na minha frente e começou a me chupar fui ao delírio que boquinha gostosa, sabia ser mais que safada que sua irmã.
Chupava e lambia meu cacete com intensa maestria. Fui ao delírio.
Segurando em sua cabeça estocava com um ritmo cadenciado fazendo meu cacete entrar quase todo em sua garganta.
Ai depois de uns dez minutos de chupação não aguentei e enchi sua boca e rosto de leite.
O tesão era demais... Luis bebeu meu leitinho todo.
Deixando meu cacete limpinho.Entre a surpresa e o prazer fiquei  em um estado de euforia que meu cacete nem chegou a amolecer.
E como poderia se Luis não parou de chupar.
Quando o safado me diz.
-Ah Marcos sou doido para te dá, vem vamos para meu quarto!
Eu nem pensei em mais nada fui até seu quarto e em instante Luis estava de quatro na beirada da sua cama. Já de bunda para cima.
Coloquei uma camisinha ele me passou um recipiente com um gel, atolei os dedos passei em seu rabo, coloquei um pouco na cabeça do cacete e já fui me encostando, lentamente forçava e parava.
Ele dizia pode meter gostoso que quero sentir você arrombar minhas pregas meu cunhadinho gostoso... Forcei senti a cabeça entrar e empurrei de vez, ele deu um pulo para frente segurei em sua cintura e  sem deixar escapar acelerei o ritmo ,no quarto só ouvia-se o estalo de nossos corpos e os gemidos abafados de Luis.
Ai sem parar metia gostoso e depois tirava deixando só cabeça dentro e metia todo de vez.
O guri rebolava e gemia mais que uma puta, seu cacete apesar de pequeno parecia uma rocha quando percebi sua respiração se acelerar senti seu cú apertar meu cacete ai senti que ele estava gozando acelerei o ritmo compassado e gozei... Foi um gozo prolongado e farto.Eu me desconheci.
 Pois jamais havia gozado de segunda vez assim com tanta abundancia.
Meu cacete saiu de dentro e observei o rombo que tinha ficado em Luis. O safado não estava nem aí, me viu tirar a camisinha virou-se e começou a me chupar.
E entre uma chupada e outra falava que estava feliz, pois fazia tempos que me desejava.
Aí vocês imaginam como ficou a minha situação sempre tinha um tempo disponível para curtir com meu cunhado enquanto sua irmã e minha namorada não liberava o rabo eu socava cacete em seu irmão mais novo.
E, diga-se de passagem, que era safado e sabia pagar um boquete como ninguém.
Eu não resistir.
Se estiver certo ou errado não sei responder, mas o que eu quero mesmo é fuder.

Docecomomel(hgata)

Feira de Santana,14 de junho de 2014
Vejam meus blogs
http://desejosdeinsanos.blogspot.com.br/




quarta-feira, 23 de abril de 2014

Aventura em alto mar



Olá... Saudades.
Andei um pouco ausente estava de férias, mas voltei com muitas aventuras que vou contar para o deleite de vocês meus caros amigos...
Bem vou relatar uma pequena aventura que eu tive recentemente no mês de fevereiro, foi durante o período de carnaval.
Para quem não sabe sou Marcela, divorciada 36 anos, sem filhos, sou morena, com cabelos de tamanho médios castanhos escuros e meus olhos também são castanhos.
Sou morena clara, não sou afro, que fique bem claro nada contra, mas
desde quando algumas pessoas sabem que sou baiana já me imaginam com cabelos dreads ou Black Power ou com a roupa típica de vendedora de acarajé.
Nada disto pessoal existe algo que é tradicional de cada região.
Vestimos-nos normal como toda mulher de qualquer estado do Brasil com clima quente e gostoso como é na Bahia.
Além do mais somos quentes por Natureza...
Desculpem o excesso de demagogia ou exagero de autoestima, mas meu Rey baianos somos assim alegre por convicção da boa maneira de viver bem... E feliz.
Bem voltando a minha aventura eu fui convidada para um pequeno passeio de barco, pelo litoral sul de nosso estado.
Eu não sou muito fã de passeio agitados com muita gente, mas por incrível que pareça eu aceitei e tive a sorte que devido a chuvas algumas pessoas convidadas desistiram, para alegria dos que foram.
O sossego de ficar em alto mar passeando ouvindo o som das ondas do mar.
O sol ameno e a brisa leve esvoaçavam meus cabelos. Apenas seis pessoas a bordo. Ouvindo uma musica suave,bebericando um campari,  perdida em meus pensamentos fiquei deitada em uma cadeira preguiçosa entregue a leveza do meu ser.
Em paz comigo mesma, mas assustei-me ao ser despertado por uma voz com sotaque estrangeiro.
Demorei a sair da letargia da noite anterior mal dormida, mas logo me dei conta de onde estava abri meus olhos e com uma mão protegendo dos raios que esplendorosamente brilhavam sobre nossas cabeças, pude distinguir de quem era a voz com timbre forte ali ao meu lado que falava!
usted hablas espanhol? Us Ted habla español
No io no hablo espanhol..
Ah si si.
No quieres conhecer a cabine principal? Quieres saber La cabina principal.
Ah si.
Eu no momento que olhei para aquele homem de olhar frio, mas com um semblante de Sheik, parecia que eu estava participando de um filme.
Um filme em alto mar, eu me senti  uma diva.
Entre o sonho fantasia e realidade eu e outro casal nos dirigimos até a cabine principal.
Assim fomos até a cabine daquele imenso barco em companhia do comandante, ou seja, do proprietário do barco.
Enquanto íamos andando em direção à cabine eu pude observar a fisionomia daquele homem simpático com alguns fios de cabelos grisalhos, barba e bigode que adoro, ele era um pouco alto, com músculos definidos com certeza em tempos de outrora fora uma atleta, andava lentamente com seu jeito firme dono da situação sabia para onde ia e com toda certeza sentia-se feliz de poder mostrar seu mais novo brinquedo pessoal seu barco...
Assim o seguimos pelo convés o Sol dava um tom especial com seus reflexos dourados brilhando em nossas cabeças até que descemos as escadas e a luz natural do dia foi substituída por lâmpadas frias, que davam um toque especial na decoração.
Logo que adentrei aquele imenso espaço sentiu uma sensação de paz, o clima suave transbordava como se eu no momento estivesse em outro plano,alem do momento presente.
Estejam à vontade vocês são meus primeiros convidados a conhecer este recinto.
A porta se abriu a nossa frente surgiu uma imensa cama forrada com lençóis de cetim de cor bege sobre ela muitas almofadas de estilo indiano. Realmente estávamos em local digno de um sheik, todos ali presente ficaram admirados da beleza impar do lugar.
Voltamos ate o espaço anterior e ficamos observando por um vidro o lindo por do sol que surgia a nossa frente.
Sem palavras... Logo o casal disse que voltaria até o convés eu fiquei sem ação e sem palavras apenas observando a beleza do por do sol no horizonte.
Até que meus pensamentos foram interrompidos pela voz austera do capitão, eu elevei minha cabeça perante seu olhar notei que ali na minha frente estava um homem de grande poderio financeiro, mas um homem só, sem amor sem família, que se dedicava ao trabalho exaustivo em tempo integral.
Triste contestação, mas é o que ocorre muito corremos por demais em busca de grandes poderes aquisitivos e acabamos atropelando nossos sentimentos que ficam adormecidos a mercê da própria sorte.
Mas eu não sou juíza para julgar ninguém tinha mesmo era que aproveitar os bons momentos que ali poderia usufruir e nosso anfitrião muito gentil se esmerava em exaltar a cordialidade servindo do bem e do melhor.
A noite um belo jantar foi servido que todos degustaram e não faltaram elogios, a musica suave tocava em um aparelho de som e aos poucos os casais começaram a dançar com exceção de minha pessoa e do comandante que também estava desacompanhando.
Mas o momento, à noite a musica suave nos empurrava um contra o outro ele me olhava eu retribuía seu olhar com um sorriso o magnetismo de ambos se atraiam logo estávamos os dois ao centro dançando juntamente com os demais casais. Amo dançar e quando encontro um bom par me deixo levar pela leveza da musica, o tempo vai passando e não apercebo que os outros casais saíram sorrateiramente ficando só eu e o capitão.
Quando noto fico tímida e peço desculpas, ele sorri feliz e dizendo... Parece-me que seus amigos e meus convidado adivinharam que estava querendo ficar a sós com você.
Ah... Não diga assim senão acabo me convencendo que é verdade.
Pois pode se convencer que estou sendo sincero com você e eu fique boquiaberta em meus 1,62 de altura olhando para aquele homem, minha cabeça nem chegava à altura de seus ombros.
 E como um passe de mágica me vi envolvida em um beijo terno a principio, mas logo foi tomando uma proporção descomunal e em instantes mi vi sendo levada pelos braços fortes de Markus, eu estava sendo conduzida a sua cabine particular, claro que não opus resistência era algo que também estava desejando e ao adentrar aquele pequeno mundo paradisíaco eu me sentia como uma... Diva sendo cortejada.
Markus me beijava com intensa paixão logo suas mãos ávidas começaram a tirar minha blusa fina,deixando meus seios expostos e com delicadeza ele os acariciava deixando os bicos eriçados,ai vocês imaginam como o tesão intenso se apossava de ambos,abri sua camisa e também lhe fiz carinhos em seu dorso nu,sua tez morena do sol reluzia dando um sombreamento atípico e sensual.
Senti seus lábios em meus seios e uma corrente elétrica percorreu meu corpo foi um choque sexual e no mesmo instante senti que minha xoxota ficou ensopada.
Meu rosto ficou afogueado de tesão e Markus deliberadamente começou a tirar minha saia e eu sua calça... Ambos de roupas intimas em um abraço, eu sentia seu membro tocar em meu umbigo.  E inclinando a cabeça para baixo em um ângulo de visão eu só conseguia enxergar um cacete duríssimo que saia sobre o cós da cueca.
… Eu bem que tentei fazer de conta que não tinha visto nada, mas os seus movimentos de quadris induziam a uma dança sincronizada e sensual.
sem falarmos nada Markus foi me apoiando entre as almofadas e começou abaixando minha calcinha e sua boca apossou-se de meus lábios vaginais me proporcionando prazeres,
Insanos eu não queria e nem tinha como protestar… Meu primeiro orgasmo foi intenso e demorado, mas quando Markus arqueou um pouco o corpo, se colocando encaixado dentre minhas coxas, soltei um gemido dizendo que seu cacete era muito grande que iria me dividir ao meio, rimos gostosamente, e com zelo minhas coxas foram se abrindo senti seu cacete vibrando e o calor de sua pele em contanto com a minha, cruzei minhas pernas em sua cintura e com golpe forte e certeiro senti a cabeça penetrar e uma sensação de ardor foi dando lugar...
Os belos momentos de tesão , ambos suspiravam entre gemidos e sussurros assim ele me fodia e eu rebolava como doida... Até entrarmos em um êxtase completo.
Ficamos abraçados sem palavras até fomos tomar um banho rápido e voltamos para cama e entre os lençóis macios voltamos a nos amar.
Fizemos uma variação de posições algumas delas até conhecida por mim em teoria, mas que foi muito bom conseguir realizá-las.
Uma delas foi senti o gozo de Markus se aproximar e na hora de gozar tirar cacete e exporrar todo seu leite em meu rosto. Foi algo diferente nunca antes ter feito e não faltaram outras oportunidades.
Acabamos realizando sexo anal e adorei ter Markus atracado como se fosse um garanhão atrelado a uma potranca fogosa sedenta de sexo.
Foi à realização de um sonho amar em alto mar. Desse jeito foi que eu tive minha primeira experiência com um coroa... Educado gentil e carinhoso sem deixar de citar que é muito fogoso...
-Eu o adorei.
- Várias outras fodas se seguiram entre nós, mas isto fica para outras histórias posteriores...
Que depois eu conto, pois agora tenho que aproveitar que meu marinheiro está aqui do meu lado querendo muito transar...
-E eu é claro não sou de fogo negar...




Docecomomel (hgata)
Feira de Santana, 23 de abril de 2014.
Visitem meu blog

domingo, 13 de abril de 2014

Relato de um corno conformado






Oi.
Eu sou o Marcos tenho 32 anos sou casado, minha esposa é linda e gostosa.
 Morro de ciúmes dela...
Uma coisa que todo homem tem medo de ser é corno e eu não sou exceção.
 Eu estava meio desconfiado dela, pensando em algum dia pegar minha esposa com outro... pois houve umas vezes que eu a procurei para transarmos e ela alegou dor de cabeça.
.A fisionomia de alguém assim com dor de cabeça e diferente,mas ela estava alegre e sorridente.
Ai foi eu que comecei a sentir dores de cabeça,na testa explicitamente.
Fiquei desconfiado minha esposa tem 27 anos,tem seios de tamanhos médios e uma bunda muito gostosa,na cama uma potranca sempre fazemos de tudo.um complementa o outro.
 Minhas desconfianças continuaram...Mas eu ficava excitado
O tempo foi passando a excitação se apossava de meu corpo com estes pensamentos de traição.
Até que um dia, eu disse para ela que iria ficar dois dias fora devido ao trabalho. .Mas na verdade seria um dia só logo na noite do dia seguinte eu voltei sem avisar, cheguei de taxi era bastante tarde entrei silenciosamente para não acorda-la e para surpresa e delírio eu peguei ela na cama com um cara que, meu vizinho.
Ele estava metendo nela de quatro rebolava e gemia que estanquei na porta do quarto... Claro que  fiquei bravo.
Mas eu senti tanto tesão vendo minha bela e gostosa Marina sendo comida pelo meu vizinho Carlos, eu já tinha ouvido rumores sobre este Carlos que era um negro bem dotado que andava azoando os maridos da vizinhança.
È claro que Marina minha pobre e safada esposinha não resistiu à tentação de conhecer outro cacete que não fosse de seu maridão...
Desculpas de corno!
 Mas, eu não vou negar que acabei ficando com tesão ao ver minha esposa sendo comida por outro... Que fui para o quarto ao lado e ao sons dos gemidos dos dois bati uma punheta que jorrei litros.
Não foi melhor porque precisava evitar que fosse descoberto.
Quando ouvi minha esposa Marina concordar em fazerem anal eu entrei em pânico, pois tinha visto o tamanho da tora do cara... Ah amorzinho terei cuidado não vou deixar você arregaçada senão  o corno do ótario de seu marido descobre...
Hum delicia ser chamado de corno.
Meu cacete já foi ficando duro.
Fui até a porta lateral e fiquei de espreita observando os dois.
Caracas quando vi o negão deitado com seu pé de coco pra cima e minha esposa deliberadamente descendo aos poucos, pensei adeus pregas, mas que nada estavam os dois lubrificados e eu e minha esposa sempre  fizemos anal.
Ela soube descer macio e ficou rebolando como uma louca no cacete do negão.
Eu nem conseguia controlar meu tesão, mas aquentei firme até ver ela sair de cima dele  ele jogar camisinha longe exporrar muito leite nas costas dela.
Só putaria mesmo.
Voltei a gozar e sai de mansinho...
Fui relaxar no quarto.
Na esperança de que antes do amanhecer o casal acabasse a farra.
As 3 hs ouvi barulho e os dois conversando se despedindo.
Não se preocupe Carlos quando Marcos voltar não ficará sabendo de nada,,,
Ainda teremos muito tempo juntos.
-Com certeza gata você é muito gostosa quando quiser pode aparecer na minha casa,sabe que moro só.
-Vou aparecer sim qualquer tarde destas.
Minha esposa entrou colocou as coisas em ordem e foi tomar um banho, quando estava no banheiro eu entrei.
Ela se assustou...Querido você aqui?
Faz tempo que cheguei amor
-Ah foi!
-Sim e vi tudo.
Ah foi e já foi ficando na retaguarda eu calei sua boca com um beijo e disse não se preocupe querida seu corpo é seu você usa ele como quer.
Falei já me abaixando no box do banheiro e ali sentado comecei a chupar sua xoxota toda lambuzada de seu gozo.
Coitadinha de minha putinha estava toda assadinha.
Chupei muito com carinho e logo fui presenteado com seu delicioso mel.
Gozei ali mesmo no Box tamanho era meu tesão.
Eu a perdoeu,  pois a amo muito.
Mas que foi tesão transar com ela sabendo que tinha acabado de ser  comida por outro foi fantástico nossa trepada no banheiro.
Sou um corno assumido,amo minha esposa transamos muito gostoso e quando ela resolve dá para outro fico louco de ciúmes e cheio de tesão...
Mas o tesão que sentimos encobre o chifre.
Estamos com planos de fazer uma Dp ,esperando só a oportunidade,tenho certeza que será maravilhoso ver minha esposa gozando com dois cacetes juntos.
Bem depois falamos estou sentindo uma dorzinha de cabeça desde a hora que minha esposa saiu para ir ao shopiing e esta demorando será que aconteceu algo?
Ser corno é compartilhar com os amigos.
Delicia de tesão que sinto.


Docecomomel
http://desejosdeinsanos.blogspot.com.br/
12/04/2014.

domingo, 6 de abril de 2014

Amigos...E amantes







Amigos & amantes.
Bom pra começar este conto eu vou dizer como é o homem que eu me interessei, mesmo sendo casada e com um filho já rapaz.
 Meu filho Marcos estuda em uma faculdade e sempre trás amigos até nossa casa. Eu sou Marina sou casada tenho 41 anos meu marido trabalha de motorista carreteiro e fica até 3 semanas fora de casa,rodando por todo Brasil.
Meu primeiro filho Marcos é um moreno alto muito bonito tem corpo malhado. 
Ele estudava e frequentava academia, e algumas vezes no retorno da faculdade antes de ir para sua aula de musculação. Ele passava em casa  com um amigo seu...Ricardo que também frequentava mesma  academia.Eu achava Ricardo muito bonito sempre tive uma queda por morenos,ele era alto com jeito simples e um sorriso de partir corações.Criamos um laço de amizade e Ricardo passou a frequentar nossa casa assiduamente.Dormia e almoçava em minha casa.Mesmo Marcos não estando ele chegava lá e se acomodava no quarto de Marcos para estudar.Sempre eu ia até o quarto para levar um suco  ou um sanduiche natural que  os meninos adoravam.Algumas semanas se passaram e Ricardo estava em nossa casa sem o Marcos ai fui levar um suco bati na porta não obtive resposta adentrei sem me preocupar com nada.Fiquei surpresa quando avistei Ricardo no meio do quarto sem roupas apenas enrolado em uma toalha que mostrava seu corpo quase todo.Senti uma leve excitação,observando seu corpo bonito sem pelos no tronco, coxas grossas e braços másculos.Tudo que toda mulher almeja.Meus olhos cintilavam de tesão,foi quando eu pedi desculpas pela invasão. Ricardo sorriu e disse quem teria que pedir desculpas era ele por está quase nu sem a porta do quarto está fechada, depois rimos ao mesmo tempo. Pois parecíamos dois bobos um querendo pedir desculpas ao outro mas notava-se um clima no ar.E foi eu que me adiantei falando ,aceito as desculpas Ricardo mas desde já te peço  que evite outras vezes,pois bem sabes que fico muito tempo só, sendo normal como toda mulher tenho minhas carências apesar da minha idade.
Surpreso Ricardo repetiu apesar da idade, não entendi esta Marina, eu ri respondendo claro Ricardo que quando chegamos a uma idade as coisas mudam.
Mas você falando assim parece que se acha uma idosa, isto você não é. Idosa não,mas sei que a idade já demonstra em meu corpo.Afirmei com insegurança total na voz.
Que bobagem você é muito jovem. eu mesmo a acho muito gata.
Ah Ricardo não diga asneiras eu já com meus 41 anos sinto-me cansada e incapaz de despertar algum interesse de outro homem que não seja meu marido.
-Não diga assim Marina eu digo e afirmo você é muito bonita e se não fosse casada e mãe de meu melhor amigo não pensaria duas vezes em te paquerar.
Fiquei rubra de vergonha, mas ao mesmo tempo eu me sentia feliz por ouvir palavras que enaltece a libido. E sem pensar o que poderia ocorrer abracei Ricardo e com intensa paixão nossos corpos se entrelaçaram em um abraço terno e cheio de volúpia.Ricardo fechou a porta e ali na cama de solteiro começamos  a tirar nossas roupas.Agora vejo que foi  uma loucura o que fiz,mas uma deliciosa e contagiante loucura.
E aos poucos os carinhos foram se intensificando e em minutos estávamos em um sessenta e nove maravilhoso. Sentir seu cacete rígido na minha boca foi algo tão bom que até parecia que eu era alguma ninfetinha sem experiência.
Ricardo brincava com sua língua em meu clitóris e em segundos gozei, foi o gozo mais sensacional que já tinha experimentado na minha vida. Sentia como se meu corpo estivesse em outro plano.As emoções e sensações foram aquém do que sempre consegui com  meu marido.
Sentir aquele rapaz jovem no auge de sua juventude despertar com tamanha intensidade meus desejos que estavam adormecidos foi bom demais.
E quando Ricardo me colocou de quatro (4) com minha bunda arrebitada, sempre apalpando meus seios e com maestria começou a forçar seu cacete na minha xoxota que estava lisinha e meladinha fui à loucura dando gemidos que até pareciam urros de um animal ferido. Foi com  a intensidade de movimentos entre um vai e vem um beijo,um carinho eu me sentia desejada e amada.
E assim provei com intensa alegria e satisfação de uma relação extraconjugal, e ainda mais com um jovem amigo de meu filho.
Era surreal, mas muito boas sensações eu senti. E quando Ricardo falou-me que fazia tempos que me desejava foi ali partir daquele momento em diante que me vi renascer nos braços de um macho super gostoso.
Nossa relação perante os outros é de amizade e carinho, mas entre os quatros paredes somos dois amantes com muita sede de sexo e prazer. Desse dia em diante nunca mais deixamos de transar.Não importa a idade nem minha condição de casada o que importa  é que somos um para o outro.E nunca em minha vida meu marido conseguiu me fazer gozar como  o Ricardo.
Podem criticar me chamarem de safada, não me importo o que conta são os prazeres que sinto com meu amante.

Docecomomel(hgata)
Feira de Santana ,06 de abril de 2014.
Bahia Brasil.
12º /2014




quinta-feira, 20 de março de 2014

Caindo nas garras de uma casada safada.







Olá.
Eu sou Mário tenho 28 anos e sou um profissional liberal, eu faço um curso técnico de edificações e desde novo sempre trabalhei com meu pai que é mestre de obras.
Adoro projetos e me delicio em reformas de casas.
 Meus pais são evangélicos e devido a meu trabalho e sua amizade dos meus pais com o pastor da igreja eu fui contratado para reformar a casa nova que o pastor acabou de adquirir.
Casa muito bonita e espaçosa.
Fiz meus projetos com algumas mudanças e texturas e fui levar para o pastor ver. O pastor é um senhor de seus 40 anos, calvo com barriga saliente e muito cordial.
Chegando a sua casa fui bem recebido.
Foi quando eu precisei mostrar o projeto a sua esposa, que até então eu não conhecia.
Surpreso vi aquela morena entrar na sala, seios durinhos quadris largos cabelos lisos presos em um coque.
Meu cacete acordou vendo aquela beldade, seu sorriso me encantou.
Acreditem perdi meu rumo, com meus olhos não conseguiam desviar de seu rosto Angelical.
Todo o detalhe que eu conseguia explicar o pastor ouvia atentamente, mas as perguntas sobre cores e modelos das texturas foram feitas por sua esposa que vou chamar aqui de Diana.
Uma verdadeira deusa.
Depois eu soube que o pastor era viúvo e Sophia era sua segunda esposa.
Pela conversa que tive eu pude notar que a jovem esposa do pastor era uma pessoa ao contrario de seu marido e jovial e participava ativamente do grupo de jovens da igreja.
Então ficou agendado para na terça feira próxima eu fosse levar pessoalmente os proprietários da casa para ver o andamento das obras.
Às 14 horas eu fui como não tinha carro peguei do meu pai emprestado e fui buscar o casal, só que o pastor teve compromissos bancário deixou que sua esposa resolvesse este assunto sozinha.
 Que sonho ver Sophia entrar no meu carro sentar a meu lado sentir seu perfume adocicado e suave.
Realmente estava uma tentação sua presença a meu lado sem o seu marido o pastor.
Fomos até a casa onde tinha dois pedreiros trabalhando em fase terminal da obra.
Mostrei todos os detalhes de cada cômodo, e lá fomos nós ate sua suíte, onde deveriam ser feitas alterações tipo assim lugar de TV, pequeno sofá, Som e outras coisas mais.
Eu rabiscava em meu caderno de anotações todas as observações que Sophia queria que fossem feitas, e entre surpreso ouvi dizer.
Não esqueça que teremos TV a cabo adoro filmes e quero que consiga assistir da cama!
Certo entendi!
Depois de todas as alterações anotadas eu falei que iria leva-la ate sua casa, e surpreso eu a ouvi falar se não poderíamos tomar um sorvete antes de chegar a casa.
Claro que concordei apenas fiz a ressalva se seu marido não poderia sentir ciúmes...
-Ah claro que não ele meu marido não é meu dono quem manda na minha vontade e na minha vida sou eu!
-entre surpreso e atônito fiquei calado não sabia deste pormenor entre o pastor e sua esposa.
Entramos no carro e fui em direção a uma sorveteria que era no percurso de sua casa.
Entramos e sentamos em uma mesa ficando um de frente para o outro.
Depois de alguns minutos saboreando sorvete Sophia falou que meu bigode estava sujo de sorvete, rapidamente peguei um guardanapo para limpar, mas ela foi mais rápida que eu falei deixa que eu limpo e se inclinando sobre a mesa deu-me uma lambida sobre o sorvete que estava lambuzado no meu bigode. Fiquei vermelho na hora, meus olhos se arregalaram.
Sophia! Poxa que susto você me deu!
-Porque susto? Não gosta de mulher. Claro que gosto, mas você é casada!
- E daí não sou capada nem frigida!
Claro que não, mas uma senhora casada e se seu marido ou algum amigo a ver me beijando.
Ah amigos eu não tenho e meu marido ele bem sabe que sou capaz, não foi à toa que mandou ir com você na casa nova sozinha.
-Como é? Isto mesmo que você ouviu ele sabia que me interessei por você e deu liberdade de fazer o que eu quisesse.
Não sabia que o pastor era assim tão liberal.
-Não é não, mas as minhas condições de aceitar me casar com ele foram bem claras e explicitas.
 Sexo livre com eu quiser e como quiser.
Ele aceitou em contrato não tem que reclamar afinal ele bem mais velho que eu não posso ficar a mercê de sua vontade e apetite que é bem distante do que desejo.
-Pois bem Sophia nem tinha acabado de falar e eu já cheio de tesão segurei em uma de suas mãos e olhando em seus olhos perguntei. Então quer ir para algum lugar sossegado por algumas horas?
Ou prefere marcar outra hora?
Sophia respondeu podemos ir sim agora já estava pensando que meu projetista era gay, e como estava segurando em sua mão puxei colocando sobre meu cacete que estava a ponto de rasgar minha calça jeans.
  Ela sorriu e falou ainda bem que minhas suspeitas eram infundadas...
Peguei-a pelo braço e saímos em direção ao carro, cada marcha troca era um leve caricia em sua perna... E safada como ela era não  demorou já me estava punhetando dirigi alucinadamente no transito maluco indo em direção a algum motel. Assim que estacionei comecei a beijar e logo uma de minhas mãos acariciava sua xoxota, sentia a umidade por cima da calcinha. Sai do carro dando a volta e fui ficar do outro lado. Claro que já estava de cueca, a cabeça do cacete quase saia pelo cós. quando ela me olhou sorriu e começou passar a mão sobre meu cacete e instantes abaixou minha cueca fazendo com que meu cacete saltasse bem na frente de seu olhos que ficaram vidrados.
Uauu que delicia Mário, respondi é toda sua Sophia. Abaixei a seus pés ficando na mesma altura que ela e fui levemente acariciando seus seios beijando seus lábios. e com uma das mãos enfiada sobre a saia ,afastei a calcinha e atolei dois dedos em sua xoxota lambuzadinha de tesão.
Eu a puxo ela se levanta e ficamos os dois agarrados encostada-se ao carro, ai a coisa começou a esquentar mais ainda, sentia meu cacete latejando.
 E com beijos possessivos ia sugando sua língua. Sophia sem resistência alguma se entregou a meus carinhos.
Peguei-a no meu colo e levei até o quarto ela parecia está em êxtase... Soltava pequenos gemidos de prazer.
 Coloquei-a na cama meus olhos cintilavam de tesão ali estava uma casada safada carente de uma boa transa e ali estava eu doido para foder. Terminei de tirar minhas roupas e fui por cima dela com mãos e boca.
 Deixando-a nua. Seus seios estavam a minha disposição, lambi suguei e mordisquei cada um deles como se fosse um animalzinho faminto. E com a boca faminta fui descendo até chegar em sua xoxota lisinha,com lábios cheinhos.
Foi um grunhido que soltei quando comecei a lamber seus lábios vaginais. Segurava suas pernas abrindo totalmente ansiando sentir seu mel brotar da fonte do amor. Com movimentos frenéticos minha língua ia percorrendo cada centímetro chegando até seu anel.
Gemia meu doce Sophia, ficou entregue aos prazeres de um macho mais jovem, logo sentir seu mel escorrer e seu gozo adocicado preencher minha boca. Aproveitei o momento e logo estava em um sessenta e nove. A safadinha sentou com sua xoxotinha lisinha na minha cara rebolando sem parar e entre uma lambida e outra meu dedo  escorregava indo fazer um carinho em seu rabo ...Que estava em meus planos provar ainda nesta bela tarde de um dia qualquer de meio de semana.
Meu cacete era engolido cm por cm com sua boca deliciosa e sua forma de pagar boquete, eu me sentia um picolé na boca sedenta de uma adolescente.
Seus lábios percorriam a cabeça descendo até os culhões e sua língua lambia-me todo, Sophia fazia o que nunca eu permiti outra fazer, que foi lamber e dá línguadas úmidas em meu anel. Que até então era virgem.
Eu já não conseguia me controlar
Novamente a safadinha encheu minha boca com sua seiva, lambi e mordisquei seu grelo com carinho, saciei seu desejo e mudamos de posição.
Sophia de quatro com suas ancas largas me causou intenso desejo de enrabar em primeiro, mas ponderei e fui enterrando meu cacete aos poucos em sua xoxota e a putinha gemendo pedindo cuidado, que a cabeça do meu cacete era grande... Delicadezas têm, mas quando o orgasmo se aproxima. Meu cacete entra rasgando sua xoxota,seu gemidos não eram de dor ,mas de imenso prazer.Quando a doce Sophia já em seu terceiro orgasmo me pede entre soluços e gemido para que eu comesse seu rabo ,não vacilei tirei meu cacete de sua xoxota camisinha a postos e com um impulso a cabeça entrou dilacerando suas pregas.
Seu gemido alto abraçou-a afastando mais suas ancas e com uma das mãos segurava para que não fugisse comecei a cavalgar Sophia entrou em êxtase gemia como a uma puta. Cada movimento de entra e sai Sophia soltava mais e mais gemidos, até pensei que a estava machucando, mas não eram gemidos de puro tesão e prazer. Sempre pedindo que a fodesse gostoso seu rabo,que seu maridinho o pastor não o fazia.
Eu que não sou louco para negar um pedido a uma mulher desesperada e com movimentos incessantes meti com muito gosto seus gemidos eram misturadas as batidas de nossos corpos em perfeita sincronia. Eu jamais vou esquecer aquela tarde deliciosa em que fui mostrar um projeto e acabei fodendo a mulher do pastor.Uma safadinha que sabia aproveitar cada minuto do ato sexual.A tarde foi curta para os momentos que passamos.
Saímos de pernas bambas e não foi uma única vez afinal sempre tinha alguma alteração a fazer na reforma e assim eu soube aproveitar muito bem os momentos que tivemos a oportunidade de passarmos juntos.
Ah doce Sophia saudades de nossas aventuras.



Docecomomel(hgata)
Conto de nº 10º de 2014.
Feira de Santana 20 de março de 2014.
Bahia Brasil.





quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Meu vizinho é corno manso...I



Olá eu sou Marcelo tenho 35 anos,  sou solteiro,estou saindo com uma mulher casada,ela esta brigada com marido e estão separados provisoriamente.
E claro que ela muito safada e gostosa se encantou comigo e estamos curtindo uma boa   saímos sempre e o endereço certo é motel ou algum drive-in.
Na sexta –feira passada saimos e passamos a tarde no motel.
Um horário fora do normal,mas como toda mulher gosta de ir ao shopping e isto demora tempo.É a desculpa ideal.
Foi uma tarde muito boa, minha amiguinha e colega de trabalho chama-se Viviane ela é uma loira de 30 anos com 1.65, seios de tamanho médios e uma bunda linda.
Ela adora quando chupo sua xoxotinha... Segundo ela sempre diz que seu marido sente nojo... Nisso coloco o dedo no cuzinho dela...faço ela sentar na minha boca até gozar,adoro ficar com meu rosto todo lambuzado de seu mel.
Depois coloco dedo... no grelinho e dela e fico mexendo no grelinho até ela gozar novamente perdemos a conta de quantos orgasmos que  minha putinha reserva para nossos encontros.
Depois que minha putinha safada já tinha gozado bastante eu a coloquei de barriga pra cima e fui por cima, ela geme pedindo para que eu a fodesse com força, eu meto cada vez mais fundo.
Ela geme dizendo que meu cacete é grosso e grande que sei meter gostoso, estas coisas que só fazem o tesão aumentarem ainda mais. Sem dó estoquei com muita vontade.
Fiquei minutos assim metendo fundo e tirava cacete deixando cabeça de fora e forçava cada vez mais... Ela gemia e rebolava muito . Até que ela ficou de quatro comecei a meter em sua xoxotinha, mas seu cuzinho rosadinho para cima era um convite.
Em metia bem fundo e devagar. . Até que coloquei um dedo no cuzinho dela...Ela gemeu alto me chamou de puto safado e pediu para eu bater em sua bunda.
Eu não sou adepto a violência, mas comecei a dá tapas em sua bunda que chegava estalar, a cada tapa eu sentia suas contrações vaginais e metia mais fundo que sentia seu gozo melando meu cacete.
Viviane gemia e rebolava a cada gozo,quando percebi sua respiração ofegante,ela foi se acalmando tirei meu cacete que estava a ponto de explodir, todo lambuzado.
Ela com carinha de safada sorriu... Toda  feliz falou.
Ah amor como eu gostaria de ficar direto com você, meu marido corninho nem espera eu gozar já vira e dorme.
Eu bem sabia disto, pois não era a nossa primeira vez, apenas sorri respondendo, mas estou sempre disposto para você meu amorzinho safada, olha como estou com vontade de gozar.
E eu sentei na beirada da cama e minha safadinha veio ajoelhou-se e fez um dos melhores boque te, eu empurrava minha pélvis de encontro a sua boca meu cacete entrava quase todo.
Ela entalava, engasgava, mas não deixava de chupar via sua saliva escorrendo pelo queixo. Ai arrastei-a até a cama  pois eu estava quase gozando...Coloquei ela de ladinho
Encostei-me a seu reguinho e coloquei meu cacete na entrada do seu rabo e comecei a forçar.
Viviane gemia e rebolava... E aos poucos a cabeça já penetrava...Ela mexia mais e foi aos poucos recebendo meu cacete em seu rabo.
Sentia suas pregas se abrirem.
Latejando comprimindo mais meu cacete dando maior prazer a ambos.
Vi meu orgasmo se aproximar coloquei uma das mãos em sua xoxota e comecei a dedilhar fazendo-a gozar novamente.
Eu já ia começar a gozar quando minha safadinha puta pede para... Gozar...Em sua boca.
Retirei camisinha jogando longe e Viviane abocanhou meu cacete
...e começou a chupar... Ate eu gozar...Chupou e bebeu todo meu leitinho...Sem jogar nada fora.Foi a gozada mais intensa que já tive.
Via seus lábios melados e ela engolindo tudo. Ficamos abraçados e o tempo era contra nós já estava na hora de minha putinha ir para os braços de seu marido corno.
Logo eu conto como foi nosso anal... Completo.


Docecomomel (hgata)
Meu 5ª conto de 2014.
Imagem do google

domingo, 12 de janeiro de 2014

De motorista a amante da patroa.





                                                                                                                                   12/01/2013.
Olá.
Eu sou o Jorge tenho 42 anos, sou moreno com 1.82 de altura e peso 83 kg, meus olhos são pretos e cabelos pretos com alguns fios grisalhos.
Sou um coroa boa pinta.
Eu moro em Olinda e trabalho de motorista particular em Recife.
Para quem não conhece as duas cidades são divididas por uma ponte.
Minha patroa é uma senhora de 40 anos, muito bonita e gostosa, ela é viúva há pelo menos um ano seu marido morreu de acidente de Jet ski.
Coisas do destino, e assim minha patroa ficou só e tendo que tomar conta dos negócios da família.
Seu marido tinha um escritório de advogados.
Foi uma barra começar a trabalhar para substituir até então seu marido e advogado conceituado no Brasil.
Mas tudo com persistência se resolvem assim a fila andou.
Dona Ivete minha patroa era uma pessoa muito gentil e simples todos os dias que a levava até o escritório ficava observando pelo retrovisor suas feições meigas. Sempre discreta com um sorriso nos lábios,uma pessoa muito calma,gentil e elegante.Não tinha como não gostar dela.Eu como homem e sempre fui safado fazia planos em minha cabeça se algum dia ela me desse bola:Coisas e pensamentos que povoavam minha cabeça...
Não conseguia deixar de desejá-la, mas de todo custo tentava evitar que ela percebesse.
Muitas vezes quando entrava no carro e com um simples bom dia senhor Jorge eu ouvia a sua voz melodiosa como se fossem os clarins do jardim da Babilônia.
E não foi nenhuma nem duas vezes que fiquei tão excitado observando que ficava grato quando estacionava no edifício do escritório e o porteiro vinha abrir a porta do carro.
Descia até a garagem deixava o carro estacionado e corria as pressas para o banheiro. A punheta era uma certeza.
Meu Deus que vou fazer, senão conseguia parar de sentir tesão por aquela linda mulher.
Mas na vida existe oportunidade e chegou a minha grande cartada.
Eu precisei levar dona Ivete até uma cidade próxima, enterro de um parente seu, o horário foi logo à tarde, ouvi seus parente convidarem para que pernoitasse, mas ela dizendo que a distancia era pouca que logo estaríamos em casa.
Perto sei que eram apenas 53 km, mas não contávamos com um temporal e devido à chuva forte houve um acidente e os carros de passeios foram impedidos de prosseguir viagem, sem nada a fazer procuramos um hotel na proximidade onde ficamos impedidos de seguir viagem, mas encontramos um motel e acreditem quase todos os quartos estavam ocupados. Todos os ocupantes na mesma situação que nós.
Então por sorte conseguimos apenas um. Seria preciso dormir os dois na mesma cama.Dona Ivete não se incomodou apenas disse assim que avisarem do desimpedimento da estrada seguiremos viagem.
-Clara dona Ivete o rapaz do motel disse que nos avisaria afinal todos que aqui estão tem seus compromissos.
-Verdade Jorge enquanto isto vai tomar um banho e tentarei dormir, logo você toma seu banho.
Eu fiquei no quarto ouvindo o barulho da água escorrendo e imaginando o corpo de Dona Ivete e já sabem o efeito que isto me causou, logo ela saiu do banheiro vestindo a blusa que servia com um vestido.
Suas pernas torneadas sem sapatos altos e sem meias eram lindas.
Olhei discretamente e sai em direção ao banheiro. Tomei um bom banho e sem ter roupas para dormir,fiquei apenas de calça sem camisa e sem cuecas.
Pedimos um suco na copa e nos prontificando a dormir.
Uma cama duas pessoas, conhecidas, mas distantes. Eu tinha a certeza que a noite seria um martírio.
Deitei de um lado da cama dando boa noite a Dona Ivete e tentei dormir, os relâmpagos clareavam o quarto.
O tempo foi passando e ouvi a respiração calma de Dona Ivete assim dormir de cansado. bem mais tarde sinto uma mão acariciando minhas costas ,o calor de um corpo abraçado ao meu Abri os olhos achando que Dona Ivete poderia está sonhando e fiquei quietinho sentindo o calor do corpo de uma linda mulher.
Fui ficando excitado, mas sem me mover até que mãos delicadas abrem minha braguilha e começa massagear meu cacete, nem precisa dizer que já estava duraço e babando de excitação.
Quando ouvi Dona Ivete me chamar pelo nome Jorge ou Jorge vire-se quero sentir o calor de seus lábios.
Suas palavras tiveram um efeito devastador, eu já fui tirando minha calça e fui com tudo pra cima da patroa, sua blusa ate então usada como camisola foi tirada e quando dei por mim estava chupando sua xoxota lisinha e lambuzada.
Ivete se contorcia, eu cada vez mais metia sua língua em sua xoxota que expelia mel em grande quantidade.
Tadinha também depois de meses sem receber um bom cacete entre as pernas tem que gemer e chorar de tesão.
Eu a peguei coloquei de quatro (4) e comecei a meter, puxando-a de encontro a meu cacete que já estava atochado ate o talo e com carinho fazia rebolar... Ivete gemia pedindo que a comesse com mais força e vigor.
A safada da minha patroa parecia uma puta gemia e se contorcia, eu já tinha sentido seu terceiro orgasmo no meu cacete.
Eu já não aguentava mais de tesão e comecei a estocar sem dó nem piedade quanto mais eu empurrava o cacete, mas ela pedia... Foi quando comecei a forçar meus dedos em seu rabo e senti latejando,ai perguntei se queria no rabinho ele gemendo respondeu.
Não seu cacete me arromba... Foi a mesma coisa que tivesse concordado.
Tirei o cacete da xoxotinha meladinha dei mais uma lambidinha coloquei a camisinha e voltei a ficar encostado a sua bunda. Dava tapas de cacete,encostava tirava,sentia seu anel latejando,foi quando encostei e senti que precisava comer comecei a forçar ela tentava sair eu a segurava pelos quadris e quando dei por mim só estava os culhões de fora.
Ver seu cu todo aberto com meu cacete atochado ate o talo foi algo bom demais.
Acariciava seu clitóris, dava tapas em seu traseiro, socava com força fazendo gemer e rebolar na minha vara. Quando Ivete começou a gozar entre meus dedos,parecia que estava tendo uma convulsão seu corpo ficou tremulo,senti suas pregas fisgarem apertando meu cacete,explorei cada segundo se de seu prazer e quando a senti seu corpo relaxar pensei que agora seria minha vez de sentir prazer.Segurei em sua cintura e com estocadas fortes atochei com ritmos acelerados e gozei abundantemente.nem sei como a camisinha suportou.Eu estava parecendo um garanhão possuindo uma potranca fogosa.Foi assim minha foda com a minha patroa Ivete...Ou digamos a primeira de muitas.
Melhor do que trepar é foder uma fêmea carente de sexo, parece que quer se acabar de trepar.
E assim tornei-me amante de minha patroa, continuei sendo seu motorista, mas em dias de folga dos empregados da casa ficávamos curtindo e sempre trepavámos pela casa toda. Não dispensamos nem  a piscina.
Uma coroa muito boa de cama, além de bonita, rica é muita safada e eu que não sou otário vou ficando por aqui curtindo minhas aventuras com a minha viúva gostosa até a próxima aventura.



Docecomomel (hgata)
Skype: docecomomel2011@hotmail.com
Visitem meus blogs.
Imagem do google

segunda-feira, 3 de junho de 2013

Pagando Traição com Traição









Quando comecei a desconfiar que meu marido estivesse me traindo fiquei furiosa. Mas precisava de  alguma forma armar um flagrante. Bem que desconfiei quando vi Marcos se esmerar em roupas mais refinadas e perfumes. Logo pensei deve está querendo impressionar alguma funcionaria nova da repartição. Ai os dias foram passando.Marcos começou chegar  mas tarde do trabalho.Ainda teve o desplante de dizer que iriam fazer  horas extras na sexta –feira.
Foi quando tive a total certeza que seria hoje o dia do flagrante. Telefonei para meu primo Evandro pedindo ajuda. Expliquei  o que  era e fiz juras que apenas queria um flagra nada de escândalos ,apenas imagens que comprometessem a fidelidade do meu marido
Exatamente as 17.30 estavam eu e meu primo Evandro dentro de seu carro estacionado próximo a repartição que meu marido trabalha.
Quando avistei o carro saindo da guarita imediatamente Evandro ligou seu carro e fomos seguindo-o a distancia.
Marcos é claro todo sorridente com uma jovem loira sentada no banco do carona.
Iam conversando sem se preocuparem que poderiam ser vistos.
Marcos com certeza deve ter dito que é separado, ou que a mulher seja alguma safada. Como quase todos o fazem colocam seu defeitos na companheira e esposa quando quer levar alguma outra para a cama.
Assim seguimos por alguns minutos.
Depois de rodar por mais de 20 minutos Marcos se dirige a um local onde tem vários motéis.
Quando ele fez sinal que iria entrar em um Evandro fez o mesmo olhei com olhos arregalados para ele.
-Apenas riu se é flagrante minha querida prima precisa ser completo.
Comecei a tirar fotos onde mostrava nitidamente a placa do carro.
Quando entraram em um apartamento luxuoso, entramos em um ao lado.
Fotos foram tiradas ficamos eu e Evandro sentado na cama apenas ouvindo os gemidos que eram oriundos do apartamento ao Lado.
Senti uma raiva intensa do meu marido.
Pois pensava nas noites que dormia frustrada sem sexo, pois o mesmo alegava cansaço e que precisava acordar cedo.
Fiquei possessa de raiva.
Foi assim que Evandro meu primo falou... Marcela não adianta você pegar ele em flagrante e depois quando ele começar a correr atrás,você ficar com peninha e voltar para este safado.
-Não quero jogar lenha na fogueira, mas todos da família sabem o quanto ele é um crápula.
Precisa Marcella é do troco, dá um belo par de chifres neste safado para ele aprender com quem foi mexer desta vez.
-Uma boa ideia Evandro, mas me responde quem vai querer uma coroa de 42 anos separada e ainda por cima traída.
-Bem... Eu sou um forte candidato ao cargo e olhe que sempre tive maior tesão por você apenas não tentei nada por respeito a sua mãe que é prima.
-E a você que eu achava que vivia bem com seu marido.
-Agora vejo que perdemos foi tempo.
-E dizendo estas palavras me segurou pelos ombros e deu-me um beijo arrebatador.
-Senti um espasmo de prazer.
-Caramba jamais pensei que poderia ocorrer algo assim tão rápido em minha vida.
-E em minutos estava eu e Evandro no maior amassa na cama do motel.
--Eu nem lembrava porque tinha chegado até ali... Só pensava em aproveitar o momento. Ufa e que momento bom viu?
-Eu pedia e gemia que empurrasse o cacete ate o talo. Evandro dizia palavras que me incitavam a me comportar como uma vadia.Eu estava fora do normal.
-Em um motel com um amigo e dando para ele como se fosse a maior safada.
Evandro gemeu e forçou até que a cabeça do cacete entrou.
Soltei um gemido gutural, parecia um animal em cio. Eu pedia e gemia que empurrasse o cacete ate o talo. Evandro dizia palavras que me incitavam a me comportar como uma vadia. Eu estava fora do normal.Prendi minhas pernas a sua cintura e ficamos em um ritmo balanceado.Havia momentos que Evandro tirava o cacete deixando só cabeça dentro,olhava-me nos olhos e dizia.Quer mais minha puta safada? Vai... pede...implora!
Ahh eu quero maltrate tua puta safada... Leve-me ao êxtase... Meu limite!
E Evandro tirou o cacete colocou-me de quatro (4) e começou a estocar furiosamente sempre dando tapas na minha bunda.
Em alguns momentos dedilhava meu clitóris deixando-me mais alucinada ainda.
Eu jamais senti tanto prazer em uma trepada como estava sentindo naquele exato momento. Meus pensamentos eram de puro êxtase e prazer.Meu gozo se aproximava Evandro parecia um bate estaca incansável.
Quando eu não aguentava mais comecei a implorar...
Ah que delicia...
Mete mais forte...
Assim... aii ...Eu vou gozar ...
Evandro me segurava pelos cabelos e ia dizendo minha potranca quer gozar é?
Goza... Que quero sentir teu mel lavar cabeça do meu cacete safada...
Goza safada...
E meu corpo começou a liberar sensações que eu jamais senti.
Parecia que não era eu ali naquele momento.
Ai... "Mete mais forte ...Vai mais forte...Castiga-me"
Imediatamente começamos a gozar, sentia seu membro todo enfiado na minha xoxota. Ficamos atracados alguns minutos e logo Evandro me virou em um papai e mamãe e tornou a  enfiar  o cacete de novo,vamos repeti r dose e deu mais uma sequencia de estocadas e senti novos espasmos de seu gozo.
Caramba... Que Delicia!
Alternando entre beijos e abraços sentia seu cacete latejando dentro de mim.
Comprimir minhas pernas deixando-o preso e com alguns movimentos de quadris recomecei a gemer e... Gozei.
Evandro com um sorriso de orelha a orelha me beijando, falou que jamais esperava tanta sintonia entre nós dois. Rimos e fomos tomar um banho.
 Recomeçamos e Evandro e eu abraçados como dois amantes satisfeitos de uma aventura. Era só alegria e prazer. Quando ele falou-me Marcella seu ex-marido é um otário de não perceber o vulcão de mulher que tinha em casa!
Ex? Evandro!
Claro! Você acha que vou deixa você com ele novamente?
Perdeu... E deixa de falar nesta otário que temos uma noite para aproveitar.Aposto com você que ele nunca  fez sexo anal,estou errado?
Você esta certo Evandro só agora percebo que perdi (6) seis anos de minha vida ao lado de quem não me merece.
Esquece querida agora é uma nova etapa, estou junto para apoiar e recuperar o tempo que perdemos.
Assim logo pedi meu divórcio e meu ex-marido ficou surpreso, afinal achava que tinha uma boboca que iria ficar o resto de seus dias a espera de sua esmola.
Afinal prazer não se compra se sente.
Mas nada é por acaso. Perdemos uma trilha mas não um caminho.


Docecomomel(hgata)



Vejam meus blogs. Imagem do bing
http:sensacoescomemocoes.blogspot.com.br/
http://extasesedeliriosdedocecomomel.blogspot.com.br/

Arquivo de Contos

Contos Eróticos (128) Contos Eróticos Docecomomel(hgata) (35) @Docecomomelcontos (34) .Contos Eróticos de DocecomoMel (hgata) (29) Contos eróticos de Docecomomel(hgata) (28) .Contos Eróticos de Docecomomel(hgata) (27) .Contos eróticos de Docecomomel (24) Conto Erótico de Docecomomel(hgata) (15) Contos de Docecomomel (hgata) (11) Contos eróticos de docecomomel (hgata) (11) Contos hot (11) Conto de docecomomel (hgata) (10) Contos de Docecomomel (10) Docecomomel (10) Conto erótico de Docecomomel (hgata) (6) contos eróticos de docecomomel (6) @ docecomomelcontos (5) Contos Eróticos docecomomel (5) Conto Eróticos de Docecomomel(hgata) (4) Conto de docecomomel (4) Contos Eróticos Docecomel(hgata) (4) Contos eroticos de Docecomomel (hgata) (4) Contos eroticos de docecomomel (4) Poema de docecomomel(hgata) (4) Traição (4) Conto erótico de Docecomomel (3) Contos docecomomel (3) ContoseróticosdeDocecomomel(hgata) (3) Docecomomel Contista (3) 2015 (2) Ano 2015 (2) Com Uma Bi-Sexual I Docecomomel (hgata) (2) Contos (2) Contos Eroticos da docecomomel(hgata) (2) Contos de Docecomomel(hgata) Conto homo (2) Contos eroticos (2) Contoseróticos de docecomomel (2) Erotismo (2) Erotismo em alta (2) Eu e eles Docecomomel(hgata) (2) Mensagem WEB (2) Meu cunhado safado (2) Meu tio meu ex-amante.@docecomomelcontos (2) Tesão (2) contos eroticos docecomomel (2) contos hot docecomomel. (2) (homossexual) (1) * Trepando com a sobrinha de minha esposa (1) * Trepando com a sobrinha de minha esposa II (1) 04/2019contos (1) 100 Palavras Docecomel(hgata) (1) 11/2014 (1) 1ª traição de uma mulher casada. (1) 1º Conto de 2017 (1) 1º Menage da minha esposa! (1) 2º de 2014 (1) @docecomomelcontos contos (1) A Faxineira Novinha Putinha (1) A Moradora de rua...Virou minha amante.ContosEróticos de Docecomomel(hgata) (1) A Ninfetinha virgem me presenteou seus cabaços (1) A amiguinha de minha irmã. (1) A balzaquiana fogosa e seu Pupilo (1) A doutora com seu paciente.ContosEróticos de docecomomel (1) A evangélica puritana. (1) A ex-mulher do meu cunhado. (1) A noiva putinha do meu cunhado. (1) A novinha filha da empregada (1) A pedido do amigo transei com sua mulher.Contos Eróticos de docecomomel (1) A prima gostosa da minha esposa.Contos Eróticos de Docecomomel (1) A primeira vez da minha namorada.Contos Eróticos de docecomomel (1) A secretária é minha putinham @docecomomelcontos (1) A vizinha é minha mante. (1) AVISO (1) Abusada enquanto dormia por um nativo (1) Adorando ser corno conformado. (1) Algumas fantasias e fetiches: (1) Amante de uma coroa (1) Amante do sócio do marido. (1) Amante e colega de trabalho.Contos Eróticos de docecomomel (1) Amante ninfetinha tesuda e safada. (1) Amante ou Prostituta de Luxo? Docecomomel(hgata) (1) Amiga da esposa (1) Amigo do ex-marido atual amante. (1) Amigos... E amantes (1) Amiguinha da minha irmã minha putinha (1) Amizade Desejos e Algo Mais (1) Amizade que virou safadeza.Contos Eróticos de docecomomel (1) Amo ser corno manso Contos Eróticos de Docecomomel (1) Angel Ninfeta Safadinha e Gostosa (1) Aprendendo as safadezas com meu tio.Conto Erótico de docecomomel (1) Arrombei com meu amiguinho Conto homossexual de Docecomomel(hgata) (1) As Coisas Mudam e eu Mudei (1) Assumindo a Sexualidade Gay Docecomomel(hgata) (1) Atenção (1) Atração levou-me a trair.Contos Eróticos de Docecomomel (1) Atração Virtual Transa Real (1) Aventura Casual (1) Aventura Louca (1) Aventura com minha vizinha do condomínio...Conto erótico de Docecomomel (1) Aventura em alto mar (1) Aventura louca de uma ninfeta safada e um coroa.Contos eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Babá safada e tesuda. (1) Bem comida pelo fotografo (1) Bia e Lucas um caso à parte (1) Bia e Lucas um caso à partell Docecomomel(hgata) (1) Caindo na vara do negão. (1) Caindo nas garras de uma casada safada. (1) Caminhoneiro Safado Contos Eróticos de Docecomomel (1) Carta de Amor Docecomomel(hgata) (1) Carência Sexo e Amor (1) Casada Safada insaciável. (1) Casada...Safada Adora Trair.Contos de Docecomomel (hgata) (1) Casado Sim e Daí? (1) Caso Virtual (1) Charge Momesca (1) Charge de amor (1) Chuva Dourada (1) Cobiça e Desejos (1) Colega de trabalho putinha (1) Com Safadeza.@docecomomelcontos (1) Com Um negro bem dotado Conto de docecoomel (hgata) (1) Com Uma Bi-Sexual II Docecomomel (hgata) (1) Com o macho de minha tia descobrir a safadeza... Contos Eróticos de DocecomoMel(hgata) (1) Comendo Uma Coroa Gostosa e Insaciável.Contos eróticos de docecomomel(hgata) (1) Comendo a Estagiaria da Empresa (1) Comendo a Safada o marido Corno Vendo (1) Comendo a cunhada novinha (1) Comendo a esposa safada do meu tio. (1) Comendo e sendo comido (1) Comendo gostoso a namorada do meu amigo... (1) Comendo minha empregada casada II (1) Comendo minha empregada casada! (1) Comendo minha prima safada (1) Comendo o irmão da minha namorada (1) Comendo o irmão da minha namorada II (1) Comendo uma “Traveco” Conto eróticos de Docecomomel (1) Comendo à vontade (homossexual) (1) Comeu e Guardou Comeu Mais Docecomomel(hgata) (1) Comi a empregada... Gostosa de todo jeito.Conto Erótico de Docecomome l(hgata) (1) Comi a namorada do meu amigo.Conto Erótico de Docecomomel (hgata) (1) Comi gostoso meu ajudante. (1) Comi gostoso no acampamento.Contos eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Comi um gay por excesso de tesão.Conto erótico de Docecomomel (1) Como Seduzi Meu Padrasto (1) Compadre só da cintura pra cima (1) Conto de Docecomomel (1) Conto Erótico de Docecomomel(hgata) Aventura de um garoto de programa (1) Conto Eróticos Docecomomel (1) Conto Eróticos de Docecomomel(hgata)Maratona sexual bom demais (1) Conto Eróticos de Docecomomel(hgata)Um Amor Indecente (1) Conto Lésbico (1) Conto de Docecomomel (hgata) Descobertas de Adolescente (1) Conto de Docecomomel(hgata) (1) Conto eroticos de Docecomle(hgata) Traições e Carências (1) Conto erótico de Docecomomel(hgata)Sedução Fogo e Paixão (1) Conto eróticos de docecomomel(hgata) Quando enrabei um Emo (1) Conto heterossexual (1) Conto homo (1) ContoEróticode Docecomomel(hgata) (1) ContoTrepando gostoso com meu vizinho coroa Conto Erótico de Docecomomel (1) Contoe eróticos de Docecomomel(hgata) Meu primeiro Orgasmo (1) Contor Eróticos de Docecomomel(hgata)Transando Com Uma Bissexual (1) Contos de Docecomomel (hgata) (1) Contos Eroticos Docecomomel(hgata) Anjos ou Safados (1) Contos Eroticos Docecomomel(hgata) Jovem Belo e Gostoso (1) Contos Eroticos Docecomomel(hgata) Meu jovem aprendiz do Amor (1) Contos Eroticos de Docecomomel (hgata) Negros Minha Tara. (1) Contos Eroticos de Docecomomel (hgata)Meu Padrasto meu 1º Homem (1) Contos Eroticos de Docecomomel(hgata) Sexo Prazeres do meu corpo (1) Contos Eroticos de Docecomomel(hgata)Meu noivo é Um corno Manso I (1) Contos Erótico docecomomel(hgata) (1) Contos Erótico de Docecomomel(hgata)Perdendo a Vergonha (1) Contos Eróticos Sexo animal Docecomomel(hgata) (1) Contos Eróticos Desejos e Prazer Docecomomel(hgata) (1) Contos Eróticos Eu e meu entregador de pizza Docecomomel(hgata) (1) Contos Eróticos Carências e Excessos de Desejos;Docecomomel(hgata) (1) Contos Eróticos Dueto Meu querido Bombeiro Docecomomel(hgata) (1) Contos Eróticos Meu Cunhado e Eu Docecomel(hgata) (1) Contos Eróticos Noites de Prazeres Docecomel(hgata) (1) Contos Eróticos Trilhas dos Prazeres Docecomomel(hgata) (1) Contos Eróticos Web Mensagens (1) Contos Eróticos ca Docecomomel(Hgata) Traí Gostei e teve Bis (1) Contos Eróticos de Docecomomel (hgata)Amor e Muito Sexo virtual (1) Contos Eróticos de Docecomomel(hgata) Escrava do Prazer (1) Contos Eróticos de Docecomomel(hgata) Fudendo com meu pedreiro (1) Contos Eróticos de Docecomomel(hgata)Perdendo a Inocência (1) Contos Eróticos de Docecomomel. (1) Contos Eróticos deDocecomomel(hgata) Aprendiz de garanhão (1) Contos Eróticos deDocecomomel(hgata) Ménage com à amiga da esposa I (1) Contos Eróticos dose dupla Docecomel(hgata) (1) Contos de Docecomomel(hgata)Inocente Tesão (1) Contos de docecomomel(hgata) Conto Homossexual (1) Contos eroticos Docecomomel(hgata)Traí e fiz uma DP deliciosa (1) Contos eroticos da docecomomel(hgata)Prazeres (1) Contos eroticos da docecomomel(hgata)Uma morena Insaciável e safada (1) Contos eroticos de Docecomomel(hgata) Caindo de boca ...Na folia (1) Contos eroticos de Docecomomel(hgata) transei com dois na madrugada (1) Contos eroticos de Docecomomel1ª vez de uma adolescente (1) Contos eroticos de docecomomel(hgata)O Negão me enrabou...Eu gostei (1) Contos eroticos de docecomomel(hgata)Sexo sem Medo e Pudor Só Prazer (1) Contos eróticos Docecomomel(hgata) Seduzi meu primo jovem (1) Contos eróticos Toca de Casais dá certo Docecomomel(hgata) (1) Contos eróticos de Docecomomel (hgata) Traição Virtual (1) Contos eróticos de Docecomomel Sendo Corno por opção II (1) Contos eróticos de Docecomomel Uma Ninfetinha Muito Safadinha (1) Contos eróticos de Docecomomel hgata) Amante de Um Casado (1) Contos eróticos de Docecomomel(Hgata) Negro e bem dotado (1) Contos eróticos de Docecomomel(Hgata) Uma Trepadinha Rápidinha (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata) Aprendiz de Amante (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata) Calcinhas meu maior fetiche (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata) Dando e recebendo Amor (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata) Inocente Tesão II (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata) Minha Primeira Amante (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata) Um viuvo bom de Cacete (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata)Comendo do que gosto. (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata)Desejos de Um Coroa (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata)Perdendo o Cabaço (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata)Traindo com a amiga da esposa 2ª parte (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata)Traindo com amiga da esposa 1ª parte (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata)Traindo e gozando muito (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata)Transando com meu genro (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata)Um boy para uma coroa ousada (1) Contos eróticos de Docecomomel(hgata)Uma rapidinha com o massagista (1) Contos eróticos de docecomomel (hgata) Meu Amante Bom de cama (1) Contos eróticos de docecomomel (hgata)lFruto de Uma traição (1) Contos eróticos de docecomomel(hgata) Relato do meu 1º Anal. (1) Contos eróticos de docecomomel(hgata) Safadeza com um bissexual Enrustido Homo (1) Contos eróticos de docecomomel(hgata)Comendo uma Ninfeta Virgem e Gostosa. (1) Contos eróticos de docecomomel(hgata)Enrabando Uma ninfeta e um Emo (1) Contos eróticos de docecomomel(hgata)Meu 1º anal com minha namorada (1) Contos eróticos de docecomomel(hgata)Transando com meu Chefe (1) Contos eróticos deDocecomomel(hgata) (1) Contos eróticos deDocecomomel(hgata) Aventuras de Um Casado Fogoso I (1) Contos eróticos deDocecomomel(hgata) Sendo Corno Por Opção (1) Contos eróticos deDocecomomel(hgata) Transando Com Intenso Prazer (1) Contos eróticos deDocecomomel(hgata) Transando com meu genro II (1) Contos eróticos.com.br/ (1) Contos erótticos de docecomomel Trai meu noivo com meu patrão...E gostei muito! (1) Contos hot de docecomomel (1) Contos hotm contos picantes (1) Contos.Contos Eróticos (1) ContosEroticos Docecomomel(hgata) Desejos e Corpos Ardentes (1) ContosEroticos de Docecomomel(hgata) Meu Amante Bem Dotado. (1) ContosEroticos de Docecomomel(hgata) Meu Noivo é"Corno Manso" II (1) Contos´eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Corno (1) Corno Assumido (1) Corno Manso e Marido Fiel. (1) Corno Manso e Submisso.Contos Eróticos de Docecomomel (1) Corno Sempre Corno (1) Corno sem Vergonha e Manso (1) Corno...Mais feliz. (1) Coroa (1) Coroa Gostosa. (1) Coroa pai de minha amiga Docecomomel(hgata) (1) Coroa viúva carente gostosa.Contos eróticos de docecomomel (1) Crônica de Docecomomel (hgata) (1) Crônica de Docecomomel(hgata) Coneito de Natal HÕ Hô (1) Crônica de Docecomomel(hgata) Paixão Minha Sedução (1) Cuidando e dando muito ao meu vizinho.Conto erótico deDocecomomel(hgata) (1) Cunhada Safadinha e Gostosa. (1) Curtindo Uma DP Contos eróticos deDocecomomel(hgata) (1) Dando No Plantão Docecomomel(hgata) (1) Dando a meu Senhor (1) Dando para o marido da minha mãe. (1) De Caso com meu Cunhado (1) De babá a amante de luxo (1) De donzelo a garanhão. Conto Eróticos de Docecomomel (1) De faxineira a minha amante! Conto de Docecomomel (1) De motorista a amante da patroa. (1) De tio atual amante. Contos de Docecomomel (1) Deficiências (1) Dei Corno Em minha própria cama Contos eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Dei a meu vizinho Voyeur (1) Dei de presente uma mulher. Docecomomel(hgata) (1) Depois de casada... Traí com o filho da vizinha.Contos Eróticos de Docecomomel (1) Desabafo (1) Desabafo de uma mulher casada e infeliz.Contos Eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Desabafos de Uma mulher Casada e Infeliz Docecomomel(hgata) (1) Desejos e Taras (1) Devaneios e Prazeres de Gabi Docecomel(hgata) (1) Devassidão de Namoro Docecomomel(hgata) (1) Dia do Beijo (1) Doce mel Video e letra da música (1) DocecomoMel (hgata) Agradecimento (1) Docecomomel (hgata)Contos Rróticos (1) Docecomomel Conto Erótico.Trepada Casual Com Intenso prazer (1) Docecomomel Contos Eróticos (1) Docecomomel Poema (1) Docecomomel conto em espanhol Yo ... Y el padre de mi amigo (1) Docecomomelcontista (1) DocecomomoMel &Climax contos (1) Doces Desejos de Meninos (1) Dois milhoes de acessos blog sensacoes com emoçoes. (1) Don Juan e Bom de Cama Docecomomel(hgata) (1) Dormindo com a madrinha! (1) Dou corno no meu tio... E dai?Docecomomel (1) Dupla penetração docecomomel(hgata) (1) Duvidou Caiu na Vara do Negão (1) Eduardo Boquinha Santa (1) Ela pediu comida eu dei Sexo! Contos Eróticos de docecomomel (1) Em teus olhos (1) Embarcando no ônibus do prazer (1) Empregada Gostosa E Safada Contos eróticos de Docecomomel (1) Empregada Gostosa e Eu. (1) Empregada Tesuda. Contos eróticos de docecomomel (1) Encochada e comida no ônibus lotado.Contos eróticos de Docecomoml (1) Encochada no Trem (1) Encochado pelo negão no ônibus (1) Encontro de Machos... Famintos por sexo.Contos Eroticos de Docecomomel (1) Encontros e Safadezas na Noite (1) Enrabado pelo meu tio (1) Entregador de água bem dotado...Contos eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Era motorista agora amante.Conto Erótico d3e Docecomomel(hgata) (1) Esposa do meu tio (1) Estagiário tesudo e safado (1) Estranho desejos Docecomel(hgata) (1) Estreando um Gay Virgem Docecomel(hgata) (1) Estrepulias em tardes de sábado Docecomomel(hgata) (1) Estuprada pelo cunhado. (1) Eu Sou um Corno...e Manso (1) Eu Traì Meu Namorado Docecomel(hgata) (1) Eu Traí pela Força da Carência Docecomomel(hgata) (1) Eu com meu professor de Auto escola Docecomomel(hagata) (1) Eu com meu professor de autoescola. (1) Eu com uma Bi docecomomel(hgata) (1) Eu e Meu Nerd Tesudo (1) Eu e Eles ll Docecomomel(hgata) (1) Eu e Meu Dentista Docecomomel(hgata) (1) Eu e Meu Negão Safado Docecomomel(hgata) (1) Eu e Um Coroa Safado Contos Eroticos de Docecomomel (1) Eu e Você Conto EróticoDocecomomel(hgata) (1) Eu e a coroa casada e gostosa. (1) Eu e meu garoto de programa (1) Eu e meu padrasto. (1) Eu e meu primo Felipe (1) Eu e meu tio adotivo (1) Eu e o pai de minha amiga Docecomomel(hgata) (1) Eu eoBoy da Empresa Docecomomel(hgata) (1) Eu meu marido e um amigo! Conto de Docecomomel (hgat) (1) Eu minha esposa e sua namorada.Contos Eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Eu não sou gay (1) Eu sou corno... Manso e daí? Contos Eróticos de Docecomomel (1) Eu traí e adorei...A traição.Contos Eróticos de Docecomome (1) Eu traí por ciúmes. (1) Evangélica Safadinha e Gostosa. (1) Ex -sogra atual amante.Contos Eróticos de Docecomomel (1) Ex-namorada agora putinha safadinha.Contos Eróticos de Docecomomel (1) Ex-namorada...Agora amante. (1) Exames e Algo Mais Com Meu Ginecologista Contos eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Excitação ou Desejo Docecomomel(hgata) (1) Explosão de tesão e prazer. (1) Fantasias Uma DP na praia de “Nudismo”Conto Erótico de docecomomel(hgata) (1) Faturando a colega de trabalho. (1) Fazendo Amor a beira mar. Docecomel(hgata) (1) Feliz Ano Novo (1) Feliz simplesmente (1) Fetiche Docecomomel(hgata) (1) Fetiche a dois. (1) Fetiche de um casado bi-sexual Conto de ocecomomel (hgata) (1) Fetiches Traição e Safadeza! (1) Finalmente me tornei Corno (1) Fiz Sexo Oral com um Coroa. Docecomel(hgata) (1) Fiz de meu colega um corno. E manso.. Contos Eróticos de Docecomomel (hgata) (1) Flagrei Meu sogro Transando com a Empregada (1) Folias de Carnaval (1) Força e Tesão (1) Frases Picantes I Web Mensagens (1) Frases Picantes II Web Mensagens (1) Fudendo a mulher do meu tio (1) Fudendo a mulher do meu tio. II (1) Fuga Sexual Com Muita Safadeza Contos Eróticos Docecomomel(hgata) (1) Fui Traída por minha Amiga. (1) Fui Traída por uma amiga Docecomomel(hgata) (1) Fui comido Enganado Docecomomel(hgata) (1) Férias Sexo e Jovens Docecomomel(hgata) (1) Gay (1) Gosto de comer e adoro ser Comido (1) Infiel (1) Insanos Desejos Docecomel(hgata) (1) Interação Meu doce mel Docecomomel(hgata) (1) Invasão de WC Docecomomel(hgata) (1) Jovens em Êxtases e Delirios Contos Eróticos de Docecomomel (hgata) (1) Letra Musica e texto de "coisas de la vita" (1) Letra Música Rita Lee Amor e Sexo (1) Letra de música Cavalgada (1) Libido (1) Loirinha novinha bem safadinha.Contos hot (1) Loucos Desejos Docecomomel(hgata) (1) Loucuras de Prazer Docecomel(hgata) (1) Luxuria e Traição (1) Mais um Corno Feliz.Conto Erótico de docecomomel (1) Mais um gay na minha vida. Conto eróticos de docecomomel (1) Marcia Uma insaciável. Docecomel(hgata) (1) Marcos Transa ou Paixão Docecomel(hgata) (1) Marcão (1) Marketing Direto (1) Me Descobrindo Lésbica Conto homossexual feminino (1) Melina uma doce mulher. (1) Menage Feminino (1) Menage com o marido de minha tia (1) Menina Mulher Docecomomel(hgata) (1) Mensagem sex. Docecomomel(hgata) (1) Meu 1º Caso extra conjugal Docecomomel(hgata) (1) Meu Amante do Interior (1) Meu Anjo e Querubim (1) Meu Corpo Capricho e prazeres ...BDSM Ou não? Contos eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Meu Enteado Bom de Cama Docecomomel(hgata) (1) Meu Enteado Safado.Contos eroticos de Docecomomel (1) Meu Ex cunhado Safado e Gostoso Docecomomel(hgata) (1) Meu Fetiche é meu maior tesão. (1) Meu Namorado "Afro e bem dotado". (1) Meu Negro Lindo Tesudo (1) Meu Padrasto Tesudo (1) Meu Prazer é Você Docecomomel(hgata) (1) Meu Primo Safadinho (1) Meu Primo Tarado e Tesudo (1) Meu Primo e Eu Docecomomel(hgata) (1) Meu Professor de Academia Safado:Contos de docecomomel (1) Meu Professor de Hidro Docecomomel(hgata) (1) Meu Vizinho Garanhão (1) Meu amante é bem dotado (1) Meu amante é um negro safado! (1) Meu amigo virtual (1) Meu colega comeu minha mulher.Contos Eroticos de Docecomomel (1) Meu colega de quarto me comeu (1) Meu cunhado... Fez meu marido virar corno! (1) Meu dia de Puta (1) Meu enteado Safado 2 (1) Meu enteado safadao. (1) Meu ex-primo..Atual amante.Docecomomel(hgata) (1) Meu fetiche com a empregada (1) Meu macho é namorado de minha mãe (1) Meu marido gostou de ser corno! (1) Meu noivo é"Corno Manso" (1) Meu padrasto meu primeiro homem (1) Meu primo bem tesudo e safado (1) Meu primo meu macho. (1) Meu professor meu macho Safado (1) Meu pupilo adorável e gostoso Docecomomel(hgata) (1) Meu querido gigolô Docecomomel(hgata) (1) Meu técnico meu macho (1) Meu vizinho meu maior tesão. (1) Meu vizinho é corno manso...I (1) Meu vizinho é corno manso...II Contos eróticos de Docecomomel (1) Meu vizinho é muito safado (1) Meu Ébano Docecomomel(hgata) (1) Meus desejos de Amor Docecomomel(hgata) (1) Meus desejos de amor.Conto erótico de Docecomomel Meus desejos de Amor (1) Minha 1ª Vez foi com Um Gay (1) Minha 1ª traição (1) Minha 1ª traição foi com um novinho da Web. (1) Minha Chefa me Seduziu... Amei... (1) Minha Enteada Safadinha. (1) Minha Lua-de-mel.Docecomomel(hgata) (1) Minha Massagista Tarada (1) Minha Prima Safada e Tesuda...Contos hot (1) Minha Prima Tesuda. (1) Minha Prima Virgem e Safada... @@Docecomomelcontos (1) Minha Vizinha Safada e Gostosa. (1) Minha amante casada (1) Minha amante casada...@docecomomel (1) Minha colega de trabalho safada (1) Minha colega de trabalho é uma puta gostosa (1) Minha enteada e Eu. (1) Minha esposa me deu corno com meu vizinho.Contos Eróticos de DocecomoMel (1) Minha iniciação em sexo anal .Contoeróticos de Docecomomel(hgata) (1) Minha namorada com meu primo.@docecomomelcontos (1) Minha prima boa de foda (1) Minha prima putona (1) Minha prima safada. (1) Minha primeira foda com uma coroa. (1) Minha primeira vez Docecomomel(hgata) (1) Minha primeira vez. (1) Minha primeira “Virgem” Contos eróticos de docecomomel (1) Minha sogra...Minha puta! (1) Minha tia minha 1ª foda. (1) Minha tia minha amante.Contos Eróticos de Docecomomel (1) Minha tia safada.mContos eróticos de docecomomel (1) Minha vizinha novinha safadinha.Contos eróticos de docecomomel (1) Minha vizinha safada (1) Modelos imagens (1) Moema (1) Morena Safada.Contos Eróticos de docecomomel (1) Muito Sexo com Minha Chefe (1) Mulher tem que ser igual puta (1) Ménage Entre Amigos Docecomomel (hgata) (1) Ménage com as 2 irmãs. (1) Ménage com duas Safadas e Gostosas (1) Ménage com filho e sua mãe.Contos de DocecomoMel (1) Ménage com minha esposa.Conto Eróticos de Docecomomel (1) Ménage com à Amiga da Esposa (1) Ménage à trois... No Albergue... (1) Ménage à trois... No Albergue... Docecomel(hgata) (1) Na Cabine de um caminhão. docecomomel(hgata) (1) Na Calada da noite...Meu cunhado fodeu gostoso comigo!Contos eróticos de docecomomel (1) Na calada da noite...Meu cunhado transou comigo Contos eróticos de docecomomel(hgata) (1) Na dúvida optei em Dá (1) Na garagem dentro do carro docecomomel(hgata) (1) Negro e bem dotado...Alguém resiste? (1) Ninfeta do Interior Docecomomel(hgata) (1) Ninfeta safadinha Deu...e Arrependeu (1) Ninfetinha Safadinha Docecomomel(hgata) (1) No Escuro do Cinema Docecomomel(hgata) (1) No motel de Beira de Estrada Docecomomel(hgata) (1) No ônibus Docecomomel(hgata) (1) Noites de Insônia e o vigia .Conto eróticos de DocecomoMel(hgata) (1) O Boy do Mercadinho (1) O Chefe e sua Estagiária. (1) O Maridoda minha tia II Docecomel(hgata) (1) O Namorado da minha amiga Docecomel(hgata) (1) O Pecado Mora ao Lado Docecomel(hgata) (1) O chefe e sua estagiária (1) O clímax do tesão em traí (1) O marido de minha tia Docecomel(hgata) (1) OBRIGADO UM MILHÃO DE ACESSOS (1) Orgasmos Múltiplos Docecomomel(hgata) (1) Orgasmos Poéticos (1) Orgasmos no ônibus II Docecomomel(hgata) (1) Orgia ou Ménage (1) PRIMA CARENTE E PUTA (1) Pagando Traição com Traição (1) Pagando um boquete pro negão (1) Pagou Dividas Com Sexo (1) Paixão e Docecomomel poema Eterno amor docecomomel(hgata) (1) Para ser corno tem que ser manso! Contos de Docecomomel (1) Parceiros AmantesDocecomomel(hgata) (1) Patricia...Indecente... mas feliz! Conto Eróticos de docecomomel (1) Paulo e Déia um caso Surreal.Será?Docecomel(hgata) (1) Pegando a cunhada Novinha.Contos de DocecomoMel (1) Pegando namorado da amiguinha Conto da Docecomomel (1) Peguei a mulher do meu tio.Contos Eroticos de Docecomome (1) Peguei minha prima e sua amiguinha! Contos Eróticos de Docecomomel (1) Pintando o 7 Docecomomel(hgata) (1) Poema Desejos de Você Docecomomel(hgata) (1) Poema Doce desejos Docecomomel(hgata) (1) Poema Erótico Abraça-me Docecomel(hgata) (1) Poema Erótico Quero Você Docecomel(hgata) (1) Poema Erótico Sabor de Canela Docecomomel(hgata) (1) Poema Erótico Vem..te queroDocecomomel(hgata) (1) Poema Você e Eu Docecomomel(hgata) (1) Poema em dueto com Antonio Tavares.e Docecomomel (1) Poemeto de Docecomomel(hgata) raimunda a boa de bunda (1) Poeminha do Beijo (1) Poeminha do Querer Docecomomel(hgata) (1) Poetando na Blogsfera Eu e Você (1) Prazer e Tesão com Foda Bareback (1) Prazer de ser corno manso (1) Prazer de ser corno manso! (1) Prazeres de Mneina em Corpo de Mulher Docecomomel(hgata) (1) Prazeres e Êxtase (1) Prima é perigo constante. (1) Primeiro anal... Inesquecível.Contos Eróticos de Docecomomel (1) Priminha Safada Carente (1) Primo do meu marido meu amante.Contos de docecomomel (1) Professora Particular Contos Eróticos de Docecomomel (hgata) (1) Prosa poética Calo-me Docecomomel(hgata) (1) Prova de sedução (1) Provando de meu Mel (1) Putaria com a novinha. (1) Quietinha e de Madrugada Docecomomel(hgata) (1) Rafael meu 1ºMacho Fudedor (homossexual) (1) Recado do Blog (1) Relato De Um Estupro (1) Relato de um corno conformado. (1) Relato de uma Safadeza.. Docecomel(hgata) (1) Saciando desejo da esposa do primo.Contos Eroticos de Docecomomel(hgata) (1) Safada Ou Santinha?? (1) Safadeza na Noite (1) Safadeza no Escuro do meu Quarto. (1) Safadinha e o coroa pai da amiga. (1) Safadinha.Contos Eróticos de docecomomel (1) Safado e Bem Dotado (1) Saudades Sentidas Docecomel(hgata) (1) Saudades de Meu Bem DocecomoMel(hgata) (1) Saudades e Tesão Docecomomel(hgata) (1) Seduzida pelo meio Irmão (1) Seduzindo o Cunhado (1) Sem Preconceitos Docecomel(hgata) (1) Sem ter o que fazer (1) Sendo Corno por Opção (1) Sensualidade e Êxtase docecomomel(hgata) (1) Ser Corno Manso é Prazeroso.Contos Eróticos de Docecomomel (1) Ser Corno Manso é só Tesão.Contos eróticos de Docecomomel (1) Ser Corno e Prazer Surreal. (1) Sexo Anal Prazer Infinito (1) Sexo Casual com um colega. (1) Sexo Casual e Safadeza (1) Sexo Prazer Força e Tesão Contos de Docecomomel (1) Sexo Traição em Família (1) Sexo Virtual Docecomomel (hgata) (1) Sexo e Aventuras (1) Sexo e Desejo Intenso.ll (1) Sexo e Desejo Intenso.parte l (1) Sexo entre amigos! (1) Sexo...Amei comer um rabo guloso. (1) Siririca Meu Bel-prazer (1) Siririca No Cinema Docecomel(hgata) (1) Sobrinha Bem Safadinha (1) Sonhos e Desejos Realizados (1) Sou Garoto de Programa.Contos Eroticos de Docecomomel (1) Sou Mundana e Dama (1) Sou um corno submisso. (1) Swing Prazeres Compartilhados (1) Só... Hoje (1) Tarde de Amor e Sexo Docecomomel(hgata) (1) Tecnico ou Garanhão Docecomomel(hgata) (1) Tesão de Gay (1) Tesão e Traição. Contos Eróticos de docecomomel (1) Tesão e traição entre primos (1) Tesão em ser corno (1) Tomei a namorada do primo (1) Tornei-me amante de meu cunhado.Contos Eróticos de Docecomome (1) Tornei-me amante do meu sogro.Docecomomel(hgata) (1) Tornei-me uma Sub (1) Trai por não suportar abstinência. (1) Traido em minha propria cama<contos de Docecomomel (1) Traindo Com meu sobrinho Docecomomel(hgata) (1) Traindo com a esposa do meu primo. @ docecomomelcontos (1) Traindo com meu sobrinho II Docecomomel(hgata) (1) Traindo com um JovemDocecomomel(hgata) (1) Traindo com um garoto de programa Contos eróticos de docecomomel(Hgata) (1) Traindo com uma caipira gostosaDocecomomel(hgata) (1) Traindo por pura Safadeza (1) Traição Consentida (1) Traição corno manso (1) Traição e Safadeza Total (1) Traição em familia Docecomel(hgata) (1) Traição fora do comum. (1) Traição no Litoral Contos Eroticos Docecomomel(hgata) (1) Traição no Litoral em dueto com Tiozão &Docecomomel (1) Traição é Sempre Traição...Mas é bom demais (1) Traições Servem de Lições (1) Transa Teen (1) Transando Com Duas Ninfetas Contos Eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Transando Com Meu Chefe Docecomomel(hgata) (1) Transando Com Meu Genro III (1) Transando Com Minha Sogra (1) Transando Com Veu Vizinho Docecomel(hgata) (1) Transando Em Quatro Rodas (1) Transando Gostoso Na Cachoeira (1) Transando com Minha Sogra II Conto erótico de Docecomomel20112hotmail.com (1) Transando com a Vizinha Casada Contos Eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Transando com a amiga safada dos meus filhos... Contos Eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Transando com a mulher do amigo. (1) Transando com duas safadas (1) Transando com filho da empregada (1) Transando com filho da vizinha (1) Transando com meu professor de biologia (1) Transando com meu1ºAmante Conto eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Transando com minha cunhada. (1) Transando com minha sogra...@docecomomelcontos (1) Transando com o cunhado (1) Transando com o tio de minha amiga (1) Transando com um Amigo (1) Transando com um boy de programa (1) Transando gostoso com a chefa rabuda (1) Transando gostoso comeu tio (1) Transei Com Empregada Casada Safada: (1) Transei com a Prima Safada (1) Transei com a mulher do meu tio. (1) Transei com dois no ônbus Docecomomel(hgata) (1) Transei com meu Sogro E Agora (1) Transei com o namorado virtual de amiga...Contos Eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Transei com primo da namorada. (1) Transei com um bem dotado Adorei (1) Transei com um casado E dai.Docecomomel(hgata) (1) Transei com um travesti ...E gostei Contos Eróticos de Docecomomel (hgata) Video (1) Transei muito e gostei Docecomel(hgata) (1) Traçando a mulher do meu tio. (1) Traçando a tia da esposa...Contos Eróticos de Docecomomel (1) Traí (1) Traí antes do meu casamento:Contos Eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Traí meu marido com um sobrinho seu...Conto Erótico de Docecomomel (1) Traí meu marido com um sobrinho seu...Conto de docecomomel (1) Traí meu tio com sua mulher safada.Contos de Docecomomel (1) Traí sim (1) Trepando com minha cunhada gostosa (1) Trepando com minha cunhada gostosa II (1) Trova de amigos e docecomomel (1) Um "Cara" fora de série. (1) Um Amor Gostoso e Real (1) Um Antigo e Safado caso de amor.Contos eróticos de Docecomomel (hgata) (1) Um Cara fora de série. Docecomel(hgata) (1) Um Caso Real Docecomomel(hgata) (1) Um Caso Virtual que virou Real docecomomel(hgata) (1) Um Coroa prá de gostoso Docecomomel (hgata) (1) Um EMO safado em meu caminho. Contos Eróticos de Docecomomel (1) Um Encontro Casual Contos eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Um Incesto Inesperado (1) Um Pedreiro Comedor (1) Um amigo Virtual...Um Amante Real.@docecomomelcontos (1) Um amor de professor particular Docecomomel(hgata) (1) Um amor de verão Docecomel(hgata) (1) Um amor diferente Docecomomel(hgata) (1) Um bem dotado Contos Eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Um bem dotado fudendo adoidado (1) Um bem dotado... De repente uma traição. Contos de docecomomel (1) Um caso extraconjugal Docecomel(hgata) (1) Um coroa galante e gostoso (1) Um coroa muito safado Docecomomel(hgata) (1) Um donzelo em minha vida Docecomomel(hgata) (1) Um encontro casual... Uma transa sensacional...Contos Eróticos de Docecomomel (1) Um encontro casual...Um ménage sensacional.Contos de docecomomel (1) Um fetiche (1) Um fetiche e muito tesão! (1) Um final de semana Docecomomel(hgata) (1) Um louco desejo...Uma traição! (1) Um massagista bom de tudo. Docecomel(hgata) (1) Um negão...Como eu gosto (1) Um novinho para chamar de Meu! (1) Um pau amigo...Vale ouro! Contos de Docecomomel (1) Um pupilo devasso e gostoso (homo) (1) Um sexo diferente E Gostoso Docecomomel(hgata) (1) Um virgem bem dotado Docecomomel(hgata) (1) Um virgem e Eu Docecomel(hgata) (1) Um é... Dois é...Três e D++ da conta (1) Uma Casada inexperiente...Muito safada. Contos Eróticos de Docecomomel (1) Uma Coroa Carente e Tesuda (1) Uma DP com meu marido e seu amigo.Conto de Docecomomel (1) Uma Morena Tesuda Safada (1) Uma Mulher em Minha Vida (1) Uma Putinha Safadinha. (1) Uma amante casual safada demais (1) Uma amante só minha. (1) Uma aventura Alucinante.Contos Eróticos de Docecomomel(hgata) (1) Uma balzaquiana Fogosa (1) Uma boa opção uma amante...Safada.Contos eróticos de Docecomomel (1) Uma carona legal Docecomomel(hgata) (1) Uma casada Safada. (1) Uma deliciosa DP.Com dois irmãos (1) Uma festa muito boa. Docecomomel(hgata) (1) Uma festa surreal...Uma traição. (1) Uma mulher Papa-Anjo (1) Uma putinha gostosa. (1) Uma putinha só minha. Contos Eróticos de Docecomomel (1) Uma safadinha só minha (1) Uma sobrinha gostosinha (1) Uma tal Larissa casada e putinha.Contos de Docecomomel (1) Uma tarde de prazer.Docecomomel(hgata) (1) Uma traiçao Uma magoa docecomomel(hgata) (1) Uma traição (1) Uma transa no meio da tarde (1) Uma vizinha putinha e safadinha ! Docecomomel Contos Eróticos (1) Uma viúva carente e gostosa.Contos Eróticos de Docecomomel (hgata) (1) Uma voz... Uma cantada ...Uma noite de amor. (1) Valores Jovens Pessoas (1) Vem Web Mensagens (1) Viagem ao Portal do Amor Docecomomel(hgata) (1) Video de Docecomomel (1) Video e Imagem Chico Buarque O Meu amor (1) Vinícius de Morais (1) Vivenciando o Amor (1) Vizinha amiga e amante: Contos de docecomomel (1) Vizinha Safada e Gostosa. (1) Vizinha e Amante Safadinha (1) Vizinha putinha. (1) Vizinha safadinha e Gostosa Docecomel(hgata) (1) Vizinhos e Amantes: (1) Web Curiosidades (1) Web Informações (1) amante (1) amiga de minha mãe (1) amor e paixão (1) blogs (1) blogs docecomomel (1) com amigo do namorado! Contos docecomomel (1) contista docecomomel (1) conto (1) conto eroticos (1) conto erótico docecomomel (1) contos de sexo (1) contos de sexo.Docecomomel (1) contos de tesão. (1) contos docecomomel contos hot docecomomel (1) contos eróticos de docecomle(hgata) Comendo a babá em seu trabalho (1) contos eróticos de docecomomel(hgata) Galinhando com meu namorado (1) contos homosexxual (1) contos top (1) contoshot (1) de Docecomomel(hgata) Aprendendo a nadar eu Traí...E Agora? (1) docecomome (1) docecomomel contos (1) docecomomel(hgata) (1) docecomomel(hgata) Cronica azeda (1) erotico (1) eroticos (1) foi com meu cunhado (1) http://sensacoescomemocoes.blogspot.com.br/ (1) l@docecomomelcontos (1) lcontos (1) magens da segunda (1) mas sem pretenção Contos Eróticos Docecomomel (1) minha amante. (1) o (1) orgasmo no ônibus Docecomel(hgata) (1) pornografia gifs (1) safada (1) safadeza (1) sensual (1) sexo (1) sexy (1) sexy tesão (1) só fodo com eles Contos Etóticos de Docecomomel (1) tio (1) traição. (1) uma aventura total. (1) uma foda perfeita (1) uma morena safada (1) uma trepada casual! Contos Eróticos de Docecomomel (1) virou meu amante.Conto erótico de DocecomoMel (hgata) (1) web Mensagens A Dieta do Sexo (1) web mensagens O beijo (1) Êxtases Delírios e Sacanagens (1)

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.
free counters

.

"Nunca é tarde para abrirmos Mão dos nossos Preconceitos "